História Make Us Free !! - Capítulo 2


Escrita por: e yzabbell

Postado
Categorias Free!
Personagens Aiichiro Nitori, Goro Sasabe, Gou Matsuoka, Haruka Nanase, Makoto Tachibana, Miho Amakata, Nagisa Hazuki, Personagens Originais, Rei Ryugazaki, Rin Matsuoka, Seijuro Mikoshiba, Sousuke Yamazaki
Tags Animes, Aventura, Romance
Visualizações 13
Palavras 2.262
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Aventura, Esporte, Ficção Adolescente, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Heterossexualidade, Linguagem Imprópria
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Demorou, muito, muito mesmo. (Desculpa)
Agora que a poeira abaixou a fanfic vai funcionar normalmente.
Desfrutem bem❤

Capítulo 2 - Um simples "Oi"


Fanfic / Fanfiction Make Us Free !! - Capítulo 2 - Um simples "Oi"

MAKE US FREE! (NOS FAÇA LIVRES)

Resumo!

Mayumii e Louise são irmãs e integrantes de uma família provida de lucros e investimentos. Não são irmãs de sangue e se dão muito bem, Mayumii é uma garota bonita e legal, apesar de ter um rosto sério e quieto é muito mais fácil conversar com ela do que imagina e que se esforça para obter os resultados que procura. Louise é a garota otimista e fofa, sempre está sorrindo e faz de tudo para dar seu melhor e seu passado difícil fez com que ela seja uma pessoa justa.

Ambas estudam na faculdade Always Preparation cursando Engenharia Civil e Medicina mesmo que seus pais queiram que elas sigam o rumo da concessionária da família.

As duas também tem um medo em comum, o de voltar a nadar, por causa de um trauma acontecido a alguns anos, mas isso não tirou o sorriso do rosto das duas, seus sonhos não foram excluídos e levados, levantaram-se e seguiram em frente.

~Voltando a História.

O tal Mako corre até o ponto de ônibus embaraçado e seus colegas de despedem de nós e vão até ele. Eu olho para trás e vejo minha irmã sentada no chão segurando seus cabelos da frente corada.

– Hum? O que foi Lou?. – Me faço de desentendida. – Será que é porque você achou aquele Mako-chan bonito?

– Ó-Ób-Óbvio que não sua boba, é só que, Ahm.... – Ela fica mais vermelha.

– Ah Louise, não tem outra resposta pra isso. – Coloco uma mão na cintura e a outra segurando o riso.

Louise é atraída por homens fofos, gentis e que tenha uma certa quantidade massa muscular, esse é um fato sobre ela, além do mais, é muito legal zoar com ela nessas horas de constrangimento.

– Hum, estamos na mesma escola, quem sabe vocês não dão um rolê juntos e quem sabe-----

– Está louca! Nem o conheço ainda! Eu só......achei ele bonito só isso. – Ela joga o travesseiro que estava carregando em mim e levanta do chão. – Sua boba, Ah! E eu vi tá.

– Viu o que “tomate”?

– Você olhando o tal Haruka, seus olhos quase pularam do seu rosto. – Ela sorri de lado.

– Acho que está falando de si mesma. – Eu rio um pouco. – E bom, eu achei ele bonitão mesmo para não falar outra coisa. – Passo a mão atrás da cabeça.

– Eeeeeee! Não faça isso parecer tão normal. – Ela vira de costas. - Talvez você possa desfrutar dele quando irmos pra escola, em falar nisso estamos atrasadas. – Ela fala com o tom de voz de brincadeira.

– Hum, não é má ideia. Talvez nós até podíamos dar uns amassos. – Mostro a língua.

– AHH! Não diga isso de alguém que você não conhece! – Ela me chacoalha.

– Hahaha. Estou brincando. Hum, enfim, vamos pegue sua mochila e se troque rápido já estou indo para escola. – Falo jogando na cara dela de volta.

– Sim senhora. – Ela ri.

Depois de nos preparar para ir para a faculdade, colocamos os capacetes e subimos nas motos para a ida.

~ Na faculdade.

