1. Spirit Fanfics >
  2. Magic: the Gathering -- Caça impiedosa >
  3. Culto de Rakdos, rapido e cruel.

História Magic: the Gathering -- Caça impiedosa - Capítulo 3


Escrita por:


Notas do Autor


Oof, este foi mais longo do que eu esperava. Mas aqui esta! Eu fiz este capitulo especialmente para a FdT (Aka Fangirl da Toga).

Capítulo 3 - Culto de Rakdos, rapido e cruel.


Fanfic / Fanfiction Magic: the Gathering -- Caça impiedosa - Capítulo 3 - Culto de Rakdos, rapido e cruel.

Magic: the Gathering – Mercyless Hunt – Pt3

Apos Nick sair dos jardins de Selesnya, ele dirigiu-se para o decimo distrito, o coração de ravnica.
Ele procurou e procurou e finalmente encontrou o que queria. Ele dirigiu-se a um beco, vandalizado com imagens que pareciam uma mascara de palhaco com chifres. “Esse desgraçado tem de estar aqui.” Nick disse, preparando os seus punhos, revestidos com sua magia, mais pareçiam garras de dinossauro do que mãos. Ele abriu a tal porta e.. nada. Um corredor escuro, aparentemente de uma so direção, sem mais portas nenhumas.
Nick andou pelo corredor, sem nunca baixar a guarda ate que viu uma luz no seu fim…
“Argh, os meus olhos!” Nick tapou os olhos. Quando os seus olhos se habituaram a claridade, ele notou uma sala ENORME, quase do tamanho da mansão Markov, onde ele vivera desde sempre. “Onde e que eu estou?” Ele olhou em volta.
“Booooo! Sai do palco!” A plateia gritou, ele olhou em volta e estava no meio de um espetaculo… mas não qualquer um, um espetaculo de horrores. Pessoas decapitadas, corpos rasgados, entranhas e orgãos no chão. “Ewwwww!” Nick disse, quase vomitando.
“Ah! Sacana!” Disseram os atuadores que estavam a torturar uma pessoa. Eles pegaram em facas, correntes e adagas e correram na direção de Nick sem hesitar. “Venham todos!” Nick disse, batendo os punhos e socando um dos cultistas, que facilmente se desviou e lhe deu um calduço. “Hey!” Nick virou-se.
Os cultistas riam-se e brincavam, desviando-se dos seus ataques enquanto que a plateia ria as gargalhadas. Uma mulher apareceu por uma das portas, no centro inferior da plateia. Ela era acompanhada por dois homens. “Parem logo de brincadeiras! Esse vagabundo esta a interromper o nosso espetaculo!” Ela disse.
Os cultistas ficaram imediatamente sérios. Nick correu na direção deles e conseguiu acertar num deles, derrubando-o ao chão. Nick virou-se para outro mas uma corrente bateu-lhe na mão, fazendo-o falhar o ataque, foi uma correntada tão forte que deixou um corte, a sangrar.
“Olhem só! Vamos!” Disseram outros cultistas rivais, sentados a assistir, que se levantaram e correram para o palco, para ajudar na luta. Passaram-se dois minutos, e o palco estava cheio de cultistas, alguns na corda bamba a saltar para cima de Nick, e outros so a chatea-lo mesmo.
“Grrrrrr! Fiquem quietos!” Nick disse, tendo dificuldades em acertar nos cultistas.
Um grande estrondo se ouviu e os cultistas pararam imediatamente. “É Rakdos!” Eles disseram com alegria nos seus olhares. A plateia calou-se enquanto brazas saltavam de um percipicio perto do palco. “Quem ousa interromper os espetaculos na MINHA guilda.” Uma voz aterrorizante soa pot toda a sala. Nick, com os olhos arregalados de medo, olhou para tras de si, onde o percipicio estava. Uma grande figura se erguia. Parecia ser do tamanho de 30 homens, uma altura incrivel. A plateia olhava fixamente para ele, tal como os cultistas, expantados e silenciosos enquanto a sua adorada ‘Divindade’ se erguia. Brazas sairam do grande buraco e um grande Demonio, não era um demonio, era O demonio. Uma entrada digna de uma figura tão aterrorizante e brutal quanto ele. O grande bixo portava correntes a volta do peirto e dos ombros, uma foiçe enorme de fogo, mas o mais importante de tudo… ele tinha dois grandes chifres, que fizeram Nick lembrar-se do simbolo que havia visto a entrada… o simblo era o contorno da cabeça dele. “Q-Quem es?! Eu não tenho medo de ti!”  Nick disse, pondo-se em posição de ataque.
“Eu. Eu sou Rakdos! O líder e criador desta guilda!” O grande ser rugiu em furia. “O que um mortal como tu faz aqui?” Rakdos disse, com o seu tom aterrorizante, que fazia o publico ficar agitado mas mesmo assim, silêncioso. “Procuro um tal de Tibalt!” Nick disse, sua voz baixa e normal nada se igualava a do grande Demonio.
“Nunca ouvi falar desse nome por aqui… Mas conta-me mais” Rakdos disse, sentando-se no seu trono de crânios humanos. Ele pareceu interessado no assunto, ate um pouco de mais.
“Ele… Esquece, onde é a saida?” Nick não podia parar de tremer de medo.
Rakdos suspirou. “Judith, leva este ate a saida.” Rakdos ordenou. A mesma mulher que tinha falado, antes dos cultistas ficarem agressivos fez uma venia. “Sim Lorde Rakdos” Ela olhou para Nick. “Vem”
“Grrrrrr. Esqueçe, eu vou só dar o baza daqui” Nick fechou os olhos e transplanou para outro plano… Mas que tipo de problemas poderia ele causar?
Fim da parte 3



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...