História Manual de como conquistar o crush - Capítulo 3


Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jeon Jungkook (Jungkook), Jung Hoseok (J-Hope), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin), Personagens Originais
Tags Hoseok, Jikook, Jimin, Jungkook, Namjin, Namjoon, Seokjin, Taehyung, Taeyoonseok, Yoongi
Visualizações 61
Palavras 2.398
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Comédia, Crossover, Festa, Ficção Adolescente, Lemon, Romance e Novela, Yaoi (Gay), Yuri (Lésbica)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Gravidez Masculina (MPreg), Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 3 - 2 etapa em ação!


Fanfic / Fanfiction Manual de como conquistar o crush - Capítulo 3 - 2 etapa em ação!

📎2° etapa | média· Convença o seu professor a deixar você fazer trabalho com o seu crush. Mas o seu professor não pode saber que ele e teu crush. Inventa qualquer coisa pra conseguir.📎

➡ 2° etapa | on ⬅

Sextou chegou minha gente!


Estou muito feliz, além de ter um encontro com o meu cruah supremo domingo, hoje e sexta, olha que legal, olha que bonito, olha esses raios de luz que entram pela janela do meu quarto. Felicidade de pobre dura pouco. Nesse exato momento eu Park Jimin, encontro-me relaxando e escutando música debaixo de uma árvore, essa árvore e muito gentil, a gente costuma conversar muito, sabe. Ela fala sobre os machos dela e eu falo do meu macho, a gente e muito amigo e normal.

– Jimin você deveria estar na aula! - filho de uma Naja arrancou o meu fone de ouvido e me fez lembrar do mundo. - Tem uma aluna nova. Ela e muita estranha e puta também. Você acredita que ela tentou fazer o Namjoon ficar com ela?! - coitado do meu amigo Jin, um iludido pior que eu. - É ela não se contentou, foi lá é sentou no colo do Jungkook, que jogou ela no chão na mesma hora. - mexeu com o meu boy tá querendo perder aquele ninho de pássaro que ela chama de cabelo. Não conheço essa menina e já não gostei dela.

– Ainda bem que eu ainda não vi essa rapariga por ai. - falo andando no corredor para ir pra minha sala. - Em qual sala esse dragão está? - tenho que ficar atendo a qualquer bruxaria.

– Na sua. -tomara que seja do lado de fora pendurada pelos pés em uma árvore (que não seja a Filhsre, tudo ok). - Se eu não me engano o nome dela e Maricleide, Mateiopeixei, Maconhadeira, Mariapeite, Marifruta. - coitada da menina de ter um desses nomes. - Ah eu esqueci! - novidade.

– Eu queria um leite com rosquinhas agora. - fala Yoongi sentando do meu lado. - Estou com sono. - esses meninos de hoje ficam vendo muito "Tudo gostoso" tentando passar o tempo. Ashi. - Vocês viram a  nova? Não gostei nada dela além dela ser uma puta descarada, ela me tratou mal, só por que eu deixei o meu toddynho cair na roupa dela. O meu toddynho não merecia essa humilhação. - concordo.

– E só eu que não vi essa rapariga até agora?

– Sim! - eu tô ficando cego. - Olha ela alí. - fala apontando para a porta da sala. Lúcifer deixou um dos cachorros de estimação dele sair!

– Senhor isso e um ser humano? - perguntar não ofende. - Man, ela comprou essas roupas na segunda guerra mundial. Olha o tamanho desses negócios. - me recuso a olhar pra esse lixo.

– Eu vou pra minha sala! - Seokjin e uma pessoa muito esperta. - O ar aqui ficou muito poluído de repente. - fala perto da rapariga.

– Esses viados de hoje em dia estão se achando muito. - alguém me segura se não eu vou matar essa lombriga rejeitada pela lombriga mãe. - Pirralho você está no meu lugar. - ela tá apontando esse osso pra mim? - Eu estou falando com você nerizinho de merda. - você não pode matar ela Jimin, não aqui.

– Olha aqui sua rapariga desmamada. Fala comigo direito não sou nada seu, e nem quero ser alguma coisa de gente como você, pra mim tratar assim sua puta da Rua Augusta. - estou apenas tentando brigar civilizadamente. - Vai sentar em outro lugar, pois esse aqui já e meu. - eu sou top.

– Vou sentar bem longe de pessoas como vocês. - morre desgraça.

– Bom dia alunos! - fala o professor de matemática, minha matéria preferida. - Vocês terão que fazer um trabalho em dupla com a turma do terceiro ano C. Eu vou escolher as duplas. - dessa fez ninguém protestou, milagre. - Então vai ser Mihan e Hoseok; Yoongi e Taehyung; Hyuna e E'Dawn; Chanyeol e Baekhyun; Jimin e Taemin... - fessor eu nunca falei mal de você só umas trezentas vezes, mas você acabou de me magoar. - Você deve ser a novata né! Seu nome e Marileide mesmo?

– Sim professor. - então o nome do dragão e Marileide, que nome bonito.

