História Mais Que aAmor Entre Irmãos (HIATUS) - Capítulo 23


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jeon Jeongguk (Jungkook)
Visualizações 21
Palavras 1.971
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Famí­lia, Fantasia, Ficção Adolescente, Hentai, Romance e Novela, Yaoi (Gay)
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


OLAA,espero que gostem do cap.
Boa leitura ❤

Capítulo 23 - Cap.20


Atendi a ligação e vi que era...Jin? 

Ligação on

Princesa ❤: Eii, pode vir pra minha casa agora? 

You: Fazer?

Princesa ❤: Sla.. conversar sair 

You: pode ser, tô indo em 5 min!

Ligação off


Assim que desliguei, jungkook me olhou confuso e falou - Quem era? - Omma Jin,vou lá na casa dele! - Tá, vamos fazer assim vida eu vou na festa da Hana e depois pego você no Jin, pode ser? - pensei e até que poderíamos sair - Tá ok! - Fu tomar banho e botei um short curtinho e uma blusa listrada preta com um e.t do lado e um tênis branco, arrumei meu cabelo e saí, jungkook pegou o carro me deixou no jin e me deu um selinho assim partindo pra festa de Hana, entrei no apartamento de jin e subi, nem toquei a campainha fui logo entrando e oque eu encontro? Isso mesmo NamJin se pegando olha só, como havia feito barulho com a porta os dois se assustaram e se separaram..- Aiiiiii que fofinhoooos! Podem continuar! - jin olhou pra minha cara e fez careta - Não quero, thanks! Agora senta aqui - Jin bateu no seu lado vago e me sentei - Aff, acredita que o Nam quase que quebra minha mesa de centro? - olhei pra jin que estava indignado e Namjoon que Estava com cara de culpado, tadinho! - Vindo do Namjoon? Eu espero é qualquer coisa quebrada! - Nam olhou pra minha face indignado e disse - Achava que você ia me defender, sua traíra! - Nam falou e comecei a rir junto dele, estávamos assistindo, filme com a interação de Namjin e eu de vela... até que já eram 6:29 p.m, cadê o jungkook? Ele é quase nunca pontual, estava pensando tanto que nem havia percebido que o filme havia acabado - Ooou, olha aqui? Terra chamando S/n pra vida! - jin começou a estalar os dedos em minha frente - Oque tanto, você pensa em? Por falar nisso cadê jungkook?  Tinha era me esquecido dele- resolvi contar pra jin de Hana e Jungkook e Comecei a rir, pois jin tinha esquecido de jungkook rsrs - Jin, jungkook está em uma festa, acredita que ele preferiu ir pra festa doque ficar em casa comigo? - jin me olhou e gargalhou - S/a, você acha mesmo que jungkook ia querer ficar em casa? Depois de quase 1 semana inteira só preso em casa, bem dizer! - olhei pra jin e falei - Mais não é isso! É que é a festa da Hana! - jin me olhou surpreso e falou com presa - Genteeee a festa da Hana...~mão na boca de espantado~  eu também tinha me esquecido disso acredita? Mais quem liga, não gosto mais dela! - fiquei curiosa e surpresa ao mesmo tempo, pois vi que jin não gostava dela e pelo visto nem Nam - Porque jin? - olhei para o mesmo e ele se aconchegou nós braços de Nam, AAAA NAMJIIINNN!!! - S/n vou te contar uma coisa que aconteceu no passado, Jungkook e Hana eram melhores amigos, na verdade ainda são e naquela época quando os mesmo eram crianças eles nem pensavam em namorar e ~interrompido~ Pera jin! Então quer dizer que eles namoraram? - jin concordou e falou - Tá não me interrompa, quando eles estavam com 13-14 anos, eles começaram a namorar e eles viviam juntos, ela era uma menina legal até o dia que ela foi embora, ela falava com todo mundo e nós amávamos ela como se ela fosse nossa irmã, quando ele tava indo para casa aí acabou encontrando ela lá né com a família dele com os pais dele, Daí ele viu ela chorando muito e ela puxou o braço dele e eles foram, pro jardim, eles sentaram no banco e ela perguntou para jungkook, se Quando ela voltasse ele continuar assim com o namoro deles mas ela tinha que prometer só que ele não aceitou porque ele não ia prometer uma coisa que ele não ia cumprir, então quando os pais dela chamaram ela lá de dentro da casa mesmo, ela deu um selinho nele aí foi o primeiro beijo deles dois ela foi embora e ele chamava ele ligava para ela todas as noites, e ela não atende aí ele chorava todo dia aí a gente né dos meninos ia consolar ele mas, ele ficou muito triste até que passou um tempo e ele foi se tornando a  pessoa, que ele é hoje e ele tá com você agora, e espero que ele continue assim feliz sabe! Então o que eu quero dizer para você é que tenha cuidado com ela, e se eu fosse você ligava pra ele agora porque ele tá fazendo alguma coisa na quela festa, porque com certeza ela não chamou ele para essa festa para dizer que, "a eu tô fazendo aniversário vem me dar um presente", não ela com certeza tem propósito de ficar com ele  na festa então, se eu fosse você ia lá ou eu ligava para ele para ele vir agora, porque como você disse ele era para ter chegado aqui há muito tempo, e ele não chegou então pode ser que tá rolando alguma coisa lá, se eu fosse você desconfiava e ligava para ele agora! - depois do que jin disse eu havia pensado e realmente, os propósitos de Hana não era chamar jungkook pra uma simples festa, mas sim ficar com ele e eu não quero que isso aconteça de novo, porque eu não vou perdoar da próxima vez! Liguei para jungkook e o mesmo não me atendia, mais bom acho que não vou desconfiar do mesmo vou confiar nele, até porque não quero que possamos viver em um relacionamento abusivo, botamos outro filme e no começo recebi uma ligação...


