História Magia Do Amor - Capítulo 34


Escrita por:

Postado
Categorias Chad Michael Murray, Jared Padalecki, Jensen Ackles, Misha Collins, Supernatural
Personagens Jared Padalecki, Jensen Ackles
Tags Padackles
Visualizações 91
Palavras 3.837
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Crossover, Famí­lia, Fantasia, Ficção, Magia, Romance e Novela, Slash, Sobrenatural, Universo Alternativo, Violência, Yuri (Lésbica)
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Gravidez Masculina (MPreg), Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Boa noite galera!
tudo bem?espero que sim
entao..bora ao que interressa?
sorry pelos erros
boa leitura..

Capítulo 34 - Pesadelos..


Jared estava confuso com tudo que estava acontecendo..mais se jensen gostava..ia fazer tudo por ele.

Em questao de segundo estava todos nus da cintura pra cima steven no colo do moreno beijando seu pescoço enquanto jensen estava em cima dele beijando suas costa.

jared nao estava gostando nenhum pouco daquilo ver jensen beijando outro homem,mais se jensen gostava disso ele faria..por ele.

Mais o que jared nao sabia era que jensen tambem nao estava gostando disso tambem.

-voce é tao cheiroso..disse steven cheirando o pescoço do moreno

Os olhos do loiro se cruzou com o do moreno e jared sorriu pra ele daquele jeito que faz o coraçao de jensen aquecer.

-jay quer jen.. falou o moreno sem tirar os olhos do loiro que sentiu o coraçao voltar á bater.

-ele ta aqui.. steven estava ocupado demais se deliciando com o cheiro e o calor do corpo do moreno por isso nao entendeu

-sai steven..jensen saiu de cima de steven 

-mas..

-sai..jensen praticamente tirou o outro de cima de jared e se deitou sobre ele.

-entendir..voce quer trocar..entendo.. steven falou mais logo notou que eles nao estavam ocupado demais se beijando pra prestar atençao nele.

jensen grudou sua boca no do moreno num beijo longo e intenso esquecendo a presença de steven no quarto.

Jared correspondia o beijo sentindo todo corpo tremer nos braços do loiro..o beijo de jensen era unico..e a boca de jensen era a unica que jared queria beijar.

Steven subiu nas costa do loiro fazendo este lembrar dele.

jensen teria falado alguma coisa mais nao pode porque jared enfiu a lingua dentro de sua boca

O moreno enfiu a lingua na boca do loiro que aceitou de bom grado lhe acariciando com a sua tambem.

Jared levou as maos na costa do loiro foi nesse momento que lembrou que tinha alguem ali.

O moreno abriu os olhos e seu coraçao apertou ao ver  steven encima de jensen beijando as costa dele.

-Jensen..suas costa sao ta lindas.. steven falou entre os beijos.

Jensen nao estava prestando muito atençao no que ele falava todos seus sentindos estava voltandos pro moreno.

Ackles sorriu entre o beijo quando ouviu um barulho bem conhecido e sabia que vinha de jared.

-ta ouvindo isso? steven parou  o que estava fazendo e viu o olhar nada amigavel de jared para ele.-ele..ele ta rosnando.

-é.. jensen rompeu o beijo pra responder e porque precisava de ar.-ele faz isso quando algo nao o agrada.

-mas..

-é melhor voce ir steven.

-mas a  festa nem começou.

-pra voce nao acabou á festa..

-mas jensen..

-sai de cima de mim..

-qual é jen..

-a festa vai continuar.mais sem voce.

-eu vou sabe porque? Steven vestiu a blusa.-ja nos divertimos sem voce.

-o..o que.. O loiro olhou pro moreno sentindo seu coraçao pequeno

-voce ouviu..steven sorriu.-nos divertimos bastante..diz pra ele jared.

-jared? O coraçao do olhou falhou uma batida quando jared afirmou com a cabeça.

