História Maine romance - Capítulo 28


Escrita por: ~

Postado
Categorias Once Upon a Time, Pretty Little Liars
Tags Haleb, Outlawqueen
Visualizações 19
Palavras 424
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Fantasia, Ficção, Magia, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Intersexualidade (G!P), Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Pansexualidade, Sexo, Spoilers, Suicídio, Tortura, Transsexualidade, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Buuuuuu

Já chega assustando geral pra dizer

Oi

Tchau

Capítulo 28 - Negativo .


Você me deu 

a pior coisa

que se pode dar

a alguém, esperança 

 

Once Upon a Time 

 

No dia seguinte na casa de Regina..

 

-Se sente melhor, princesa? -Robin pede acordando Regina. 

-Oi... Sim, eu acho. -ela fala se alevantando. 

Ela vai até o banheiro e faz suas higiênes matinais e como sempre, passa uma chapinha no seu cabelo naturalmente enrolado. 

Mansão mills...Um dia antes...

 

Cora segurava aquele frasco forte. Sabia que talvez mesmo com a remoção da magia havia chances enormes de Regina perder o bebê, e junto com ele sua vida. Cora só havia feito tudo aquilo por causa de Leopold, um rei que dizia que Regina morreria se engravidasse de algum homem a não ser ele. 

E por isso na adolescência de Regina Cora a submeteu a casar-se com o rei, porém graças a Deus o rei conheceu Eva, e mesmo Regina sendo mais bonita, ele preferiu Eva. 

Cora não queria ter descontado um dia sua raiva em Branca, ou Mary, dentro ou fora da maldição cora a fez sofrer pelas maldades de seu pai. 

...

-Mamãe, muito obrigada, eu amo você! 

 

-Seu monstro! 

-Me deu a pior coisa que se pode dar a alguém, esperança 

-EU TE ODEIO.

Cora acorda assustada, era só um pesadelo. Ela olha para o lado e vê o frasco com o líquido num tom roxo, ela se lembra das palavras ditas pela filha no sono e pega o frasco. 

Olhando seu reflexo no vidro ela acariciava o frasco tremendo. Aquele "Eu te odeio" não saia da mente dela, e ela perturbada joga o frasco com força no chão e não consegue dormir pelo resto da noite. 

No dia seguinte Cora andava elegante, como sempre. 

-Uau dona Cora, ta gata hoje, hein-fala a Secretaria Elena. 

-Obrigada, Elena.-Cora simplesmente responde mantendo sua postura. 

Cora entra em seu escritório e se assusta com a melhor amiga ali dentro- KATHERINE !Está louca? 

-Pôr que não entregou o frasco para Regina? 

-O que? 

-Eu ouvi a noite o barulho do vidro quebrando.

-Eu li... Li que talvez aquela poção não funcionasse, que poderia matar o bebê, e talvez junto com o bebê poderia matar Regina. 

-Eu.. Sinto muito. -Colocou a mão no ombro de Cora e a abraçou.- Sinto muito mesmo. 

-E o pior, é que Regina já estava tendo os sintomas, mas agora ela vai descobrir que era só ilusão 

-Ela vai superar. Ela é forte. 

Regina's house 

 

-Vai lá e faz esse teste amor. -fala Robin entusiasmado 

Regina fica alguns minutos no banheiro e volta decepcionada- Deu negativo. 


Notas Finais


Hehehehehe deixei de castigo por quase um mês, meu deus eu sou uma mala mesmo.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...