História Make You Feel My Love - Capítulo 4


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Suga
Tags Bangtan Boys, Boyxboy, Bts, J-hope, Jung Hoseok, Min Yoongi, Sope, Suga, Taeseok, Vhope, Yaoi, Yoonseok
Visualizações 88
Palavras 615
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ficção Adolescente, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Universo Alternativo, Yaoi (Gay)
Avisos: Homossexualidade, Linguagem Imprópria
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Esse capítulo é todo pov Yoongi

Capítulo 4 - Regras De Sobrevivência


Pov Min Yoongi

- Yoongi! - Ouvi a voz de Hobi chamar meu nome.

Não são todos que têm esse prazer em ouvir a voz da pessoa que amam e se acalmar na hora seja qualquer problema. Nem todas pessoas se apaixonam.

Para mim, ouvir a voz de Hobi sempre foi a melhor parte de todos os meus melhores e piores dias. Ele poderia ser considerado aquela pessoa que com poucas ações faz todos em sua volta sorrirem.

Hoseok sempre foi considerado extrovertido e talvez um pouco popular. Ele nunca teve sua popularidade por riquezas materiais ou pelo número de fofocas que consegue contar em um minuto sobre a vida alheia. Hobi é conhecido por ser alegre e ter uma risada contagiante, o que faz com que pessoas se aproximem do mesmo. Ele pode ser considerado o sol dos melhores dias ou até mesmo os lápis coloridos de um estojo cheio de lápis de escrever sem graça. Hoseok é único e talvez seja por isso que eu me apaixonei por ele desde que eu me considero gente.

Dizem que a paixão nos deixa tolos é vulneráveis, o que é verdade. Quem diria que Min Yoongi derramaria uma lágrima por alguém? Tudo bem! Eu choro como qualquer pessoa, porém não gosto de fazer isso na frente de outros e nem demonstrar grandes coisas. Eu odeio mostrar o quão covarde eu posso ser.

- Yoon? Tudo bem? - Hoseok perguntou me cutucando.

- Ahn? Ah sim claro! E você? - Falei me punindo mentalmente por ter me desligado do meu entorno.

- Eu estou maravilhosamente ótimo! Sabe... eu estou muito feliz mesmo! - Ele falava animado e eu só poderia admirar o quanto o seu sorriso me encanta.

- Eu fico feliz. - Falei demonstrando um pequeno sorriso.

Regra Número Um: Nunca demonstre todos seus sentimentos, pois isso pode assustar alguém.

- Eu estou muito curioso ultimamente. - Ele falou pensativo depois de um tempo em silêncio, possivelmente provocado pelo meu "desinteresse".

Regra número um: Concluída com extremo sucesso!

- Por quê? - Perguntei mesmo sabendo a resposta.

- É que nos últimos tempos tem uma pessoa por aí me mandando mensagens.

- Então converse com ela. - Falei me fazendo de desentendido.

- Eu falo só que eu queria muito saber quem ele é.

- Como assim você fala com desconhecidos?! - Falei "surpreso".

Regra número dois: Não mostre sua identidade de jeito algum e, se precisar, até faça um teatro.

- Ahn... Eu sei lá! Eu me sinto bem falando com ele. - Hobi falou olhado para seus pés.

Regra número dois: Concluída com extremo sucesso!

Conversas vinham e iam, como sempre. Eu tentava com todas as minhas forças não sorrir quando o mesmo dá um daqueles gigantes sorrisos em formato de coração, às vezes falhando miseravelmente.

- Você viu a roupa que o Taehyung está usando hoje? - Ele perguntou animado.

Regra número três: Por mais que você esteja magoado, não demonstre suas fraquezas.

- Vi não, por quê? - Perguntei supostamente desinteressado.

Regra número três: Concluída com extremo sucesso!

- Ele está cada vez mais lindo. Você acha que, se eu conversar com ele, ele me nota? Nem que seja só um selinho. Vamos jogar na rodinha, minha boca foi feita para beijá-lo na certa. - Ele falava com um olhar sonhador.

Regra número quatro: independente do que você sinta, sempre pense nele

- Eu acho que você pode tentar sim.

Regra número quatro: Concluída com extremo sucesso!

- Que bom! Eu vou tentar mesmo! Obrigada, Yoon. - Ele falou animado. - Quer ir no cinema depois?

- Não vai dar, mas tentamos outra hora. - tentei dar um sorriso e fui embora.


Notas Finais




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...