-ele é tao apertadinho que..A frase nao foi completada pois cabelou pra tras ao receber um soco no rosto de um jeito possesso de raiva e ciumes.

jensen perdeu o controle quando steven falou aquilo tomado pelo ciumes  saiu de cima de jared e avançou em cima d amigo socando seu rosto comm vontade.

Jared regalou os olhos supreso e com medo do que estava acontecendo..mesmo sem entender o que se passava.

-so to dizendo á verdade.. steven limpou o canto da boca.-nao tem culpa se nao aproveitou os momentos do lado de..

-CALA BOCA STEVEN

jensen o socou novemente em questao de segundo estavam os dois rolando pelo chao.

-nao..nao machuca jen..nao machuca.. O moreno falou ao ver jensen receber um soco no rosto.

Coronel saiu debaixo da cama e começou a latir segurando a vontade de dar uma bela  mordida na bunda de steven.

Trocaram de posiçao steven por cima de jensen o socando com vontade.

-nao..nao machuca jen..Jared deixou as lagrimas cairem sem saber o que fazer.-steven ta machucando jen..ta machucando jen..nao machuca jen..nao machuca.

-temos que fazer alguma coisa. falou coronel.

-jay nao sabe o que fazer..jay nao sabe..

O cachorro mordeu a alça da calça de steven tentando tira-lo de cima de jensen.

-oh homezinho dificil.disse o cachorro.

-ta machucando jen..O moreno se desesperou ao ver sangue escorrer na boca do loiro.

-AH! O gritou de steven fez jensen parar de mexer debaixo dele.

Steven tocou na perna e jensen pensou que coronel tivesse mordido ele mais regalou os olhos supreso ao ver jared segurando a perna de Steven com a boca grudada na canela dele,podia ver rastro de sangue escorrer na perna do homem.

-jay.. jensen  falou quase num sussurro

-DESGRAÇADO! Steven gritou asustando o moreno que desgrudou a boca de sua perna.

 O moreno levantou rapido com medo de steven e de si mesmo nunca pensou em machucar um bicho e muito menos uma pessoa.

Steven levantou de cima de jensen catou o dvd e falou olhando pro  moreno.

-é a primeira vez que transei com um selvagem.steven falou e olhou pra jensen.-é melhor prender esse animal..

Steven saiu do quarto mancando seguido por coronel que foi latindo atras dele.

O silencio no quarto era pesado cada preso em seus proprios pensamentos.

Jensen olhou pro moreno ambos tentando entender o que se passava com eles..

-jen machucado..O moreno quebrou o silencio e se aproximou do loiro fazendo mençao de tocar seu rosto,mais jensen afastou a cabeça

jensen estava tao perdido e assustado que quando jared foi toca-lo se sem querer se  afastou do toque dele.

-jen machucado..o moreno tentou novemente tocar no rosto do loiro mais jensen segurou sua mao.

-eu to bem..A voz do loiro saiu fria o que fez o coraçao do moreno apertar.

-jay só..

-eu to bem jared..O loiro se levantou sem coragem de encarar o moreno que nao havia percebido a mancha de sangue no canto de sua boca. -vou preparar o jantar..

O loiro saiu e coronel entrou no quarto enrolando na perto do moreno.

-jay deixou jen triste.. o moreno sentou na cama e pegou o cachorro no colo.

-nao ele..voce mordeu o amigo dele.

-jay sabe mas..steven machucando jen..

-eu sei jay mas..os humanos sao estranho.

-jay tambem é estranho. o moreno levantou e foi em direçao ao espelho finalmente vendo a boca de sangue.

-é a primeira vez que vejo um humano morder que nem cachorro.

-jay nao é cachorro..

-eu sei mas..

-jay tambem nao sabe o que é...

-como nao,voce é humano..

-jay quer chorar..

-jay..

-jen triste com jay..

O loiro foi pro banheiro que havia em um dos quartos de hospede e tomou um banho bem relaxado.