Chegando na faculdade depois de 10 minutos na rua, estacionamos no subsolo n°1 do edifício escolar e subimos para secretária.

– Olá eu sou Mayumii e essa é Louise minha irmã. Fomos transferidas para cá faz uma semana, queríamos saber tudo sobre o processo. – Eu falo para a funcionária.

– As senhoritas não estão registradas como irmãs no catálogo, embora tenham sido postas pelas mesmas pessoas na faculdade. – Ela alerta.

Por mais brava que eu fique quando falam que eu e Louise não estamos registradas e que não temos o mesmo tipo de sangue ou que não somos irmãs, temos que seguir com o processo.

– Ela foi adotada pelos meus pais senhora. Por isso temos sobrenomes diferentes. – Odeio falar isso mas é a verdade.

Lou coloca a mão no meu ombro sorrindo. Eu sorrio de volta.

– Isso explica tudo. Suas salas são 1-C Medicina e 1-J Engenharia Cívil. – Ela nos dá uns papéis. – Esse papel está todas as localizações do edifício, a legenda facilitará para vocês, é bem raro termos novos estudantes no meio do ano.

– Obrigada pela atenção. – agradecemos e subimos para o andar das salas de aula.

– Ah!! Estamos bem longe uma da outra. Cara! Que chato. – Louise segura as alças da mochila.

– Veja pelo lado bom, estamos no mesmo corredor. – Falo encarando o papel.

– É verdade. Não vou ficar triste por causa disso, afinal, ninguém consegue nos separar. – Ela olha para mim e sorri docemente.

Eu retribuo o sorriso e volto a olhar o papel. “Medicina”, será isso mesmo que quero seguir? E se eu não gostar? Será que terei chance de mudar? Acho que não, mudei de curso porque odiava aquele ambiente e aquele curso. Será que depois de tantas tentativas frustradas de fazer um curso bom, eu poderia enfim seguir uma profissão que eu ame?. Louise sempre disse que queria ser arquiteta desde seus 15 anos, e eu nunca parei para pensar no futuro até que certa data chegasse, me pergunto se ela já quis trocar de curso.

– Cuidado. – Um voz feminina fala algo.

É eu tenho que tomar cuidado com o que eu escolher daqui em diante, medicina tem que ser o que vou seguir.

– MAYUMII!

– Aih!! – Reclamo.

Eu me choco com alguma coisa fortemente, bati meu corpo todo e pelo impacto acabei tropeçando e cai sentada para trás.

– Ah! Mas o que aconteceu? – Eu reclamo ainda sentada no chão.

– May-chan! Você está bem? – Lou me se agacha segurando a saia para me olhar.

– Me desculpe. – Um rapaz de cabelos escuros e olhos azuis me olha entendendo as mãos. – Eu estava perdido em meus pensamentos e não prestei atenção no caminho.

– Ah. Não tem problema. – Aceito ajuda dele. – Eu estava com a cabeça nas nuvens.

– Mesmo assim me desculpe. Sou Sousuke Yamazaki, talvez eu faça algo para compensar o que fiz. – Ele fala olhando para mim.

Lou se levanta e limpa minhas costas.

– Sou Mayumii Nagazaki, não precisa, estou bem não precisa se sentir culpado. – Eu respondo calmamente.

Louise coloca uma mão na boca e ri abafado.

– Ah qual é a graça Lou? – Eu pergunto levantando uma sobrancelha.

– Lou? – Ele pergunta.

– Hum sim, eu sou Louise Hermann, irmã de Mayumii. Prazer em te conhecer Yamazaki-san. – Louise se curva levemente.

– Prazer em te conhecer também Hermann-chan. – Yamazaki cumprimenta. – Mas como vocês podem ser irmãs se tem sobrenomes diferentes?

– Sou adotada. – Lou diz seco.

– Isso é triste e feliz. – Um rapaz aparece na conversa do nada atrás de Lou.

– Ah! – Lou se assusta e vira para trás.

– Ah, desculpe te assustar, sou Rin Matsouka, amigo de Sousuke. – Ele fala com um belo sorriso no rosto. – Vocês não perceberam mas estou aqui desde que ele te levantou. E por quanto mais tempo você pretende segurar as mãos dela Sousuke?

