1. Spirit Fanfics >
  2. Mais que amigos (L3ddy) >
  3. Curso

História Mais que amigos (L3ddy) - Capítulo 22


Escrita por:


Notas do Autor


...

Capítulo 22 - Curso


Fanfic / Fanfiction Mais que amigos (L3ddy) - Capítulo 22 - Curso

...T3ddy...

Já em casa sem que eu precisasse mencionar sua sutil mudança, ele me puxou para o sofá para um conversa.

-Amor o Guigo me ofereceu um curso de aprimoramento.
 Diz segurando minhas mãos.

-Nossa que incrível!
Um meio sorriso surge em seu rosto antes dele continuar.

-Só tem uma coisinha que talvez você não ache tão iJá em casa sem que eu precisasse mencionar sua sutil mudança ele me puxou para o sofá para um conversa.

-Amor o Guigo me ofereceu um curso de aprimoramento.
Ele diz segurando minhas mãos.

-Nossa que incrível
Um meio sorriso surge em seu rosto antes dele continuar.

-Só tem uma coisinha que talvez você não ache tão incrível

-E o que seria?
Pergunto meio receoso

-É um curso com duração de 6 semanas na Bologna, Itália e ele começa daqui há 2 semanas.

Engulo à seco a noticia, sabendo que é sem sombra de duvidas uma ótima oportunidade para ele.

Na manhã seguinte deixo uma nota de bom dia embaixo de um copo com suco de graviola que faz par com uma omelete de crepioca que deixei na mesinha de cabeceira antes de sair.

-Meu Deus Lucas que cara é essa?
Suellen pergunta se aproximando de mim enquanto arrumo alguns equipamentos no armário.

-É a cara de quem tem o melhor pizzaiolo do mundo como namorado
Ela me olha com uma expressão confusa

-Isso ainda é pelo furo que eu dei na comemoração? Eu já pedi desculpa e o Lucas pareceu não se importar.
Ela diz exasperada

-Não! Isso não tem nada a ver é só, é só que ele… Ele foi reconhecido no trabalho e estão oferecendo um curso de aprimoramento pra ele.

-E isso não é bom?
Ela pergunta me entregando uma caixa pequena com algumas baterias.

-Bom, isso é ótimo.

-Então eu não entendo o porque da sua cara, você não deveria estar empolgado?

-É tão grande minha empolgação em saber que vou passar um mês e meio longe dele. Uhuu, viva
Digo demonstrando todo o meu desanimo com a ideia

Nossa conversa é interrompida quando Alice Surge dizendo que o cenário do próximo cliente está pronto.

 Antevendo o tempo em que passaríamos separados dentro de alguns dias decidimos que seria melhor aproveitarmos ao máximo cada segundo que nos restavam antes da viagem que me poria no martírio de passar seis semanas longe do Luba.

-Amor é serio que precisamos de tudo isso?

-Lucas eu me recuso a passar duas semanas comendo fest food.
Ele diz escolhendo alguns tomates e colocando-os no carrinho

-Mais tem muita coisa, e você sabe que quando você não estiver aqui eu não vou nem me lembra que isso está na dispensa.
Ele me lança um olhar de reprovação e continua a escolher mais alguns Legumes antes de sairmos do Hortifrúti.

...Luba…

Sinceramente pensei que haveria maior relutância por parte do T3ddy para com a proposta do Guigo, entretanto ele nem titubeou em me apoiar e incentivar.
Uma parte de mim fica imensamente feliz por ter um namorado compreensível que me apoie, mas por outro lado tem uma pequena parte que queria infantilmente que ele me pedisse para ficar ao seu lado, que nosso breve distanciamento seria ao menos incômodo  para ele.
Sei que é a parte imatura do meu ser que na maioria das vezes comando na rédea curta porque sei que não é bem dizer, saudável. Sabendo da enorme dependência que projeto nas pessoas ao meu entorno quando com muito custo as permito se acercarem ao meu mundo. O que posso dizer sou um humano como qualquer outro com minhas mazelas e inúmeros defeitos.
 E como se não bastasse todo o meu lado meio descompassado ainda tenho que lidar quase que diariamente com o contato do T3ddy com a Suellen que por mais que ele insista no contrário, tenho certeza que por parte dela há sim um interesse velado nele.  