Por mais  que tentasse nao conseguia esquecer a cena  que presenciou e nem as palavras de steven.

Apos o banho o loiro fez uma camida leve e levou pra jared.

-jen nao vai comer?perguntou o moreno 

-ja comir..mentiu o loiro saindo do quarto mal entrou no quarto de hospede seu celular tocou:-misha nao to de..

-é verdade que eu ouvir.

-depende..

-steven e voce sairam no tapa..

-eu nao..

-ou melhor no soco.

-onde ouviu isso?

-encontrei com ele nao hospital.

-hospital?ele ta no hospital?

-é..parece que ele levou uma mordida de cachorro.

-ele..

-ao menos foi o que ele disse.

-eu..

-nao acredito que o coronel fez isso.

-ele disse que foi o coronel.

-tem outro cachorro no seu apê

-nao mas..

-como ta o jared?

-jared..  jensen fechou os olhos sentindo completamente perdido em relaçao ao moreno.

-voce ta bem?

-sim,so um pouco cansado.

-eu..

-te amanha ta..nao to com cabeça pra nada hoje.

-certo mas ao menos pensa no que falei.

-misha..

-sobre o jared..voce sabe  que estou certo.

-depois conversamos mi. jensen desligou o celular.

O loiro ficou um bom tempo no quarto andando de um lado pro outro  ate que lembrou da medicaçao do moreno.

-jay comeu.. falou o moreno assim que jensen entrou no quarto.

-voce nao comeu tudo...

-jay sem fome..

-hora do remedio.

jensen entregou o remedio pro moreno que bebeu sem questionar.

-jay eu..

-jay so..

Ambos começou á falarem ao mesmo tempo ate se calaram e o silencio tomou conta.

-ta na hora de dormir.jensen  

quebrou o silencio.

-jay sem sono.. jared mesmo assim se deitou na cama.

-voce precisa dormir..

-jen nao dormir com jay?

-to sem sono. O loiro respondeu.

-jen dar beijo de boa noite em jay.

-depois.. o loiro saiu do quarto sem ver o olhar magoado do moreno.

jensen foi pra sala onde se jogou no sofá e deixou as lagrimas cairem.

"nos divertimos bastante..como ele é apertado"A frase de steven veio novemente em sua mente junto com a imagens dos dois na cama.

Jensen se perguntou se ele nao tivesse chegado,o que teria acontecido?e o que aconteceu quando ele estava fora?

O loiro acabou adormecendo todo encolhido no sofá.

Algumas horas depois como nao conseguia dormir jared saiu do quarto procurando pelo loiro achando este dormindo no sofá da sala.

O moreno sentou no tapete em frente ao sofá com cuidado tocou no rosto do loiro num leve carinho.

-jen bravo com jen..sussurrou o moreno segurando as lagrimas.-jay deixou jen triste..

O moreno alisou todo rosto do moreno desda testa aos labios dele.

-jay triste tambem..jay so queia deixa jen feliz..

jensen acordou de madrugada pra ir ao banheiro assim que abriu os olhos seu coraçao bateu forte quando viu o moreno deitado no chao ao lado do so sofá.

-jay.. jensen sussurrou e nao pode evitar um sorriso ao lembra que era assim que ele fazia na floresta dormia no chao pra dar conforto pra jensen.

O loiro levantou sem fazer barulho,pegou o moreno nos braços e o levou pro quarto onde o deitou na cama o cubrindo.

-nao consigo esquecer jay..sussurrou alisando o rosto do moreno.-sera que voces se beijaram..ele tocou em voce..so de imaginar..

O loiro se levantou segurando a vontade de se deitar ao lado do moreno e se aconchegar em seus braços.

-cuida dele pra mim..falou olhando pro cachorro que estava no pé da cama.-boa noite jay.. jensen beijou a testa do moreno e saiu do quarto voltando pra sala onde ligou a tv.

