1. Spirit Fanfics >
  2. Malfeito Feito >
  3. Juntos

História Malfeito Feito - Capítulo 4


Escrita por:


Capítulo 4 - Juntos


P.O.V Sirius 


Meu dia foi maravilhoso. Moony estava ao meu lado todo o tempo, no começo irritadiço no final do dia estava manhoso nos meus braços. Sabia que tinha sido maldade, mas também sabia que o lobo não aguentaria por muito tempo o meu toque constante nas suas costas, cinturas e às vezes na bundinha durinha, quer era deliciosa de apertar devo dizer, e o meu brinquedinho sem ficar manhoso. Principalmente por estar perto da lua cheia. 


“Vocês estão insuportáveis.” Escutei a voz de James. Eu estava apoiado no sofá com Remus no meio das minha pernas. A princípio o objetivo era fazer as lições, mas Remus acabou encolhido no meu peito e eu dando beijinhos no seus cheirosos cabelos enquanto acariciava suas costas. 

“Cala a boca veado. Vai atrás da sua ruiva e ranhoso.” Ele soltou um rosnado se levantando. 

“Vou mesmo tenho que encontrar a Lily na sala precisa.”

“Não quero ter afilhados ainda viu pontas...” Ele soltou uma risada maliciosa e se mandou. 


Olhei para baixo. Remus estava com os olhos fechados, respirando calmamente. Seu rostinho lindo com as bochechas um pouco salientes e o boca formando um biquinho.

“Remy...” Chamei. Ele abriu os lindo olhos verdes. 

“O que foi Pads?” A voz tão doce. Mordi sua bochecha o abraçando ainda mais apertado. 

“Você é tão lindo....” Ele ficou ainda mais vermelho. 

“Você é mais...” Colocou a mão quente no meu rosto. Como alguém não podia amar esse serzinho tão bonito. 

“Vamos subir.” Comecei a me levantar. Guardando nossos livros que estavam espalhados. Remus me ajudou e subimos para o nosso dormitório, assim que passamos pela porta eu a tranquei e o derrubei na cama mais próxima que por sorte era a minha. Os materiais se espalharam pelo chão, mas não dei a mínima. 

“O que é isso?”

“Está na hora da sua recompensa lobinho. Foi tão obediente, tão meu.” Minha mãos tiraram sua blusa e puxaram a calça para baixo. “Tão lindo...” Passei a mão pela cicatrizes que eram extremamente excitantes para mim. Beijei aquela pele dourada macia rosnando em triunfo. 


P.O.V Lily


Esperava impaciente James chegar na sala precisa. Eu não tinha visto Sevy o dia inteiro estava preocupada. A porta se abriu e o moreno entrou segurando fortemente algo nos braços com um sorriso de orelha a orelha. 

“O que você trouxe?” O que ele estava aprontando. 

“Não o que, quem.” Se aproximou o suficiente para eu ver Severus todo encolhido no seus braços dormindo. 

“Ohh...” Toquei nos seus cabelos macios os tirando da frente do seu rosto. Suas bochechas estavam vermelhinhas e ele ressonava tranquilamente. “O que aconteceu?” Falei baixinho. 

“Ele me procurou e resolveu nos dar uma chance, resumidamente..” Sorri alegremente. Respirei fundo sentindo o cheiro dos dois, era viciante e exótico. “Ele é tão lindo e fofo...” 

“Parece um bebê...” Eu disse. 

“Ele é nosso bebezinho.” Sorri tocando na bochecha dos dois. James se inclinou e Severus soltou um suspiro no meio do sono. 

Uma cama apareceu ao nosso lado. James colocou delicadamente o corpo do sonserino na cama e ele se embolou no cobertor quase instantaneamente. 

“Eu fiquei receoso dele não querer nem tentar...” 

“Eu tinha quase certeza que ele não iria. O conheço desde pequena.” Falei para o moreno. 

“Bom não sei o que fez ele não rejeitar, mas agradeço.” Suas mãos rodearam minha cintura apertando de leve e deixou um beijo cálido no meu pescoço. 

“Sim...Agora vamos estudar.” Disse me afastando indo em direção a mesa que estava cheia de livros. James bufou atrás de mim e podia ver seu revirar de olhos. 

“Sério Lírio. Precisamos mesmo fazer isso, estou tão animado.”

“Ai..você concentra essa animação no estudo.” Sorri para ele que fechou a cara desistindo de tentar não estudar.


.................


James já tinha desistido e tinha se jogado no chão. 


“Potter é seu último ano tem que se esforçar.”

“Eu estou me esforçando Evans. Não se preocupe passarei com glória.” Revirei os olhos. 

“Você é insuportável!”

“Que você ama...” Falou presunçoso.


“Vocês continuam brigando assim...” Olhamos para o lado e Severus estava sentado na cama nos olhando. A cara amaçada de sono só o fazia mais adorável. Ele era realmente lindo...

“Nosso querido Lírio, acha que temos que estudar muito esse ano...” James fez uma careta dramática. 

“Eu concordo.” Sorri vitoriosa para o grifinório que bufou. 

“Isso é um complô contra mim. Isso sim...” Se aproximou do sonserino se jogando ao seu lado e o derrubando junto. Prendi a respiração temendo que Severus não aceitasse bem, mas ele pareceu super relaxado o que me surpreendeu pelo histórico dos dois. “Você podia ficar do meu lado...” Escutei ele cochichar no ouvido de Sevy que balançou a cabeça. 

