História Maite Al Duzu? - Capítulo 8


Escrita por:

Postado
Categorias La Casa de Papel
Personagens Personagens Originais
Tags Álvaro Morte, Amor, Itziar Ituno, La Casa De Papel, Professor, Raquel
Visualizações 89
Palavras 1.287
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Comédia, Drama (Tragédia), Famí­lia, Romance e Novela
Avisos: Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Tá bom... Parei... Última de hoje!
É que me empenhei tanto, matei meus poucos neurônios existentes pra montar esse capítulo pra fazer com que tudo se encaixasse que estava anciosa de postar ele... E falei 🤷 Que se fod... Vou postar hoje, por que não agora?

Esse capítulo está pura adrenalina, imaginem o barulho das conversas, copos tilindando, clic das fotos, entrem no mundo que criei na minha cabeça, e prestem bem atenção nos diálogos, porque estão todos ligados, nem todos estão na sequência temporal, então algumas coisas vão voltar e outras seguir em frente.

Os Pov's são curtinhos por que tentei passar a visão de todos que estavam no local, o que cada um viu, e como tudo aconteceu!

Enfim... Quem matou Odete Roitman? (Se vc tem menos de 20 anos não vai saber muito sobre o que estou falando, pede ajuda pro Google pra entender a piada)

Capítulo 8 - Quando tudo dá errado


Fanfic / Fanfiction Maite Al Duzu? - Capítulo 8 - Quando tudo dá errado

PoV Álvaro

Passei o final de semana péssimo. Dormir sozinho virou uma tortura, Itziar tinha mania de recostar os seus pés nos meus, um detalhe, mas que fez toda a diferença nas minhas noites.

Deveria ter voltado para casa no Domingo a noite, mas fiquei com receio dela ainda estar brava comigo, e acabei voltando para a casa de Pedro.

-Maninho pode ficar o tempo que precisar

-Obrigado Pedro, mas eu já estou com saudades da minha baixinha, ela ainda deve estar com raiva, mas amanhã vou para casa acertar as coisas

-Tudo bem então, ela não estará na premiação?

-Não sei, mas se estiver lá, melhor ainda.


PoV Itziar

Cheguei na premiação e fiquei a procura de Álvaro, encontrei com Paco, e com Úrsula, mas eles ainda não tinham visto ele.

-Itziar

-Jess você veio

-Claro, sou figurante, mas tenho meu talento

-Boba, claro que tem. Escuta, você viu Álvaro por aí?

-Não, como assim? Não vieram juntos?

-Passamos o final de semana brigados depois daquela cena no bar, desculpe por aquilo

-Não por isso, já te falei que esse cara não tem nada haver com você.

-Jess para, não sei qual a sua cisma com Álvaro, mas da minha vida cuido eu

-Desculpa amiga, tive uma idéia, vamos ficar na ala de cima, assim quando ele aparecer você pode ser a primeira a vê-lo

-Ótima idéia


PoV Blanca

Chegamos á premiação e decidimos nos separar para não levantar suspeitas.

-Testa de amolar facão gruda na Itziar e não larga dela até que ela me veja conversando com Álvaro. Índio tosco tenta aproximação com ela depois disso. E eu irei divar como sempre.

Nos separamos na porta do evento, e estávamos prontos para a noite ser inesquecível.


PoV Álvaro

Cheguei ao evento com Pedro e já estava bem cheio, mas meus olhos só estava a procura de uma pessoa.

-Ursula, sabe se Itziar veio

-Veio sim Álvaro, ela está por aí.

-Maravilha, Obrigado.

Fiquei louco por saber que Itziar estava lá e poderíamos nos acertar. Sai á procura dela, e dei de cara com quem menos esperava.

-Blanca?

-Álvaro, que bom te ver por aqui

-Como assim que bom te ver por aqui? O que você faz aqui?

-É um evento público, fiquei sabendo que a série que você trabalhou está concorrendo e vim te prestigiar.

-Sei… preciso ir agora

-Espera

Blanca começou a tagarelar um monte de bobagens que é só o que ela fazia, e eu não sei porque estava ali parado escutando ela falar sem parar, minha cabeça estava totalmente em Itziar e por um momento parei de escutar ela e meus olhos procuraram com ânsia a face de Itziar pelo salão.


PoV Itziar

Subi até a ala superior do Salão com Jess e a cada minuto olhava para a porta para ver se Álvaro aparecia, minha única vontade era vê-lo,  abraçar ele, e pedir desculpas, não era de costume nós brigarmos e quando isso acontecia era torturante.

Em um certo momento uma mão surgiu em minha frente com uma rosa, me virei e novamente me deparei com Roberto.

-Uma rosa para uma…

Interrompi Roberto, aquela frase brega já tava mais manjada que os aparecimentos repentinos dele.

-Mais Flores? Por um acaso eu tô morrendo e não tô sabendo?

-É um mimo

-Mimo é chocolate Roberto, ninguém come flor, ela seca, murcha, fica feia e não enche barriga.

-Você sendo a Itziar de sempre.

