História Magia Do Amor - Capítulo 32


Escrita por:

Postado
Categorias Chad Michael Murray, Jared Padalecki, Jensen Ackles, Misha Collins, Supernatural
Personagens Jared Padalecki, Jensen Ackles
Tags Padackles
Visualizações 81
Palavras 5.925
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Crossover, Famí­lia, Fantasia, Ficção, Magia, Romance e Novela, Slash, Sobrenatural, Universo Alternativo, Violência, Yuri (Lésbica)
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Gravidez Masculina (MPreg), Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


bom dia amores
tudo bem?espero que sim
bora pra mais um capitulo?
sorry pelos erros
boa leitura

Capítulo 32 - Ciumes


O loiro estava parado na porta com o olhar tao surpreso quanto de misha que estava ao seu lado.

-jen chegou!O moreno saiu do sofá e correu pros braços do loiro beijando sua boca com vontade.

-chad?misha olhou pro namorado sentindo o coraçao apertar.

-mi..misha? chad pigarrou e se aproximou do namorado o abraçando.

-o que faz aqui?misha rompeu o abraço.

-eu..eu vim fazer uma visita ao jay e.. O Ruivo se calou quando olhou pro jared e ele estava ainda aos beijos com jensen.

-ele me parece bem. misha segurou chad pela cintura sorriu ao ver que o amigo estava ocupado correspendo o beijo estranho mais sex do moreno.

-o que?chad olhou pro namorado que falava alguma coisa

-visita se faz aos doentes amor.misha falou tentando contralar o ciumes.

-eu sei. chad sorriu sem graça.-como vai jensen? O ruivo chamou atençao deles.

-melhor agora.. jensen respondeu quando suas bocas se separaram.-e voce?

-eu..

-Misha!jared sorriu ao ver collins se aproximou dele e o abraçou forte.

-oi jay! misha retribuiu o abraço sabia que jared nao tinha maldade,mesmo assim estava morrendo de ciumes.

-misha ver jay? o moreno rompeu o abraço e voltou pro braços do loiro.

-sim eu..

-ai está voces..roger veio da cozinha.

-tio.misha o abraçou.-tudo bem?

-como sempre.roger respondeu apos abraçar o filho.-e voces?

-bem.respondeu os dois.

-bom como voces chegaram ja to de saida.roger falou sorrindo.-as coisas na empresa filho?

-tudo em ordem.jensen respondeu.

-roger volta pra ver jay?perguntou o  moreno o abraçando.

-claro que voltou jay. roger beijou a testa do moreno.-o lanche da tarde está feito..ate mais tarde pessoal.

-ate.Disseram os demais.

Assim que roger saiu o clima ficou tenso misha e jensen olhava serio pra chad que sorria nervoso,jared sentiu o clima mais sua inocencia nao lhe deixou entender o que se passava ali.

-vamos chad.misha falou quebrando o silencio.

-mas..  tentou chad mais misha o cortou.

-eles querem privacidade amor..

-cla..claro."o que eu to fazendo".pensava o ruivo olhando discretamente pro moreno.

-vamos..Misha  praticamente arrastou o namorado do apartamento de jensen que sorriu por isso.

-jen bem?perguntou o moreno ja que o loiro estava calado demais desde que os amigos sairam.

-eu..sim..so um pouco cansado. jensen respondeu colocando a mala no sofá.

-jay ajuda jen tira cansaço.

-como?o loiro nao pode deixar de sorrir.

-jay nao sabe..

-mas..

-mas jay tenta..O moreno sorriu singelo.

-jay..o loiro alisou seu rosto.-so queria entender..

-jay tambem..O moreno falou e jensen sorriu.

-jared eu..

-jay nao gosta de ver jen assim..

-assim como?

-olhos de jen triste..

-nao eu..é..eu to triste.O loiro se afastou e afrouxou a gravata.

-triste com jay? O moreno perguntou com voz baixa e jensen pode sentir a tristeza atraves da voz dele.

-voce nao é motivo pra tristeza. jensen voltou se aproximar dele e o abraçou.-pelo contrario.

-mas jen ta..

-Shhh...Jensen calou a boca do moreno com a sua, num leve roçar de lábios.

Sentiu o corpo de Jared estremecer sob o seu, ao invadir a boca dele com sua língua atrevida.

O beijo foi urgente, intenso... Suas línguas travando uma batalha pela posse uma da outra.

As mãos de Jared entraram pela camisa de jensen, apertando sua carne, fazendo o loiro  gemer sob seu corpo.

Jared sentia-se perdido ao ter sua boca devorada pelos lábios carnudos de Jensen..era sempre assim, o corpo dele contra o seu, roçando suas ereções...nao era novo..mais sempre igual e ao mesmo tempo diferente..

As roupas do loiro foram ficando pelo caminho enquanto iam em direçao ao quarto onde a unica peça que cubria o corpo de jared foi tirada.

Nus deitaram sobre a cama com jensen por cima do moreno

-voce é meu..so meu jay..dizia o loiro beijando o pescoço do moreno.

-hurum..jay é...de jen..jay é..

As maos do loiro percorreram as laterais do corpo do moreno ao mesmo tempo que distribuia beijos por toda a pele moreno dele..até chegar no membro de jaered, o abocanhando sem nenhuma cerimonia.

