História Mais que um badboy - Capítulo 36


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), The Vampire Diaries
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster, Suga, V
Tags Colegial, Fantasia, Luta, Mistério, Romance
Visualizações 26
Palavras 980
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Fantasia, Festa, Ficção, Ficção Adolescente, Ficção Científica, Luta, Magia, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Universo Alternativo
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Spoilers, Transsexualidade, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oiwe

Capítulo 36 - Hot


Anteriormente* 

Me apróximo de seu pescoço e dou uma mordida sentindo o gosto de sangue descer pela minha garganta me trazendo a sensação de satisfação, rapidamente tiro minhas presas de seu pescoço quando sentir ser necessário.
Jk- Gostou?
S/n- Sim...Seu sangue é muito bom D-daddy. 
Dei im gemido na última parte só para provocar e vou indo ate a poltrona e sentando em seu colo o beijando em seguida. 
Jk- Não me provoca assim Baby huh? 
Começo a beija-jo quando o msm me levanta da poltrona com minhas pernas entrelaçadas em sua cintura ele rapidamente me joga na cama, ai da me beijando e me pergunta. 
Jk- Que tal brincarmos Um pouco Baby?

*Atualmente* 

S/n- Claro daddy. Dou um sorriso safado que retribue com um malicioso, ele rapidamente caminha comigo ate a cama, e me joga nela carinhosamente, mas ainda não larga meus lábios, ele rapidamente deçe seus beijos para o meu pescoço onde são distribuídas mordidas acompanhadas de chupões que obviamente vai ficar a marca, ele retira minha blusa e a joga em algum lugar do quarto. 
 Quando ele ia anvaçar eu o impeço vendo o msm confuso. 
 S/n- A daddy e vc não vai tirar sua roupa? 
 Jk- Então tire para mim minha Babygirl
Eu incerto as posições fazendo com que ele fique deitado, agr e minha vez de brincar daddy, começo dando beijos no mesmo e passo a dar beijos em seu pescoço e chupões e tiro sua blusa, e a jogo em algum canto do quarto, e fico apreciando a bela vista de seu abdômen aproveito e passo minha unha, fazendo com que ele de um gemido intenso de prazer. Vou descendo ate sua calça mas o msm me impede de fazer isso,  
S/n- Hmm Gukkie. 
Jk- Ainda não baby, seu daddy ainda não terminou de brincar com vc. 
 Ele inverte as posições novamente e sem demora ele abre o fecho  de meu sutiã , ele leva sua mao direita ate o meu seio onde dá uma leve apertada enquanto lambe o outro me causando arrepios, apenas uma palavra poderia descrever aquele momento....prazer...era oque sentíamos mas ao msm tempo ...Amor....sim...essa seria a palavra correta. Rapidamente ele passa a dar atenção para o meu outro seio e com sua mao livre aperta o outro só que com mas força me fazendo gemer. 
S/n- Awnnn G-gukkie. 
Ele deposita um tapa em minha coxa e diz de um feito totalmente sexy. 
Jk- Hj vc só pode me chamar de daddy. 
Ele para de dar atenção aos meus seios e começa a fazer uma trilha de beijos ate minha intimidade, que obviamente se encontrava molhada, ele abre o zíper de meu shorts e o joga no chão um pouco longe de mim onde, vê minha intimidade completamente encharcada. 
Jk-Hmmm...Mal comecei e já esta assim baby? 
Naquele momento não conseguia fazer nada a não ser da pequenos gemidos ao ver o msm me provocando. Sem aviso prévio o msm arranca minha calçinha e separa a minhas pernas uma das outras e começa a distribuir diversos beijos por minha coxa, sempre se aproximando de minha intimidade mas não fazia nada. 
S/n- D-daddy p-p-por f-favor. 
Jk- Me fala oque vc quer baby. 
O seu jeito,o seu cheiro me faz delirar, o jeito que ele fala, me deixando molhada em questões de segundos. 
S/n- Eu quero que vc me chupe. 
Jk- Seu desejo e uma ordem. 
 Ele rapidamente aproximá sua boca da minha intimidade e a abocanha fazendo me contorcer de prazer 
S/n- Awnnnn....D-daddy hmmmmmm... 
Ele começa massagear meu clitóris o sugando fortemente me fazendo gemer alto. E não demora para ei despejar o meu liquido em sua boca e o msm engole sem deixar nenhum vestígio. 
Jk- Seu gosto é maravilhoso baby, mas não ta na hora de recompensar seu daddy? Entendo rapidamente oque ele quiz dizer, inverto  as posições novamente, e dou um beijo em sua boca desço até a barra de sua calça onde tiro com sua ajuda, e vejo seu membro com um volume grande, que claramente esta pedindo por atenção, retiro sua box e seu membro salta para fora, eu o pego com uma mao e o abocanhou oundi gemidos do msm, fazia movimentos de vai e vem, com ajuda do meu daddy que fez um coque mal feito e ditou os movimentos oque não cabia na minha boca eu masturbava e só era possível ouvir gemidos e expressões de prazer que o msm fazia, numa pose completamente sexy, seus cabelos colados em sua testa pelo suor, e seus olhos fechados, e as vezes uns comentários completamente nada puros,. Começo a apressar os movimentos fazendo o msm gemer mais alto.
Jk- s/n sua boca...é...tao...gostosa ..Aaaannw assim. 
Logo sinto seu membro pulsar, e um jato vir diretamente em minha boca descendo diretamente para minha garganta e por ultimo dou umansigada forte, e um beijo.
Jk- Vou te recompensar pelo trabalho bem feito.
 Ele inverte as posições e sem aviso prévio me penetra fundo e forte .e fazendo dar um gemido extremamente alto. 
S/n- AWNNNNNNN D-DADDY. 
Dentro daquele quarto somente nossos gemidos e o barulho da cama se chocando com a parede poderia ser escutado, depois de 10,20,30,40 estocadas, sinto meu líquido descer e minhas pernas ficarem bambas indicando ter chegado ao meu ápice mas acho que não foi o suficiente. Não para ele.
Jk- De quatro agr!. Ele diz autoritário, eu me viro rapidamente ficando de 4 e o msm me penetra sem avisar me fazendo, afundar minhas unhas no lençou, ele segura fortemente minha cintura fazendo com oque nossos corpos emitissem sons nos deixando mais excitados, 
S/n- Awnnnnnnn gukkieeeeee.
Depois dr mas algumas estocadas sinto meu ápice chegar e gozo novamente pela 2 vez. E deitarmos ofegantes. 
 Acabo deitada em seu peitoral e acabo dormindo. 
Não ouvindo mais nada 
  

       ~E-ei, vira
Adoro como você pira
E-ei, grita
Adoro como você vira
E-ei, viva
Adoro como você grita
E-ei, pira~


Notas Finais


Olaaaaaaa


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...