-O que está fazendo aqui, não quero confusão, então se afasta de mim.

-Também não quero confusão, só fiquei sabendo que a sua série está concorrendo, vim aqui te ver ganhar.

Roberto começou a falar e eu fiquei ali parada tentando escutar ele, mas minha cabeça estava em Álvaro, desviei o olhar de Roberto e olhei mais uma vez para a porta, quando lá embaixo vi Álvaro, tirando uma foto com Blanca, ela estava maravilhosa, com um vestido azul brilhoso, e um salto lindo. Por um momento passou pela minha cabeça se ele não havia voltado para casa por causa dela, Blanca se dizia redimida agora, e Álvaro poderia estar bravo ainda pelo acontecimento com Roberto.

-Não, ele não faria isso

-O que?

-Oi, Roberto, nada. Minha cabeça estava longe, eu vou indo, preciso falar com Álvaro.

Porém antes que eu pudesse descer  as escadas Jess me chamou para uma foto com os diretores da série que estavam presentes no evento, eu não poderia dar as costas simplesmente e não ir, olhei de novo para Álvaro e sabia que a noite ainda seria longa e não me faltaria oportunidades para conversar com ele.


PoV Blanca

Encontrei Álvaro e segurei ele o máximo que pude, comecei a conversar com ele e senti que ele não estava me escutando. Um certo momento avistei Jess me fazendo sinal que Itziar estava com Roberto.

-Vamos tirar uma foto?

-O que? Não, o que está fazendo Blanca?

-Ainda tem raiva de mim? Eu juro que mudei Álvaro, e só quero uma foto de fã, com alguém que considero meu ídolo. Isso você não pode me roubar, por favor!

-Não tenho tempo pra isso, preciso encontrar uma pess….

Álvaro mudou seu semblante, quando olhou para o piso superior do Salão e viu Itziar recebendo uma flor de Roberto.

O sorriso não pode ser contido no canto dos meus lábios.

-Quer saber Blanca, tira a foto, a noite já tá uma merda, duvido que fique pior.

Tiramos a foto.

-Agora posta ela, engole, cola na testa faz o que quiser, mas me deixa em paz

-Grosso

Álvaro saiu de perto de mim, quando percebi que a anta basca estava prestes a descer as escadas, fui atrás de Jess.

-Cadê a testa de aparar raio? Não consegue fazer nada direito.

Consegui avistar a garota.

-Noiva cadáver, mandei que ficasse de olho em Itziar, ela já estava descendo as escadas.

-Já cuidei disso, consegui manter ela ocupada com algumas fotos.Patroa qual o seu interesse em um homem tão sem graça como Álvaro, a senhora é tão linda, pode ter o homem que quiser aos seus pés

-Qual o seu interesse em destruir a pessoa que você chama de amiga e depositou toda a confiança em você?

A garota não me respondeu.

-Pois bem estamos nos mesmo barco zoio de lula e eu não te pago pra me falar besteiras.

-Você não me paga

-E mesmo assim você está aqui lambendo o meu chão. Não te pedi conselhos e não me dê lições de moral principalmente porque você é pobre. Cuide da songa monga da...

Virei de costas e meus olhos procuravam Álvaro novamente quando senti uma mão nas minhas costas que me empurraram escada a baixo. Rolei os 20 degraus da escada e a última coisa que lembro foi gritar Itziar e muitas luzes ao meu redor. Desmaiei.


PoV Álvaro

Em um determinado momento depois de tanto Blanca falar, ela quis tirar uma foto comigo, e esse foi o auge da falta de noção dela. Acabei despejando  algumas coisas  nela por estar já sem paciência, quando mais uma vez perdi meu olhar pelo salão e finalmente encontrei Itziar.

Ela estava recebendo uma flor de Roberto, não pude acreditar naquela cena, mais uma vez as coisas estava acontecendo debaixo do meu nariz, não sei se Itziar ainda estava com raiva e queria me irritar, ou provar algo, mas eu estava realmente muito cansado daquilo e estava decidido a dar a última palavra naquela noite, mas antes eu tinha que me livrar de Blanca. Me rendi a foto que ela pediu e fiz cara de poucos amigos, fui um pouco grosso com ela, acabei por descontar minha raiva, e também por querer que ela se afastasse de mim o quanto antes. Me perdi pelo salão, encontrei um garçom e peguei algo para beber, queria engolir a raiva antes de falar com Itziar para que as coisas não piorassem. Queria saber exatamente o que Roberto estava fazendo ali com ela.

Quando ouvi um grito alto e um barulho assustador. Blanca havia caído das escadas, e me deparei com ela muito machucada, seu grito alto e sonoro tinha um nome: Itziar.

E ela estava lá no começo das escadas com as mãos levadas a boca.


Notas Finais


Comentem, comentem, comentem!
O que será que aconteceu?
O índio cansou de Blanca e de suas ofensas?
Jess é pau mandada e tudo fazia parte do plano?
Itziar queria rasgar o vestido Givenchy de Blanca?
🤷🤷🤷 Não sei, só sei que foi assim!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...