História Mahouka Koukou no Rettousei - O Retorno - Capítulo 6


Escrita por:

Postado
Categorias Mahouka Koukou no Rettousei
Personagens Personagens Originais
Tags Ação, Armas, Colégio, Guerra, Luta, Magia
Visualizações 115
Palavras 1.043
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Comédia, Drama (Tragédia), Famí­lia, Ficção Adolescente, Luta, Magia, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Estupro, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Nudez, Spoilers, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Olá! Desculpa a demora, meus pais se divorciaram e meu pai com fogo no rabo cancelou a internet e não avisou, só fui saber quando o cara da empresa lá veio buscar o aparelho então meu irmão e meu namorado juntaram forças e compraram o aparelho abrindo uma conta e trazendo minha vida virtual de volta!
Bem, agora desfrutem desse cap!

Capítulo 6 - Novo CAD


Fanfic / Fanfiction Mahouka Koukou no Rettousei - O Retorno - Capítulo 6 - Novo CAD

Ele analisava os papeis nos quais constavam todo o esforço, dedicação e projetos de seu amigo Ushiyama que exibia um sorriso orgulhoso no rosto ao observar pelo vidro uma garota exótica testando seu protótipo único então percebe que havia muitos olhares sobre a garota e poucos sobre os monitores, suspirou por um momento fechando os olhos para se acalmar e não gritar com todos ali presentes, mas de nada adiantou.

_ O que acham que estão fazendo?! Quero olhos nesses monitores! - fala autoritário e observar de soslaio o Mrs. Silver correr os olhos pelo documento. - Sugoi...

_ É porque ele está preocupado. - Miyuki-chan diz de repente com uma calma na voz que não passou despercebida pelo engenheiro que se uniu a ela em uma risada cúmplice em tom baixo.

_ Entendo.

O moreno retira suas íris azuis por alguns instantes dos documentos olhando pelo vidro Haruka-san andando nas paredes como se não fosse algo utópico de se pensar ser possível. Ela começa a se auto desafiar subindo pela parede, rumo ao teto do locPegueom um belo  sorriso presunçoso mo rosto dando o primeiro passo para que se fique de ponta cabeça.

Objetivo alcançado.

Seus cabelos ficam dependurados e usa magia de fortificação em seu vestido para que o mesmo não desça, exibindo assim seu corpo. Após uns passos animados, a mesma para, varre com os olhos as pessoas por trás do vidro em busca de um rosto conhecido sorrindo para a Shiba mais nova acenando ao mesmo tempo que a vê de cabeça para baixo, mas essa não só recebe um aceno de volta como um olhar preocupado em íris celestes.

Era tarde demais.

Quando o alarme soou e os sinais de alerta surgiram nas telas digitais, o CAD já havia entrado em curto circuito soltando mínimas faíscas e seus pés se desprendiam do teto colocando um olhar apavorado no rosto da garota que começa a cair rapidamente embora à seus olhos tudo ocorria lentamente. Segurando o grito na garganta uma grande fumaça se faz presente levando todos a imaginar o pior.

_ Onee-chan... Onee-chan! - berra Miyuki já com lágrimas nos olhos e as mãos apoiadas no vidro deixando suas fortes emoções congelarem um pouco do vidro.

Todos entram em pânico já que não conseguiam ver nada direito, então Ushiyama se vira para alertar seu amigo, porém encontra somente os papeis dos projetos espalhados pelo chão, surpreso se vira novamente para o vidro respirando aliviado ao ver a cena dentro da sala de testes. Os funcionários comemoram abraçando uns aos outros e soltando gritos de felicidade.

Quando a poeira havia abaixado, Claudia se encontrava nos braços do Shiba mais velho, Tatsuya-kun. Os dois permaneciam alheios a tudo ao seu redor presos no olhar um do outro, mas diferente de qualquer outro momento, dessa vez não há como negar o nível de importância que seus laços possuem. A garota cora ao perceber que ainda se encontrava em seus braços e estes transmitiam uma grande segurança, além de mexer com seu coração.

_ Ta-Tatsuya-kun... Pode me soltar agora... - ela diz timidamente e só então ele se levanta a colocando de pé.

_ Gomen. Devia ter mais cuidado. - fala como sempre naquele tom frio tentando disfarçar o quão assustado estava.

_ Hum. - a garota responde saindo de lá incomodada com a frieza do amigo indo para a companhia de Ushiyama que pede para a mesma ir para casa.

O Shiba apenas observa ela caminhar para fora do recinto entrando numa grande discussão interna sobre o que deveria ter feito, nem notando a aproximação de sua irmã que percebendo o dilema em que ele se encontrava abraça seu braço tentando passar o máximo de conforto e segurança possível.

_ Nii-chan... - ela diz e ele vira o rosto na sua direção então sorri. - Você pensa demais.

Então após uma grande discussão sobre o novo CAD, Taurus Silver fica a frente do projeto para não ocorrer mais incidentes como aquele e prejudicar a FLT ou machucar pessoas. Depois de horas, os dois irmãos saem juntos de lá indo até o estacionamento não encontrando a moto que haviam visto quando chegaram deduzindo ser de Haruka.

Mansão Secreta, 12:30 p.m. - Garagem subterrânea.

Haruka chega na grande mansão estacionando em sua vaga particular e caminhando pelo corredor até chegar em sua porta destrancando-a com um suspiro profundo repassando tudo o que aconteceu na FLT em sua cabeça. Então, sente uma presença na sala, "Quem viria até aqui? Os únicos que sabem desse lugar é ela e o Major...", a garota pensa caminhando até o cômodo já na defensiva encontrando quem menos queria ali: Yotsuba Maya.

_ Ora Ora Haruka-san... Não se deve deixar uma casa tão desprotegida. - ela fala calmamente tomando uma xícara de chá trajada em um vestido roxo meio vitoriano.

_ Maya. - digo suspirando revirando os olhos indo até a beira da minha piscina na varanda e retirando meu vestido colocando uma blusa branca que sempre deixo na espreguiçadeira, me sentando na beirada pensando. - O que você quer?

_ Um favor. - fala com um sorriso no rosto.

Ela sabia que não estava em posição de negar um pedido da própria líder dos Yotsuba, apenas tirou de seu pulso um predendor de cabelo formado um rabo de cavalo cumprido indo até o meio de suas costas, embora solto vão muito além disso, mas no momento o que interessava era o que a mulher queria com ela.

As duas pararam de trocar palavras mantendo apenas um silêncio agonizante que sufocava a curiosidade de Haruka-chan, mesmo sabendo que é apenas um truque para que faça seja lá o que fosse o serviço pedido por aquela "cobra falsa" nome que lhe deu após um acontecimento de quando era menor.

_ Diga... - fala desanimada e respira colocando o rosto entre os braços após abraçar suas pernas.

_ Preciso que pegue uma coisa para mim... - fala sugestivamente lançando um olhar sobre a mesma terminando seu chá finalmente. - Quero que Pegue seu CAD de volta, mas terá que buscá-lo na FLT.

_ Quer dizer... Roubar? - fala a encarando tentando entender seu real objetivo com tal proposta.

_ Em termos. Bem, nos veremos novamente... Haruka Yotsuba Claudia. - diz saindo de lá com um sorriso sutilmente vitorioso.


Notas Finais


Bem!
É isso aí!
Espero que tenham gostado!
Em breve postarei outro!
XOXO


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...