1. Spirit Fanfics >
  2. Mais um dia de nossas vidas >
  3. Separação

História Mais um dia de nossas vidas - Capítulo 4


Escrita por:


Capítulo 4 - Separação


Eram 6 horas da manhã quando eu acordei e Benjamin já não estava mais do meu lado.Rondei o apartamento a procura de um bilhete que ele pudesse ter deixado mas não encontrei nada.

Talvez ele achou que um bilhete não fosse necessário após a noite que tivemos,talvez aquela tenha sido a forma dele de se despedir.Eu realmente não sei.

Comecei a arrumar minhas coisas em caixas e bolsas e quando terminei,percebi que a maioria das coisas que preenchiam os espaços daquele grande apartamento eram minhas.

Sem elas aquele lugar me pareceu vazio,parecia um típico apartamento de um solteirão rico,dono de uma empresa em ascensão.

A verdade é que eu sei o quanto vou sentir falta desse lugar,e do Ben também.Ambos sabemos que apesar de eu ter dito que queria dar um tempo,aquelas palavras na verdade significavam que iríamos terminar.

E está tudo bem pois,agora ao fechar a porta,e deixar a chave reserva em cima da mesa,sem nenhuma última mensagem de despedida escrita em um bilhete,eu me sinto leve.

Como se aquela tristeza que eu sentia tivesse sumido,e agora,longe dele,eu teria um novo caminho pela frente.Um caminho,cheio de novos obstáculos e surpresas,que eu estarei disposto a trilhar.


3 anos depois


-Rafael,fica quieto por favor e deixa eu arrumar sua gravata-meu amigo estava inquieto e extremamente ansioso.Hoje era o dia do casamento dele.

Depois que Benjamin e eu terminamos eu comecei a morar durante um tempo com o Rafa,e quando eu consegui dinheiro suficiente comprei um apartamento e saí da casa dele.

Eu havia me mudado pra São Paulo pra trabalhar em uma nova filial da empresa.Eu trabalhava como editor de quadrinhos e revistas e nos tempos livres eu desenhava.

Mas nos últimos anos recebi algumas propostas,entre elas trabalhar em um estúdio de animação e eu aceitei.Agora,eu trabalho como animador e recebo um salário bem melhor do que antes.Na verdade,eu nunca imaginei que meu hobby fosse se transformar na minha maior fonte de renda.

Nesse meio tempo,eu conheci o Daniel.Ele trabalha na mesma empresa que eu,como editor de animação.Eu era um novato ainda e ele se ofereceu pra me ajudar a me adaptar melhor.E desde então a gente tá ficando, não é nada sério ainda.Apesar dele ser um cara legal,não tenho certeza se quero um relacionamento sério por agora.

A última vez que ouvi sobre o Ben,soube que a empresa dele estava crescendo bastante,ele tem algumas filiais espalhadas pelo país agora.

E o Rafa está finalmente realizando seu sonho de se casar.Seu noivo se chama Samuel,ele tem descendência africana e possui um belo tom de pele,cabelos crespos e olhos castanhos.Eles se conheceram em um restaurante africano lá de Brasília há 4 anos atrás e desde então estão juntos.

Eles fazem um belo casal e o Samuel faz o Rafael muito feliz,os olhos do meu amigo brilham quando ele fala sobre o noivo dele.

E eu como melhor amigo estou muito feliz por eles e tive a honra de ser escolhido como o padrinho dos dois.

Hoje é o grande dia.Os noivos escolheram se casar em Fernando de Noronha,na praia do Cacimba do Padre ao pôr-do-sol.Eu nunca estive em Pernambuco e infelizmente ainda não tive tempo de olhar o local pois o Rafael não me deixou sair de perto dele nem por um instante.

-Rafa,olha pra mim por favor

-O que foi?-ele diz me olhando

-Tá na hora da sua meditação-digo sorridente

-Agora não é hora de meditar não,cacete-ele diz impaciente-Meu casamento já é daqui a uma hora,sabia?

-Eu sei,mas se você não relaxar agora,na hora da cerimônia é capaz de você explodir de tanto nervosismo na frente dos seus convidados-ser padrinho de casamento realmente não é fácil.Principalmente quando o noivo em questão é o Rafa.Ele se estressa muito facilmente

-Tem razão

-Ótimo,agora bebe esse suquinho de maracujá que eu pedi pra trazerem pra você enquanto eu arrumo a sua make 

-Obrigado,Bas.Eu não sei o que eu faria sem você

-Provavelmente você estaria se descabelando ,se eu não estivesse aqui-digo rindo

-É verdade-ele responde rindo e finalmente relaxando um pouco

-Pronto,acabei-paro e admiro a minha obra finalizada-Você está tão lindo 

-Eu sempre fui lindo,meu amigo

-Tá bom-respondo rindo-Agora,eu preciso pegar alguma coisa pra comer.Eu volto em um minuto

-Não demore

-E você-digo o encarando-controle sua ansiedade enquanto eu estiver fora

-Vou tentar


Eu estava indo em direção ao restaurante do hotel em que estávamos hospedados quando vejo um rosto familiar entrando no mesmo elevador que eu,ele parecia o…

-Sebastian é você?


Notas Finais


Espero que tenham gostado


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...