História Maldito sequestrador-fillie? - Capítulo 5


Escrita por: e lizyun_kin

Postado
Categorias Stranger Things
Personagens Personagens Originais
Tags Cativeiro, Fillie, Finn Wolfhard, Jacob Sartorius, Millie Bobby Brow, Sequestrador, Sequestro
Visualizações 44
Palavras 935
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Crossover, Drama (Tragédia), Fantasia, Ficção, Ficção Adolescente, Romance e Novela, Survival, Suspense, Terror e Horror, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


oiii bolinhos turu bom capítulo novo porem atrazado desculpe-me hahshahs❤

Capítulo 5 - The promise


Fanfic / Fanfiction Maldito sequestrador-fillie? - Capítulo 5 - The promise

fn:vírus vermelho?quem é essa?

clb:ela tem acesso a tudo neste lugar!

gtn:ela tem acesso a todas câmeras de segurança que ela quiser e a qualquer aparelho eletrônico desde celulares até computadores!

caleb se levantou e foi até a varanda retirando seu celular do bolso e ligando para tal vírus vermelho

ele andou de um lado pro outro falando no telefone até que desligou e veio pra dentro

clb:ela esta vindo!

sentei-me no sofa bruscamente descansando os cotovelos em meus joelhos e a cabeça em minhas mãos 

o desespero é o pior de tudo,saber que millie pode estar na mão de um doente psicopata me dói tanto

cerro meus dentes fortemente para lágrimas não cairem,penso em qualquer um que possa ter feito isso com ela.

fn:SARTORIUS!-pensei alto levantando do sofá rapidamente.

todos me olham desentendidos

fn:só pode ter sido o sartorius,ele estava pegando no pé da millie bastante ultimamente!-eu esclareci com olhar surpreso a todos 

noah:claro!ele mora a dois quarteirões da minha casa,poderia ter sido planejado?

a campainha toca e caleb vai atender,ele volta com uma moça de cabelos ruivos,batom vermelho forte e roupa preta

clb:essa é sadie sink a famosa virus vermelho!

p.o.v millie

a porta se abre e um homem forte chega com uma corda e um saco de pano

ele coloca a sacola de pano em minha cabeça e se abaixa para desacorrentar meus pés e fica de costas para mim

é agora,minha chance de dar um soco em seu rosto

eu calculo a distância e em disparada dou um tapa em seu rosto

ele rapidamente tira a sacola de minha cabeça e me olha com um sorriso cínico 

xxx:está querendo algo mais millie?-ele se aproxima encostando seus lábios em meu rosto e tentando beijar minha boca,mais eu viro meu rosto 

ele é puxado para trás bruscamente e é derrubado

srt:dacre por que quer a millie se você ja tem o seu brinquedinho!-ele se levanta e da um soco no rosto de dacre

dcr:ela que pegou na minha bunda!

srt:faça-me rir,mandei você levar ela pro carro de um jeito que não fosse suspeito e você tenta abusar dela?se quer algo bem feito faça você mesmo!

sartorius saiu do quarto e voltou rapidamente com um casaco uma algema um óculos e algo que tinha um cheiro forte e familiar provavelmente formol

ele pressionou sobre meu nariz e boca apaguei na hora só pude sentir alguem me carregando

acordei depois de provavelmente muitas horas em um carro

estavamos em uma estrada que parecia não ter fim era tudo vazio,eu não tinha chance alguma de pedir socorro

reparei minhas mãos algemadas debaixo de um casaco enorme que eu estava vestindo

srt:ansiosa mills?ja chegamos!

meus pés tambem amarrados por uma corda se debatiam para escapar mas parecia impossível 

o carro parou,sartorius desceu abrindo a porta e indo até o porta malas

aproveitei a chance para tentar escapar e pedir ajuda me joguei rapidamente pra fora sem lembrar das pernas amarradas caí de cara no chão falhando miseravelmente 

dacre me puxa pelas pernas me fazendo sentir uma dor horrível no rosto que foi arrastado pelo asfalto eu grito alto

srt:o que está fazendo?ja disse pra não machuca-la ela não é como a Natália -ele solta a mala no chão e imediatamente me pega no colo

dacre pega a mala do chão e vai em direção a uma casa que parecia ser a única em um lugar deserto 

adentramos a casa,logo percebo que parecia ser um lugar abandonado

jacob abre o porão descendo as escadas comigo no colo chegamos em um quarto grande 

com 3 camas em uma delas uma menina magra e provavelmente doente espera sentada

ela levanta e sem dizer nada ela chega perto e observa,mais é interrompida por uma corrente presa em seus tornozelos 

dcr:Natália que surpresa você aqui hahaha,hoje é o dia de tirar suas correntes espero que tenha aprendido a lição!

ntl:sim senhor!-ela diz baixo sentando na cama.

srt:Natália hoje é seu dia de sorte vai poder tomar banho de novo e comer num prato,alem de ter uma nova amiga!-ele me colocou na cama prendendo uma corrente em meus pés 

encolhida e com medo eu penso em como finn e noah estão 

sera que eles estão me procurando?

vão me achar?

sera que pelo menos notaram meu sumiço?

acabo me convencendo de que não é apenas um pesadelo ruim e sim a realidade ruim.

p.o.v noah

*flashback on*

lembro daquela manhã chuvosa 

minha mãe me acordou rapidamente 

karine:filho a kelly minha amiga de infância se mudou pro bairro,você vai poder conhecer a filha dela a millie!

noah:uma menina?-eu fiz uma cara de desgosto

karine:sim uma menina!-ela disse sorrindo 

noah:eca mãe que nojo!

karine:ela esta la embaixo esperando você 

desci as escadas para cumprimentar a tal millie

e ela me esperava com uma pulseira de fios trançados 

ela pegou minha mão e amarrou a pulseira no meu pulso

logo depois sorriu puxando pra fora

mll:vamos brincar!

naquele dia eu e millie brincamos até a noite,mas infelizmente ela teve que ir embora

depois daquele dia nos tornamos inseparáveis 

todos os dias nós andávamos de bicicleta e comiamos em uma lanchonete próxima 

inclusive eu fui o par dela no baile ela estava tão linda

lembro dela descendo as escadas com aquele vestido,ela estava tão linda

foi la no baile que conhecemos o finn ele virou nosso amigo também

quando nós tínhamos apenas 14 anos,lembro de um menino pegar bastante no pé da millie

um dia ela e eu estavamos voltando da escola e eles começou a derrubar os materiais dela e rir

eu não podia deixar isso acontecer

eu soquei a cara daquele menino tão forte que ele nunca mais pensaria em encher a paciência da millie,eu levei um soco no nariz também mais isso foi o de menos

millie me abraçou forte e disse que nunca me abandonaria,além de explicar para meus pais o que tinha acontecido na escola

depois daquele dia jurei que sempre iria proteje-la 

mas agora...ela sumiu...por minha culpa

*flashback off*



 






Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...