História Mais que amigas (Bellow) - Capítulo 5


Escrita por:

Postado
Categorias Steven Universe
Personagens Ametista, Bismuth, Blue Agathe, Blue Diamond, Blue Pearl, Carnelian, Connie, Garnet, Greg Universo, Jasper, Jenny, Lápis Lazuli, Opal, Peridot, Pérola, Personagens Originais, Pink Diamond, Rose Quartzo, Rubi, Safira, Sardonyx, Skinny Jasper, Steven Quartzo Universo, White Diamond, Yellow diamond, Yellow Pearl
Tags Ametista, Amigas, Amizade, Bellow Diamond, Blue Diamond, Diamantes, Garnet, Lgbt, Paixão, Pink Diamond, Red Diamond, Romance, Rubi, Safira, Ships, Steven Universo, Topázio, White Diamond, Yellow Diamond, Yellowstone
Visualizações 18
Palavras 2.783
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Crossover, Drama (Tragédia), Ecchi, Famí­lia, Fantasia, FemmeSlash, Ficção, Ficção Adolescente, Hentai, LGBT, Luta, Musical (Songfic), Orange, Policial, Romance e Novela, Saga, Shoujo (Romântico), Suspense, Universo Alternativo, Violência, Yaoi (Gay), Yuri (Lésbica)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


!Imagem aleatória! fica os créditos da imagem para quem a desenhou seja lá quem for. Está aí mais um capítulo de Bellow espero que gostem.

Capítulo 5 - Noite agitada


Fanfic / Fanfiction Mais que amigas (Bellow) - Capítulo 5 - Noite agitada

Yellow D P.O.V

- fechava meus olhos para tentar dormi e descansar um pouco pois minha cabeça doía, o dia hoje não foi nada fácil, mais todas as vezes que fechava os olhos só lembrava das notícias que Blue nos deu. Que dia mais complicado ainda não acredito que nossa empresa estava sendo fraldada e ainda por cima por uma de nós que desgraça, sorte que Blue descobriu antes que fosse tarde demais para fazer qualquer coisa. Mais ainda assim corremos o risco de perdemos tudo aquilo que lutamos para conquistar, maldita Pink sabia que ela iria dar problemas sempre fui contra a entrada dela em nossa empresa mais Blue e as outras insistiram tanto que acabei cedendo. São tantos pensamentos que estou ficando enjoada acho que vou vomitar, levantei e fui para o banheiro fiquei de joelhos em frente ao vaso sanitário e comecei a vomitar e a cabeça não para de doer maldita enxaqueca, de repente a porta do banheiro abriu –mãe a senhora está bem? –topázio não sabe bater na porta disse meia ríspida – desculpa mãe é que eu ouvi a senhora passando mal então entrei para saber se a senhora está bem. –estou ótima é só uma enxaqueca vou tomar um remédio e jajá vai passa, a mamãe vai ficar bem falei me levantando do chão e dando um pequeno sorriso para ele.  –tem certeza não quer que eu chamei um médico? –não preciso de medico falei olhando serio para ele que estava com uma cara de choro o mesmo me abraçou. –mãe não gosto que fique doente. –mais não estou doente alias o senhor já jantou? –sim, e a Perola já foi embora, posso ficar jogando um pouco com o Bis? –espera ele está aqui em casa? -não mãe é um jogo on-line –tudo bem mais não pode passar das onze e meia -valeu mãe. – abaixei dei um beijo em seu rosto o mesmo saiu correndo do banheiro todo sorridente, CUIDADO NÃO VAI CAIR! disse gritando de dentro do banheiro -não vou –essas criança são tão cheias de energia ainda mais aquele pestinha da Blue como ela consegue controlar ele? Bom deixa isso pra lá não é da minha conta, acho que vou tomar um banho para relaxa e ver se essa dor de cabeça passa. Sair do banheiro e fui até o closet peguei uma toalha e fui de volta para o banheiro me despi entrei no boxe liguei o chuveiro deixei na água fria. Fiquei ali parada deixado a água fria cair em minha cabeça e passar pelo meu corpo essa sensação é muito relaxante como gosto de tomar banho com água fria, aproposito não está fazendo calor na verdade tá até fazendo um friozinho, não demorei muito no banho, peguei a toalha me enrolei sai do banheiro e fui para o closet peguei um baby doll amarelo com alguns detalhes em renda um roupão felpudo que vesti por cima por causa do frio que está fazendo essa noite, acho que vai até chover tá ventado bastante lá fora.

