1. Spirit Fanfics >
  2. Magical World. >
  3. Capítulo 10.

História Magical World. - Capítulo 10


Escrita por:


Notas do Autor


Boa leitura ❤️

Capítulo 10 - Capítulo 10.


Fanfic / Fanfiction Magical World. - Capítulo 10 - Capítulo 10.


|| Pov's _____ on ||


A porta de madeira se abre em minha frente e algo me diz para entrar.

Lá dentro está um casal, uma mulher loira e com traços delicados, ao seu lado está um homem de cabelos negros.

- Sabe esse lugar é perfeito.- Ela diz.- Estou feliz que o rei nos aceitou como magos reais.

- Também estou querida.- A expressão sorridente que se mantinha no rosto dele some, sendo substituida por uma feição séria e... Raivosa?- Eu só acho que não você não devia ter se arriscado por aquele homem fraco, é um humano, é fraco.

- De novo com isso?- Ela o olha triste.- Do mesmo jeito são pessoas, podem até não ser Encants e não ter poderes mágicos, mas são gentis e bondosos, merecem respeito tanto quanto os outros.- Ela segura o rosto do rapaz, logo tendo as mãos retiradas com força. Ele se levanta e olha para a mesma.

- Uma hora você vai ver que eles não são tão bons assim.- Ele sai do cômodo, deixando a menor lá sozinha.

- E uma hora você vai ver que nem todos no mundo são ruins.- Ela suspira pesadamente e se afunda no sofá, cansada.


•°•°•


Logo estou em um campo, muitas pessoas sendo atacadas por animais selvagens e maléficos.

O mesmo casal que antes eu havia visto na casa agora está frente a frente, os dois armados. A mulher vestia um vestido branco e seus olhos estavam cheios de lágrimas, que escorriam por seu rosto, Já o homem estava vestido com uma roupa totalmente preta, e um manto, também preto, estava sobre seus ombros, em seu rosto estava estampado um sorriso perverso e seus olhos exalavam uma aura sombria.

- Sombra, não pode fazer isso.- A mulher dizia aos prantos.

- E quem vai me impedir? Você uma mulher que me traiu e me trocou pelos humanos? NÃO MESMO.- Ele grita a última parte.- Luz, se você estivesse do meu lado tudo isso seria mais fácil.

- Eu nunca vou matar inocentes.- Ela solta sua espada e se ajoelha no chão. Ele se aproxima e se abaixa perto de sua antiga amada.

- E a mim, vai matar?- Ele diz friamente, segurando o rosto da menor, que nada responde.- Como eu pensei.- Ele se levanta e anda na direção do rei e sua filha.

- Eu não vou matar você.- Ela responde novamente de pé.- Mas não quer dizer que vou deixar fazer o que quiser.- Ele se vira para a mulher, e assim os dois se encaram, ele com um sorriso debochado e ela com uma expressão determinada.

- E como vai fazer isso?- Ele sorri e abre os braços.

- Assim.- Ela corre e abraça ele com todas as forças.

- O q- Ele interrompe sua fala, largando sua espada e abraçando a garota.

- Me desculpe.- Ela diz baixinho enquanto as lágrimas voltam a surgir.

Um soldado humano pega a espada e atravessa o corpo da garota junto do corpo do homem, atravessando seus corações. Os corpos caem no chão, e em uma última fala ele diz a mulher.

-Eu te amo...- E seus últimos suspiros são dados.


•°•°•


Assim que a luz branca cessa eu volto para o mesmo quarto branco que aparece antes dessas visões. Luz aparece em minha frente e sua mão vai direto para meu rosto.

- Então é você.- Ela sorri.

- O que?- Pergunto confusa.

- Não sou eu quem lhe contará, suas visões dirão.- Ela segura minhas duas mãos.- Só precisa saber que vou te ajudar quando precisar, e que não importa o que aconteça, você tem que impedir o plano de Zack.- Ela me olha preocupada.