Ligação on

You: Alô? Quem fala?

Desconhecido: Amor? Sou eu jungkook!

You: Cadê seu celular? Porque tá me ligando desse número?

Desconhecido: Porque meu celular descarregou, mais tô indo te buscar tá? E desculpa pela demora amor!

You: Tá! Tchau


Ligação off

Depois de 2 min eu me despedi de jin e de Nam e desci, fui ficar em frente ao apartamento para esperar jungkook, e ele estacionou meio torto, na minha frente, oque é isso? Abri a porta do carro e jungkook me puxou pra dentro do carro, ele me puxou com tanta força que quase bati a cabeça, ele não estava normal - Jungkook oque você tem? - ele não falou nada e só meteu o pé no freio, ele tava dirigindo rápido e quase bate o carro, quando o sinal ligou jungkook ia meter o pé no freio, mais puxei a cabeça do mesmo pra mim - Ei, ei, você tá bem? Estaciona o carro alí - jungkook olhou em meus olhos e estacionou o carro em um beco escuro e desligou o carro, o mesmo bateu sua cabeça no volante e ficou com ela lá, toquei no ombro do mesmo e tirei o cinto, tocando denovo em seu ombro - Jungkook me conta, oque tá acontecendo? Porque tá assim? - jungkook começou a negar com a cabeça apoiada no volante, e começou a chorar? - Jungkook é sério! Oque você tem? - eu puxei seu ombro e o mesmo se encostou no banco, e me abraçou e eu retribui, ele me puxou pro colo dele e sentei o abraçando - Amor, por favor não chora! - jungkook não conseguia parar de chorar e fiquei me perguntando oque havia acontecido, mais ele não falava - Tá bom jungkook, vou esperar o seu tempo, quando quiser me falar eu vou estar aqui ok? - ele assentiu com a cabeça e ficou com ela acima de meus seios, que estava coberto pelo tecido molhado do vestido, ele me apertava a cada fungada e eu fazia cafuné em sua cabeça, tive a ideia de dirigir, pois no estado que jungkook estava, não dava, com certeza ia nos matar - Jungkook, deixa eu dirigir? Você tá muito abalado por algo! Mais me deixe dirigir, não quero morrer hoje! - ele acentiu com a cabeça e falou com a voz falhada por causa do choro - Si-sim! - ele começou a chorar mais, e eu já estava preocupada com o choro dele, ele soluçava demais e eu estava tentando processar oque aconteceu, me desculpa mais vou ter que insistir - Jungkook! - puxei sua cabeça fazendo, com que o mesmo me olhasse nos olhos e limpei as lágrimas do mesmo, que desciam a todo instante - Me diz, oque aconteceu? - disse com a voz mansa para deixar o mesmo confortável e ele falou - Mi-minha vô-vô, fa-fale-leceu, ho-ho-je! - ele começou a chorar mais e a se lamentar e a me apertar - a-a cu-cul-pa é-é mi-mi-nha, e-eu, na-não es-ta-ta-va, presen-te aaa - ele falou chorando muito e dando gritos baixos e roucos de tristeza, eu não cheguei a conhecer o vozinho dele, mais eu sei que amaria muito o mesmo se eu tivesse conhecido e jungkook chorava de