Sair do quarto fui em direção a cozinha passei pela sala parei e fiquei observando enquanto topázio jogava distraído, fiquei ali por alguns segundos acho que nem percebeu que eu o observava enquanto jogavam e conversava, hunn! O que será que eles tanto conversam pensei comigo mesma. Sai e fui para cozinha procurei uma caixa aonde costumo guarda os remédio, achei a caixa peguei um para dor de cabeça e tornei a guarda a mesma, abri a geladeira peguei uma jarra de água coloquei um pouco de água em um copo joguei o comprimido na boca seguido de um gole de água, terminei guardei as coisas e voltei para o quarto para deitar.

Cheguei no quarto deitei na cama e fiquei olhando para o teto virei-me peguei o celular que estava ao lado da cama em cima do criado mudo liguei e olhei a hora já eram quase dez horas da noite. Então fechei os olhos e fiquei pensando em várias coisas ao mesmo tempo, acho que tem alguém me chamando –mãe, mãe, mãe já tá dormindo? –não mais, respondi me sentando na cama com a mão ao rosto pois a luz do quarto estava acesa –quer que eu desligue a luz? Perguntou uma voz suave, tirei a mão do rosto para ver quem estava falado era a Blue Diamond, o que está fazendo aqui? perguntei a encarando com os olhos meio fechados -mãe fui eu quem disse para o Bis que a senhora não estava muito bem daí o Bis pegou e falou para a tia Blue que a senhora não estava bem –já disse que estou ótima, não preciso da ajuda de ninguém disse em um tom bastante grosseiro. –credo Yellow o menino só está preocupado com a mãe dele, que falta de sensibilidade. –hunnn cruzei os braços e virei o rosto para não encarar aquele olhar de brava dela, topázio da próxima vez que me desobedecer ficará de castigo.  –YELLOW O MENINO NÃO FEZ NADA DE ERRADO disse gritando comigo, continuei com o rosto virado para o lado, agora que não ia mesmo encarar ela –topázio querido você não fez nada de errado, você agiu de maneira correta em avisa que sua mãe não estava bem. Vocês dois podem continuar o jogo de vocês lá em baixo que agora quero conversa com sua mãe a sós tá bom? –claro tia vamos Bis vamos acabar com eles.

