História MahouTale - Temporada 1 - Capítulo 1


Escrita por: e _-BOB-_

Postado
Categorias Undertale
Personagens Alphys, Asgore Dreemurr, Asriel Dreemurr, Chara, Flowey, Frisk, Mettaton, Papyrus, Personagens Originais, Sans, Toriel, Undyne, W. D. Gaster
Visualizações 5
Palavras 2.539
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Ecchi, Fantasia, FemmeSlash, Ficção, Ficção Adolescente, Ficção Científica, Fluffy, Luta, Magia, Mistério, Misticismo, Musical (Songfic), Poesias, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Slash, Sobrenatural, Survival, Suspense, Terror e Horror, Universo Alternativo, Violência
Avisos: Álcool, Linguagem Imprópria, Mutilação, Spoilers, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 1 - UnderFell - Goat e Kyla


Fanfic / Fanfiction MahouTale - Temporada 1 - Capítulo 1 - UnderFell - Goat e Kyla

-- Goat --

Acordei com uma tremenda dor de cabeça, minhas vistas estavam um pouco embaçadas, pisquei algumas vezes para ver se melhorava e isso funcionou.

Depois da minha visão voltar ao normal, percebi que eu não estava em minha casa, parecia uma espécie de caverna, olhei para cima e vi um enorme buraco

Goat: ( Ummm... tenho a impressão de ter visto esse lugar antes... )

De repente, senti alguém abraçar minha perna, me assustei um pouco, mas quando fui ver a pessoa que abraçava minha perna, vi que era uma garota de longos cabelos castanhos escuros, pele clara, ela abraçava minha perna com firmeza

Eu não quero acordá-la, mas eu quero levantar... ah foda-se!

Goat: Ei, acorda! Solta a minha perna!

???: ...?

Ela acorda soltando a minha perna um pouco sonolenta, ela rasteja ainda estava com sono, assim deita a cabeça no meu ombro, abraçando meu braço

Goat: Ei acorda...

Balanço-a devagarinho para ela não se assustar, a mesma acordou, mas ainda sonolenta

???: Hm? O que? Quem foi?

Ela fala olhando pros lados desesperada, ela olha para mim e parece surpresa

???: Quem é você?!

Ela se afasta um pouco de mim

Goat: Sou Goat e você?

Kyla: Sou Kyla, se pronuncia Kaila, mas se escreve K-Y-L-A

Goat: Entendi, bom... sabe como viemos parar aqui?

Ela olha ao redor e fica pensativa

Kyla: Ehhh... infelizmente não, desculpe

Goat: Ah tudo bem, mas temos que encontrar uma saída daqui

Kyla: Sim, vamos

Ela se levanta e a mesma me ajuda a levantar, fomos para um corredor um tanto escuro, ela ficava atrás de mim com medo, admito que eu também estava com medo, mas não demonstro na frente dela

Chegamos em um tipo de portão, vimos uma luz no final da sala, tinha uma flor e o choro de alguém ecoando nessa mesma sala, deixando eu e a Kyla tensos, mas entramos na sala

De repente, a flor virou em nossa direção nos assustando

Goat: ( Espera... esse é o Flowey?! )

Penso não acreditando no que estou vendo

Flowey: M- Mais humanos? Ah não! Vocês acabaram de chegar não é?

Goat: ( É o Flowey de UnderFell... sem dúvida é ele )

Flowey: Por favor... não me mate...

Ele disse apavorado

Goat: E- Ei! Se acalma! Não vamos te matar

Flowey: Não...?

Ele fica surpreso, mas ainda parecia com medo

Kyla: Claro que não vamos, por qual razão iríamos te machucar? Você não fez nada pra gente

Ela vai até o Flowey e acaricia ele

Flowey: Bom, e- eu vou me apresentar. E- Eu sou Fl- Flowey, Flowey a flor

Ele se apresenta gaguejando um pouco

Goat: Eu sou Goat

Kyla: E eu sou Kyla, por que estava chorando?

Ela limpa as lágrimas de Flowey, o que o deixa surpreso

Flowey: Ah, é que... o humano que passou por aqui... morreu... e pensei que eu seria o próximo...

Fico surpreso com o que o Flowey disse, espero que o humano que morre não seja o Frisk...

Flowey: Eu sou... tão fraco... sniff sniff...

Flowey começa a chorar novamente

Kyla: Ah Flowey...

Kyla sente pena do Flowey, então ela tira as suas botas, Kyla encheu uma delas de terra

Goat: O que está fazendo?

Fico confuso com o que ela está fazendo

Kyla: Vou colocar o Flowey aqui

Flowey: Que? Pra que?