- Eu não vou deixar ele controlar todo o mundo mágico.- Digo determinada.

- Não é desse plano que estou falando.- Ela olha para meu cristal.- Não é esse o plano principal dele, e exatamente por isso deve proteger esse cristal como sua vida.- Ela o toca e ele irradia uma luz.

- Qual é o plano dele então?- Pergunto sentindo que ia acordar.

- Tem que descobrir sozinha.- Ela sorri gentil e se vai.


•°•°•


Abro meus olhos e me sento rapidamente na cama, sentindo lágrimas descerem por meu rosto.

- De novo.- Suspiro frustada e me levanto de vez.


{•••}


Bato na porta de madeira e logo Jin vem a abrir rapidamente.

- Não era para você estar treinando?- Ele pergunta desconfiado.

- O Yoongi não apareceu, então resolvi resolver isso de uma vez, vou ser direita Jin, eu tive outra visão enquanto dormia.- Ele arregala os olhos.

- Mas já?- Ele me manda entrar.- Só faz três dias desde que conversamos.

- Não foi só o sonho Jin, eu também conversei com Luz.- Ele me puxa para a sala de estar no andar superior e me pede para contar tudo.


{•••}


- E derrepente ela desapareceu, eu acordei e quando vi estava chorando.- Termino de contar o sonho e a conversa para Jin, que me escuta atento.

- Por que você sonharia com eles? E por que ela falaria com você?- Ele se recosta no assento.

- Eu não sei, só sei que se realmente conquistar o mundo mágico não for o verdadeiro plano de Zack...- Eu pauso.

- Temos que descobrir qual é.- Ele suspira pesado.

- Jin, por favor não conte sobre esses sonhos a ninguém.- Suplico ao loiro.

- Não irei, afinal não posso dizer nada a ninguém antes de descobrirmos o que esses sonhos significam.- Ele se levanta e eu faço o mesmo.- Bom, vamos atrás do Yoongi, é estranho ele não aparecer para o treino.- Ele sorri.

- Ok.- Nós saímos da casa de Jin e logo vamos em direção a casa de Yoongi.

Batemos na porta e logo ela é aberta, revelando Merry.

- Noona, Jin-Hyung, o que fazem aqui?- Merry nós recebe.

- Viemos atrás do Yoongi, ele está?- Jin pergunta.

- Não, ele saiu para treinar ontem de tarde e não voltou.- Ele diz simplista.- Ele faz isso de vez enquanto.

- Sabe onde ele foi?- Pergunto a Merry.

- Sei sim Noona.- Ele sorri.- Vou levar você, desculpa Jin-Hyung mas acho que você não pode ir.- Faço uma expressão confusa.

- Por que?- Pergunto.

- É porque geralmente quando ele treina Ônix coloca um feitiço de proteção e camuflagem, e o Hyung não consegue ver quando a hora passa, e só eu posso entrar, mas acho que consigo fazer a Noona entrar se ela estiver com o Rowtsya.- Ele explica e me puxa, acenando para Jin, que só ri.

- Fala para ele manerar no treino _____.- Ele diz um pouco alto enquanto nos distanciamos.

- Vamos buscar o Rowtsya.- Ele diz e eu paro.

- Não precisamos ir.- Merry faz uma cara confusa.-Vou chamar ele.- Foco a mágica em meus lábios e assovio, sem muita demora Rowtsya surge.

- Uau Noona, como você aprendeu isso?- Merry sorri.

- Seu Hyung me ensinou, agora vamos.- Saímos para encontrar Yoongi.

Depois de entrar na floresta fora da redoma Merry me leva até uma clareira.

- Cadê ele Merry?- Pergunto olhando em volta, o pequeno ri e logo fala alguma coisa no ouvido de Rowtsya, que vai até o centro da clareira.

- Vem também Noona.- Merry me puxa pela quarta ou quinta vez no dia.

