1. Spirit Fanfics >
  2. Mais na vida ninguém tem certeza, antes de se arriscar-Noart >
  3. A carta.

História Mais na vida ninguém tem certeza, antes de se arriscar-Noart - Capítulo 41


Escrita por:


Notas do Autor


Boa leitura♡ e preparem o coração.

Capítulo 41 - A carta.


NDS

Dia seguinte...

Nem eu sei como fui parar na minha cama, talvez Nicholas tenha me trazido depois de eu ter adormecido em seu ombro (risos)

Eu estava de vestido ainda, Graças a Deus ele não colocou meu pijama em mim ksks

Fui direto para o banheiro tomar banho, hoje o dia parecia que ia ser longo e estressante

(...)

Saí do banheiro, vestindo uma calça azul escura, uma regata branca justa, e cuturnos de salto preto. Antes que de sair do quarto respirei fundo

-Mais um dia Deinert- suspirei e então saí, não fui para a cozinha, saí direto de casa para não ter que trombar com meu pai

Assim que entrei em meu carro, abri as mensagens de meu celular 

Estranho, Urrea tirou a foto de perfil com a nossa imagem, e não tem nenhum mensagem dele 

Me: Bom dia Urrea!

Enviei uma mensagem mais, parece que não chegou , talvez ele esteja sem internet o que é estranho porque ele sempre fica online 

Josh irmãozinho: Sina, fiquei sabendo o que aconteceu ontem no jantar, Bailey me avisou...! 

Ignorei a mensagem, então liguei o carro, vou fazer uma visitinha para o Urrea

×quebra de tempo×

Assim que entrei no apartamento...percebi que não tinha ninguém depois de ter batido várias vezes na porta e não ser atendida, e como eu consegui entrar no apartamento trancado? Ksks sou Deinert baby, fiz uma cópia da chave do Noah, ah não me julguem fui precipitada 

Caminhei de vagar até o quarto de Noah, a porta estava fechada, então imaginei que ele estaria dormindo, mais eu rezava para não ter uma mulher na cama com ele(risos, de nervoso)abri de vagar a porta e dei de cara com...o quarto vazio, não completamente pois ainda tinha a cama, o guarda roupa, criado mudo e alguns móveis, mais ainda estava vazio, não tinha as roupas espalhadas no quarto...caminhei até seu guarda roupa que também estava vazio, nem se quer uma camisa dele, naquele momento eu ja estava pensando que talvez ele trocou de quarto ou se mudou de ap. Mais ele me contaria se estivese se mudando, corri até o banheiro que também estava vazio, voltei para o quarto pensativa...mandei uma mensagem obviamente preocupada

Me: Cadê você Urrea??

Desliguei o celular e algo me chamou atenção, no seu criado mudo, me aproximei 

-O que é isso?- Perguntei para mim mesma pegando o papel e vendo de quem era

"De Urrea para Deinert", uma carta do Urrea? Nossa, só pode ser mais um joguinho dele zombei em meus pensamentos, quando abri comecei a ler a carta que dizia:

"Deinert...nem sei como começar a me explicar! Se você estiver lendo isso no meu quarto vazio ou sei lá, então acho que a esse ponto eu ja estou bem longe de Las Vegas. Não sei se lembra mais eu ja devo ter comentado sobre ter uma irmã, o nome dela é Sofya. Estou indo para a Rússia ficar com ela até ela completar seus 18 anos e ir embora longe do meu pai. Provavelmente demorarei para voltar, talvez meses...! Me desculpa! Mais eu precisava ir, eu te amo, passar esses meses com você foi perfeito, conheci um lado meu incrível, conheci você que é mais incrível ainda, me apaixonei por cada qualidade e defeito seu! Você também me ensinou a amar, obrigada por tudo. Agora vem a pergunta, por que uma carta e não uma mensagem ou cara a cara? Porque eu tô tentando ser clichê e romântico uma vez na vida Ksks e...Não conseguiria me despedir de você. Isso não é um término da nossa relação, mais...você é livre, não permito que você me espere para sempre, quero que você seja feliz, nem que seja com outra pessoa, não quero que você sofra então NÃO CHORE POR MIM. Não quero mantêr contato, pois isso também ira me magoar. A e fiz um poema para você, não é melhor que o seu mais eu tentei...     

Abri a outra carta com o poema...

Antes de conhecer você, eu não sabia o que era o amor. Mas hoje eu amo tanto você, que acho que uma vida só, não é o suficiente, para esse amor que pulsa em meu peito. Tenho medo que uma separação me tire o prazer de viver, sem você, sem seus beijos, seus abraços, suas provocações, seu amor. Mas acho que o amor é isso, é ter medo de perder! Você entrou em minha vida e a roubou para você, estou em suas mãos e em seus braços. Somos um só. E eu não sabia o que era ser um só até o dia em que me perdi em você. Eu te amo cada dia mais! Eu te amo mais do que tudo! Não desista de mim nunca, me ame sempre! Eu desejo de todo coração que sejamos para sempre, um só coração, uma só alma.

Eu te amo Deinert. 

                                        Urrea.

Quando terminei de ler a carta, ja percebi que tinha lágrimas sobre meu rosto, meu coração acelerado, eu estava sentada na cama a carta sobre minha mão, o tempo parou para mim, o mundo parou para mim. Não podia acreditar, quando finalmente eu encontrei uma pessoa para amar...ela me abandona. Meu coração? Ah não, naquele momento eu acho que nem tinha mais coração de tão despedaçado que o coitado estava. Senti uma agulha sobre meu pulmão, uma enorme agulha me perfurando, e aí veio a minha crise...e a falta de ar...



Notas Finais


Okay, não surtem. Tem uma escritora chorando aki okay?! Kk
Aiai esse Urrea. Apartir dos capitulos pra frente, Sina vai passar por uma fase muito difícil da sua vida. Q o drama comece!
(Se tiver erros me desculpem, mais eu ñ li a cena pra não ter q chorar mais kk)


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...