-Luba seu transporte chegou.
Dona Isabel me informa enquanto termino de fazer a relação do que tem que ser adquirido no dia seguinte para a cozinha.

-Há sim, já vou
Digo lhe dedicando um sorriso.

...

-Urso eu disse que não precisava vir, amanhã você levanta cedo.

-Cada segundo lembra?
Ele diz unindo nossas bocas em um singelo beijo porém saudoso, só parando quando uns colegas inconvenientes de trabalho passam por nós na porta da pizzaria já fechada.
            -E além do mais eu terei um mês e meio para dormir cedo.

Seguimos para o carro afim de irmos rumo a casa dele, porém nos distraímos um pouquinho quando chegamos no mesmo já que o T3ddy alegou que já estava com saudade antecipada e antes que eu pudesse pensar em qualquer coisa lá estava eu com ele sobre o meu corpo em um banco totalmente reclinado prensando sua “saudade” sobre o volume proeminente em minha virilha, sem que seus lábios se apartassem dos meus, até sermos interrompidos por uma batida no vidro, só para nos inteirarmos de dois pares de olhos que nos fitavam com um ar travesso e risos contidos.

-Vocês não tem nada melhor pra fazer não?
Digo voltando o banco em sua posição original enquanto T3ddy passa para o do motorista mais vermelho do que nariz de palhaço.

-Não! Espera temos, Ezequiel corre vai lá preparar pipoca.
Rio junto com o Ezequiel e mais uma vez nos despedimos dos meninos e sob olhares maliciosos seguimos nosso caminho.

...

Por mais que eu estivesse amando com a ideia de aproveitar cada segundo antes da viagem isso não seria de todo possível, além da minha rotina de exercícios que estava ficando defasada eu ainda tinha que correr com alguns papéis da renovação do visto de estudante. O que encurtava consideravelmente os segundos que ainda nos restavam

*-Urso aqui ainda vai demorar um pouco, acho que não consigo sair a tempo de almoçarmos juntos.

*-Tá faz o seguinte, vai resolvendo suas coisas aí e quando terminar me avisa, vou demorar aqui também resolvendo alguns problemas com a Suellen.

*-Ok, mas é alguma coisa séria?

*-Depois eu te digo tá, agora estamos meio ocupados. Desculpe amor mas vou ter que desligar, me ligue quando acabar, te amo.

Sem que houvesse tempo para que eu me despedisse ou dissesse qualquer coisa ele já havia desligado.

Para minha surpresa acabei por me deparar com o irmão da Suellen assim que sai com a liberação do meu visto.

-Lucas! Que Surpresa boa, o que faz por aqui?
Perguntou com um sorriso simpático me cumprimentando com um beijo no rosto

-Vim resolver uns assuntos de um curso de especialização

-Mais um?

-É sempre bom se reciclar, aprimorar os conhecimentos

-Nisso você tem razão, inclusive daqui há alguns dias estarei embarcando para a Itália afim de expandir e atualizar os negócios.

-Nossa mais isso é uma ótima notícia.
Digo contente por ele.

-Tão boa a ponto de você aceitar almoçar comigo em comemoração?

-Claro! Deixe-me só avisar ao T3ddy para que ele nos encontre.
Digo me afastando um pouco com o telefone em mãos. Esperei ansiosamente com o aparelho atrelado a orelha até ser direcionado a caixa postal onde indiquei o restaurante que estaria com o Rodrigo.

Seguimos para o restaurante onde tinha combinado de almoçar com o T3ddy pela manhã. Rodrigo sugeriu que uma garrafa de vinho da região da Toscana enquanto esperávamos que a chegada do Lucas o que nos resultou em uma agradável conversa sobre nossos pontos favoritos de Florença, eu não imaginava que tivéssemos tanto em comum, tenho que dar o braço a torcer quando Suellen sugeriu que teríamos coisa em comuns ainda que imagino que não era exatamente dessas afinidades a que ela se referia e por pensar nela, não demorou muito para que ela irrompesse estabelecimento há dentro atraindo olhares de muitos, atrelada ao braço do Lucas enquanto ambos riam de algo que para eles parecia verdadeiramente cômico.
No momento em que Rodrigo percebeu que eu não respondia virou seu corpo na direção em que meus olhos ficaram congelados.