Jared jogou sua cabeça para trás e gemeu alto ao sentir a língua e a boca do loiro trabalhando em seu membro, chupando, lambendo e o engolindo quase por inteiro.

-jay gosta..a..assim..jay gosta..ahh..

 O lorio chupava o membro do moreno como se saboreasse uma sobremessa rara.

-jay..go..gozar..jared gozar jen..jared..O moreno se derramou na boca do loiro que engoliu tudo nao desperdiçando nada.

O loiro voltou a beijar o corpo do moreno ate alcançar seus labios,beijou sua boca com gosto.

-vira de costa pra mim..sussurrou no ouvido do moreno que se arrepiou todo.

jared balançou a cabeça e virou de costa sem entender as intençoes do loiro.

-quero beijar cada pedacinho do teu corpo..jensen disse beijando os ombros do moreno.

-jay gosta..gemeu o moreno

-me deixa beijar cada centimentro do seu corpo..da sua pele..

-hurum..jared estava entregue as caricias do amado

O loiro sorriu e passou a distribuir beijos pela costa do moreno passando o nariz sentindo o perfume natural deste.

-sua pele me embreaga..me deixa fora de mim..

-jay tambem fica fora..por causa de jen..O moreno ja estava duro novamente o que nao passou despercebido pelo loiro.

jensen distribuiu beijos a bunda do moreno antes de passar o nariz no vao entre ela fazendo o moreno se arrepiar novamente.

-o que jen ta..OOOOHHHHHHH!

O moreno deu seu famoso grito de floresta quando sentiu a lingua do loiro no seu orficio.

Jensen nao so estremeceu com o gritou de prazer do moreno mais por está fazendo aquilo,tocando a entrada do moreno com sua lingua.

O loiro gemeu quando sentiu a bunda do moreno se mover em busca demais contato.

Jared realmente estava gostado daquilo,claro depois do susto que teve..era uma sensaçao nova e deliciosa.

-ta gostoso jay? jensen parou o que fazia so pra pergunta,mais antes mesmo da resposta volto a passar a lingua la.

-hurum..ja..jay gostando..gostando muito..O moreno gemeu se entregando cada vez mais as caricias do loiro.

O moreno esfregava o membro sobre o colchao buscando alivio ao mesmo tempo que se empurrava de encontro ao loiro.

O loiro parou que estava fazendo e olhou pro moreno vendo o quanto ele estava entregue.

-posso fazer o que quiser com voce nao é?jensen passou as maos sobre o corpo do moreno alisando-o.

-hurum..

O loiro se deitou sobre o corpo do moreno beijando seu ombro esfregando seu membro na bunda dele.

-te possuir..jensen sentiu o membro pulsar so em pensar em está dentro do moreno.

-hurum..

-te tomar pra mim..

-jen pode toma jay.. jared realmente estava entregue nas maos do loiro e este percebia isso.

-possuir seu corpo..sua alma..

-jen pode..

-te fazer meu.. jensen passou as maos pelos braços do moreno ate alcançar as maos dele entralançando seus dedos.-te possuir com toda essa força que tem dentro de mim..essa força que me prende á voce..sua pele..

-força prende jay tambem..á jen

-quero te possuir..entrar dentro de voce..

-de..dentro de jay..O moreno perguntou supreso mais nao menos excitado.

-te marca por dentro..pra saberem que voce é meu..so meu jay..

-jay de jen..de mais ninguem..so de jen..

O loiro abraçou o moreno e deixou uma lagrima escorrer caindo no corpo do moreno.

-jen com dor?perguntou o moreno procupado virando a cabeça pra olhar pra ele.

-se te possuisse agora..

-jay nao..

-voce entenderia o que estaria acontecendo?

-jay nao entende..

-eu..

-jen chorando..

-to com medo de perder..

Jared rolou, ficando de barriga para cima ja que jensen nao o prendia em seus braços.

-jen nunca perder jay..falou olhando nos olhos do loiro.

-jay..

-jay é de jen..so de jen..O moreno limpou as lagrimas que caiam no rosto do amado.

-nao preciso te marcar pra saber disso.jensen beijou os labios do moreno.

-jay quer jen..

-jared..

-jay tomar jen..

-sou seu... 

Suas pernas foram dobradas para trás e um dedo lhe invadiu a intimidade sem aviso, o fazendo gemer alto.

-jay machucando?perguntou o moreno procupado.

-nao..continuar..

jared preparava o loiro com seu longos dedos vendo ele arfava e morder os labios.

-chega de dedos..vem jay..quero voce..

-jay tambem quer jen..O moreno tirou seus dedos de dentro do loiro e olhou pro criado mudo.-jay pode usar aquilo?

-hurum..O loiro pegou a camisinha e rasgou a embalagem com os dentes coisa que jared achou lindo.

O loiro vestiu a camisinha no membro do moreno que regalou os olhos e depois sorriu.

-prometo que te explicou pra que serve.jensen o puxou pra um beijo quente.-mas agora preciso de voce enterrado dentro de mim..

-jay tambem quer..

O moreno então posicionou seu membro na entrada do outro, que ofegava em expectativa.

A dor que jensen sentiu logo se transformou em puro prazer. Jensen  envolveu suas pernas ao redor da cintura do moreno, o puxando para si.

-mais forte jay..preciso de mais..

