História Magic Life (Interativa) - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Aventura, Magia, Poder, Sobrenatural
Visualizações 52
Palavras 1.624
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Drama (Tragédia), Esporte, Famí­lia, Fantasia, Festa, Ficção, LGBT, Luta, Magia, Mistério, Misticismo, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Violência, Yaoi (Gay), Yuri (Lésbica)
Avisos: Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Pansexualidade, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Bem, eu até pretendia postar amanhã, porém fiquei muito animado com a história e estou postando hoje.
Boa Leitura!

Capítulo 1 - Primeiro dia


P.O.V Narrador

Um belo dia começa, pássaros cantam ao raiar do sol, que começa a brilhar cintilante longe no horizonte. É notável uma grande multidão, pessoas correndo pelas calçadas correndo para seus respectivos empregos, ao passo que, passa sempre uma ou duas viaturas por cada rua. Desde alguns anos tem sido assim, a partir do momento em que foram descobertas anomalias no DNA de algumas pessoas, uma grande e poderosa instituição governamental surgiu, o Departamento Biológico de Anomalias, ou, como ficou popularmente conhecido, o DBA. Essa instituição ficou encarregada de conter e estudar, toda e qualquer ameaça fora de um padrão de normalidade. Nas proximidades desta pequena cidade, está localizada a base central do DBA, de onde são comandados todos os outros centros de comando que estão todos espalhados pelo mundo. Deixando isso de lado, pelo menos por hora, existe uma grande universidade nos arredores do centro urbano, uma escola interna, que recentemente fez uma grande reforma, atribuindo centenas de novos quartos, e abrindo uma grande quantidade de vagas para novos estudantes que vinham neste novo ano letivo que começará em breve.

Nesse momento, um rapaz de cabelo castanho chega ao pátio da universidade, parando por um breve instante e olhando para a gigantesca construção de três andares e vários metrôs quadrados, pode avistar o dormitório masculino à direita o feminino seguindo o caminho da esquerda. Mesmo sendo muito cedo, já tem diversos alunos no pátio, andando, correndo, lendo, conversando, e por aí vai. O rapaz segue em frente, adentrando no prédio central e seguindo para a sala do diretor, onde pegará seu horário e terá acesso às informações mais importantes sobre como é a universidade. Depois de alguns minutos, ele começa a andar para o dormitório masculino, quando de repente, bate de frente com uma garota que andava apressada, fazendo a mesma cair no chão.

- Droga, me desculpa - O rapaz fala levantando a jovem de cabelos coloridos em mechas pretas, rosas, azuis e brancas - Sinto muito, eu devia ser mais atento.

- Tudo bem, eu também estava pensativa demais, bem, talvez seja melhor começar do zero com você - Ela disse limpando sua saia com algumas batidas - Meu nome é Allyson Inoue, sou novata aqui.

- Também é meu primeiro dia, meu nome é Draugon Kouji, é um prazer conhecer você - O rapaz responde com um sorriso amigável, o que deixa a jovem mais confortável.

-Fico feliz em fazer um amigo logo no meu primeiro dia - A jovem responde alegre, ajeitando o seu cabelo que havia ficado bagunçado depois da queda.

- Bom, eu adoraria falar um pouco mais com você mas, eu tenho que seguir para meu dormitório - Draugon diz meio apressado, não querendo ser indelicado.

- Eu entendo, também tenho que ir, acabei de chegar e tenho que pegar os meus horários na sala do diretor - Allyson começa a andar de volta ao seu curso original - Até breve.

- Até - Draugon respondeu pouco antes de continuar caminhando para o dormitório masculino.

Enquanto isso no dormitório feminino, dentro de um dos quartos, uma jovem garota de cabelo loiro olha para o pátio pela sacada de seu quarto, observando vários alunos que entram e saem do prédio principal, além dos que permanecem no próprio pátio. Depois de alguns minutos, ela decide entrar de volta para seu quarto, ela não tem ideia do que pode fazer para passar o tempo, então ela apenas se deita sobre sua cama, relaxando seus músculos e fechando os olhos enquanto pensa no que pode fazer para não ficar apenas deitada o dia todo. Nesse momento, ela escuta um pequeno toque vindo de seu celular, ao abrir os olhos, ela encara seu dispositivo, fazendo o mesmo se desbloquear, o que a permite ler a mensagem que recebeu de seus tios, perguntando sobre como está sendo o primeiro dia dela na sua nova universidade. Ela responde de forma rápida, mas então, ela sente uma energia estranha, uma corrente aparentemente de calor puro, circula pelo ambiente. Depois de conseguir encontrar a direção que a energia segue, a jovem de olhos azuis se levanta e começa a andar, a procura da fonte dessa energia tão diferente do normal. Após alguns minutos, ela encontra uma garota sentada no chão, em um lugar escondido do dormitório, em sua mão direita, a menina move uma chama incessantemente, como se estivesse brincando com o fogo que aparenta não estar queimando a mão da garota. Os cabelos dela são escuros na base, mas os fios vão clareando conforme se aproxima da ponta do cabelo, e seus olhos castanhos, que embora sejam muito bonitos, sua expressão é totalmente assustadora. A jovem de cabelos loiros se senta ao lado dela.

