1. Spirit Fanfics >
  2. Malvie- Os Vilões Agora São Outros >
  3. Auradon Prep

História Malvie- Os Vilões Agora São Outros - Capítulo 5


Escrita por:


Notas do Autor


O menino da foto é o Rafael Miller, vou usar as fotos dele para o Evil.
Desculpe a demora. Capítulo grande para compensar o tempo e também essa situação de quarentena. Espero que todos vocês estejam bem.

Capítulo 5 - Auradon Prep


Fanfic / Fanfiction Malvie- Os Vilões Agora São Outros - Capítulo 5 - Auradon Prep

Os quatro filhos de vilões chegaram em segurança em Auradon, Clara estava mais que feliz de chegar inteira no Reino, afinal, eles acharam que morreriam no meio do caminho, tanto por achar ser uma armadilha, quanto por Jessie e Clara disputarem pelos doces, ou por Mason quase agredir Evil que tentava pentear o cabelo do amigo para ficar mais arrumado.

Ao chegar na entrada de Auradon Prep, a banda da escola já estava pronta tocando quando a limusine estacionou e ao abrir a porta, Jessie e Clara sairam do lado e a platinado logo foi jogada no chão enquanto brigavam por um pedaço de tecido.
Evil saiu do carro enquanto olhava tudo ao redor impresionado e animado, ele sempre foi o príncipe da Ilha, estar ali era um sonho para garoto de cabelos azuis. Mason saiu logo atrás do amigo e ao reparar nas outras pessoas olhando, ele deu um chute leve em Clara que gritava com  Jessie.

-Gente, temos uma plateia.- Mason sorriu disfarçando ao perceber a Diretora da escola chegando para lhes cumprimentar. Jessie ajudou Clara a levantar enquanto a mesma sorria por conseguir ficar com o pano para ela.

-Deixe onde achou..! Eu estou dizendo para deixar aí o que pegaram.- Ela falou sutilmente com um gentil sorriso, logo Jessie devolveu as coisas que pegou e Clara fechou a expressão, mas devolveu o pano.

Jessie logo parou para prestar atenção nas pessoas que acompanhavam a diretora, ela jogou o cabelo sobre o ombro e se aproximou galanteadora do rapaz de pele brozeada que segurava a mão da princesa Bea.

-E aí, meu nome é Jessie.- Ela falou sorrindo diretamente para o príncipe, que sorriu sem graça sem entender aquela atitude. Mas logo a diretora se enfiou na frente dos dois e chamou a atenção para si.

-Bem vindos à Escola Auradon, eu sou a Fada Madrinha, a Diretora.- Falou fazendo um gesto em cumprimento aos recém-chegados. Mason arregalou os olhos, subitamente interessado no que a mulher falava.

-A Fada Madrinha? Tipo, Bibbidi-Bobbidi-Boo?- Falou gesticulando como se estivesse sacudindo a varinha mágica, assim como lhe foi contado quando criança.

-Bibbidi-Bobbidi-Você sabe!- A Fada Madrinha confirmou, fazendo com que o filho da Malévola abrisse um sorriso.

-Sabe eu sempre imaginei a cara da Cinderela quando você apareceu do nada, com aquela varinha brilhante, o sorriso amável... e a varinha brilhante.- Ele disse gentilmente, percebendo que já estava conquistando o coração da bondosa fada.

-Isso já faz muito tempo, querido. E como seu sempre digo, não fique no passado, ou vai perder o futuro.- Fez alguns gestos estranhos e Mason arregalou os olhos rapidamente com aquilo.

Logo os dois adolescentes que estavam atrás da Fada se aproximaram para poder falar com os outros Vk’s.

-É bom finalmente poder conhecer vocês, sou Bea.- A princesa de vestido amarelo claro com detalhes azulados falou saudosamente.

-Princesa Bea.- O rapaz bronzeado ao seu lado corrigiu rapidamente, logo segurando sua mão e sorriu orgulhoso.- Logo será a Rainha.

-Me ganhou no ‘princesa’.- Evil falou, se aproximando da princesa e fez um gesto de cumprimento real.- Minha mãe é uma rainha, o que meio que me torna um príncipe.- Ele sorriu de lado ao assumir seu status real.

-A Rainha Má não tem status real aqui, e você também não.- O príncipe auradoniano falou com um sorriso falso e isso fez com que Evil fechasse o rosto pensando no que lhe foi dito, fazendo com que algo se quebrasse dentro dele, o que não era novidade, já que todas as crianças da Ilha eram quebrados pelo seu passado, mas a única coisa a qual Evil se agarrava era no fato de ser da Realeza igual sua mãe, mas sem isso, o que mais ele tinha para orgulhá-la?

