História Make You Mad - Camren - Capítulo 20


Escrita por: ~

Postado
Categorias Camila Cabello, Fifth Harmony
Personagens Personagens Originais
Tags Camren, Comedia, Drama, Romance
Visualizações 1.897
Palavras 1.109
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Festa, Ficção Adolescente, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Adultério, Álcool, Drogas, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oi gente do meu coração

Capítulo 20 - Jantar


P.O.V  Lauren

Termino de me vestir e vou para o quarto ao lado que é de minha filha, a vejo enrolada na toalha me esperando sentadinha na cama. Eu já dei banho nela, então a mandei ficar aqui até que eu me trocasse. Assim que Jasmine me viu entrar, ela me puxou para o seu pequeno closet querendo que eu escolhesse uma roupa e a vestisse como eu sempre faço. Optei por uma saia rosa que ela tanto gosta e uma blusinha branca para combinar.

Vesti ela pacientemente enquanto minha filha tagarelava sobre seus brinquedos novos que eu comprei a ela, depois coloquei seus sapatinhos e pronto, estávamos prontas. Camila tinha me ligado informando para eu jantar na casa dela para conversarmos melhor sobre o emprego de Alejandro, achei super ótimo a ideia e é obvio que aceitei de primeira.

- Pronto meu amor, você está completamente linda – A peguei no colo enquanto descíamos a escada – Está uma verdadeira princesa.

- Obrigada mamãe – Jasmine da um beijo estralado em minha bochecha – Você está gata.

- Onde aprendeu a falar isso? – Perguntei sem deixar de sorrir.

- Tia Vero disse que isso deixa as pessoas felizes – Jasmine contou um tanto animada – Inda mais com quem você quer pegar, mas eu não entendi isso.

- Não é nada querida – Beijo seus cabelos cheirosos – Nunca queira entender o que a tia Vero diz.

- Está bem, agora vamos a casa da Cami.

- Vamos neném.

Coloco-a sentadinha no banco do carro e passo o cinto nela, vou para o meu lugar de motorista e coloco a chave na ignição ligando-a, acelero o veiculo e dirijo para o destino desejado. Ligo o som deixando baixo o volume mas que dava para ouvir, Jasmine as vezes cantarolava algumas musicas que conhecia mas ela tinha um pouco de dificuldade por ser muito novinha ainda, foi nesse embalo que eu estaciono em frente a casa da Camila. Pego minha filha no colo e fomos até a porta onde eu toco a campainha.

- Olá Lolo – Camila abre a porta e ela vestia um vestido muito lindo – Oi minha princesinha, você está tão linda.

- Oi Camz – Dou-lhe um beijo em sua bochecha – Você está linda – Ela corou.

- Oi Cami, você está gata.

- Jasmine! – Repreendo minha filha que riu gostosamente – Não liga, ela passa muito tempo com a Vero mas você realmente está gata.

- Obrigada -  Camila riu e deu espaço para que nós entra – Fiquem a vontade.

- Mas antes – Deixo a minha filha no chão que entra na casa assim que vê a Sofia e eu encosto a porta ficando para o lado de fora com a latina – Quero um beijo.

Camila se aproxima de mim já enlaçando seus braços em volta do meu pescoço e cola nossas boca iniciando um beijo lento, suspiro contra seus lábios e agarro sua cintura deixando nossos corpos colados. Chupo seu lábio inferior e ela mordisca o meu me deixando rendida, Camila acabou sorrindo contra o beijo e isso fez meu coração acelerar de uma maneira que não entendi nada. Nos separamos entre selinhos e entramos na casa vendo seus pais, junto com sua irmã.

- Boa noite – Cumprimentei passando a mão de leve em meus lábios pelo beijo que tive com a latina – Prazer, sou Lauren Jauregui.

- Seja bem vinda, eu sou Sinu – A mulher disse me abraçando e isso me pegou de surpresa.

- Obrigada Sinu – Sorrio e deixo um beijo em sua bochecha vendo que ela também ficou surpresa.

- Sou o Alejandro – Ele também me deu um abraço camarada – Aceita uma bebida?

- Só se você tomar – Pisco enquanto ele ri.

- Gosta de cerveja?

- Opa, gosto sim.

- Vou buscar então.

- Oi Lauren – Sofia me cumprimenta com um beijo no rosto – Como está a Tay?

- Está muito bem baixinha – Faço carinho em seus cabelos – Temos que marcar um dia de sair novamente, foi muito legal aquele dia.

- Vamos marcar sim – Sofia se animou.

- Mamãe, posso tomar refrigerante? – Jasmine perguntou quando a latina pegou a garrafa.

- Claro meu amor, só não toma muito para não encher.

Fiquei ali na sala conversando com a Sinu que é bem simpática e muito humilde, a casa de Camila é pequena mas é tão arrumada e bonita que me sinto confortável aqui. Não demorou para que a Jasmine se enturmasse já que ela tinha ficado um pouco tímida no começo, fomos para a cozinha onde o Alejandro me estendeu uma latinha de cerveja e começamos a tomar enquanto a Camila colocava as comidas na mesa. Sofia arrancava toda hora risadas de minha filha.

- Isso aqui está muito bom – Comento após levar uma garfada de comida até a boca – Parabéns Sinu.

- Obrigada querida – Sinu sorriu contente.

- Cami, corta pra mim? – Jasmine pediu com um bico.

- Claro pequena – Camila cortou a carne que estava grande para a minha filha.

- Camila sempre levou jeito com criança, ela os ama e eu fico boba com o jeito que ela trata a sua filha – Alejandro disse ao observar a filha.

- Ela é incrível – Olho para a latina que corou – É uma moça de bom coração que nunca vou me esquecer dela.

- Ei, não quero o foco só para mim – Camila reclamou por estar vermelha demais – Podemos iniciar outro assunto que não me deixa constrangida?

- Então Alejandro, aceita o trabalho que eu te proponho? – Pergunto indo para o assunto principal da noite – Eu pago a passagem e a hospedagem do hotel.

- Eu aceito esse emprego mas não quero ficar dependendo de você – Alejandro disse sério – Você está fazendo muito por nós e eu agradeço de coração, mas só não exagera.

- Claro – Solto um riso – Mas espero que aceite que eu vou pagar a passagem hein.

- Eu fico mal com isso por estar gastando o seu dinheiro com passagem e hospedagem para mim em Las Vegas.

- Não se sinta mal, estou fazendo por uma boa causa – Pisco – Nós dois sai ganhando com isso.

- Certo – Ele balança a cabeça cedendo – Mas porque está fazendo isso por nós?

- Ah... – Fico em silencio por alguns segundos e volto a falar- Eu criei muito carinho pela Camila e quando ela me contou sobre a situação de vocês, eu resolvi ajudar e estou fazendo isso de coração, eu só quero o melhor para vocês e sei que estou fazendo o certo ao ver esse sorriso lindo – Aponto para  latina que não tirou os olhos de mim.

- Ah Lolo – Camila suspirou ainda com aquele sorriso no rosto e ficando vermelha novamente – Lá se vai eu com vergonha.


Notas Finais


Vem vem vem chegando na boate.... desculpe não resisti kkkkk só quem assisti Master Trash do panico vai entender


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...