1. Spirit Fanfics >
  2. .make you mine >
  3. .wildfire

História .make you mine - Capítulo 1


Escrita por:


Notas do Autor


se recebeu esse link, espero que leia isso com tranquilidade e compreensão. leia também as notas finais, por favor.

Capítulo 1 - .wildfire


Acho que devo dizer que você me encantou muito desde a primeira vez que conversamos, Seokwoo. Eu me lembro de muitos detalhes da nossa relação, então irei relembrá-los aqui, mas dessa vez eu te prometo que vale a pena ler. 


Eu, Kim Inseong, nunca fui alguém difícil de lidar, ao menos nunca achei que fosse. E também sempre criei sentimentos muito rápido, mas você sabe bem disso. Acredito que eu tenha te conhecido em uma das melhores fases da minha vida: eu tinha muitos amigos incríveis, me dava bem com todos ao meu redor, estava muito feliz comigo mesmo. E acredite quando eu digo que te conhecer também faz parte dessa melhor fase. 


De fato, eu me apaixonei pelo seu jeito. Pela forma de ser carinhoso comigo, de realizar meus desejos, cuidar de mim e acima de tudo, me respeitar e ter cuidado com meus limites. E eu juro pra você que ninguém nunca me balançou dessa forma, você conquistou cada átomo do meu corpo. Sendo assim, julgando pela minha autoestima altíssima, eu não tinha dúvidas de que você se apaixonaria por mim também, e até hoje sei que isso teria acontecido se tivesse te conhecido em uma época diferente. 


Você foi muito maltratado. Sua vida amorosa foi bastante complicada, você se envolveu com pessoas que te prejudicaram muito, e eu gostaria mais do que tudo que não tivesse sido assim, mas a nossa vida é injusta. Mas você tentou superar por algumas semanas, e por mais que eu odeie admitir, doeu muito ver você com outra pessoa. 


Mas veja bem, nós terminamos esse relacionamento que nunca conseguimos chamar de namoro de um modo muito errado. Magoados, sofrendo, foi um momento muito difícil e muita coisa ficou subentendida. Foi por isso que, por vários meses, eu acreditei que você havia mentido pra mim, e isso realmente me maltratava. 


Ficamos muito tempo afastados, e durante esse tempo, todos os meus pedidos da meia noite ou qualquer horário igual eram ter você de volta, eram poder fazer você se apaixonar por mim da forma certa. E quando você voltou, eu agradeci a toda e qualquer força do universo e até mesmo a Deus por ter me concedido outra chance. Infelizmente, eu ainda tinha muitos problemas com a nossa relação conturbada de antigamente, e mesmo tentando com todas as minhas forças esquecer tudo aquilo, eu não consegui. 


A cada dia que eu passava contigo, a minha esperança de que fôssemos dar certo aumentava, e ao mesmo tempo a angústia e o medo de acontecer tudo novamente, além do sentimento ruim que meu peito carregava ao pensar que você não havia sido sincero comigo.


Naquela noite, ouvindo músicas juntos e falando sobre nossos sentimentos, eu pensei mesmo em realmente voltar a insistir em você de forma clara, pois até então eu guardava essa vontade para mim. Mas entramos num assunto delicado, e aquilo tocou o meu coração e a angústia que nele morava. 


Na primeira briga que tivemos, quando eu despejei em você a dor que havia me causado naqueles tempos, senti que estava certo. Porque pela primeira vez depois que te conheci, eu tive a certeza de que deveria seguir em frente. Além de você ter me dito que poderia amar outra pessoa se quisesse, me confirmou que havia amado aquele que mais me fez inveja em todos esses meses. Aquele que você namorou depois de estar comigo, a pessoa que por muito tempo eu acreditei ter te roubado de mim. 


E eu estava pronto para isso, Seok, até mesmo foi o que disse para meu melhor amigo, desta vez eu poderia seguir em frente porque tive a plena certeza de que não conseguiríamos ficar juntos. Eu senti aquela angústia ir embora e dar lugar a serenidade de saber que havia feito tudo o que pude para algo entre nós dar certo, mas que as circunstâncias não haviam deixado e tudo bem, porque a vida é assim. Eu não havia percebido suas intenções desde que nos reencontramos, não havia prestado atenção na música que você cantou após descobrirmos um sobre o outro, e não sentia que você retribuía minhas esperanças. 


Até que a segunda briga foi iniciada. E infelizmente, não em um bom momento, porque nós dois estávamos tristes e com a cabeça cheia. Eu, sensível como sempre, tive uma crise de nervosismo e não pude conversar civilizadamente contigo. 