– Ah tá. Então Marileide você vai fazer dupla com o Jungkook. - eu vou fingir que escutei Daocu, João Cu, Rasparocu ou o caralho aparte. - Se alguém quiser falar comigo pode ir na sala dos professores na hora do lanchinho de vocês. - você vai me ver lá fessor, a se vai. - Abram o livro na página cento e quarenta, eu quero que vocês façam todos esses exercícios e me entreguem até oito e quarenta. Marileide você vai fazer com o Yoongi. Tudo bem pra você vida?

– Tudo sim professor! - essa menina e puta mesmo, tá até se jogando pra cima do professor.

– Desculpa Marileide, mas eu perguntei eu não para você, eu perguntei pro Yoongi. - depois dessa não sai mais do galinheiro.

– Tudo bem fessor, fazer o que né. Eu deixo essa lacraia sentar perto de mim. - eu tô rindo, eu não sou o único gente, tá todo mundo rindo. - Vai ficar me olhando com essa cara ai mesmo, eu não quero quebrar, não. Senta logo ai sua tábua de passar roupa. - eu tô com dó dessa garota.

– Já chega né gente. - olha quem fala, tava rindo também. - Vocês tem uma hora pra fazer os exercícios, então andem logo com isso. - moleza.

[QdT]

Já estava na terceira aula faltava poucos minutos para bater o sino (na verdade só falta um minuto). Estou me preparando para por a minha segunda etapa do manual em prática, em 3; 2; 2,1; 2,4; 2,5; 2,8; 2,9 é já. Corre Park, corre, vamos lá tá quase. Não, não, não, sai da frente porra. Não deu. Estou com dó da pessoa que está debaixo de mim agora.

– Eu acho que quebrei a minha coluna. - eu conheço essa voz. - Eu tô amando ter você em cima de mim, mas na hora H quem vai estar por cima sou eu. - que nojo.

– Em primeiro lugar: eu não mandei você ficar na frente Taemin. Em segundo: que história é essa de hora H? - eu não sei mesmo o que é hora H.

– Negócio anal. - anal... anal... analógico! Tendi.

– Que negócio analógico é esse? - anal e apelido pra analógico né?!

– Deixa pra lá Jimin. - menino chato. - Então, pra onde você estava indo com tanta presa daquele jeito? - eu tava correndo por que mesmo? Ah tá lembrei. Pra cumprir a segunda etapa do manual, agora eu lemb..... O MANUAL CARAIO.

– Eu tenho que ir na sala dos professores. - quando eu finalmente ia sair dali o sino que indica o fim do recreio tocou. - Ah não mano. É muita sacanagem, acabou com toda a minha felicidade. - falo voltando pra sala de aula.

– Resolveu os seus negócios lá já? - eu tô com uma vontade imensa de bater em alguém, mas me falta força.

– Taemin vai pro seu lugar, vai lá e me deixa quieto aqui. - falo, e coloco minha linda cabeça em cima da carteira.

– Eu sento atrás de você. - esqueci desse detalhe. - Nem dá mais pra trocar de lugar, o professor acabou de chegar. - fala, levanto a cabeça vendo o professor anotar alguma coisa no quadro. - Vai copiar não pequeno? - na hora da saída você vai ver o que e pequeno.

– Ashi. Fica quieto. - falo e começo a copiar as coisas que o professor de biologia escrevia no quadro.

[QdT]

Estava pegando o meu material para a aula de matemática que iria ter agora, estava ansioso para a volta dele. Vocês sabem o "por que" né? Por causa do trabalho sabem. Quando o meu lindo diretor Sun Heeung entra na sala, falando que tinha um negócio muito importante para falar com a gente.

– Bom dia alunos do terceiro ano A. Venho aqui informar-lhes que o professor de matemática não estará presente para dar essa última aula para vocês. - o mundo tá um cu comigo hoje, só pode. - Então vocês já podem ir para a casa de vocês. Tenham um bom fim de semana. É até segunda feira alunos. - bom o jeito é ir embora mesmo né.

Eu fui o último a sair da sala de aula. Ainda bem não queria ver ninguém mesmo. Estava andando pelo corredor do manicômio, quando sinto uma mão no meu ombro.

– O Senhor e tudo que eu mais tenho. Ele me defenderá de todo mal que estiver ao meu redor. - tava rezando, vai se e uma assombração. Nunca se sabe. - Meu cu tá bem trancando não entra e nem sai nada dele. Eu juro que não farei nada de mal novamente, só me deixe vivo, por favor. - nunca converse com uma assombração crianças, só gente demente faz isso.

– Calma Jimin. Sou eu, o Jungkook. - ai meu kore

– Meu cu seu desgraçado. Pensei que era uma assombração. - falo colocando a mão no lado esquerdo do peito (amigo e coisa pra se guardar e o resto eu não lembro). - O que você tá fazendo aqui? - talvez ele estava indo beber água?!

– Eu ia beber água é ir no banheiro. - estranho.