-Peguei o meu celular em cima do criado mudo olhei a hora era vinte e duas horas e quarenta e dois minutos não acredito cochilei quase uma hora, nesse momento senti uma mão fria e macia tocar em minha testa que desceu até meu rosto e pescoço –o   que pensa que está fazendo? Perguntei a encarado seriamente –vendo se não está com febre, respondeu com um tom de preocupação –já disse que estou bem é só uma enxaqueca disse virando os olhos e cruzando os braços. –mais não parece falou passando a mão em meu rosto e encarando-me nos olhos, encarei-a de volta olhando aqueles olhos azuis que parecem mais um oceano. Senti sua mão acariciar meu rosto –Ello você já jantou? O que? -perguntei se você já jantou. –não estou com fome falei virando o rosto para o lado, como me distrair olhando os seus lindos olhos azuis -Ello não pode ficar sem comer, já lhe falei que não estou com fome –mais você tem que   comer algo, que tal um chazinho? –hunnn! pode ser –ebaaa! –isso tudo é por causa de um uma xícara de chá? perguntei levantando umas das sobrancelhas –talvez respondeu a outra pegando em minha mão me puxando para fora da cama me fazendo levantar da mesma, espera! Blue você está de pijama? - é o quer que tem, você também não está? –sim, mais eu estou em casa e não é pijama, é um baby doll disse a encarado, espera é amarelo –sim gostou é a sua cor preferida e ainda tem uns arco-íris e unicórnios não é fofo falou com as mãos na cintura –sim o que tem de fofo tem de infantil falei cruzando os braços, a mesma fez uma cara de sapeca para o meu lado –infantil! Vou mostra para a senhorita “toda seria” o que é infantil. A mesma veio em minha direção me empurrou na cama subiu em cima de mim e começou a fazer cosquinhas em minha barriga, kkkkkkkkkkkkk, Blue para por favor não consigo respirar –ainda vai falar que sou infantil? –agora me diga como não a chamaria de infantil olha o que você fez, me derrubou na cama e começou a fazer cosquinhas em mim, como isso não é ser infantil francamente Blue.  –então deixa eu ver esse seu baby doll –tire a mão do meu roupão e saia de cima de mim falei com raiva – e se eu não quiser, você vai fazer o que senhora irritadinha, falou como se estivesse me provocando – Blue não me provoque, você não sabe do que sou capaz falei a encarando nos olhos, que soltou um sorrisinho maléfico no canto dos lábios –interessante isso Yellow Diamond, vamos ver mesmo se isso que acabou de falar é verdade. Falou em um tom bastante desafiador e sugestivo, ergui uma das sobrancelhas e pensei comigo mesma ela está tentando me seduzir? Balancei a cabeça negando aqueles pensamentos, e disse: Blue por favor pare de gracinhas falei me levantando e jogando-a para o lado em cima da cama agora já chega vamos fazer aquele chá, senti suas mãos segura a minha cintura por trás aproximado nossos corpos –porque você não deixa eu ver esse seu baby doll? Falou baixo em meu ouvido, que voz mais suave sentir os cabelos da nuca arrepiarem, ela começar a desamara o roupão, devia fazer alguma coisa mais acho que não vai adiantar muito só vai fazer ela ficar mais curiosa, melhor deixa logo ela ver, ai vai para de me atazanar as ideias. Então ela tirou meu roupão e disse –dá uma voltinha deixa eu ver ele todo, não sei porque meu rosto corou no mesmo instante –está com vergonha Yellow Diamond, eu com vergonha? Poupe-me! Me afastei um pouco e dei a “voltinha” satisfeita, ela sorriu e veio em minha direção abraçou minha cintura e olhou-me nos olhos e disse: é lindo e você também é linda ainda mais quando fica envergonhada, revirei os olhos vergonha eu hunn! Até parece, - sabia que você tem um corpo lindo, sério você é muito gata eu lhe daria uns pega, à mesma soltou uma risadinha senti suas mãos passear em minha costa indo em direção ao pescoço a mesma fazia caricias ali que arrepiou todo o meu corpo até subir para os meus cabelos aonde começou a massagear, a encarava seriamente olhando aqueles lindos olhos azuis que mais parecia um oceano que me chamava para mergulhar quando sentir seus lábios encosta aos meus, sério isso ela quer mesmo me beija? pensei comigo mesmo por que não a  final é só um beijo, fechei os olhos retribuir o beijo de volta, que por sinal estava ótimo só que não demorou muito pois tínhamos que respirar, peguei em seu rosto e afastei lentamente -tá bom né já chega dessa viadagem toda, falei a encarando seriamente a mesma começou a rir –Ello você é uma graça sabia, sua dor de cabeça passou? Disse me olhando seria, um pouco – então vamos descer e fazer um delicioso chá para você ficar logo boa dessa enxaqueca certo. falou abrindo a porta do quarto para sairmos –primeiros as damas disse com um sorrisinho pervertido no canto dos lábios –espera deixar eu colocar o roupão por favor, -tudo bem querida você quem manda olhei-a de canto hunn, pronto vamos plah! O que! ela me deu um tapa na bunda, Blue que para disse um tanto grossa –desculpa é que você tem um corpinho lindo e uma bundinha sexy não resisti, você é uma tentação sabia disso? afs! falei revirando os olhos ande logo vai na frente não confio em você andando atrás de mim a mesma riu e foi na frente, mais o que ela está rebolando? -Blue que para de gracinha –que foi não gostou? –já lhe Disse para, parar de viadagem hunn.