-jay tambem..jay tambem mais rapido..jay quer..

Jared passou a estocar com força, entrando bem fundo, fazendo Jensen ter espasmos de prazer a cada nova investida.

-meu jay..so meu..so meu..minha vida..

-de jen..so de jen..jay de jen..so dele.

-meu..voce é meu..apenas meu..

Os dois gemiam juntos, palavras sem sentido podiam ser ouvidas, seus corpos suados se movendo num ritmo alucinante, até chegarem ao ápice.

Jared saiu dentro do loiro que sorriu quando viu o jeito engraçado que jared olhav pra camisinha que estava no proprio membro.

-o que..o que foi?jensen o puxou pro seus braços.

-jay nao gosta disso..

-porque? O loiro sem cerimonia tirou a camisinha do membro do moreno e jogou na sacolinha de lixo que estava do lado da cama.

-jay nao gozou dentro de jen..

-mas jay..

-jay gozou naquilo e..

-e..voce nao gosto..

-jay nao sentiu jen..como antes..

-jay.. O loiro alisou seu rosto.-a camisinha serve pra..

-jay nao quer usar camirinha..

-camisinha..O loiro riu com gosto.-se chama camisinha..ou preservativo...

-ca.camisinha..

-isso.

-entao jay nao quer usar isso nao..

-eu..

-jay nao quer usar camisinha..

-ta..sem camisinha..

-jen promete?

-prometo...O loiro o puxou pra um beijo quente.-tambem gosto de te sentir por completo dentro de mim..

-jay quer acasalar de novo.

-eu tambem..

-mas jay nao quer..

-sem camisinha..vem ca..O loiro puxou o moreno pra cima de si e o beijo com se sua vida dependesse disso.

Apos se amarem pela segunda vez ficaram em silencio esperando a respiraçao voltarem ao normal.

-jay nao entende.. o moreno quebrou o silencio.

-o que?

-jen triste..

-nao tava triste..

-olhos de jen triste..

-eu..

-jen disse que nao era com jay mas..

-mas o que?

-jay acha que fez alguma coisa errada.

-voce nao fez nada de errado..

-jen promete que jay nao fez nada de errado.

-prometo minha vida.jensen o beijou com carinho.-agora me conte..como foi seu dia.

-jay se comportou..O moreno falou antes de começar relatar o que havia passado.

-um pelo? jensen fechou a cara ao lembra da cena que presenciou.

-pelo de coronel no olho de jay ai..

-ai o chad como bom samaritano quis te ajudar..

-hurum..

-aquele..

-chad asoprou no olho de jay e..

-e o que?

-chad acha jay bonito.

-o que? jensen fechou punho.-o que mais ele disse..

-jay so lembra disso.falou o moreno sincero.

-jay eu..voce gosta dele nao é?

-jay gosta..

-mas..mas de que jeito voce..gosta?O coraçao do loiro apertou so em perguntar isso.

-jay nao sabe explicar.

-jared..jensen puxou mais o moreno pro seus braços.-na floresta eu nao tinha medo mas..

-jen ainda com medo?

-é..

-jay protege jen..jay protege.

-eu sei minha vida..obrigado.

-jay sem medo agora?

-perco todos meus medos quando estou com voce..nos seus braços. jensen se supreendeu com as proprias palavras.

-jay tambem perde medo..com jen.

Passo a conversar sobre outro assuntos ate o moreno tocar num assunto que deixou  o loiro sem falar.

-jen queria possuir jay? O moreno perguntou e jensen engoliu em seco

-e..eu..

-jen disse que queria tomar jay..pra jen..

-eu..eu disse..eu so..

-jen nao quer mais?

-quero.. confessou o loiro olhando nos olhos do moreno.-é tudo que quero mas..mas eu..

-jay nao entende..

-quero está dentro de voce..

-dentro de jay.O moreno regalou os olhos.

-é eu..eu so..

-que nem jay entrar em jen..

-é..eu quero está dentro de voce..te possuir porque..porque te desejo como nunca desejei ninguem..

-mas aqui atras de jay nao..nao entrar..Falou o moreno inocente,se aproximou do ouvido de jensen e falou baixo.-so..so sai..cocô.

-jared!jensen nao segurou o riso fazendo o moreno rir tambem.

-jay nao entende como..jen entrar em jay..

-do mesmo modo que entrar em mim..O loiro falou sensualmente e jared se arrepiou.

-jen sente dor..

-nao eu..

-jay com medo de jen entrar..

-jay.. Jensen sentiu o coraçao estraçalhar ao ouvir isso,ele queria tomar jared pra ele..marcar como dele,assim como se sentia marcado por jared...era mais que desejo.

-jen nao..nao gostar de entrar dentro de jay.

-o que? perguntou o loiro supreso.

-jay é..estranho.

-nao jay..voce nao é estranho..

-jay se sente estranho.

-mas voce nao é? jensen alisou seu rosto.

-jay ta aqui..pra jen..

-o..o que?

-jay deixa jen entrar dentro..

-mas..mas voce.. O coraçao do loiro parecia que tinha voltado á vida,assim como seu membro que despertou por completo.-voce quer..

-jen quer..

-jared..

-jay faz tudo que jen quer..