– Am? Ah! Desculpe Nagazaki-san. – Ele solta minhas mãos e coça um pouco a cabeça.

Eu nem tinha percebido que estávamos de mãos dadas, fico meio sem jeito, Lou e Matsouka riem um pouco.

*TRIM*

– O sinal. – Matsouka murmura.

– Tenho que ir. – Lou fala olhando para as pessoas no corredor. – Minha sala está no fundo do corredor tenho que correr.

– Eu também tenho que ir, tchau Sousuke! Nos vemos no intervalo. – Matsouka falou correndo até o final do corredor.

– Tchau May! Prazer em te conhecer Yamazaki-san – Lou começou a andar rápido até o fundo do corredor.

Eu viro para o lado, e vejo 1-C, minha sala.

– Bom, eu já vou então. – Eu comento.

– Eu também. – Ele retribui com um sorriso.

Eu ando até a sala de aula e ele vem atrás de mim e entramos na mesma sala.

– Tá me seguindo? – Eu falo em tom de brincadeira.

– Não, eu faço medicina há meio ano. – Ele coloca a mochila em cima de uma das longas mesas.

– Oh, eu acabei de ser transferida. Eu não sei onde posso sentar. – Olho ao redor e as pessoas entrando.

– Pode se sentar ao meu lado ninguém tem um lugar fixo. – Ele bate a palma da mão ao lado dele.

– Hum, obrigado. – Eu me sento ao seu lado ajeitando minhas coisas.

Ele sorri para mim e retribuo com um sorriso de canto. O Professor entra e passa sua matéria.

~ Enquanto isso na sala de Louise.

– Ah, Matsouka. É uma surpresa. – Louise e Rin estão sentados juntos na sala 1-J.

– Com certeza, é uma surpresa. Não tem muitas meninas nas salas de Engenharia. – Ele fala deitando na mesa.

– Eu sou apaixonada por Engenharia e Arquitetura desde os meus 15 anos. – Louise fala ruborizada.

– É, você cheira a matemática. – Rin ri um pouco. – Achei você fofa usa óculos e tudo.

– Ahn. O-Obrigada. – Louise junta as mãos e fica meio vermelha.

– He he. – Rin sorri.

Logo o professor entra em sala e passa sua matéria.

– Você conhece alguém da faculdade? – Rin pergunta.

– Não, não conheço ninguém além de você e o Sousuke. – Louise olha Rin.

– Se você quiser podemos ficar juntos no intervalo, poderia te apresentar uns amigos. – Rin fala tirando a jaqueta.

– Seria gentil da sua parte. – Louise sorri.

– Bom dia. Vamos começar a aula, sem conversas por favor. – O Professor anuncia.

As horas passam e as aulas do período acabam, o horário de almoço chega.

*TRIM*

O sinal toca e todos os estudantes guardam as coisas, eu nunca vi tanta gente desesperada para sair da sala assim, espero que Lou tenha se acostumado com o professor.

– Vamos Nagazaki-san? – Yamazaki-kun me chama.

– Uhum. – Aceno positivamente para ele. – Pode me chamar de Mayumii.

– Pode me chamar de Sousuke, é meio estranho ouvir uma menina me chamar de Yamazaki. – Ele fala me acompanhando pelo corredor.

– Mas você deve conhecer várias garotas por aí. – Eu acompanho seus passos.

– Eu não sou muito bom com garotas, elas vem até mim mas nunca consegui conversar com alguma. – Ele faz uma careta.

– Hum, em parte, te entendo, até porque nunca fui de falar bastante. – Confesso.

– Percebi, você é uma garota de poucas palavras, não tem como saber o que você esta pensando. – Ele me olha.

– He. – solto um riso.

– Ai! Você tem o dom de fazer uma conversa parar. – Ele volta a olhar o fundo do corredor. – Você é muito séria.

– Não reclame comigo e sim com minha mãe, puxei isso dela. – Suspiro. – As vezes me pergunto se não sou a sombra dela.