mais, até que saí do colo do mesmo e sentei e tirei o carro do beco e dei partida, indo pra um lugar que ficasse só nós dois, juntinhos e confortável. Parei em uma praia deserta, estacionei o carro e desci dei a volta e abri a porta de jungkook, o mesmo estava com o rosto muito inchado eu estava triste por jungkook, ver ele chorando daquele jeito foi minha primeira vez - Jungkook? - chamei o mesmo, mais ele agiu como se não tivesse escutado. - Ei vamos sair um pouquinho? - peguei no ombro de jungkook e ele saiu do carro e ficou na minha frente e fiquei com a cabeça reta, meu olhar parou em seu peito, quando fui olhar, o mesmo estava olhando pra mim - Vem! - peguei em sua mão e fomos para a areia, jungkook tirou os sapatos sem dizer nada e eu tirei os meus deixamos no carro e fomos, sentamos em uma pedra de frente pro mar e jungkook, agarrou os joelhos botando a cabeça entre os mesmo e abraçando- os, eu olhei pra ele e comecei a fazer cafuné em sua cabeça - Jungkook? Pode olhar pra mim? - eu estava esperando e o mesmo depois de um tempo, levantou a cabeça e veio falar comigo - S/a, eu te amo! Promete que não vai me deixar? - olhei para o rosto de jungkook, naquele momento pensei, somos duas crianças que sentem falta uma da outra quando se encontram de novo - Prometo, agora vem cá - puxei jungkook e o mesmo, botou sua cabeça em meu colo e começamos a conversar - Como ele era jungkook? - comecei a alisar seus cabelos e seu rosto e ele fechou os olhos, assim recebendo minhas carícias - Ele...era como um pai! Que nunca tive, antes de minha mãe casar, ele sempre me ligava - jungkook continuou com os olhos fechados e estava com um silêncio constrangedor até eu quebra-lo - Sabe, eu sempre tento ser uma pessoa melhor pra você jungkook, não gosto de te ver triste! Eu te amo, acho que você já sabe eu quero passar o resto da minha vida com você - jungkook abriu os olhos e olhou nos meus, ele estava me encarando e fui abaixando minha cabeça aos poucos e jungkook estava com a mão em meu rosto, puxando o mesmo, até que vou de encontro com seus lábios macios e vermelinhos, AAAA eu amo esse garoto! 




{....}


Estávamos e casa e jungkook estava em seu quarto e eu no meu, havia botado meu pijama como já estava tarde da noite, fiz um lanche já que chegamos as 00:05 então subi com um suco e umas panquecas em uma bandeja e fui direto pro quarto de Jungkook, estava esperando ele sair do banho quando escuto uma pancada de alguém caindo no banheiro e....PERAAAA! NÃO!!!





CONTINUAAAA...?



Notas Finais


AAAA meninas o cap. Foi curtinho mais espero que tenham gostado, e eu tô amando a interação que vocês estão tendo comigoooo AAAA, amo vocês e não deixem de comentar..
Oque será que aconteceu com jungkook?
Até o próximo cap, bjuuu❤😘


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...