-eu sei mas..eu quero saber..o loiro olhou bem nos olhos do moreno.-voce me quer dentro de voce?"por favor diz que sim,estou morrendo por te quer tanto dessa forma..preciso te marcar..pra ele sabe que voce é meu..so meu"

-jay nao quer..A voz timida do moreno lhe tirou de seus pensamentos.

-jay..O coraçao falhou realmente nao era essa resposta que ele queria ouvir.

-mas jay..jay faz pra jen ficar feliz..O moreno falou agora alisando o rosto do amado.

-eu..

-jay com medo mas..mas jay faz..por jen..

-eu sei..o loiro tomou posse da boca do moreno num beijo longo e quente sentindo seu coraçao aquecer..jared tinha poder sobre ele de uma tal forma.

Depois se amarem mais uma vez tendo jensen como passivo foram pra sala assistir um filme enquanto esperava á pizza..ja estava de noite.

O loiro nao conseguia tirar os olhos de jared que estava olhando atento pra tv.

-me fascina..sussurrou o loiro pra si mesmo

-jen bem? o moreno olhou pro loiro.

-sim eu..eu to bem..

-jen triste com jay.

-nao,porque estaria triste com voce?

-jay disse nao pra jen..

-jared..jensen passou uma das maos na cabeça do moreno num leve carinho.-nao tenho motivos pra ficar triste com voce..e ja disse que voce é motivo pra alegria..nao pra tristeza.

-beija jay.. jared nao preciso pedir duas vezes seus labios foram tomado pra um beijo molhado e cheio de promessa.

O loiro entre os beijos puxou o moreno pro seu colo o fazendo sentar com uma perna de cada lado.

As maos do loiro passeavam pelas costa largar do moreno que á todo custo tentava abrir aqueles malditos botoes.

jensen sorriu quando ouviu um rosnado que sabia que nao vinha do coronel,logico que tambem sabia o que vinha em seguida.

Entre cinco e seis botoes voaram pela sala,claro que ele nao se importou com isso,pelo contrariu sorriu mais ainda enquanto ajudava o moreno a tirar o resto da camisa.

-jen tao bonito..falou o moreno passando as maos no peitoral nu do loiro.

-voce é mais..jensen o segurou pela nuca e o puxou pra um beijo de tirar o folego que foi interrompido pelo barulho da campanhia.-quando nao é pra demorar..eles demoram.

resmungou o loiro quando o moreno saiu de cima dele e se sentou de volta no sofá.

-pizza chegou. o moreno falou empolgado.-jay com fome.

-eu tambem mas custava demorar meia hora..jensen olhou pro moreno malicioso.-ou melhor tres? jensen o beijou com vontade antes de ir abrir a porta.-poxa voces hoje..joshua?

-hey mano. joshua abraçou o irmao segurando a pizza.

-mas..o que faz aqui?jensen rompeu o abraço.-quer dizer pensei que voce o..

-homem da pizza.joshua sorriu.

-é..

-estava subindo e encontrei o demetrio dizendo que tinha pro porteiro que tinha uma entrega aqui.

-mas..

-paguei ele e trouxe a pizza.joshua entregou a pizza pro irmao.

-valeu mas..

-cade ele? joshua perguntou olhando ao redor.

-o que?

-o seu tarzan.

-entao voce..

-os pais me contaram..

-olhar eu..

-valeu pela consideraçao. joshua falou um tanto magoado.

-joshua..

-entao onde ele está seu tarzan

-no sofá..e ele nao é meu tarzan.

-sei..joshua foi ate o "centro"da sala onde encontrou o rapaz sentado com os olhos vidrados na tv.-nossa!O loiro falou alto chamando atençao de jared que se levantou assustado pelo ''grito''

-nao liga nao jay..o loiro se aproximou do moreno.-esse doido ai é meu irmao..joshua..e joshua esse é..

-seu tarzan!joshua falou antes de puxar o moreno pra um abraço apertado.

O moreno correspondeu o abraço ja mais relaxado se sentiu bem na presença daquele homem.

-opa!joshua regalou os olhos quando sentiu o nariz do moreno na curva do seu pescoço.

-jay so..o moreno começou a espirrar e rapidamente se afastou do loiro.

-ele se animou..brincou joshua.

-idiota.jensen revirou os olhos.-ele so..

-eu sei..tava brincando..a mae me falou do jeito peculiar dele"conhecer"as pessoas.

-joba amigo de jay tambem?perguntou o moreno e os irmaos riram com vontade.

-é joshua camarada. disse o mais velho.

-jocha?o moreno olhou pra jensen e esse nagou com a cabeça antes de falar.

-é joshua..jo..shua.. jensen falou pacientemente.

-jay agora entendeu.O moreno voltou pro outro.-joshua

-isso..esse é meu nome.

-joshua amigo de jay agora?

-to mais pra cunhado.

-joshua!jensen olhou serio pro irmao.

-jay nao entendeu.

-nao liga pra ele jay. jensen chamou atençao do moreno.-vamos comer a pizza antes que ela esfrie..

-hurum..

Nao demorou os tres estavam no chao comendo pizza enquanto assistia um filme qualquer que passava tv.

Apos comerem a pizza jensen foi lava a louça enquanto jared e joshua continuaram nao sala.

-entao jay..joshua poxou assunto.-posso te chama de jay né?

-hurum.

-como era sua vida na floresta?

-jay nao pode falar..

