História Malec, o Amor Improvável - Capítulo 8


Escrita por:

Postado
Categorias Shadowhunters
Personagens Alexander "Alec" Lightwood, Clary Fairchild (Clary Fray), Isabelle Lightwood, Jace Herondale (Jace Wayland), Magnus Bane, Personagens Originais, Raphael Santiago, Simon Lewis
Tags Alexander Lightwood, Magnus Bane, Malec, Romance
Visualizações 51
Palavras 657
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Ficção Adolescente, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense, Yaoi (Gay)
Avisos: Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 8 - O Karma


Fanfic / Fanfiction Malec, o Amor Improvável - Capítulo 8 - O Karma

Alec estava na praia e Magnus estava no quarto. Alec na praia, deitado na areia chorava em silêncio enquanto olhava para as estrelas, Izzy acorda a meio da noite, desce as escadas e vai á cozinha beber água mas quando está a voltar para o quarto vê Alec na praia e vai falar com ele.

- O que se passa Alec? O que se passou com Magnus, ouvi ele a chorar.

Alec continua a chorar e pede a Izzy para ir embora mas Izzy responde:

- Eu não vou embora até me dizeres o que se passa. Fala comigo por favor, Alec só quero te ajudar.

Alec explica o que aconteceu, explica que fez Magnus sofrer por causa de Lorenzo, e explica que viu o sofrimento no olhar de Magnus quando fez aquilo com ele.

- Quem é o Lorenzo?

- Um rapaz que eu conheci hoje á noite antes de vir para casa e ele conhecia Magnus eu acho que foi Mark e Kiera que o mandaram fazer isso.

Izzy abraça Alec que chora ainda mais nos seus braços e Alec diz que já sabe o que vai fazer.

- Vou falar com Mark e Kiera para fazerem comigo o que quiserem porque não vou fazer Magnus sofrer mais.

Alec levanta-se e vai falar com Mark e Kiera, Izzy tenta mas não o consegue impedir então Izzy vai falar com Magnus, mas quando entra no quarto vê Magnus nu a dormir na cama que estava desfeita e suja de sangue. Izzy acorda Magnus:

- Lamento muito, Magnus. O Alec já me disse o que aconteceu.

- Eu não conheço nenhum Alexandre. (Diz Magnus a chorar.)

- Alec me disse que foi um rapaz mandado por Mark e Kiera quem mandou fazer isso e que se não fosse ele a fazer outra pessoa o faria e Alec não iria admitir que outra pessoa te fizesse sofrer. Alec foi entregar-se para não te fazerem mais mal. Porque ele gosta imenso de ti.

- Eu também gosto muito do Alexander.

- Então faz alguma coisa, por favor, ele só te vai ouvir a ti.

Magnus veste se e vai á procura de Alec mas quando o encontra vê ele sem roupa, com cortes, feridas e nódoas negras por todo o corpo, a sangrar da boca e estava acorrentado.

- Oh, Alec o que te fizeram. (A chorar)

- Eu só te queria proteger. Nunca m chamaste de Alec.

Alec desmaia Magnus entra em pânico e chama uma ambulância que leva Alec para o hospital. Magnus liga a Izzy e diz que encontrou Alec mas que estão no hospital. Izzy acorda todos e correm para o hospital onde encontram Magnus na sala de espera a chorar e com sangue nas mãos.

Izzy- O que aconteceu?

Magnus- O Alec foi muito mal tratado.

Rafael- Por quem?

Magnus- Mark e Kiera.

De repente o doutor Luke entra na sala de espera e diz:

Doutor Luke- São amigos do Alexander Lightwood?

Clary- Sim, somos.

Doutor Luke- O vosso amigo foi muito mal tratado, bateram-lhe e violaram-no ele vai ter que ficar em observação.

Izzy- E podemos vesita-lo?

Doutor Luke- Só os familiares.

Izzy- Eu sou irmã dele e o Magnus é o namorado.

Doutor Luke- Vocês podem ir os restantes têm que ficar aqui.

Magnus e Izzy vão ver Alec mas Magnus não aguenta ver Alec assim é sai correndo a chorar, porque por um lado sabia que a culpa era dele.

- Que bom que acordas-te, Alec.

- O Magnus?

- Ele estava aqui mas quando te viu assim sai correndo a chorar.

- Mas está bem?

- Não te preocupes.

- Mas ele está bem ou não? Não me escondas nada Izzy.

- Nada te preocupes, maninho o Magnus está bem.

- Podes chama-lo? Por favor.

- Claro. Izzy beija a testa de Alec e chama Magnus que ainda está a chorar.

Magnus entre no quarto de Alec.

- Não chores Magnus, por favor. Porque me chamaste de Alec?

- Não sei, se calhar era porque estava com medo de te perder.

Magnus perdoa Alec pelo o que ele lhe tinha feito, dá a mão a Alec e beija-o com muito amor, medo e carinho.



Notas Finais


Desculpem os erros.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...