-Ah chegaram.
Ele diz estendendo a mão para que nos vissem

-É chegaram
Digo fitando minha taça reprimindo o tão incomodo sentimento de vê-los tão próximos e íntimos.

Rapidamente eles se acercam nos cumprimentando, Suellen toda sorridente e simpática e T3ddy que até poucos instantes sorria deliberadamente ficou retraído.

-Amor desculpe fizemos vocês esperarem muito?
T3ddy pergunta se sentando e pegando minha mão para depositar um suave beijo que fez com que eu me perdesse naqueles lindos olhos castanhos.

-Na verdade não
Digo sem conseguir conter o sorriso que se espalhava por minha face.

-É fato que mal vimos o tempo passar desde que chegamos.
Rodrigo diz estourando a bolha em que nos encontrávamos alheios ao mundo ao nosso entorno.
-Nos perdemos em meio a um agradável diálogo sobre lugares em comum que visitamos quando estivemos na Itália e alguns outros que podemos conhecer quando ele tiver uma folga nos estudos.

-Como assim?
T3ddy pergunta aumentando a pressão em nossas mãos

-Acabou que a ida do Lucas para Bologna bate com minha ida à Florença e eu me sentiria muito feliz em poder mostrar alguns dos meus lugares favoritos da cidade à ele.

-O Rô é um verdadeiro expert no turismo Italiano, ele conhece os melhores lugares.

-Acho que isso não será muito viável já que como o seu irmão ressaltou o Luba vai para Bologna e ele para Florença

-Na verdade Amor vou desembarcar em Florença e seguir de carro até Bologna.

Suellen se mostrou muito empolga quando se inteirou de que Rodrigo e eu partiríamos no mesmo dia e que ficaríamos praticamente o mesmo tempo por lá, só quem não demonstrou empolgação durante o almoço foi meu Urso que sempre que podia tinha minha mão entre as suas.

Durante o almoço conversamos bastante sobre as expectativas para o próximo mês, que resultaria em minha viagem ou melhor dizendo nossa viagem porque até o voo seria o mesmo pelo que eu pude perceber.
Só que não se demonstrou empolgação foi o T3ddy que limitou-se a se manter no raso da conversa.

-Não se preocupe Lucas eu irei cuidar bem do seu Urso.
Suellen diz depositando sua mão sobre a minha que repousava sobre a mesa.

-Imagina não vou ficar tanto tempo fora, até que eu regresse tenho certeza de que ele pode se cuidar muito bem sozinho, não é amor?
Digo dirigindo minha atenção ao T3ddy que parecia estar meio absorto a conversa.

-Se depender da Suellen até cacto morre de sede
Rodrigo diz bebericando sua xícara e café

-Rô não fala assim desse jeito vão pensar que eu sou irresponsável

-E não é?

-Não! Tanto é que daqui a pouco vou resolver um senhor abacaxi para que os Lucas tenham mais tempo juntos.

Rodrigo voltou a tomar seu café com uma expressão mais séria do que há minutos.

-É sério? T3ddy pergunta a fitando com os olhos brilhantes.
            -Vai mesmo se encarregar desse assunto?

-Claro! Foi eu que insisti para fecharmos essa parceria, nada mais justo que eu me inteire disso.
Ela diz segurando tanto a minha quanto a mão do T3ddy sobre a mesa o que pela primeira vez não senti vontade de irromper o contato.
Tá confesso que tenho uma certa implicância com ela, mas qualquer um em meu lugar teria, se até o irmão dela percebeu isso no dia da festa quando nos conhecemos, que ela tem um interesse pelo meu Urso, Como eu poderia simplesmente ignorar?


Notas Finais


T+


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...