Seu celular tocou e sem olhar no visor atendeu:

-alô

-oi lindo.A voz de tom ecoou do outro lado.

-to..tom?  jensen sentou no sofa supreso.

-que saudade meu lindo.

-tom eu..

-sei que ta cedo..

-cinco da magruda. jensen olhou no relogio de parede.-mas eu..

-eu sei mas.. nao estava aguentando de saudade.

-tom..jensen havia esquecido completamente de welling.

-nao posso ficar com saudade do meu noivinho.

-eu.. jensen nao sabia o que falar.

-em breve vou estou chegando

-o que?

-é..adiantei uma bom trabalho ja..

-quando voce..volta..

-nao sei o dia exatemente.

-tom eu..

-quando voltar marcaremos á cada 

-data do que?

-do nosso casamento oras.

-ca..casamento.. jensen olhou pra aliança que jared lhe deu.-precisamos conversar..

-quando chegar vamos  conversar 

-mas tom eu..

-depois lindo..agora tenho que ir.. tom desligou o celular.

-tom.. jensen passou as maos no cabelos."nao acredito que esquecir o tom..o que vou fazer agora?o que" O loiro saiu de seus pensamentos 

quando o latido de coronel chamou sua atençao.

-hey..o que faz aqui? 

O cachorro latiu e o puxou pela barra da calça.

-o que foi?quer fazer pipi?

O cachorro deu dois latido e virou em direçao ao quarto que jared estava.

-jay..o loiro foi praticamente correndo em direçao onde o moreno estava.

O coraçao do loiro apertou ao ver como o moreno estava.

Jared pingando de suor e se debatia na cama falando coisas sem sentindo.

-jay..O loiro segurou seus braços pra ele nao se machucar.-calma..

-jay nao quer..jay nao quer.. dizia o moreno tentando se solta dos braços do loiro.

-ta tudo bem jay.Jensen o puxou pro seus braços.

-jay nao quer...solta jay..solta jay..

-jared.. o coraçao do loiro ficou em pedaços ao ouvir isso.-ta tudo bem..ja passou..ja passou..

O loiro embalou melhor o moreno em seus braços ate ele se acalmar.

-jen com jay..O moreno abriu os olhos e sorriu aliviado ao ver que quem o segurava nos braços era jensen.

-sim..jensen passou o pedaço do lencol na testa do moreno limpando o suor.-ta tudo bem..

-jay com medo..jared se agarrou mais ao corpo do loiro.

-nao precisa..eu to aqui..vou te proteger.

-jen promete..

-sim,agora volta á dormir.. O loiro o deitou de volta na cama.

-hurum..

-quer beber um pouco de agua?

-jay nao..nao quer agua.

-tem certeza?

-hurum..

-eu.. 

-jen fica..fica com jay..

-fico..o loiro se ajeitou ao seu lado e em poucos segundos jared estava dormindo novamente.

O loiro saiu do quarto quando viu que jared dormia e voltou pro sala.

-queria tanto acasalar com voce agora..jensen sorriu do proprio comentario.-isso ta me deixando louco eu..O loiro se calou quando o viu o moreno aparecer na sala.-jay o que..voce ta chorando..

-jay..jay nao consegue dormir..

-jared..

-jay nao consegue..sem jen.

-o que?

-jay nao quer dormir sem jay..O moreno falava em meio as lagrimas.

-nao chora..O loiro o abraçou.

-jay com medo..

-foi so um sonho..eu to aqui..

-jay nao quer dormir..

-voce precisa..

-jay nao quer..

-eu..voce ta tremendo..O loiro envolveu mais o moreno em seu braços.-vamos pro quarto que..

-jay nao quer ir..nao quer..

-mas..

-jen deixa jay sozinho..

-nao eu..

-amigo de jay chega e ..O moreno se calou quando percebeu que falou demais.