-eu sei de tudo..meus pais ja falaram tudo..pode confiar em mim,sou irmao do jen..seu cunhado.

-jay nao sabe o que é isso..

-isso o que?cunhado?

-hurum..

-bom é..como te explicar.

-joba tambem nao sabe.

-eu sei sim mas..cara é joshua.

-joshua.. repetiu o moreno.

-isso mesmo.

-joshua explicar pra jay.

-acho melhor o jen te explicar isso..

-joshua nao sabe.O moreno riu com gosto.

-digamos que nesse relaçao de voces..nao sei exatamente onde as familias entram..entende.

-jay nao entende.

-nem eu.. joshua sorriu simpatico tinha gostado do garoto.

Joshua começou a falar de outras coisas ate que jared adormeceu no sofá.

-hey..joshua foi pra cozinha onde o irmao terminava de arrumar a mesa.

-onde o jay..

-adormeceu no sofá.

-aquele sofá é pequeno pra ele.O loiro foi pra casa pegou o moreno nos braços e levou pro quarto onde o colocou na cama o cubrindo,joshua apenas o seguiu sem falar nada.

-porque todo esse esforço?joshua perguntou quando voltaram pra cozinha.

-ele nao é pesado.

-nao é disso que me refiro.

-eu..

-porque as aulas?

-joshua..

-porque o quer aqui?

-caso o pai tenha esquecido de comentar..jensen olhou pro irmao.-jared salvou nossas vidas

-eu sei mas..

-fiquei na casa dele..

-que por sinal é numa arvore..

-joshua..

-ta parei.

-eles nos ajudou..

-ele veio atras de voce nao é?

-sim..jensen nao pode contén um suspiro.

-ele te ama jen.

-o que?

-isso é amor.

-nao ele..

-se eu amasse uma pessoa,mais amasse mesmo e ela fosse embora..faria de tudo pra te-la novamente comigo..iria ate o fim do mundo.

-ele..ele nao..

-ele sim..joshua tocou no ombro do irmao.-a perguntar é..voce o ama?

-ta tarde joshua. jensen se afastou.-é melhor voce ir..

-irmao..

-amanha tenho que ta na empresa mais cedo e..voce tambem trabalha.

-entendir..joshua sabia quando era hora de ser calar,as vezes.-mais uma perguntar

-o que?

-o tarzan come ou é comigo pela janny

-sai daqui cara!

-vai nem responde minha pergunta.

-nao tem nenhuma janny aqui seu escroto.

-tem razao. joshua falou saindo.-so jenny!

-joshua!

Depois de ser desperdir do irmao o loiro tomou mais um banho antes de ser deitar ao lado do moreno o puxando pro seus braços.

-voce me ama?jensen sussurrou alisando o rosto do moreno.-sera que é amor o que estamos sentindo um pelo outro?pode ser fisico..desejo..Se for isso,porque é tao forte?porque te quero so pra mim?nos meus braços...na minha vida..porque te quero tanto jared,porque?O loiro deixou as lagrimas cairem."E o que falta?..pra ama-lo"As perguntas das amigas veiram em sua mente.-eu saber o que é isso.. jensen respondeu pra si mesmo.

Dia Seguinte:

-bom dia amor..misha beijou o namorado com vontade

-bom dia mi. chad se espreguicou na cama.-que horas sao?

-vai dar meio dia.

-o que? chad levantou rapido da cama.-droga misha porque nao me acordou

-voce nao pediu.

-mas..

-e hoje voce nao trabalha esqueceu.

-eu sei mas..

-vem volta pra cama. misha tentou puxa-lo de volta pra cama mais chad saiu de seus braços.

-tenho coisas pra fazer.

-mas amor eu..

-prometir pro jared que..

-O QUE?misha levantou irado da cama.

-eu..

-ta me deixando pra ir atras de um desconhecido

-o que?nao..

-nao esqueça de bater a porta quando sair.misha entrou no banheiro e deixou as lagrimas cairem.

-quando chegar dou um jeito nesse seu mau humor. chad vestiu suas roupas e saiu da casa do namorado.

-alo.jensen antendeu o celular.

-oi jen eu..

-mi?o que houve?ta chorando?

-nao eu..

-misha..

-sera que voce pode vim aqui..

-eu..

-sei que na horario de trabalho mas..mas eu preciso do melhor amigo..

-onde voce ta?

-em casa..no banheiro.

-to indo pra ir. jensen desligou o celular nao gostou do tom de voz do amigo.

Em menos de uma hora jensen chegou na cama do amigo e como sabia onde ele deixava uma chave extra abriu a porta.

-misha? jensen foi direto pro quarto dele vendo que a porta do banheiro estava fechada se aproximou dela.-misha cara,tudo bem ai dentro?caiu na privada?brincou o loiro segurando a macaneta.-vou entra hein..espero que nao esteja pelado cara porque..jensen foi abrindo a porta.-nao sera uma coisa bonita de..MISHA!

O loiro coraçao do loiro so faltou sair pela boca quando viu o amigo caido no chao.

jensen o pegou nos braços e o levou pra cama onde deu uns tapinha em seus rosto.

-hey mi..acorda cara.

-jensen..misha apos poucos depertou.

Apos se recompor e dizer varias vezes pro amigo que estava bem collins vestiu uma calça moleton ja que ainda estava nu.