Beatrice percebeu o clima que ficou e começou a falar enquanto Evil se afastava e ficava ao lado de Mason, que tocou no braço de seu amigo, sabendo o efeito que aquilo tinha sobre ele, Mason ficou muito irritado, pois ninguém mexia com o príncipe azulado, mas deixou isso de lado no momento, mas não podia deixar de sentir ainda mais antipatia pelo garoto que magoou seu amigo.

-Esse é Andrew..- Beatrice foi apresentar, mas novamente foi interrompida pelo outro.

-Príncipe Andrew, namorado dela, né Bae?- O príncipe chamou a namorada por um apelido semelhante à palavra Babe, o que fez Mason achar ridículo enquanto tinha algumas ideias.

-Bea e Andrew vão mostrar tudo à vocês, nos encontramos amanhã.- A Fada Madrinha percebeu o clima e segurou as mãos do casal real e logo as afastou, como um portão sendo aberto.- As portas da sabedoria nunca estão fechadas. Mas a biblioteca funciona das 8 às 23, já devem ter ouvido que sou muito rígida.- Ela falou rindo e os vilões sorriram sem graça, logo a diretora saiu, levando consigo a banda da escola que logo a seguiu para longe marchando.

Bea sorriu e se aproximou para cumprimentar Jessie.

-é muito, muito, muito bom finalmente conhecer vocês.-Ao estender a mão para um aperto, Jessie lhe deu um soco no ombro, lhe mantendo longe e sorriu, Bea tocou o ombro onde teve o contato levemente, ignorando a dor no local e logo passou para falar com a próxima pessoa: Mason, que lhe olhava de sobrancelha erguida e cara fechada enquanto apertou a mão da princesa que ficou uns rápidos segundos lhe encarando meio perdida.- É uma ocasião importante...-Ela se afastou e Mason puxou sua mão rapidamente, como se estivesse com um pouco de nojo, logo a garota foi falar com Clara, que tinha a boca toda suja de chocolate, assim como sua mão.-...para a história... isso é chocolate?-Perguntou ao provar o sabor do doce em sua mão que ficou suja ao apertar a da filha da Cruela, logo ela foi em direção ao último VK, que era Evil que sorriu para a princesa ao apertar sua mão mas olhou irritado para Andrew, que sutilmente puxou sua namorada para longe do vilão.-...como o dia que começamos a nos curar!

-Ou o dia em que você mostrou a quatro estranhos onde fica o banheiro.-Mason falou entediado com todo aquele discurso brega.

-Acho que exagerei um pouco.-  A princesa se desculpou sorrindo sem graça.

-Um pouco mais que um pouco.- Mason sorriu com o sem jeito da garota.

-Bom, minha primeira impressão já era então.- Ela ficou olhando para Mason, que retribuiu o olhar meio curioso. Logo Andrew percebeu e chamou a atenção para si, deixando claro o ciúmes que estava.

-Ah, você é o filho da Malévola, não é mesmo? Quer saber, eu não culpo a sua mãe por tentar matar os meus pais e essas coisas.- Mason arregalou os olhos e desviou o olhar absorvendo aquela informação.- Ah, a minha mãe é a Aurora, a Bela...

-Adormecida. É, eu conheço o nome. Sabe, eu com certeza não culpo os seus avós por convidar todas as pessoas do mundo, menos a minha mãe para aquele batizado ridículo.

-Ah, são águas passadas.-Andrew sorriu falsamente para o de cabelos roxos.

-Total!- Ambos os garotos soltaram uma risadinha nervoso e foram mudando os olhares gradativamente para ódio e nojo.

-Tudo bem!-Beatrice bateu uma palma, chamando a atenção para tentar cortar aquele clima, estava sendo mais tenso do que ela imaginou que seria.- Que tal um passeio?- Ela começou a andar enquanto seu braço estava entrelaçado ao de Andrew e falava algumas informações da escola.- Escola Auradon, originalmente construída há trezentos anos e convertida em escola por meu pai quando se tornou rei.- Enquanto o casal andava os filhos de vilões se entreolharam e logo os seguiram, eles pararam na frente da estátua do Rei Adam e com duas palmas, Beatrice fez com que a estátua se tornasse uma fera e Clara deu um grito assustada e pulou no colo de Jessie.- Clara, tudo bem. Meu pai quis que essa estátua mudasse de fera para homem para nos lembrar que tudo é possível.

