História Máfia Liones - Capítulo 18


Escrita por:

Postado
Categorias The Seven Deadly Sins (Nanatsu no Taizai)
Personagens Arthur Pendragon, Ban, Elaine, Elizabeth Liones, Escanor, Gelda, Gowther, Guila, Hauser, Hawk, Helbram, Jericho, King Liones, Meliodas, Merlin, Personagens Originais, Zeldris
Tags Melizabeth, Zelda
Visualizações 156
Palavras 1.021
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Comédia, Drama (Tragédia), Ecchi, Ficção Adolescente, Hentai, Luta, Musical (Songfic), Romance e Novela, Suspense, Universo Alternativo, Violência
Avisos: Álcool, Drogas, Estupro, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Trouxe mais uma capítulo
Amanhã tem o especial Kiane S2

Capítulo 18 - Operação biscoitos (Especial Baine)


Fanfic / Fanfiction Máfia Liones - Capítulo 18 - Operação biscoitos (Especial Baine)

(Liz Lionessy narrando - Autora)


O dia estava bem calmo, todos os amigos estavam sentados no sofá assistindo calmamente, esses dias de paz estavam se passando bem devagar para a alegria de todos. Na televisão passava um filme qualquer, a loira Elaine se levanta do sofá sem ser percebida e se esquia até a cozinha, ela procura em todos os armários algo que passasse sua fome, ela olha para todos os lados em busca de alimentos até que finalmente avista um pote de biscoitos recheados de chocolate em cima do armários, era muito alto para ela alcançar. Ela bufa em raiva e pula várias e várias vezes, tentativas falhas, a garota sai pela porta do quintal e busca uma escada, com bastante força ela arrasta a grande escada de metal, mas ela não se mexia, desistindo da escada ela volta para dentro e olha fixamente para o pote com seus biscoitos favoritos.

-Quer ajuda baixinha?._Ban aparece na cozinha surpreendendo Elaine.

-Vai assustar o satanás porra._Ela grita estressada.-E respondendo sua pergunta, não, eu quero fazer isso sozinha._Ela diz desidida.

-Okay, vou sentar aqui e ver você falhar miseravelmente._Ele debocha.

-Tanto faz._Ela revira os olhos. Com suas pequenas mãozinhas ela calcula a distância e a quantidade que seria preciso para alcançar o amável pote, a baixinha se afasta em uma longa distância e corre dando um pulo no final, mas não adiantou, ela cai no chão e reclama irritada.-Caralho._Ela bufa ainda no chão.

-Quer ajuda?._Ban pergunta novamente enquanto gargalha da garota no chão.

-Eu já disse que não._Ela rosna.

-Quem colocou o pote lá em cima?

-Acho que foi a Diane, ela disse que eu como muito biscoito.

-Ata...Aquilo é bolacha e não biscoito._Elaine o olha indignada.

-E biscoito seu animal._Ela se levanta e coloca a mão na cintura.

-Você e burra em, aquilo e bolacha._Ele fala novamente.

-E biscoito sim, mas agora cala a boca que eu quero me concentrar nos biscoitos que pararam no meu estômago._Ela bate na pequena barriga que ronca.

-E depois vai tudo pro vaso._Ele diz divertido.

-Toma no cu._Ele da o dedo mediano.

-So se for no seu._Ele sorri malicioso.

-Vai se fuder._Ela rosna irritada.

-So se for com você._Ela mostra o dedo novamente.-Vira e meta se gostar repeta._Ban gargalha com a carinha kawaii que a loira fazia.-Deixa eu te ajudar vai.

-Não!._Ela diz brava e ele se cala. A garota sobe no balcão da pia e da um pulinho até que consegue alcançar o armário, ela o escala com dificuldade e quando finalmente estava quase lá, ela cai sendo aparada por Ban.-Droga, eu tava quase lá._Ela murmura.

-Se você caísse dessa altura seria suicídio._Ele zomba recebendo um murro no braço.-Ai, isso doeu sabia.

