História Make me cum Daddy- OneShot Yoongi (Suga) - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Tags Hentai Suga Yoongi Bts
Visualizações 1.351
Palavras 1.519
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Fantasia, Ficção, Hentai, Shoujo (Romântico)
Avisos: Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Olá pessoas, está é minha primeira fic no Spirit, espero que gostem.

Capítulo 1 - Capítulo único


Fanfic / Fanfiction Make me cum Daddy- OneShot Yoongi (Suga) - Capítulo 1 - Capítulo único

Yoongi on

 

 

-Vamos lá baby onde você esta?- eu ja estava ficando cansado de esperar minha baby, a minha baby (S/N), minha linda garotinha brasileira, tão pequenina, tão linda, com aqueles olhos eróticos que nenhuma garota aqui na Coréia possui.

 

 Minha baby estava brava comigo, pelo fato de que eu acabei sendo pego de surpresa ontem e ate mesmo hoje pela minha secretária da empresa onde eu sou dono, Diana é minha secretária ja á alguns meses, e sei plenamente de seus olhares nada castos direcionados a mim, mas eu só tenho olhos para minha baby.

 

 

-Vamos lá (S/N), onde você está?, vamos bebe responda.- logo após chama-la pela quinta vez ouço um barulho vindo do quarto, subo rapidamente as escadas e quando vejo a porta esta a aberta, adentro meu quarto e logo quando entro dou de cara com uma das melhores vistas que eu podia ver.

 

 

 (S\N)  estava apenas com uma blusinha bem curtinha que realçava seus seios fartos, e com suas perninhas bem abertas me dando a bela visão de sua bocetinha rosinha, na qual eu adorava dar tapas até meu bebe esguichar  , ela usava seu brinquedinho , o mesmo que eu usava em suas punições.

(S/N) sabia da regra nunca se tocar sem a minha permissão.

 

 

 

-Me desrespeitando baby?- ela me olha rapidamente e para o que está fazendo e se levantando e vindo em minha direção.

 

-Sabia que eu vi a sua troca de olhares com a maldita secretária Yoongi?- disse com raiva e com um pouco de ironia jogando sua cabeça para o lado.

 

 

-Quantas vezes ja disse baby, que ela não me interessa e que eu só tenho olhos pra você, minha brasileirinha- digo vendo a mesma se aproximar de mim de uma forma lenta.

 

 

-Acha que me engana? Ok ela pode ser um bela mulher, alta, e com um corpo bacaninha ate para uma coreana, mas ela jamais ira te fazer gozar eu  faço, jamais ela ira te chupar como eu chupo entende daddy- disse dando um ênfase no daddy, suspiro pesadamente após ouvir a frase dita pela mesma, seu rostinho tão belo e lisinho transparecia ironia , a como eu adorava se jeitinho marrento, principalmente quando nós sestávamos fodendo loucamente, só de ela me olhar assim já sinto a fisgadas em meu pau.

 

 

 

-Baby você esta ficando muito malcriada pro meu gosto- digo vendo seu sorriso branquinho e alinhado aparecer.

 

 

 

-Acha que eu ligo- disse me puxando ja para um beijo extremamente molhado, quente e necessitado, com direito á chupadinhas na língua e mordidas nós lábios, nos separamos apenas quando o ar se tornou escasso, (S/N) ja logo foi me empurrando na cama ficando por cima de mim, como a mesma vestia apenas sua blusinha, ela se concentrou em primeiro tirar minha roupa, começando por beijos e chupões em meu pescoço, conforme ia descendo os beijos  desabotoava minha camisa, após todos os botões ela retira minha camisa e parte diretamente para o cinto em minha calça, antes de retira-lo eu a parei.

 

 

-Calma baby deixa essa parte comigo-logo foi retirando meu cinto, deixando ao meu lado da cama e tirando minha calça também.

 

 

-Quero a baby deitada de bruços, e empina bem essa bundinha gostosa-(S/N) solta uma risadinha sapeca e logo me obedece, empinando bem sua bunda, redondinha e farta- Que delícia bebe- começo a distribuir cintadas por sua bunda que após uma sete cintadas ja estava bem avermelhada -Assim que o daddy gosta- beijei cada uma de suas nadegas a virando na cama ja que a mesma se encontrava de bruços.

 

 

-Uhm quero que o daddy me foda fundo e forte pode fazer isso daddy? Pode arregaçar minha bocetinha rosinha- disse toda manhosinha.

 

 

 

-Claro bebe, agora abre bem a perninhas, que o daddy quer provar seu melzinho- (S/N) abriu bem sua pernas dando à visão de sua bocetinha totalmente molhada e rosinha, com o grelinho bem inchado esperando por minha chupada, começo dando lambidas rápidas em toda a extensão de sua bocetinha, abrindo seu lábios maiores com indicador e o do meio fazendo um V.

 

 

 

-Uhm daddy chupa minha bocetinha com vontade- ela suplica e logo atendo seu pedido abocanhando sua bocetinha chupando bem forte seu botãozinho , totalmente inchado, enfio em seu buraquinho  apertado dois dedos meus afundado em seu interior quente e apertado.

 

 

-Iss-so daddy assim bem forte, chupa sua baby bem forte- logo ela não aguenta a acaba gozando em minha boca me fazendo provar de seu melzinho doce, dou tapas fortes e certeiros em sua bocetinha, fazendo (S/N) fechar as pernas de tão sensível que ela é.