-e o que? o loiro rompeu o abraço mais nao saiu de perto dele.

-jay nao consegue mentir pra jen..

-entao me conte á verdade..o loiro limpou as lagrimas do moreno mesmo com medo de saber da verdade.

-jay mentiu pra jen..

-eu..como assim..

-jay..jay nao..nao queria..

-nao queria o que?

-amigo de jen tocar em jay.

-mas.. jensen olhou confuso pro moreno sem entender.-voce disse que queria eu..

-jay mentiu pra jen..As lagrimas do moreno voltaram.

-porque?

-jay so..

-so me diz porque jared? jensen o segurou pelos braços sem aperta-lo.

-jay so..so queria..

-explimentar  so com ele.. jensen falou enciumado.

-jay nao..

-nao entendo porque mentiu pra mim..O loiro se afastou passando a mao no rosto.

-jay so..

-voce mentiu pra mim e..

-jay nao queria..

-ENTAO PORQUE FEZ?o loiro falou alto assustando o moreno.

-Pra deixa jen feliz.

-o..o que? perguntou o loiro supreso.

-jay so..so queria ver jen feliz.

-mas..

-mas jay deixou jen triste.

-eu..

-jen triste com jay..

-nao eu..

-jay fez errado.. o moreno soluçou.

-como deixar outro homem de tocar pode me fazer feliz? jensen deixou uma lagrima escorrer.-como?

-jay so..so deixou porque jen gosta

-o que?

-steven disse pra jay que se jay gosta de jen..

-ele nao..

-jay fazer aquilo pra jen ficar feliz.

-jared.. O loiro começou a entender o que se passou.-voce..

-jay so queria deixa jen feliz..

-jay..

-mas jay nao conseguiu..jen triste com jay..

-isso nao é tristeza jay.. o loiro falou olhando pro moreno.-isso é ciumes..

-jay nao entendeu..

-estou morrendo de ciumes..

-ciumes de jay?

-morrendo..O loiro respondeu antes de tomar a boca do moreno num beijo quente e intenso que jared correspondeu com vontade.-so de imaginar.. jensen falou entre um beijo e outro.-outro beijando sua boca..seu corpo..tocando..tocando sua pele..

-jay nao deixa..o moreno rompeu o beijo pois precisava respirar.

-eu..

-jay so quer jen..so jen..

-jay.. O loiro voltou a tomar posse da boca do moreno.

-jay acasalar com jen..jay quer

O moreno tirou a regata do loiro que levantou os braços pra facilitar.

Em questao de segundo estavam nus sobre o carpete se explorando a boca um do outro

-sua pele é minha..jensen falava beijando o corpo do moreno.

-de jen..

-voce é meu jay..ninguem pode ter tocar alem de mim..ninguem..

Em poucos segundos estavam se amando feitos dois loucos.

-jen mexe tao bom em cima de jay..jay gosta..

-eu tambem..Deus,voce é tao grosso..tao gostoso..

-jen tambem..ahh..

-mais jay..mexe mais rapido..

-jay mexer rapido..jay quer mexe mais rapido.

-eu..nao..nao mexe..O loiro segurou os braços do moreno em cima da cabeça do moreno.-seu braço..

-mas..ahh..jay quer..

-so..so aproveita..ahh..precisa..des..cansar..

O loiro começou a se mover de um jeito bem sensual e quente deixando moreno fora de si.

-jay..jay quer tocar..jay quer..jen..

-eu sei..ahh..ahh..mais voce precisa..

-jay gosta assim tambem..jay gosta..ahh..

-jared...voce..tira..ahh..o resto da minha..sa..sanidade..

-jen tambem tira..de jay..

-jared eu..eu vou gozar..ahh..vou gozar 

-jay tambem..jay gozar..

-meu.. o loiro beijou seus labios com se sua vida dependesse disso.