Kyla: Pra você nos acompanhar, não sabemos de nada sobre esse lugar, você deve ser expert sobre os locais, precisamos muito de sua ajuda

Flowey: Que? Por que eu ajudaria vocês?

Ele seca suas lágrimas

Kyla: Por favor, assim faremos companhia um por outro, o que acha? Por favorfinho

Ela faz cara de cachorrinho abandonado

Flowey: Grrr... ok...

Kyla: Yay! Obrigada, você é um amor!

Flowey: Tá tá, q- que seja! Me ajude a entrar nessa sua bota aí

Kyla: Ok!

Kyla tira o Flowey de onde ele estava e coloca o mesmo na bota dela

Goat: Já acabou? Temos que sair daqui, esse lugar tá me dando arrepios

Kyla: Sim sim! Vamos!

Ela se levanta e fica do meu lado, atravessamos uma outra porta e já era uma sala completamente diferente da outra. Essa sala é mais escura, tinha algumas luzes, mas não adiantava quase nada

Goat: Legal, essa sala tá pior que a outra

Kyla: Como vamos encontrar a saída assim?

Flowey: Não se preocupem, eu sei todo o caminho, é só fazer o que eu digo

Concordamos e fomos nos lugares onde o Flowey disse para irmos, demos de cara com um boneco de treinamento

Flowey: Oh! Isso é perfeito!

Kyla: O que?

Flowey: Tão vendo aquele boneco ali?

Goat: O que tem ele?

Flowey: É o boboneco, um boneco de treinamento

Goat: Ah tá ( Não dá pra ver muito, mas chegando perto dele, é mesmo o boboneco )

Flowey: Vou treinar vocês

Kyla: Pra que?

Flowey: Sabe, aqui no subsolo tem muitos monstros, todos vão atacar vocês para conseguirem suas almas, para assim ficarem mais fortes

Kyla: Ah, entendi

Flowey: Goat, você vai primeiro!

Goat: Por que eu?

Flowey: Só vai logo!

Goat: Ok né...

Fico na frente o boboneco

Flowey: Bom, pegue qualquer coisa de ataque que você tiver

Goat: Ummm...

Procuro algo nos meus bolsos, o que eu encontro, é meu celular e uma... adaga de madeira?

Goat: ( Desde quando eu tenho isso? )

Flowey: Opa, perfeito! Agora, quando um monstro querer te atacar, o que você faz?

Goat: Ataco?

Flowey: Isso, ataque o boboneco

Arranho o boboneco com a adaga, parece que o Flowey tá feliz

Flowey: Isso mesmo, muito bom, agora você Kyla

Kyla: E- Eu? M- M- Mas... eu... ehh...

Flowey: Me dê para o Goat e vai lutar com o boboneco

Kyla: Ah, o- ok...

Kyla me dá o Flowey com um pouco de hesitação, a mesma fica na frente do boboneco, ela procura algo em seus bolsos e encontra uma faca de plástico

Goat: ( Mas essa faca não seria encontrada perto da casa da Toriel? )

Flowey: Boa! Agora faz que nem o Goat, ataque o boboneco

Kyla: O- Ok...

Ela se prepara para lutar, mas...

Kyla: Se eu só poupar ele?

Flowey: Você morre

Kyla: !!!

Flowey: Vai! Ataque o boboneco!

Kyla: Mas... eu não...

De repente, ouvimos um barulho de outra sala mais a frente

Flowey: Hm? Quem será?

Uma figura sai das sombras e era... a Toriel!!

Toriel: Oh!

Kyla: Ah...!

Goat: ?!

Flowey: !!!

Toriel: Oh! Mais humanos?! Nossa, que sorte eu tenho!! Como estão minhas crian--

Ela olha para o Flowey com desdém, mas olha para mim e Kyla novamente e fica com uma expressão amigável, mas que do mesmo jeito está me assustando...

Toriel: Olá minhas crianças, eu sou Toriel, a Guardiã das Ruínas

Eu tava quase me cagando de medo, essa Toriel me assusta, bom... eu acho que a Toriel de UnderWorld é mais assustadora

Toriel: Eu sinto que não lhes acompanhar pelas ruínas, pois tenho algumas coisa para fazer primeiro, por favor peguem esse telefone

Toriel estava indo na direção de Kyla, entrei na frente da mesma e peguei o telefone da mão da Toriel, que fica surpresa que com minha ação

Goat: Eu cuido do telefone...

Toriel: Oh, como você é responsável! Muito bem

Ela me dá um cafuné, eu estava muito desconfortável...

Toriel: Bom, já vou indo, se cuidem minhas crianças

Ela saiu da sala, nos deixando sozinhos, Flowey estava tremendo de medo

Flowey: E- Ela... nos viu!