Logo Rowtsya dá um latido para o alto e um tipo de portal passa por nós, e assim estamos em um lugar onde parece fim da tarde, um ataque se aproximava, eu conseguia sentir isso graças a ligação com Rowtsya, que se pos de guarda. Logo um vulto vem em minha direção, não demoro para criar uma espada com minha magia e bloqueio o ataque do vulto.

- _____? O que faz aqui?- Minha visão se ajusta com a escuridão provocada pelo chegar da noite na redoma e logo o vulto toma forma, e Yoongi é reconhecido.

- Eu que pergunto, o que faz treinando na floresta ainda?- A espada em minha mãos some e o encaro esperando uma resposta.

- Merry, porque trouxe ela.- Ele me ignora e olha para o menor.

- Ei, me responde.- Tiro a espada das mãos dele.- Não vou devolver até me dizer porque passou a noite e a manhã inteira treinando aqui.- Entrego a espada para Rowtsya, e como se entendesse o recado ele a esconde.

- Noite e manhã?- Ele me olha confuso.

- Sim, eu esperei você para o treino hoje e nada de você aparecer.- Cruzo os braços e ele sorri.- Falei até com Jin.

- Vou embora então, tchau gente.- Merry sorri travesso e vai embora. Assim que ele desaparece Yoongi me responde.

- Então quer dizer que estava preocupada?- Ele vai se aproximando lentamente com um sorriso no rosto e eu vou andando para trás.

- Não...- Digo já batendo as costa na árvore.

- Tem certeza?- Ele coloca seus braços na árvore na altura da minha cabeça, me encurralando. Nada respondo, só fazendo seu olhar se tornar mais brincalhão.- Não vai responder?-Ele não desvia o olhar penetrante dos meus olhos nem por um segundo, e como se fosse um crime eu também não desvio o olhar.- Então quer dizer que estava.- As orbes negras me olhavam como se pudessem ver através da minha alma. Percebendo o que ele diz me apronto em responder.

- Isso é o que você acha.- Vejo seu sorriso impertinente aumentar.- Não quer dizer que é essa a versão correta dos fatos.

- Então qual séria a versão correta?- Ele me responde sem demora, como se a resposta já estivesse na ponta da língua.

- Eu simplismente estava preocupada com meu treino.- Ele balança a cabeça negativamente, enquanto sorri.

- Você é previsível sabia?- Ele aproxima sue rosto, ficando a poucos três centímetros de distância. A tensão naquele momento chegava a ser palpável, me deixando nervosa sem motivo.

- Como eu já disse, é o que você acha...- Ele me corta.

- Não quer dizer que seja verdade.- Ele revira os olhos, e fico sem palavras.- Como eu disse previsível.- Ele aproxima sua boca de meu ouvido, e assim que sua voz rouca me atinge sinto a pele de minha nuca se arrepiar.- Dessa vez é a versão correta.- Sinto seu sorriso no final da frase.

- Você ainda não respondeu minha pergunta.- Ele me olha não entendendo.- Por que veio treinar fora da redoma.- Ele se afasta e finalmente eu respiro corretamente.

- É mais tranquilo.- Ele dá de ombros.- Gosto de treinar sozinho, então.... Vai devolver minha espada?

- Não sei, eu deveria?- Sorrio brincando com ele, que me lança um olhar brincalhão.

- Acho que mereço não? Você disse que ia devolver depois de que eu te respondesse.- Me aproximo olhando em seus olhos.

- É... Eu disse?- Provoco.- Mesmo se tivesse dito, seria depois, mas eu não disse que seria logo que você respondesse.- Me viro de costas para o maior.

- Está sendo injusta.- Ele se aproxima e diz rente a meu ouvido.

- Não sei não, eu simplismente não quero devolver, é o troco por não me treinar.- Ele agarra minha cintura e eu estremeço ao sentir o braço forte do maior me segurar com possessividade.