O orgasmo veio em sincronia, o ar faltou, o cérebro pareceu que entrou em curto, o corpo vibrava, as batidas do coração demoraram em se acalmarem.

-de jen.. jared falou ofeganta passando a mao sem gesso nas costa suada do loiro.

Quando a respiração de ambos voltou ao normal, Jensen saiu de cima de jared, deitando ao seu lado puxando o  moreno para se aconchegar em seu peito.

-voce ta bem?jensen perguntou alisando as costa do moreno

-jay so..

-seu braço..

-jay bem..respondeu o moreno.-jen bem tambem?

-hurum..jensen beijou sua cabeça.

-jay com saudade de acasalar com jen..

-eu tambem..

-jen nao ta mais triste com jay..

-eu nao..

-jay nao queria beijar steven..

-jay eu..

-mas steven falou  que jen ficaria feliz se jay fizesse aquilo..O moreno levantou a cabeça pra olha-lo

-ele mentiu..o loiro o beijou com vontade.

-jay ficou com medo..

-jay..

-steven machucou jen.. O moreno tocou no canto da boca do loiro.

-eu to bem..

-jay fez errado?

-o que?

-jay nao deixou jen feliz..

-jay..

-jay nao conseguiu fazer aquilo.

-jay eu..

-jay nao queria beija amigo de jen..

-eu sei..

-jen desculpa jay..

-eu quem te devo um pedido de desculpa

-jay nao entendeu..

-quando cheguei e vir voces juntos eu..eu fiquei possesso de ciumes. confesso o loiro.-tao cego que nao encheguei o obvio.

-se jen quiser jay faz aquilo..

-o que?

-pra jen ficar feliz..

-mas jared eu..

-jay faz..por jen..jay faz..

-nao quero que faça..

-jen nao quer?

-nao eu...

-jay nao fez jen feliz..

-pelo contrario. jensen alisou seu rosto.-voce me faz feliz so por existe..por ter entrado na minha vida..me sinto feliz so por te voce ao meu lado.

-jay tambem..o moreno sorriu mostrando suas covinhas.

-nunca mais faça isso ta..

-jay so..

-nunca faça uma coisa que nao queira..

-por jen..

-nem por mim..nem por ninguem..

-hurum..

-steven te usou e..tenho ate medo de pensar no que teria acontecido se nao tivesse chagado á tempo.

-jay com medo. o moreno deixou as lagrimas cairem novamente.

-nao jay..nao chora..

-ste..steven volta pra machucar jen..

-ele nao vai fazer isso.

-steven machucou jen..

-e voce mordeu ele..

-jay nao fez por mal..

-eu sei..

-steven nao queria parar de machucar jen..jay pediu mais steven continuou..

-ja passou..jensen beijou seus labios sem se importar com as lagrimas dele.

-jay com saudade de acasalar com jen..

-eu tambem tava..de beijar voce..sentir sua pele..sentir voce se derramar dentro de mim..

-jen nao ta mais bravo com jay?

-eu..

-jen nao deu beijo de boa noite em jay..

-jay..

-jen nao deitou com jay..

-eu tava..

-jen nao quis acasalar com jay..

-me desculpa jay..

-jay desculpa jen..jay desculpa. o moreno beijou sua boca daquele jeito.

-posso te perguntar uma coisa?

-hurum.

-por..porque se aproximou do fogo..com..com o chad? 

-jay nao sabe.. respndeu o moreno sincero.

-mas..

-jay se sente bem com chad..

-eu..

-chad amigo de jay.

-promete pra mim se isso mudar..voce..voce vai me contar..

-jay contar pra jen..jay conta.

-obrigado. jensen segurou as lagrimas."nao sei o que faria se isso mudasse..nao posso imaginar voce com outro..longe de mim."-nao consigo me imaginar longe dos teus braços.

-beija jay.. pediu o moreno.