“Ela está certa.” Olhou para mim. No começo vacilou um pouco mais depois sorriu. Meu coração bateu animado e sorri para ele de volta. Quando cheguei perto o suficiente James me puxou para cima de si. Ficamos os três na cama embolado, eu em cima de James e ele segurando a cintura de Severus. Me aconcheguei curtindo nos três junto, queria que issonunca acabasse. 

“Eu estava certo Severus. O cheiro dos dois é magnífico.” Concordava com ele, o cheiro dos dois era de


P.O.V Remus


Ofegante desabei na cama totalmente mole. Sirius subiu se deitando ao meu lado lambendo os lábios melados com o meu gozo. 

“Gostou meu lobinho?” Perguntou provocativo com um tom orgulhoso. Ele sabia que eu tinha gostado. Balancei a cabeça incapaz de falar. “Você é gostoso como eu esperava...e fica tão lindo...” Senti uma fisgada no meu pau. “Você não imagina o controle que eu tinha para não te foder.” Gemi sentindo minha entrada molhada. 

“Sirius...” Gemi. 

“Será que eu consigo te fazer gozar sem lhe tocar...” Meu pau latejou. E eu tentei tocar com mão, mas o moreno segurou trazendo para perto dos seus lábios. “Imagine meu lobinho...” A voz rouca no meu ouvido enviou ondas de prazer. “Você gemendo, gemendo...se contorcendo tentando se aliviar....enquanto eu falo tudo que eu quero fazer com você...lambendo, mordendo todo seu corpo...” Mordeu meu pescoço e eu gemi arqueando o corpo. “Mas, que pena que temos que jantar...” Rosnei para o cachorro que se levantou. 

“Sirius Black você me paga!” Falei raivoso. 

“O que eu fiz meu amor?” Bateu na minha coxa com certa força. 



.................


Sirius era um pervertido possessivo, mas era muito carinhoso. Segurei sua mão apertando de leve ganhando um sorriso em troca. 


“Arco-íris!” Berrou animado. Tonks correu na nossa direção dando um sorriso brilhante. Meu coração encheu de ternura, ela exalava alegria. 

“Siri, Remy!!”

“Como foi o dia Nymphadora?” Seu rosto ficou vermelho assim como os cabelos. 

“Não me chame de Nymphadora.” Sirius ao meu lado soltou um riso. 

“Tudo bem Dora!” O sorriso voltou ao seu rosto. 

“Você vai com a gente hoje.” Sirius falou pegando a cabeça dela e começando a puxar. 

“Solta ela Sirius!” Disse batendo no seu ombro. 

“É solta ela Sirius!” A rosada ficou na ponta do pé e bateu no seu outro ombro. “Quer dizer me solta...” Ela corou com as nossas risadas.  


“Você vai ter o prazer de jantar com o melhor grupo de toda Hogwarts.” Revirei os olhos pela arrogância de Sirius. Mas, Dora ficou bastante animada. “Quero saber de tudo do primeiro dia. O Remy também, não é Remy?” A menina olhou para mim ansiosa e Sirius com um olhar que dizia: é melhor dizer que sim. Balancei a cabeça ela veio para o meu lado me abraçando pelo quadril. Pude escutar Sirius dizendo algo como: eu sou o primo e ela prefere ele. Sorri de lado pelo ciúmes, pelo visto ele é possessivo com a rosada também. 


Entramos na salão principal Lily, James estavam sentados com Severus no meio dele. Percebia que uma parte da mesa olhava para eles, afinal até o ano passado os três se odiavam mutuamente. Menos Severus sabia que ele queria voltar a amizade com Lily, ele se encontrava um pouco encolhido e dava para ver seu rosto meio rubro. 

“Seja gentil..” Disse para Sirius antes de chegarmos a mesa. Quando sentamos ele fez questão de puxar Dora para seu lado e me puxou para o outro. Revirei os olhos soltando um bufo. 


P.O.V James


Moony, Padfoot e Dora sentaram na mesa em frente a nós três. Severus estava sentado entre Lily e eu, todo encolhido. A prima de Sirius olhou para ele e sorriu. 


“Oiee Sevie!” Exclamou animada.

“Nymph.” Franzi a testa. Desde quando eles se conheciam tão bem. 

“Você estava certo a aula de poção foi maravilhosa. O professor até me elogiou.” Ela estendeu a mão animada Sevy logo a pegou sorrindo abertamente. 

“Eu falei que você era boa.” A voz do sonserino estava cheia de orgulho. Quem via de longe era um cena bastante estranha. Um sonserino na mesa de grifinória sorrindo para um lufa-lufa com cabelos rosas. 

“Vocês se conhecem?” Perguntou Sirius pela cara nada satisfeito com aproximação, já que puxou a mão de Dora e segurou. Até Remus perdeu essa. 

“Tia Narcisa...Cadê ela Sevie. Estou com saudades.”

“Eu vou avisar para ela lhe procurar.” Dora sorriu antes de voltar a atenção para Sirius que sorriu feliz por ter atenção. 


“Carente...” Me vire para Severus e ele olhava para Padfoot o julgando. 

“Muito.” Completei ele me olhou e soltou um risada. 

“O que vocês dois estão cochichando ai?” A ruiva falou desconfiada. 

“Nada meu Lírio.” Sorri inocente. Passando os braços pelo ombro do sonserino que se aconchegou de bom grado. Nesse tempo percebi que Severus era muito leve e magro para o tamanho dele, mesmo sendo pequeno (menor que Remus) e comia extremamente pouco, mas isso eu resolveria outra hora. 


Notas Finais


Espero que tenham gostado! Vocês preferem como? Mais cenas hot ou menos?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...