-Solta muito pelo?-Mason perguntou enquanto olhava para a estátua.

-Minha mãe não deixa ele subir no sofá.-Beatrice respondeu brincando e fez com que um sorriso de canto nascesse nos lábios de Mason. Logo ela voltou a andar junto com Andrew e Mason olhou para Clara em repreensão e Jessie abriu os braços, tirando Clara de cima dela e eles voltaram a andar também, mas Clara ficou para trás, batendo palmas e tentando mudar a estátua, mas ao não conseguir ela saiu correndo atrás de seus amigos, com medo da estátua criar vida e lhe atacar.

Chegando na parte interna da escola Mason começou a perguntar enquanto olhava em volta:

-Então, vocês tem alguma magia aqui em Auradon, tipo varinha e essas coisas?- Ele perguntou enquanto colocava as mãos no bolso, esperando uma resposta de Beatrice.

-Sim, isso existe aqui , é evidente, mas estão aposentadas. A maioria aqui é de mortais comuns.

- Que são, na verdade, reis e rainha.-Mason ironizou revirando os olhos.

-Sim, é verdade!- Andrew falou amostrado.- Nosso sangue real corre há centenas de anos.- Ele falou rindo e colocando o braço ao redor dos ombros de Bea e lhe puxando mais para perto.

-Dani!- Bea falou aliviada enquanto avistava a amiga e foi em sua direção rapidamente.-Dani, vem cá.- Ela puxou a amiga pela mão e lhe apresentou aos Vk’s.- Essa é a Danielle, ela vai ajudá-los com o horário das aulas e lhes mostrar os alojamentos também. Até mais tarde, tá. E se precisarem de alguma coisa, não hesitem em...

-Perguntar à Dani!-Andrew completou a frase da namorada rapidamente e lhe abraçou de lado rapidamente, rindo falsamente para os VK’s, principalmente para Mason, que espelhou sua risada, acabando em uma expressão odiosa dos dois. Logo, Andrew foi embora e puxou Bea consigo, deixando-o com Dani.

Dani estava vestida com a roupa da banda da escola e com uma prancheta em mãos com as informações dos novos alunos, ela tinha longos cabelos num tom de loiro médio, olhos verdes que eram escondidos pelos óculos também verdes, a cor de seu pai e também sua cor favorita.

-Oi, gente, eu sou filha do Dunga, tipo Dunga, Mestre, Atchim, Dengoso, Zangado, Soneca...- Ela foi citando os 7 anões, mas acabou se perdendo na conta ao reparar no vilão de cabelos azuis, que sorriu ao perceber que ela ficou hipnotizada com sua beleza, assim como a maioria.

-Evil, filho da Rainha Má.- Evil começou a falar e andar em direção à garota, se divertindo com aquela situação, era sempre assim. Logo a garota voltou a si e olhou para sua prancheta, evitando contato visual com o belo rapaz.

-Ah, tudo bem, suas aulas eu já preenchi os horários.- Ao falar isso Mason andou até atrás da garota para olhar por sobre os seus ombros e ela ficou um pouco tensa com a proximidade de ambos vilões.- Tem história de lenhadores e piratas, regras de segurança pra internet e bondade curativa para iniciantes.- Sua voz falou no final e Mason riu ao ouvir a aula.

-Deixa eu adivinhar, nova aula?!-Mason jogou o papel de bala que ele havia roubado no chão e olhou para Evil que sorriu de lado assentindo para ele enquanto mexia em seu cabelo.- Vem gente, vamos achar nossos quartos.- Mason subiu pela escada ao lado esquerdo e os outros lhe seguiram, quando Evil passou por Dani ela ficou meio enfeitiçada de novo, mas logo recobrou a consciência.

-Ah, seus quartos são do outro lado.- Os novos alunos voltaram e foram para a direção certa, enquanto Dani tentava lembrar o nome de todos os 7 anões.- Dunga, Mestre, Dengoso, Feliz, Zangado, Soneca e...- Clara passou ao lado dele e lhe olhou com tédio ao ouvir.

-Atchim.- Ela respondeu irônica e saiu atrás dos amigos enquanto Dani resmungava frustrada por nunca conseguir se lembrar de todos.


Notas Finais


Não se esqueçam de comentar o que acharam. Quanto mais comentários, mais cedo eu volto.
Stay Alive
Beijooos


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...