-beijo..jensen selou seus labios num beijo apaixonado e mais uma vez se entregaram  á paixao 

O sol adentrou na sala ilumindo os corpo saciados pelo prazer de se amarem á madrugada toda.

-lindo..jensen sussurrou alisando o rosto do moreno,este dormia em seus braços.-steven vai me pagar por querer se aproveitar de voce.."agora entendo o pesadelo"

-jen tao lindo.. A voz do moreno chamou atençao do loiro.

-voce é mais..

-beija jay..

-seu desejo é uma ordem. jensen selou seus labios num beijo longo e terno.-bom dia..

-dia jen..

-dia.. O loiro sorriu do jeito do outro.-mais um beijo?

-hurum..

-vem ca..jensen o segurou pela nuca e o beijou com vontade pedindo passagem com sua lingua quente e atrevida.

jared correspondeu o beijo deixando a lingua do loiro explorar cada canto da sua boca

Jensen subiu em cima do moreno e passou a beijar o pescoço de jared que gemia sem pudor algum.

Depois de ser amarem jensen foi fazer o café deixando o moreno no mesmo lugar.

O loiro voltou pra sala seu corpo reagiu quando viu o moreno nu deitado no carpete..

Jared era pura tentaçao as pernas longas os braços o peitoral..massa e musculos..quente.

-jay.. jensen mordeus os labios admirando a beleza do moreno.

-jen bem? jared perguntou chamando atençao dele.

-eu.. o loiro limpou a garganta antes de continuar.-sim..so vim te chamar pro banho antes de tomamos o café..

-jay com fome..O moreno se espreguiço esticando todo corpo fazendo o loiro gemer so de ver a cena.

-nao faz isso comigo. sussurrou o loiro pra si mesmo

O loiro engoliu em seco quando o moreno se levantou se aproximou dele. nu quente e sex.

E antes que o loiro falasse alguma coisa jared tomou posse de sua boca o beijando daquele jeito.babado e quente..

jensen se entregou o beijo alisando as costa nua do moreno sentindo os musculos fortes dele.

-jen de jay..

-só seu..  

O moreno começou a tira á regata do loiro e foi nesse momento que bateram na porta

-saco.. jensen resmungou..

-jen atender?

-pode ser importante.. respondeu o loiro ofegante trocando de posiçao ficando por cima do moreno.-enquanto atendo que tal voce começar aquele banho.

-mas jay quer acasalar.

-podemos acasalar na banheira..jensne o beijou.-o que acha?

-jay gosta..

-entao vai la.. 

-jay vai. jared o puxou pra um beijo de tirar o folego.

O loiro apos se recompor o loiro foi pra sala antender a porta.

-espero mesmo que seja importante se nao..tom? jensen ficou supreso ao ver o noivo .

-supresa.. tom antes de tomar a boca do loiro num beijo forte que jensen nao correspondeu.

-espera.. jensen rompeu o beijo.-o que voce..pensei que..

 

-quis te fazer uma surpresa..

-eu..

-nossa..

-o que foi?

-voce ta..tao lindo..

-tom..

-seus labios tao tao enchardos..tom passou o dedo nos labios.

-tom eu..nos precisamos conversar. jensen se afastou.

-eu sei mas depois..tom o segurou pela cintura.

-nao tom eu..eu preciso falar..

-depois baby..agora to com saudade.. tom encurralou o loiro no braço do sofa se enroscando nele.

-tom.. gemeu o loiro ao sentir a ereçao de tom enroscar na sua.

-voce tambem quer..disse welling sem saber que o noivo estava excitado por causa de outro.

-tom eu..

-depois lindo.. disse tom antes de tomar posse da boca de jensen que dando deu por si estava correspondendo o beijo.

-jen ta... O sorriso de jared morreu ao chegar na sala assim como suas palavras em sua gargata.

Só uma coisa me entristece
O beijo de amor que não roubei
A jura secreta que não fiz
A briga de amor que não causei


Notas Finais


o que estao achando?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...