1. Spirit Fanfics >
  2. Malec - Aku cinta kamu >
  3. CAP- 22

História Malec - Aku cinta kamu - Capítulo 22


Escrita por:


Notas do Autor


OOoOOOOoOHH GUYS!

bom... não sei se é uma decepção para vocês, mas todos devem saber que essa fic um dia vai acabar...
eu não quero alarmar vocês, até porque ainda tem muitos capítulos a serem escritos, mas eu já sei como tudo vai acabar, como vai ser o fim...

é só isso que eu tinha pra dizer...🙃

Capítulo 22 - CAP- 22


Fanfic / Fanfiction Malec - Aku cinta kamu - Capítulo 22 - CAP- 22

Era uma das mais lindas madrugadas. Completamente perfeita. 

O sol invadindo as frestas das cortinas, e a cladidade tomando conta do ambiente. Alec estava na cama a vários minutos, quase intermináveis. Só queria ficar ali, deitado por mais um minuto. Relaxando, sem se preocupar com o resto do mundo. 

Ouve a som da porta se abrindo devagar. Como se nao quisesse acordar o arqueiro.

Sem abrir os olhos, Aec espera ele se aproximar mais, e quando está perto obastante, Alec pula da cama segurando o feiticeiro firme e forte, e ambos caem na cama em seguida. 

Magnus parece realmente surpreso. 

- Quer brincar de lobo mal antes mesmo de acordar? - Magnus fala em um tom sarcástico, e Alec ri baixinho. 

Se olham, com os olhos totalmente em paz. Por um momento parecem conseguir ler os pensamentos um do outro. Como se entendessem a dor que sentiam. 

Alec não precisa fazer nenhum movimento, e logo seus lábios se tocam, em um beijo suave, tranquilo e seguro. Não como se fosse o último, mas como se fosse o primeiro de muitos outros. 

Alec se senta novamente na cama, com Magnus a sua frente. Os joelhos apoiados na cama, segurando nos ombros do mais jovem. 

Magnus veste apenas um dos casacos do caçador e uma boxer que fica encoberta pelo casaco longo. 

Alec segura uma das mãos do feiticeiro e a estica, podendo ver melhor o corpo do marido, apenas com o casaco aberto. 

Ele observa o corpo semi nu do mais velho, como se fosse um diamante. 

Magnus sorri maliciosamente para aquele, que somente mentinha seu olhar fixo em seu corpo. 

- Quer brincar ou vai ficar só obervando? 

Alec ri, apesar de sorrir predatóriamente para o mago. 

Alec coloca sua mão, subindo pelas costas do mais velho, que sente calafrios com a mão fria do outro em sua espinha vertebral. 

Ele se aproxima cada vez mais do corpo de Magnus, primeiro sobre seu peito, alternando entre beijos e mordidas em sua pele. Subindo então até sua clavícula, então sobre seus lábios, tão perto que podia sentir a respiração do mais velho desregulada. 

Seus lábios estão a apenas alguns milímetros de distância, e Alec continua sem fazer mais movimentos, deixando o mago apenas na espera necessitada. 

Olhava fixamente para o olhar faminto e descontrolado de Magnus, que adorava se divertir com tal ato. 

Ele finalmente encosta seus lábios no do feiticeiro, que tenta permanecer parado. O beijo comeca somente como uma prova, mas depois Magnus começa a suplicar por mais. 

- Sabe que odeio quando me provoca assim... - Alec sussura no ouvido de Magnus, e uma descarga elétrica corre por todo seu corpo o fazendo se sentir vuneravel. 

- Assim como...? - Magnus acha forças para falar, mas quase falha. 

O mais velho joga seus lábios contra o pescoço do arqueiro, chupando sua runa, e Alec pendendo sua cabeça para o lado.

Alec se distância de seu corpo, olhando posessivamente para os olhos de Magnus e apenas sorri. Os joguinhos de ambos ficavam cada vez mais interessantes quando estavam dispostos. 

O arqueiro derrupa Magnus sobre a cama, ficando am cima de seu corpo. Ambos sorriem. 

- Sabe o que eu acho...? - Alec murmura no ouvido do outro, que já está totalmente afetado pelas 

- Que deveria ficar? - Magnus sorri entre um beijo e outro. 

Alec queria muito ficar. E terminar o que começou. Porém era seu primeiro dia de volta ao trabalho e queria se concentrar. Claro que com Magnus o seduzindo o tempo todo estava ficando um pouco difícil.

- Acho que deveria devolver meu casaco. - Ele da um beijo casto nos lábios daquele deitado. E se afasta, levantando da cama. Deixando Magnus totalmente abismado. 

- Alexander... - Ele faz um tom manhoso pedindo para o cacador voltar para cama. 

Alec apenas ri do jeito do outro, e o puxa pela gola do casaco para perto de si. Quando estao quase encostando seus lábios novamente, Alec se afasta, retirando o casaco do corpo de Magnus em um movimento só. 

Magnus revira os olhos. Sabe que o marido estava ansioso para o primeiro dia. E estava feliz dele estar tão certo de voltar. Mas também o preocupava se ele estava pronto mesmo. 

- Tem certeza? - Magnus o pergunta, enquanto o vê trocando de roupa rapidamente. 

Alec pensa por um minuto. Não há nada a pensar. Está decidido e precisava voltar em algum momento. 

- Em tenho que voltar em algum momento. - Ele fala por fim. 

- Mas tem certeza que está bem mesmo? 

Alec se vira subitamente e ve Magnus parado lá, em sua frente, com o cenho franzido e beliscando seu braço, de preocupação.

Os olhos do arqueiro vão para um tom calmo e tranquilizador, em que ele fixa os olhos do mago.

- Eu vou ficar bem. - Alec o tranquiliza, dando um beijo em sua testa, e então saindo plela porta do quarto. 

- Tome cuidado. - Magnus faa por fim. 

Na verdade não estava certo, se realmente iria ficar bem. Mas tinha que ir, pelo menos tentar. Conversar, trabalhar, e matar alguns demonios. 

Só não esperava que o dia iria se tornar tao demorado voltando ao trabalho. 


Notas Finais


espero que tenham gostado😌✌️
adios adios mishamigos🤠


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...