-o que houve?jensen quis saber.

-nao eu sei..me deu um tontura..

-tem certeza que nao é quer ir ao medico

-tenho cara.

-mas mi..

-jen por favor..sem medico.

-ta..o  que mais voce sentiu?foi so essa tontura.

-foi..

-tem trabalhado demais hein.

-é..acho que sim..

-vamos pra cozinha,vou fazer um cafe bem forte pra gente.

-ta..

Jensen sabia que o amigo estava procupado com alguma coisa,mais respeitar o tempo dele..

-eu o amo..misha quebrou o silencio

-eu sei..jensen entrou o copo com café pra ele.

-chad é tudo pra mim jen..

-por isso chorou feito uma garota?porque ta apaixonado.brincou o loiro.

-nao,chorei feito uma garoto porque descubrir que nao sou correspondido

-o que? jensen se arrependeu da brincadeira.

-ele nao me ama.. misha sorriu triste.

-o..o que?

-o homem que amo nao me ama mais..quer dizer ele nunca me amou

-nao mi ele..claro que ele te ama..

-quando fizemos amor eu disse que..que o amava

-e o que ele disse?

-nao importa o que ele disse.misha deixou as lagrimas cairem novemente.

-mi..

-eu devia ser que nem voce.

-o que?jensen sorriu sem entender.

-é..essa vida que leva

-misha eu..

-so sexo..sem amor..

-eu..

-nao estaria sofrendo agora se fosse como voce.

-mas..

-sabe sem emoçao nenhuma..apenas sexo..

-voce sempre quis um amor..

-voce tambem..retrucou misha.

-mas eu..meu caso é diferente.

-nao é nao..

-olha eu..

-queria desacreditar no amor..quem nem voce.

-voce nao pode desacreditar em algo que ja viveu..jensen falou meio desesperado.-que ja sentiu.

-eu..

-voce ama o chad cara..

-vou terminar com ele.

-o que?ficou louco.

-jensen eu..

-porque?

-a cena de ontem ficou bem clara pra mim.

-nao.. jensen sentiu o coraçao apertar.

-voce o ama? 

-misha eu..eu nao..nao é minha vida sentimental que..

-é sim ou nao jen..simples.

-eu nao posso responder..

-como nao pode?voce nao sabe o que ta sentindo por ele?

-nao..eu nao sei. jensen disse sincero.

-eu queria nao saber tambem..queria poder nao sentir.

-mi..

-ele..ele foi pra la acredita.

-o que?

-chad foi atras do seu jay.

-eu..

-e eu to morrendo de ciumes.

-esculta misha..jensen segurou lhe seu rosto o fazendo lhe olhar.-voce ama o chad..entao lute por ele.

-mas..

-sem mas cara..vai desistir assim.

-tem razao. misha limpou as lagrimas.-ainda porque o jay te amar e..

-eu..

-e eu amo o chad e vou lutar por ele.

jensen se desperdiu do amigo e em vez de ir pra empresa foi direito pra casa.

-filho?o que houve?donna perguntou supresa ao ver o filho tao cedo

-eu..

-voce ta bem?donna se preocupou

-sim..onde ta o jay?

-na cozinha. donna beijou sua testa.

-na cozinha? jensen se preocupou

-com o chad. completou rosa guarando os livros.

-chad está ensinando ele fazer chocolate quente e..  

jensen nao esperou a mae terminar de falar foi direito pra cozinha procupado com o moreno.

-Jay.. jensen mal conseguia falar sua procupaçao se transformou em indignaçao frustraçao e ciumes.

jared e chad estavam em frente do fogao que por sinal estava acesso.

-jay.. A voz do loiro chamou atençao deles fazendo ambos se viraram assustado.

-jay chegou!O moreno correu pros braços do loiro beijando seus labios com vontade.

Nem se jensen nao quisesse conseguira nao correspondeu aos beijos do moreno,ainda mais se fosse aquele beijo..babado molhado e quente.

Jensen abriu os olhos a tempo de ver o olhar supreso e frustrado de chad.

O loiro entao caprichou no beijo enfiando a lingua na boca do moreno que gemeu em sua boca entregue á caricias do loiro.

Chad sem pensar duas vezes saiu dali praticamente correndo como diabo fugindo da cruz.

-jen aqui.. o moreno rompeu o beijo pois precisava de ar.

-é..jensen se afastou sua mente fervilha em mil perguntas,desligou o fogão e voltou a vira-se pro moreno.-jared eu..

-filho!? roger entrou na cozinha.-ta tudo bem?o que houve?chegou cedo?voce ta bem?

-to pai..so com um pouco de dor de cabeça.. jensen riu da propria resposta.

-andou trabalhando demais..

-é..jensen olhou pra jared.-e isso ta me enlouquecendo

-nao quer ao medico.

-nao pai..so preciso deitar um pouco. jensen saiu da cozinha sem voltar olhar pro moreno.

-jen com dor?perguntou o moreno pra roger que estranhou a atitude do filho.

-é o que parece.

Roger foi pra empresa deixando jared na companhia da esposa e de rosa ja que chad ja havia indo embora.

O moreno antes de voltar pros estudo foi ate o quarto do loiro o encontrou deitado na cama.. "dormindo."

jared ficou observando o loiro dar porta por um bom tempo,nao sabia o que fazer pra melhor á dor de cabeça do loiro.