Kyla: E agora?

Kyla também tremia de medo

Goat: Vamos fazer o que ela disse, vamos passar pelas ruínas

Flowey: É melhor do que ficar parado e esperar que um monstro nos ataque

Kyla: Se não tem o que fazer...

Como Kyla e Flowey concordaram com a minha ideia, saímos da sala e passamos por vários monstros, armadilhas e puzzles, mas não matamos nenhum dos monstros, também quase morremos para as armadilhas e puzzles, o que deixou o Flowey puto foi que a gente demos piedade aos monstros que nos atacaram

Flowey: Vocês poderiam ter morrido!!

Kyla: Mas não morremos, estamos bem

Goat: Pare de reclamar, Flowey! Nós estamos bem!

Flowey: Não, não vou! E vocês estão um bagaço!!

Goat: Hmmm...

Kyla: ...

Flowey: Bom, pra que reclamar mesmo se vocês não me escutam...

Kyla: Sentimos muito, Flowey... mas não podíamos matar esses monstros...

Flowey: MAS ELES QUERIAM MATAR VOCÊS!!

Kyla: Sim, mas...

Flowey: Argh! Já basta! Vamos continuar andando!

Continuamos a andar pelas ruínas, Flowey ainda nos guiava pelos caminhos, onde estavam as armadilhas e etc

Enfim chegamos ao nosso destino, acabamos vendo a Toriel, ela parecia estar esperando na porta de sua casa

Toriel: Bem vindos à nova casa de vo--

Toriel parou de falar quando viu Flowey

Toriel: Por que essa flor está aqui?

Flowey engole seco

Kyla: O Flowey é nosso amigo, ele nos guiou pelas ruínas e ajudou em muitas coisas que poderiam acabar com a nossa vida, por causa dele estamos vivos

Kyla sorri gentilmente para Toriel, a mãe cabra sorri para ela também

Toriel: Já que ele ajudou vocês, não tem o por que de ele não ficar

Goat: Olha, eu preciso perguntar uma coisa...

Toriel: Pode perguntar o que quiser amanhã, agora está muito tarde, entrem por favor, vou levar vocês até o quarto onde vocês vão dormir

Goat: ( O Quarto? Pelo que eu lembro, só tem três quartos, um da Toriel, outro deveria ser da frisk e um outro que está em reforma, será que... )

Entramos na casa, estava arrumada e fofa, igual a do UnderTale normal, mesmo com o ambiente acolhedor e agradável, não abaixei minha guarda. Toriel nos levou para o quarto.

Toriel: Vocês terão que dividir o quarto, um está em reforma e outro é o meu, a cama é grande o suficiente para os dois

Kyla: Obrigada senhora Toriel, ficaremos bem aqui

Toriel: Fico feliz, minha criança

Goat: Hm? Que cheiro de queimado...

Toriel: A torta! Tenho que ir! Podem descansar!

Toriel sai correndo para ver a torta, entramos no quarto e os olhos de Kyla brilharam

Kyla: Que fofo!

Ela pulava de alegria

Flowey: Ei! Não pule!

Goat: Não fique tão animada, vamos ter que ir embora amanhã mesmo

Kyla: O que? Mas por que?

Flowey: Não é óbvio? Ela que devorar vocês!

Kyla: Eh?!

Kyla fica assustada

Goat: Bom, vamos ter que dormir, mesmo que não estejamos com sono

Kyla: É... na verdade, eu estou com muito sono

Ela boceja

Goat: Vai dormir então, vou ficar acordado por enquanto

Kyla: Ok, obrigada Goat

Ela beija minha bochecha e pula na cama, se cobre e fecha os olhos. Coloco o Flowey na cômoda perto da cama onde Kyla dormia

Flowey: Onde você vai dormir?

Goat: Eu sei como a Toriel é, eu não vou deixar que ela faça algo ruim pra gente, principalmente para a Kyla, ela é muito ingênua e gentil demais, não sei se ela é capaz de derrotar a Toriel quando formos tentar sair das ruínas

Digo sentando na beira da cama perto da Kyla, ela estava dormindo profundamente e parece uma criança, mesmo parecendo que ela tem a minha idade

Deito do lado dela e fico conversando com o Flowey, é engraçado ver ele irritado, é bem fofo hahaha

Tinha se passados 3 horas, já estava ficando com sono e com a Kyla me abraçando como um ursinho de pelúcia, acaba ficando difícil de levantar da cama e... está tão bom

O sono me venceu e dormi do lado de Kyla. Um tempinho depois, acordo no susto e não vejo mais a Kyla na cama

Goat: Kyla?! Cadê você?!