Mas foi ali, depois de termos nos despedido da pior forma possível, que eu percebi os grandes erros que havia cometido. 


Eu fui sim egoísta com você. Eu não pensei nas consequências dos meus atos, não pensei no quanto iria te afetar e não pensei nas outras formas menos horríveis de iniciar aquela discussão. E por favor, acredite em mim quando digo que me arrependo do fundo do coração. 


Isso não é um pedido para darmos outra chance um ao outro, não é um pedido para você me desculpar e voltar de braços abertos para me receber, e sim um desabafo que eu acredito ser necessário para nós dois. 


Eu quero que você saiba exatamente o que eu senti com toda essa briga, pois não tive oportunidade de lhe contar. Você me magoou e eu fui egoísta o suficiente para me sentir na razão de fazer isso contigo como se estivéssemos brincando de carrinho bate-bate. Eu demorei um pouquinho para perceber isso, mas mesmo que tivesse percebido na hora da briga, não teria conseguido te dizer pois foi um momento extremamente conturbado. 


O que eu quero dizer, Rowoon, é que eu te amei e ainda amo como nunca amei ninguém, e que nunca vou me esquecer de você. Mas escrevendo isso, eu me sinto leve e livre o suficiente para te deixar ir e deixar todas as memórias ruins se esvaírem com a brisa que te carrega para longe. Que tudo o que eu mais quis foi te ver bem consigo mesmo e te ver feliz. 


Como todo ser humano, nós erramos muito nessa vida, mas ninguém errou mais do que o destino em ter reservado toda essa situação para nós dois. Por isso, hoje e agora, eu te peço perdão por todos os meus erros e digo com toda a sinceridade do mundo, que te perdôo e irei esquecer de vez tudo de ruim que aconteceu.


Já dissemos uma vez um para o outro, mas desta vez quero relembrar com muito mais convicção: nenhum momento ruim irá anular os momentos incríveis que eu passei ao seu lado. 


A viagem; as madrugadas acordados ouvindo música e assistindo filmes aleatórios; as conversas e conselhos que nos ajudaram muito com problemas; os momentos em que distraímos um ao outro; os abraços, beijos e carinhos; a noite mais inesquecível da minha vida, quando nos entregamos um ao outro; as canções dedicadas aos nossos sentimentos; as fotos juntos; cada detalhe que tornou esses meses especiais. 


Kim Seokwoo, eu espero do fundo do meu coração que você seja feliz e possa superar os traumas que eu te causei, assim como eu farei o que estiver ao meu alcance para fazer o mesmo. 


Eu não vou mentir, também espero que possamos nos reencontrar, talvez em outra encarnação, talvez em outra vida, porque eu amo a sensação de estar próximo a ti independente do relacionamento e amava ver a forma que éramos conectados por algum motivo ou força maior. Mas sei e entendo que você não queira, que ache que o melhor para nós dois é seguirmos caminhos distintos. 


Eu sinto muito, sendo totalmente sincero, se esse texto de alguma forma te fizer mal, mas o objetivo dele é tentar te ajudar a se livrar da culpa que carrega. Novamente peço perdão, por cada palavra ruim que eu te disse. E novamente agradeço por cada momento incrível que você me proporcionou.


Honestamente e com um amor do tamanho de todo o universo, Kim Inseong. 


Notas Finais


falando como julia, em off, eu também peço perdão a você por tudo o que aconteceu. o seu personagem foi o que mais me cativou em todos os anos desde que entrei no rp, e eu acabei por não conseguir separar on e off, o que me levou a sofrer bastante com tudo o que aconteceu também e levou ao egoísmo refletido no mingming. nunca tivemos muito contato, sei que quando tentou eu não fui a pessoa mais gentil do mundo, mas espero do fundo do coração que você não tenha cometido esse mesmo erro que eu cometi. o hayato é alguém de quem eu sempre irei me lembrar, e acredito que poderíamos ter feito um casal perfeito, não um que nunca briga e vive em um mar de rosas, mas um que se compreende e se completa. de qualquer forma, boa parte das minhas melhores lembranças do rp foram contigo e com seu personagem, então lembre-se sempre de que vocês dois foram incríveis pra mim. fique bem, se um dia precisar das nossas conversas em on, saiba que pode me procurar e eu irei te receber de braços abertos, prometendo não tocar mais nesse assunto a não ser que peça. espero que você esteja realmente lendo isso e acho que devo encerrar aqui. até algum dia.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...