-Tanto faz, agora me coloca no chão._Ele obedece e a coloca no chão, o prateado vai até a geladeira e pega uma cerveja, ele senta novamente na cadeira e assiste as tentativas falhas da garota.-Merda eu queria ter asas._Ela murmura.

-Como assim?._Ele pergunta virando mais um gole da doce e amarga cerveja.

-Eu sou uma winxs, eu deveria ter asas._Elaine infla as bochechas.

-O máximo que você pode ser e um ginomo de jardim._Ele gargalha.

-Vai se foder._Ela rosna.

-So se for com você._Ele repete e a garota corar de leve.-Deixa eu te ajudar logo.

-NÃO!._Ela grita fazendo o prateado se assustar.

-Okay não te mais aqui quem quis ajudar._Ele levanta as mãos para o alto em rendição.

-Eu vou te pegar pote._Ela olha fixamente para o pote.

-O que tá fazendo agora?

-Estou usando telesinesse para o pote se mover._Ela coloca as mãos na cabeça forçando a mente.-Nem tá se mexendo.

-Óbvio né retardada, porque se não pega uma cadeira ou um banquinho?

-Otima ideia._Ela se levanta e puxa uma cadeira, ela sobe e olha.-Ainda não alcanço._Ela desçe e pega outra cadeira a colocando em cima da outra.-Agora acho que vai._Ela sobe nas cadeiras bambas e fica na pontinha dos pés tentando pegar o pote, a cadeira balançava e sem perceber ela cai de costas no chão.-Aiiii!._Lágrimas escorrem de seus olhos.

-Você tá bem?._Ban pergunta ficando de coca em frente à garota.

-Minhas costas tão doendo._Ela murmura sentando, Ban olha para a garota e quando iria pronunciar algo ela o corta.-Eu não quero ajuda.

-Deixa de ser orgulhosa e aceita logo minha ajuda._Ele bufa.

-Não.

-Porque?._Ele pergunta.

-Porque eu não quero depender dos outros para sempre, eu sou baixinha demais, isso sempre me atrapalhou e eu sempre precisei de ajuda para alcançar algo no topo, eu não posso continuar assim._Ela desvia o olhar.

-Tudo bem então fadinha._Ele passa a mão nos cabelos dourados.-Vai lá e mostra para aquele pote de "biscoitos" quem manda._Os olhos da menina começam a brilhar e ela sorri.

-Isso aí, agora pote somos só eu e você._Elaine se levanta do chão e sobe e no armários novamente, ela escala com agilidade deixando Ban imprecionado com a determinação da garota.

-VOCÊ CONSEGUE ELAINE._Ele grita batendo palmas. A garota agarra o pote é se permite cair par atrás sendo aparada por Ban que sorria.-Você conseguiu.

-Sim eu consegui._Ela sorri.-Obrigado por me ensentivar._Ele apenas concorda e a coloca no chão junto com o pote, eles se sentam e ela abre a tampa deparando-se com vários biscoitos recheados, o pote estava no meio de suas perninhas a deixando muito fofa.

-Você e muito kawaii._Ban sorri deixando a garota corada.-Deixa eu tirar uma foto do seu primeiro pote de biscoitos pegos._Ela concorda e o garoto puxa o celular do bolso e bate uma foto da garotinha comendo um biscoito de chocolate enquanto sorria abertamente.-Ficou fofo...Olha a selfie._Ele vira a câmera frontal e bate várias fotos dele com a menina dos cabelos dourados.

-Obrigado._Ela murmura.

-Pelo que?._Ele pergunta meio abobalhado.

-Por me ajudar na operação biscoitos._Ela come mais um dos biscoitos.

-Não tem de que._Ele diz.-Me da um biscoito?

-Claro._Ela pega um biscoito e da na mão do garoto._Toma lolicon.

-Lolicon?._Ele levanta a sobrancelha.

-Lolicon ou tio pedofilo qual você prefere?._Ela mastiga.

-Prefiro lolicon._Ela sorri e come mais um. Ban olha para as fotos no celular e adiciona elas como papel de parede, ele sorri com a menininha comendo biscoitos tão doces quanto ela.




Notas Finais


Gostaram???
Amanhã a noite especial Kiane S2


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...