- Já que esse é o problema vamos treinar agora.- Sou virada de frente para ele.- Vamos ver se está melhorando, luta corpo a corpo, não fazemos isso desde o dia em que comecei a te treinar.- Ele sorri.

- Semana passada?- Ele ri.

- É semana passada.- Ele se afasta.

- Então vamos.- Me ponho de guarda e ele já começa a me atacar.

Com um passe rápido eu escapo de uma rasteira. Logo estou devolvendo os ataques o fazendo cair no chão ao usar um feitiço que criou uma corda prendendo seu pé no chão.

- Isso é golpe baixo.- Ele reclama.

- Você nunca disse que não podia usar magia, não usou porque não quis.- Ele ri de minha resposta e se solta da pequena corda de luz.

- Então já que é assim.- Ele usa sua magia, de cor azul marinho, fazendo com que meus dois pés afundem na terra.- Não vou me segurar.

Uso minha magia para me soltar e logo sou atingida por uma bola de energia, me fazendo ir para trás, mas com uma cambalhota estou de pé.

- Só isso?- Provoco.

Ele não responde só começa uma série de ataques sem pausa, crio um escudo e me protejo dos mesmos. Assim que ele abre uma brecha eu começo a jogar bolas de luz em sua direção, ele acaba tropeçando e caindo no lago ali, eu começo a rir sem parar e ele me olha zangado, o que me faz rir ainda mais. Derrepente sou atingida por uma de suas bolas de energia e acordo para a vida. Começo a tacar e me defender, e logo ele faz o mesmo. Quando estou perto o bastante eu invisto em um soco, ele faz o mesmo, mas derrepente um flash da cena em que o casal Luz e Sombra e morto e eu vacilo, assim acabo caindo no chão quando Yoongi me acerta.

-_____! - Ele se abaixa perto de mim preocupado, e eu aproveito a chance, assim jogando ele no chão e ficando em cima dele.

- Não abaixe a guarda.- Sorrio maroto e ele me encara incrédulo.

- Não acredito, apelar pela culpa não vale.- Ele ri junto a mim.

- Ah, droga me molhei fazendo isso.- Olho o estado das minhas roupas.

- Bem feito.- Ele sorri e eu olho brava para ele, mas logo minha expressão suaviza, sendo substituida por um leve sorriso. Sou surpreendida quando ele inverte as posições e me prende.- Achou que eu ia deixar você sair por cima de novo?- Ele pergunta sorrindo que nem um garotinho.

- Ok, você ganhou, estou cansada.- Reclamo e ele ri.- Não ri, eu ainda me canso usando magia, não sou como você que está acostumado desde pequeno.- Ele sai de cima de mim e se senta ao meu lado. Logo eu estou sentada também.

- Rowtsya.- Chamo o mascote que para de brincar com Ônix e vem correndo.- Fez uma nova amiga?- Falo com o Ômega que assente, me fazendo rir.

- Vocês se entendem bem né?- Olho para o lado e vejo que Ônix havia vindo para perto de Yoongi.

- Sim.- Acaricio o meu mascote que me derruba no chão e me lambe.- ROWTSYA.- Repreendo ele, que logo me deixa levantar.

- Ele parece do tipo brincalhão.- Ele acaricia Rowtsya que logo me troca por Yoongi.- E parece que gosta de mim.

- É, tô bem feliz sendo trocada.- Ônix empurra minha mão com a cabeça, como se quisesse carinho, e assim que faço a mesma se deita em meu colo.

- To sentindo que fui trocado também.- Ele olha indignado para Ônix, que só o olha de relance e fecha os olhos aproveitando minhas carícias.

- Não se preocupe, eu aposto que ela te ama muito.- Rowtsya puxa Yoongi e logo os dois estão brincando.

- Seu dono é bem hiperativo né?- Digo a Ônix que me olha de um jeito muito fofo.- E você é muito fofa.- Brinco com a fêmea.