Saímos do quarto e fomos para a cozinha, passamos pela sala aonde os meninos estavam jogando um tal de minecraft, Blue ficou parada os observando com os olhos cheios de ternura –os nossos meninos não são fofos?  –são sim uma bênção em nossas vidas a mesma abriu um sorriso ao ouvir as minhas palavras. –o que foi qual a graça? –nada não é que você é tão amorosa quando se trata do seu pequeno. –Lógico Topázio é a melhor coisa que me aconteceu na vida, ou vai dizer que o Bismuto não é o seu bem maior? –Ele não é o meu bem maior, ele é a razão de eu ainda está aqui é a minha vida meu tudo. –Você vai ficar ai parada babando eles ou vai fazer aquele chá para mim? –o que, eu fazer o chá? querida eu sou a visita aqui, quem tem que fazer é você hunnn, ela virou a rosto e saiu rebolando até a cozinha mais será que ela não sabe andar sem rebolar, espera por que cargas d’aguas eu ficou olhando. –o varapau vai ficar ai ou vai vim fazer o chá? Fechei a cara para ela e fui para a cozinha –o seu repertório de apelidos não tem fim não é anão de jardim, –anão de jardim eu? Querida eu tenho um 1,78 aonde eu sou um anão de jardim, só sou um pouco mais baixa que você, talvez três ou cinco centímetros mais baixa, falou se sentando a mesa –isso significa que você também é uma varapau, disse piscando para ela. –cala a boca e faz logo esse chá, falou virando o rosto para o lado. –tem chá verde, preto, camomila, erva cidreira vai querer qual? –cidreira e camomila por favor –olha Ello começou a chover, adoro quando chove me traz uma paz, Ello você gosta da chuva? –tanto faz é só água caindo, falei colocando o bule de chá juntos com as xícaras e o pote de mel em cima da mesa, coloquei um pouco de chá para ela é depois me servi é sentei-me a mesa tomando um gole do chá. –Yellow Diamond porque você é sempre tão grossa? Falou me lançando um olhar serio, –e porque você é sempre tão intrometida? –eu não sou intrometida falou sussurrando, -não é, até parece falei tomando outro gole do chá –Blue você veio em minha casa sem ser convidada, entrou em meu quarto sem permissão me fez cócegas tirou meu roupão é ainda teve a audácia de me beijar depois me deu uma palmada na bunda além de ser intrometida é inconveniente,-desculpe não sabia que estava a incomodando tanto disse com a cabeça baixa quase sussurrado, -ótimo agora você já sabe falei lançando um olhar serio para ela.

Terminei o meu chá levantei e fui até a pia lavar a xícara, Blue continuou sentada agora com uma expressão de pura tristeza, arg. Para que tanta melancolia virei de costa e comecei a lavar a xícara e uns pratos que estavam na pia, não devia está lavando esses pratos é para isso que eu pago a Perola, pensei comigo, -Blue já terminou, Blu? Virei cadê ela? Blue sair chamando ela, fui até a sala e ela não estava lá nem o Bis,-Topázio você viu a Blu? -ela já foi, a senhora fez algo para ela? Por que a pergunta? -bom ela estava bastante triste quase chorando, -isso não é assunto de criança olhei de forma fria para ele, que engoliu a seco, -agora desligue esse videogame e suba para o seu quarto. Voltei para a cozinha, ainda pensando em Blue, peguei a xícara de cima da mesa e levei para pia lavei e coloquei no escorredor junto com as outras. Melhor eu ir me deitar também, saí da cozinha indo em direção ao quarto pensando em Blue, àquela biruta saiu debaixo de chuva correndo o risco de ficar doente ela e o filho, será se ela não pensa direito só pode ter um parafuso a menos ou a mais,  melhor ligar para ela para saber se eles estão bem duvido que ela vai me atender depois do que eu falei para ela, não devia ter pegado tão pesado sei que ela é bastante sensível provavelmente deve estar chorando agora vai passar um bom tempo sem olhar para mim ou querer falar comigo afs, até que não é tão ruim assim parando pra pensar por esse lado. Entrei no quarto encostei a porta desliguei a luz peguei o celular que estava em cima do criado mudo e deitei. Acho melhor enviar uma mensagem.

Mensagem on*

Yellow: Blue posso saber porque você saiu debaixo de um temporal e ainda mais com uma criança você perdeu a noção do perigo? tudo bem você se expor mais e seu filho ele pode ficar doente por causa da sua irresponsabilidade.

Blue: é melhor você cuidar da sua vida.

Yellow: a pelo amor das estrelas não acredito que você está chateada com o que lhe falei a pouco, olha me desculpe, não quis magoa-la sinto muito.

Blue: melhor deixar quieto, tenha uma ótima noite Yellow Diamond.

Yellow: vamos Blue, deixe de drama sabe que não falei por mal. Boa noite durma com as estrelas.

Mensagem of*

Acho melhor eu ir dormi amanhã eu vou até a casa dela e converso pessoalmente com ela aquela dramática depressiva. Não demorou muito e eu já estava sendo levada pelo sono. Dever ser efeito do chá pensava comigo até apagar de vez.


Notas Finais


https://br.pinterest.com/pin/661184789016929401/#amp
O link da imagem.
Comentem gostaria de saber a opinião de vocês sobre a história.se está boa ou ruim 🤪🤭 antes que eu esqueça desculpe os erros.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...