Donna o chamou de volta pra sala onde começaram a estudar.

-entendeu jared?rosa chamou atençao do moreno

-jay gosta tambem. falou o moreno e as duas sorriram

-acho que por hoje está bom.disse rosa.

-tambem acho. donna sorriu.

-ate porque voce nao está prestando atençao meu anjo.rosa falou fazendo um leve carinho na cabeça do moreno.

-jay procupado com jen..

-sabemos.disse donna.-mas ele vai ficar bem..roger nos disse que é apenas uma dor de cabeça.

-entao jen vai ficar bem?

-vai sim querido.respondeu donna.

Rosa foi embora deixando o moreno com donna que contava historia sobre quando os filhos eram pequenos.

-ele adora torta.disse donna sorrindo.

-jen gosta de bota..

-nao querido. donna sorriu.-ele gosta de torta..

-torta?

-isso.

-jay teve ideia.

O beijo se tornou cada vez mais quente seus corpo se moviam no moviam no mesmo ritmo.

O ruivo estocava com vontade fazendo o outro gemer cada vez mais alto sem pudor nenhum.

As maos grande pecorriam as costa do ruivo que continuava a se mover dentro dele com precisao.

-voce gosta assim? perguntou chad saindo e voltando estoca-lo com vontade.

-hurum..

-gosta quando meto forte em voce?

-jay gosta..gosta assim.. gemia o moreno entregue as caricias de chad.

-NAO..jensen acordou assustado todo seu corpo tremia.-ja..jay? O loiro chamou pelo moreno que nao estava no quarto.-foi..foi so um sonho..so um sonho.

Jensen havia caido no sono depois do que viu na cozinha e ao lembrar disso seu coraçao apertou de um forma que o fez perder o ar.

Apos se acalmar o loiro foi atras do moreno e o encontrou conversando no celular.

-jay tambem gosta..O moreno sorriu ao ver o loiro.

-é o chad? jensen se aproximou e tomado pelo ciumes arrancou o celular da mao do moreno.-alô

-jensen? A voz de roger ecoou do outro lado.

-pai.. jensen olhou pro moreno se sentindo mal pela sua atitude,mais o sorriso que jared lhe deu fez seu coraçao derreter.

-jay me disse que estava dormindo.

-acabei de acordar..

-e como se sente? 

-bem.. 

jared sentou no sofá e esperou o loiro terminar de falar com o pai.

-tchau pai.. jensen desligou o celular.-jared eu..

-jen bem agora?perguntou o moreno.

-eu.. nesse momento a campanhia tocou.-depois conversamos.

O loiro foi abrir a porta recebendo os amigos,steven,cris e fred.

-ola jared!disse steven olhando maliciosamente pro moreno que apenas sorriu pra ele,estava mais procurado com jensen.

-o que fazem aqui?perguntou o loiro.

-viemos te buscar.disse cris.

-me buscar pra..

-vamos tomar um shop..e voce vai com gente.disse fred sorrindo.

-mas.. o loiro olhou pro moreno que estava parado no meio da sala.

-misha vai nos encontrar la.comentou cris.

-ele ta bem pra isso?jensen perguntou procupado.

-porque ele nao estaria?fred quis saber.

-nada esquece.jensen achou melhor nao comentar sobre o que aconteceu.

-com certeza o chad tambem vai. steven falou e jensen fechou a cara.

-chad falou com jay. O moreno chamou atençao deles.

-eu sei..quando ele esteve aqui. 

-chad falou com jay no celular.

-quando?jensen quis saber.-que horas ele ligou

-jay nao sabe ver horas..

-eu sei mas..onde eu tava quando ele ligou.

-jen dormindo. respondeu o moreno.

- ele deve ter ligado pra sabe se voces iam tambem.disse cris sem notar o ciumes do amigo.

-e vou..jensen falou sorrindo.-sou vou trocar de roupa..O loiro foi pro quarto e jared foi atras dele.

-jen sair? perguntou o moreno enquanto observava o loiro se arrumar.

-sim..respondeu o loiro se olhando no espelho.-vamos sair..encher á cara..

-jay nao sabe o que é isso. falou o moreno achando que ele ia tambem.

-eu sei..

-jay feliz por jen ta sem dor.

-minha cabeça ainda doe jared.

-mas jen disse..

-so nao queria procupar meu pai..

-jay procupado.

-jay eu.. O loiro fechou os olhos e a imagem do sonho veio em sua mente.-esquece..

-jay esquece entao.

-otimo.jensen passou o perfume.

-jay gosta do cheiro de jen..O moreno o abraçou por tras encostando o nariz na camisa listrada dele sentindo o calor do corpo do amado.

-jay.. O loiro nao conteve o gemido.

-jay quer mostrar coisa pra jen..

-o..o que?

-jay fez..

-ANDA JENSEN!A voz se fred se fez ouvir.

-JA VOU!jensen se afastou do moreno colocou o perfume no criado mudo e saiu do quarto sendo seguido por jared.-pronto vamos..

-ele nao pode ir..cris falou apontando pro moreno que o olhou interrogativamente.-nao com essas..sem roupa.

-mas jay..

-ele nao vai. jensen falou o moreno de um jeito frio.-agora vamos..nao quero perder mais tempo.