– Nossa são tão parecidas assim? – Ele pergunta.

– O que muda é a aparência, o senso de humor e o jeito de se vestir. – Rio um pouco lembrando da família. – Somos loucos.

– Você deve ter uma família legal. – Ele fala procurando alguém pelo corredor.

– Matsouka? – Pergunto.

– Ahm? Ah, sim ele sempre some depois que toca o sinal. – Ele bufa. – Francamente.

Andamos um pouco até encontrar Louise e Matsouka Rin, eles estão rindo de algo e ele leva a mochila dela, parece que já são grandes amigos.

– Oi May! – Ela me cumprimenta rindo. – Desculpe, não consigo parar de rir.

– O que aconteceu? – Pergunto confusa.

– Um garoto chegou em Matsouka ‘declarando guerra’ e ia bater nele só que Matsouka empurrou ele de leve e ele caiu em uma caixa e rolou escada abaixo. – Ela fala ainda rindo. – Sinto que não deveria estar rindo.

– A culpa é dele. – Ele fala devolvendo a mochila a ela. – Ok, vamos encontrar os outros.

Sousuke acena positivamente e eles começam a andar escadas abaixo.

– Vocês não vem? – Sousuke pergunta.

– Ah, sim. – Louise arruma a camisa dentro da saia. – Vamos?

Faço que sim com a cabeça. No pátio com muitas pessoas os garotos procuram algumas pessoas específicas.

– Rin!! – Alguém grita ao longe.

Todos olhamos para os bancos atrás das árvores.

– May, olha lá seu lindão. – Louise cochicha rindo. – Vai lá dar seus amassos.

– Louise. – Eu reclamo beliscando seu braço.

– Aieee! – Ela reclama. – Doeu.

– Vamos meninas. – Matsouka nos chama.

Seguimos eles até o tal Haru e Mako de hoje de manhã, me pergunto onde estão os outros dois. Eu não duvido de quando o rapaz de cabelos verdes falar oi para Lou ela vai virar o famoso tomate. O tal Haru também nos observa sério e quieto.

Quando chegamos perto deles, escorreu um suor pelo meu pescoço, não entendo porque nem estou nervosa.

– Ah vocês são as meninas de mais cedo. – O tal Mako fala com um sorriso gentil. – Não nos apresentamos direito, sou Makoto Tachibana. – Ele fala colocando as mãos nos bolsos da calça um pouco vermelho.

– Mayumii Nagazaki prazer em te conhecer Tachibana. – Falo me curvando um pouco. – Mas me chame de Mayumii.

– Sou Louise Hermann bom te conhecer Ta-Tachibana. – Lou fala se curvando um pouco. – Ma-Mas a maioria me chama de Lou.

– Está gaguejando. – Sussurro dando leves cotoveladas nela.

– Cala a boca. – Ela me olha vermelha.

– Oi Louise. – Tachibana fala com um pouco de rubor.

-- O-Oi. - Ela gagueja vermelha de vergonha.

Se eu tivesse apostado tinha ganhado um boa grana.

– Sou Haruka Nanase, prazer em reve-las. – Ele fala mantendo a expressão.

– Quem diria que estaríamos na mesma faculdade né. – Lou desvia qualquer tipo de constrangimento.

– Sim, quero saber, onde estão os outros dois que estavam vindo com vocês? – Eu pergunto curiosa.

– Eles não tem a mesma idade que nós, ainda estão no 3° ano do ensino médio. – Nanase responde.

– É, eles estudam em outro estado. Vieram aqui para nos visitar. A escola está em período de confraternização. – Tachibana justifica.

Ouvimos uns ruídos de fome.

– É minha barriga alertando que precisamos comer. – Matsouka fala passando a mão na barriga.

Todos rimos, e começamos a segui-los. É meio estranho, estamos no meio de quatro homens altos e lindos indo almoçar com eles, tudo isso num dia só. Olho para a tela do celular para ver a hora, já são 14:30, me pergunto aonde eles vão nos levar nesse horário.

CONTINUA...?


Notas Finais


Desculpe algum erro de ortografia.
Até o próximo Capítulo.❤❤


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...