– Virou cachorro pra lamber vaso sanitário agora? - o mais impressionante e que eu já fiz isso. Eu bebei água da torneira que tem no banheiro. Todo mundo já fez isso. - Né que seja estranho, é só que.... é estranho mesmo. - é estranho.

– Eu vou beber água primeiro, depois eu vou no banheiro. - a entendi, tinha escutado errado. - Então você já tá indo né!? - fala coçando a nuca e olhando pra baixo.

– Ah sim. Tchau. - eu sou difícil.

– Tchau. - fala pra mim voltar, fala pra mim voltar, fala logo porra. - Vai com Deus. - eu ainda beijo a sua boca seu gostoso.

– Obrigado. - estava no final do corredor, quando decido me virar pra ver se ele ainda estava lá. É sim ele tava lá ainda me olhando com uma cara triste, não entendi o por que dessa cara, mas a gente releva esse acontecimento. Não deve ser nada de mais!

– JIMIN VEM LOGO! - saio dos meus pensamento com um anjo me chamando. - Jimin o que você tava fazendo parado no portão da escola até agora?

– Nada de mais Jackson, só estava pensando em uma pessoa. - primeira vez que eu falo a verdade pro meu lindo priminho. - O que você está fazendo aqui as onze horas da manhã? - nessas horas se eu não tivesse estudando eu estaria dormindo.

– E que tipo, seu pai me mandou cuidar de você por esses messes que ele vai estar fora. - ah sim meu pai foi viajar com a minha mãe hoje para comemorarem os vinte e cinco anos de casados. Muita coisa! - O Mark também tá lá com o Bhuwakul. - Mark e o noivo o meu priminho, e o Bhuwakul ou Bambam (como todos costumam chamar ele, sabe e mais fácil) e o filhinho lindo deles de um aninho de idade, coisa mais fofa gente.

– Que bom! Eu estava com muita saudade do Bambam. - falo descendo do carro. - Eles estão no quarto de hóspedes, ou vocês rosbaram o quarto dos meus pais? - eu não quero lavar lençóis sujos com troço branco grudado nele não. Eu não sei o que é aquele negócio.

– No quarto de hóspede. - se ele tinha mais alguma coisa pra falar eu não sei. Pois eu sai correndo direto pro quarto de hóspede que fica no andar de baixo. Quando eu abrir a porta eu vi uma cena tão fofa. O Mark e o Bambam dormindo juntos na cama de casal que tinha alí.

– Vou deixar eles dormirem. - falo bem baixinho, fechando a porta no maior cuidado do mundo para não fazer barulho.

– Vai tomar banho. - meu coração praga desalmada. - Te assustei? Desculpa. - fala rindo.

– Eu só não te mato agora, por que eu tenho mesmo que ir tomar banho. - falo subindo as escadas.

Chego no meu quarto, jogo minha mochila em cima da minha cama, pego uma roupa qualquer no meu guarda roupa é vou pro banheiro tomar banho. Depois de quase duas horas de banho (nem demorei tanto assim!), saio já arrumado e enxugando os meus cabelos.

– Tenho que ver o meu caderninho. - falo pegando ele debaixo da cômoda que fica perto da minha cama. - Infelizmente a etapa número dois não funcionou. - marco um "x" do lado da frase que estava de caneta rosa no meu caderninho. - Nem tudo dá certo né. - coloco o meu caderno debaixo da cômoda novamente, pego o meu celular e começo a escutar aquelas músicas que todo mundo escuta no ônibus.

[QdT]

Acordei com um ser me chamando para jantar. Nem sabia que tinha dormido!

– Então Jimin como está indo na escola? - perguntas de gente que tá muito interessada na nossa vida.

– Tá bem tio Mark! - tirando tudo que acontece lá.

– Ah que bom! As pessoas de lá já pararam de te zuar meu lindo? - sem assunto tá vendo gente.

– Desde que eu mudei o meu estilo, eles meio que pararam com o bullying. - eu era muito nerd, ainda sou nerd.

– Muito bom! E os crushs? - FBI vem cá!

– Tá na casa dele. Oras bolas! - tomara que ele esteje lá mesmo.

– Ótimo! Eu vou dormir. - fala se levantando. - Boa noite pequeno! - eu amo essa pessoa.

– Boa noite tio Jack! Sonhe com os anjos. - sonhe comigo.

– Boa noite Jiminnie! - fala meu titio Mark se levando com o Bambam nos braços, o coitadinho já tava dormindo. - Durma bem meu anjo! - fala me dando um beijinho na testa.

– Boa noite também tio Mark! - falo vendo eles entrarem no quarto de hóspede. - Voi dormir também. - falo indo para o eu quarto. - O que será que o Jungkook tá fazendo agora? - pergunto olhando para o teto do meu quarto. - Será que esse "encontro" vai ser bom? - eu espero que sim. Eu queria tanto que essa etapa tivesse dado certo. Fico pensado nisso até me entregar ao sono.









Notas Finais


Continua??


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...