- Oi - A jovem de olhos azulados diz sendo simpática como de costume - Meu nome é Emanuelle Yamada, e você, qual o seu nome?

- Por que você está falando comigo, não tem medo do que está vendo - A moça diz encarando a menina de canto e vendo a mesma negar com a cabeça - Interessante, eu me chamo Samantha Jones, e se puder, gostaria de ficar sozinha agora.

- Tudo bem, vou passear um pouco, até outra hora - Emanuelle saiu dali antes de que pudesse ouvir a garota falar qualquer outra coisa.

Decidida a fazer alguma coisa, a loira toma caminho para o pátio, esperando fazer um amigo, já que sua última tentativa não foi muito bem sucedida. Em todo o caminho, ficou pensando sobre a garota de poucos minutos mais cedo, não esperava encontrar alguém assim, tão parecida a si. Assim que chegou no pátio, pôde avistar uma garota separada dos outros alunos, encostada na parede lendo alguns documentos aparentemente da universidade, Emanuelle se aproxima esperançosa de que conseguirá fazer uma nova amiga.

- Bom dia - Ela falou para a garota tirando ela de seus pensamentos - Meu nome é Emanuelle Yamada, eu vi você de longe e fiquei na dúvida, parece meio solitária aqui.

- Oi, meu nome é Allyson Inoue, desculpa ter passado a impressão errada - Ela responde guardando seus papéis em sua mochila - É um prazer conhecer você, fico feliz em fazer uma nova amiga aqui.

- O prazer é todo meu, é seu primeiro ano estudando aqui - Emanuelle pergunta se encostando na mesma parede que Allyson.

- Sim, cheguei há pouco tempo, mas já estou adorando o lugar, é calmo e sereno, os alunos aqui parecem bem comportados - Allyson diz olhando para as pessoas no campo.

- Realmente, a escola têm pouquíssimos registros de mal comportamento por parte dos que estudam nela - A loira comenta animada com a conquista de fazer uma nova amiga, não que fosse difícil para ela - Bom, é o que eu sempre ouvi.

- Entendo, vejo que será muito divertido estudar aqui - A jovem de cabelo colorido afirma com os olhos direcionados para o céu.

No meio da conversa, Draugon se aproxima do prédio principal vindo de seu dormitório, foi quando Allyson acena para o mesmo, que caminha até as duas garotas, ficando em frente as duas que permanecem encostadas na parede.

- Oi Allyson, como foi na diretoria - Draugon pergunta assim que se aproxima das duas, ele estava com o celular na mão, porém o guarda no bolso da calça.

- Foi tudo bem, mas vocês podem me chamar só de Ally - Ela fala colocando as mãos nos ombros de cada um dos dois ao seu redor.

- Muito bem, Ally - Emanuelle concorda com o pedido da nova amiga com um sorriso - E você, qual é o seu nome - Ela se dirige a Draugon.

- Meu nome é Draugon Kouji, cheguei na escola hoje pela primeira vez - Ele responde com um sorriso bastante amigável.

- Eu sou Emanuelle Yamada, é muito bom te conhecer, Draugon, tenho certeza de que nós vamos ser todos grandes amigos - A loira sorri ainda mais vendo que já fez amigos muito legais, mais do que ela esperava.

Depois de algum tempo, os três se separam por motivos pessoais, Emanuelle decidiu ir na sala dos professores, precisava esclarecer algumas dúvidas, Draugon voltou a falar com o diretor, pois precisava de ajuda para determinar alguns dados em sua matrícula, e Allyson, ela seguiu para o seu quarto no dormitório feminino, precisando descansar depois de um dia bastante longo e complicado, mas cheio que histórias para contar. Em um dos vários bancos do pátio, uma garota de cabelos longos azulados encara o céu com alegria, muito ansiosa para começar as aulas no dia seguinte, foi quando um rapaz de cabelos curtos e espetados num tom azul um pouco mais escuro do que a jovem, ele se senta ao lado dela.

- Já está tudo pronto - Ele fala alegre como a jovem ao seu lado - Então, o que está achando do lugar, é um ambiente agradável para você?

- Sim, gostei muito daqui - Ela responde ainda sorrindo, direcionando os olhos para o rapaz - E quanto a você, o que pensa a respeito deste lugar.

- É muito agradável e tranquilo, tenho certeza de que vou adorar estudar aqui - O rapaz comenta olhando as pessoas ao redor - Sei que parece legal, mas toma cuidado, Melody.

- Não entendo essa preocupação Zack, o lugar é famoso por alunos muito bondosos e bem comportados - Ela responde com certa dúvida acerca do que o rapaz falou.

- Sei disso, não quero ser chato com você, e muito menos quero te privar de ter amigos, eu apenas peço cautela da sua parte - Zack comenta olhando para ela com um olhar sincero.

- Tudo bem, serei cautelosa - Melody fala retrocedendo seu sorriso de pura felicidade - Mas eu tenho que ir para o meu dormitório, até mais tarde, irmão.

- Até mais tarde irmãzinha - Zack se despedi vendo a garota se distanciando na direção do dormitório feminino.


Notas Finais


Até o próximo capítulo.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...