 

 

 

-Que bocetinha mais gostosa bebe, adoro seu melzinho, agora você vai chupar o daddy bem gostoso, não não vai?- vejo a mesma assentir freneticamente, (S/N) então abaixa minha box preta lentamente, fazendo meu falo quase bater em seu rostinho delicado, de tão duro que me encontrava, a mesma pega meu pau e da batidinhas leves em sua língua, apenas a cabecinha de meu membro do qual já  se dava para ver o pré-gozo saindo.

 

 

 

-Vamos lá bebe, mame o papai como uma boa putinha que você é- a mesma abocanha meu pau fazendo uma deliciosa garganta profunda, sua é boquinha tão quente e deliciosa, ela rodeia meu prepúcio com sua língua e batendo uma deliciosa punheta com sua mãozinha esquerda, enquanto a direita acaricia minhas bolas, sempre olhando para mim.

 

 

-Aah-am bebe você mama tão bem no pau do papai-logo ela retira meu membro de sua boca fazendo um barulhinho erótico, com um filete de saliva que ligava a cabeça de meu pau a sua boquinha maravilhosa.

 

 

 

-Sabe papai eu adoro chupar seu pau grosso e grande mas, eu prefiro ele me arregaçando inteira metendo bem fundo na minha bocetinha apertada-fala isso e abocanha meu membro novamente, sinto minhas veias engrossarem, (S/N), para o que está fazendo recebendo um olhar irritado de minha parte.

 

 

-Por que parou (S/N)-digo indignado sentido meu falo doer.

 

 

 

-Ora eu quero que você goze sua porra quentinha em minha boceta, pode fazer isso papai? Pode melecar minha bocetinha com sua porra- diz se sentando um minha perna raspando sua bocetinha lisinha, me fazendo perceber o quanto ela estava quente e molhada.

 

 

 

-Claro bebe papai vai gozar bem gostoso na sua bocetinha, eu quero você de quatro agora- mando vendo a mesma descer de minha perna, e ficando na posição afundando sua cabeça no travesseiro, deixando sua bunda bem empinada me mostrando seu cuzinho que eu adoro arregaçar.

 

 

 

-Nossa bebe que bundinha mais gostosa da vontade de morder- e foi isso mesmo que eu fiz mordi cada uma de sua nadegas desferindo tapas fortes nas mesma, ouvindo (S/N) arfar

 

 

 

-Please daddy, foda -me logo, please- implorou não aguentando mais esperar entro em sua bocetinha apertada que recebe tão bem meu pau

 

 

-Awwwm que bocetinha mais apertada, baby.-gemo roucamente, metendo em seu interior, sentindo ela contrair

 

 

 

-Aah daddy, mais forte- sem nem ao menos responder meto mais forte em bocetinha, a fazendo  gemer feito uma cadelinha.

 

 

- Vamos daddy fode com vontade a bocetinha de sua baby, vamos me arregace-fala com um pouco de dificuldade por conta das investidas, a cama rangia e batia fortemente na parede.

 

 

 

-Uhm daddy eu quero de ladinho-diz manhosa após um gemido arrastado

 

 

-Meu bebe quer de ladinho, ok- saiu de dentro da mesma, a puxando pelo cabelo, deitando-a na cama indo para trás da mesma.

 

 

-Levanta a perninha para o daddy, e abre bem sua bocetinha-ela fez o que eu mandei levantado sua perna, e abrindo seus lábios maiores, enfio novamente meu pau um sua bocetinha a ouvindo gemer manhosa-Vamos bebe geme para o papai-dou um tapa forte em sua coxa.

 

 

 

-Aiin daddy ai bem ai, no mesmo lugar bem forte- após descobrir seu pontinho sensível, saio de trás da mesma apuxando para meu colo.

 

 

-Cavalga no meu pau bem gostoso-ela assente e começa a subir e descer dando reboladas, fazendo meu pau ir ate o fundo um seu interior quentinho, a vendo revirar os olhos de tanto prazer, nem esperar nada abocanho seu seios, chupando os biquinhos rosados, enquanto chupava o esquerdo apalpava o direito, e vice-versa

 

-Uhm daddy estou quase- sinto sua bocetinha me apertar mais, e as veias de meu pau engrossam sinto (S/N) gozando soltando um gemido mais alto, e logo após eu gozo em jatos também melecando tudo sua bocetinha com minha porra branquinha.

 

 

-Caralho (S/N)-sinto seu interior me apertar mais.

 

 

 

-Aain Yoongi- meu nome sai em um gemido arrastado de sua boca, quando recuperamos o fôlego, nós beijamos, um beijo malhado e gostoso, deito na cama puxando a mesma para deitar em meu peito desnudo

 

 

 

 

-Espero que entenda que sua secretária jamais foderia com você assim- diz com sua voz meio rouca.

 

 

 

-Eu te amo (S/N), não duvide de meu amor por você-digo fazendo carinho em seus cabelos.

 

 

 

-Eu também te amo idiota só que não gosto daquela mulher, mas você e meu e não dela não e mesmo-diz fazendo desenhos imaginários no meu peito.

 

 

-Sim eu sou seu, e você é minha, te amo muito minha baixinha- digo dando um beijo no topo de sua cabeça a ajeitando para nós dormimos. 

 


Notas Finais


Muito obrigada por lerem.
Se vocês quiserem mais shots, por favor comentem de quem vocês querem.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...