Flowey: O que aconteceu?

Flowey acorda

Goat: A Kyla sumiu!

Flowey: O QUE?!

Escuto umas risadas, parecia a da Toriel e de mais uma pessoa, talvez a da Kyla

Flowey: Vamos ver o que esta acontecendo!

Pego o Flowey e saio do quarto, vou a sala e vejo que a Kyla estava sentanda no chão conversando com a Toriel

Flowey: Kyla!

Kyla olha para mim e Flowey confusa, mas abre um sorriso fofo no mesmo instante

Kyla: Goat! Flowey! Dormiram bem?

Ela se levanta do chão e vem até a gente

Goat: Você nos deu um susto

Flowey: Avise quando sair do quarto!

Kyla: Hm? Por que?

Flowey: Você ainda pergunta?!

Goat: Flowey, não precisa agir assim

Kyla: Eu só tava com sede e a senhora Toriel me deu água, já que eu tinha perdido o sono, fiquei conversando com ela algukas coisas do passado

Toriel: Exatamente

Goat: Ah...

Flowey: . . .

Toriel: Por causa da conversa acabei esquecendo da torta de caramelo com canela que tinha feito, podem se sentar que vou servir vocês

Kyla: Claro!

Pego o pulso de Kyla, que me olha confusa

Kyla: Hm?

Goat: Obrigado senhora Toriel... mas precisamos ir

Toriel: Ir pra onde?

Goat: Pra casa

Toriel: Hã... querido, essa é a casa de vocês agora

Goat: Não, nossa casa é na superfície

Toriel: . . .

Goat: . . .

Flowey: . . .

Kyla: . . .

Toriel: Entendo...

Toriel invoca chamas em sua mão, o que nos assusta

Toriel: Acho que terei que matar vocês...

Kyla: !!!

Goat e Flowey: CORRE!!

Puxo Kyla para correr, a mesma corria, porém não conseguia acompanhar meu passo

Kyla: Eu tenho um problema na perna!

Goat: Sinto muito, mas precisamos correr! Fico mais devagar quando estou carregando uma pessoa enquanto eu corro!

Toriel: As almas de vocês são minhas!

Goat, Kyla e Flowey: AAAAAAAAAHHHH!!!

Corremos até o final do corredor, Toriel estava nos alcançando

Goat: Segure o Flowey, vou tentar abrir a porta

Dou Flowey para Kyla. Tento abrir a porta de todos os jeitos possíveis, mas não abria

Toriel: Peguei vocês!

Diz Toriel com suas chamas nas duas mãos

Kyla: S- Senhora Toriel!

Kyla fica na frente da Toriel

Flowey: O QUE PENSA QUE ESTÁ FAZENDO?!

Goat: KYLA SAI DE PERTO DELA!

Kyla: Senhora Toriel! Não faça isso!

Toriel: Eu preciso fazer isso! Se vocês chegarem até Asgore ou morrerem para algum aliado dele, Asgore ganhará muito poder, assim vai destruir todos os humanos... E EU TENHO QUE PEGAR MAIS ALMAS QUE ELE PARA IMPEDIR QUE ISSO ACONTEÇA!

Kyla: Senhora Toriel, como chegamos na senhora sem ganhar LOVE?

Toriel: . . .

Kyla: Não matamos nenhum monstro... eles nos ouviram e poupamos eles, eu tenho certeza que conseguiremos fazer com os outro nos ouçam também, e eu sei que nos ouvirão

Toriel: . . .

Toriel apaga suas chamas e abraça Kyla

Toriel: Oh minhas crianças... me perdoem...

Kyla: É claro que perdoamos, todos cometemos erros, ninguém é perfeito mamãe Toriel

Toriel fica surpresa com o que Kyla acabara de dizer, a mulher cabra cafuné em Kyla e vem me abraçar

Goat: Opa!

Toriel: Deixarei vocês livres, essa porta leva a saída das ruínas

Toriel abre as portas com facilidade, me senti um pouco decepcionado comigo mesmo

Goat: ( Sou tão fraco assim...? )

Sacudo a cabeça para voltar a sanidade

Goat: Obrigado senhora Toriel

Toriel: Não tem de quê minha criança, mas antes de vocês partirem, tenho algo muito difícil para lhes pedir

Goat: Diga

Toriel: Não voltem, ok? Só vão até a barreira e saiam, é só isso...

Flowey: . . .

Kyla: Mamãe Toriel...

Goat: Entendido...

Toriel vai embora, mas antes de virar no corredor, ela olha para trás e nos vê saindo, ela não consegue deixar de chorar

Toriel: Fiquem bem minhas crianças...
 

Continua...

 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...