História Mais Uma Tarde Em Vento - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Amor Indefinido, Drama, Serenidade
Visualizações 30
Palavras 415
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 12 ANOS
Gêneros: Fantasia, Ficção Adolescente, Poesias, Romance e Novela
Avisos: Bissexualidade, Estupro
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Primeiramente, quero ressaltar que é uma coisa que realmente imagino acontecendo, de certo modo, realmente acontece..

Capítulo 1 - Um Café, Por favor !


Fanfic / Fanfiction Mais Uma Tarde Em Vento - Capítulo 1 - Um Café, Por favor !

E como se tudo fosse a mesmice, mais um dia começa, acordo com o despertador tocando novamente, em meu pensamento falo para mim mesmo que não irei precisar mais do despertador, pois sei do horário certo e até mesmo o toque, levanto me vou ao banheiro com cara inchada, olhos quase fechados, olheiras de que parece estar morte, e de certo, realmente estou,abro a torneira, minha basta e pego minha escova, comigo mesmo de cara séria e pensativo falo, Será que é só isso?, Será que é somente isso que eu vou viver até eu não exister mais?, de repente sou interrompido novamente pelo despertador, sempre coloco mais um caso esteja realmente cansado, termino de escovar os dentes, fecho a torneira e vou me arrumar com cara meia emburrada para ir para o trabalho,  pego meu caderno, e mais alguns materiais, como se naquele dia fosse preciso, logo, estou pronto para sair, então vou ate a porta com nada de ânimo, abro a porta e  vou pela calçada a pé como todos os outros dias tediosos que  sempre parecem se repitir! Mais a frente vejo os mesmos pompos nojentos nos postes, ruas entrasitadas, uma grande fumaça preta, sem fim! Ainda andando pela na calçada, em que mal tenho espaço para andar, me deparo com uma cafeteria onde parece ser um bom lugar para desestresar! Quando entro, sentindo o frio do ar condicionado, por instantes me sinto muito bem, olho para uma vazia mesa de lado com a parede ando até lá tiro minha mochila e me sento! Chamando a atenção de uma das atente testa, que estava com  um sorriso saltitante no rosto, peço um café!

William - Por favor, um café! 

De forma sutil e gentil ela responde..

Anna (Atendente) - Como gostaria seu café?, Com açúcar ou com adoçante?

William - Puro

Comigo mesmo pensando sobre o dia que se seguiria, os obstáculos, barreiras e objetivos que teria que concluir, sem me estressar ao ponto de dar um fim a tudo!

De repente a atentede chega a minha minha mesa com um olhar entristecido, de forma com que ela tenha recebido uma mã notícia

Anna (Atendente) - Está aqui Will..quer dizer, Senhor!

Olhando tal situação, agradeço, com olhar de curiosidade e tristeza por ela!

William - Muito obrigado! Anna, certo?

Sim respondeu Anna, com a voz fraca, e de forma minuciosa, tento descobrir, o que a deixou tão triste naquela manhã, discretamente tento ouvi-lá, porém, não ouço nada além de um choro meio calado nos cantos de uma parede!

CONTINUA NO PRÓXIMO CAPÍTULO!!!





Notas Finais


Sinceramente, estou gostando de criar tal história, até mais, por que me deixa bem mais contente com tal contexto


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...