-vamos. disse steven piscando pro moreno.

jensen fechou a porta sem olhar pra tras sabia que se fizesse isso iria esquecer tudo e se jogar nos braços de jared.

Se jensen virasse pra tras virias as lagrimas que cairam dos olhos verde e inocente do moreno.

-voce ta bem? coronel perguntou se aproximando do moreno se enroscando na perna dele.

-jen saiu..O moreno pegou o cachorro nos braços e sentou no sofá.

-ele..

-jay nao entende o que fez de errado..

-voce nao fez nade errado jay..

-jen saiu sem jay..sem beija boca de jay..O celular do moreno tocou e ele atendeu.-jay falando..

-oi sou de novo. A voz de roger se fez ouvir.

-jay conheçou..voz de roger.

-que bom eu..voce ta bem? roger procupou-se.-voce ta chorando?

-jay chorando

-porque? o que houve?

-jay nao sabe o que fez de errado,nao sabe.

Enquanto Isso..Em Algum Bar De Estrada.

-nao acredito que veio. jensen falou olhando pra misha.

-precisava me distrair.

-isso é verdade mas.

-mas o que?

-nao chamou o chad.

-eu..

-nao falou com ele depois do que houve?

-nao,tambem nao liguei pra ele

-mas..

-ele tambem nao me procurou.

-mi..

-voce o viu?

-sim..jensen respondeu apertando o copo de bebida.

-ele perguntou..

-nao misha..na verdade estava com tanta dor de cabeça que nem falei com ele direito.

-claro. misha sabia que o amigo estava escondendo alguma coisa.

Mudaram de assunto e os outros se juntou a eles na conversa

Pediu uma dose de uísque e bebeu quase em um único gole. Cris  falava alguma coisa e ria o tempo todo, mas Jensen nem querendo conseguiria prestar atenção na conversa deles, pois sua cabeça estava bem longe dali.

-jen, o que deu em você? perguntou com  cris procupado com o amigo.

- Como assim? Por que? perguntou nervoso, com medo que alguém tivesse notado sua raiva.

- Você está aí há pelo menos meia hora, e não disse uma palavra até agora, parece que está em outro mundo.

-eu..so to cansado.

-entao discanse que vamos esticar á noite.disse fred.

-nao..eu tenho que volta pra..

-pra onde?pra casa?steven sorriu.-pra aquele neardental

-ele nao é um nenhum neardental. jensen falou irritado.

-calmo amigo..é so uma brincadeira.

-de pessimo gosto por sinal. falou misha.

-vamos mudar de assunto..fred falou 

-pra mim ja deu..jensen levantou.

-espera amigo. steven o segurou pelo braço.-nos responda uma coisa antes.

-steven..jensen sabia que nao vinha boa coisa.-o que é?

-ja amostrou pra ele aqueles tipo de filme?

-idiota..jensen se desvalhou do braço do outro e saiu sem olhar pra tras.

Em menos de duas horas jensen chegou no apartamento.

-jared? jensen chamou pelo moreno assim que abriu á porta.

-jensen.. roger apareceu na sala pra supresa do loiro.

-pai,o que faz aqui?

-bom eu.. 

-jay chegou? o moreno apareceu e se jogou nos braços do amado esquecendo o ocorrido de horas atras.

-é..jensen rompeu o beijo.

-jen viu chad?perguntou o moreno fazendo o loiro fechar á cara.

-nao..respondeu o loiro.-vou tomar um banho ta..

-mas filho..

-depois conversamos pai. jensen foi pro quarto.

-jen voltou pra jay..disse o moreno pra roger que balançou á cabeça.

-é..roger realmente estava procupado.-vamos terminar o que estavamos fazendo.

-mas jay..jay quer acasalar com jen..

-depois voces fazem isso. roger sorriu e foi com o moreno pra cozinha.

Alguns minutos depois enquanto roger falava com donna pelo celular o moreno foi atras do loiro.

O moreno entrou no quarto e encontrou este deitado olhando pro teto pensativo.

Jared se aproximou dele e se deitou ao se lado sem falar nada.

jensen virou o rosto e olhou pro moreno,este sorriu genualmente pra ele.

-jen com dor? o moreno quebrou o silencio.

-sim.. jensen sentia uma dor mais nao era na cabeça e sim no coraçao.

-jay ajudar jen..

-voce nao pode me ajudar..

-jay pode..

-nao jay..

-jay teve ideia..O moreno saiu da cama.-jay volta..

-mas..

-jay volta.. O moreno saiu do quarto.

-ele nao sentiu minha falta..sussurrou o loiro pro vazio do quarto.-e eu achando que irmos transar á noite toda..o que voce ta fazendo comigo jared?porque to com raiva de voce e ao mesmo tempo com saudade de está nos teus braços.

-atrapalho. roger entrou bateu na porta.

-nao pai..entra ai.

-vai me contar ou nao.

-pai..

-se o quer aqui porque ta agindo desse jeito.

-de que jeito.

-jensen..

-so sair com alguns amigos e..

-e se divirtiu.

-claro. mentiu o loiro sem olhar pro pai.

-esculta filho o jay..

Um barulho de vidro quebrado chamou atençao deles.

-jay..O loiro levantou da cama e saiu correndo atras do moreno junto com roger.-JARED


Notas Finais


o que estao achando


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...