- Não é sempre que ela gosta de alguém.- Yoongi se senta de novo ao meu lado, ofegando um pouco.- Na verdade acho que você é a única de quem ela gostou, além do Merry e eu.- Ele faz carinho nela.

- Rowtsya também não é de brincar muito assim com alguém que não seja eu.- Faço carinho nas orelhas dele.

- Acho melhor voltarmos, o tempo aqui nessa bolha de treino é diferente.- Assinto e logo estamos indo para casa.

Depois de alguns minutos caminhando em silêncio ele resolve falar.

- Então... Teve mais algum daqueles sonhos?- Olho para ele surpresa.

- Não...- Digo baixo.

- Jura? Eu já percebi que quando você mente você abaixa a voz, e esse não foi bem mentiroso da sua parte.- Ele me desmascara e eu fico sem saber o que falar.- Se quiser contar sou todo ouvidos, sua voz é agradável, ao contrário da de certas pessoas.- Coro com seu comentário e viro o rosto.

- Bom... Eu tive um sonho sim.- Vejo ele sorrir.

- Viu? Não é melhor dizer a verdade?- Sorrio levemente até me lembrar do sonho, e ao ver que minha cara não é das melhores ele desfaz seu sorriso.

- Você já ouviu a história de Sombra e Luz?- Pergunto ao maior e vejo ele assentir sem falar nada.- Bom, minha avó contava ela para mim toda noite antes de dormir.- Sorrio com a lembrança, sem perceber que uma lágrima escorre por meu rosto. Logo a mão de Yoongi está lá enxugando a lágrima teimosa.

- Não precisa se forçar a lembrar de coisas difíceis.- Ele me olha compreensivo, mas continuo.

- Não é difícil, é só saudade.- Continuo.- O sonho foi com eles, no momento em que morrerem.- Ele arregala os olhos.

- Como assim?- Ele para de andar e eu faço o mesmo.

- Eu vi a espada atravessar o casal, eu vi eles e depois...- Suspiro.- Luz falou comigo...

- O quê?!- Ele me olha surpreso.

- Ela disse que eu tinha que impedir o plano de Zack, mas antes que você pense que é o plano de dominar todo o mundo mágico, não é esse...- O olho e em seu rosto estava estampado medo e surpresa.

- Então... Qual é o plano dele?- Ele fala depois de algum tempo de silêncio.

- Não sei, ela disse que eu tinha que descobrir sozinha.- Agarro meu cristal.- Ela disse para cuidar do meu cristal como minha vida, assim como minha avó.

- Como sua avó falou com você?- Ele vem para minha frente.

- No dia em que o colar brilhou pela primeira vez, eu fui para um quarto totalmente branco, e ela me disse isso.- Olho para cima, para poder o encarar.

- Então por isso o monstro teve medo, o colar criou uma zona onde a magia negra não podia interferir, e se tentasse, ia ser dissipada.- Ele diz.

- Eu não sei se foi isso, mas tem muita coisa que eu preciso descobrir ainda.- Abaixo minha cabeça.

- Você não vai estar sozinha.- Ele sorri tentando me reconfortar.

- Obrigada.- Abraço ele, o fazendo ficar surpreso, mas ele demora menos que a última vez para retribuir. Uma de suas mãos acaricia minhas costas e a outra meus cabelos.

- Vamos voltar, estamos fora da redoma, qualquer um pode atacar.- Ele diz suavemente, e logo estamos de volta em nosso caminho.


|| Pov's ???? on ||


A garota abraça Yoongi e logo ele retribui, eles ficam um tempo assim, e depois vão embora.

- É bom saber que ele tem uma fraqueza.- Sorrio.

- Ele também é uma fraqueza dela, só precisamos esperar, se ela for muito fraca não tem graça.- Ele sorri.

- Bom, já vimos o que queríamos, vamos embora, temos que fazer testes.- Ele assente e nós nos vamos.


Notas Finais


E aí gente, o que será que Luz quis dizer?
Um novo casal se formando, que lindo😢❤️


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...