História Manual de Sobrevivência Escolar da Chuu - Capítulo 8


Escrita por:


Capítulo 8 - Seul aventureira e a placa de pare



Domingo. Dia de felicidade e preguiça, mas não pra Kim Jiwoo. Já faziam meses que eu não via Haseul e semanas que nem nos falávamos, precisava ver essa garota logo.

Acordei muito cedo, tipo dez da manhã, e me vesti própria pra me aventurar mundo à fora. Arrumei uma mochila com duas garrafas d'água, bolachas e balinhas de hortelã, tudo que uma aventureira precisa.

Enchi os pneus da minha bike e segui para a casa da dona Jo.

Graças ao bom senhor amado ela não morava longe, só algumas quadras da minha casa então a asma não ataco.

Cheguei no portão da casa dela e dei de cara com a dona Jo lavando a calçada.

—Tia, a Haseul pode sair comigo hoje?— Perguntei como quem não quer nada, pra minha muita sorte dona Jo me conhece desde que eu usava fraldas e sabe que eu sempre fui a boa influência entre minhas amigas, não demorou pra ela gritar e a Haseul aparecer ma janela com uma cara de morte súbita.— Vamo logo!

Esperei um tempinho botando o papo em dia com a tia, ela disse que a Haseul tava difícil de lidar e que nem o marido militar tava sabendo colocar ordem na menina, acontece.

—Partiu.— Haseul apareceu arrumando um boné verde na cabeça com uma mão e com a outra guiava a bicicleta.

—Vê se não demora, ou eu mando seu pai te buscar.— A mais velha disse e por um segundo Haseul congelou, a última vez que vi o senhor Jo ele estava puxando Haseul pela orelha de uma festa a qual fomos juntas.



_/_/_/



—Me explica qual foi a daquela mensagem no começo do ano, até hoje não entendi.— Perguntei já no meio do caminho, estávamos indo para uma cachoeira que encontramos por acaso no último passeio. Más línguas dizem que lá é point de maconheiro.

—Eu fiquei sem celular, então te mandei mensagem pelo computador do meu pai só pra te avisar.

—Como você quebrou?

—Eu fui fazer vitamina e esqueci o liquidificador aberto, aí quando eu liguei foi leite e poupa de morango em tudo, inclusive no meu celular. Acabou que estragou e meus pais não vão me dar outro tão cedo.—Respondeu sem muito caso, aquele momento que nada mais abala.

—Por que não?

—Eles devem achar que sem celular eu saio com menos pessoas desconhecidas.—Comentou divertida, Haseul não tinha um pingo de vergonha na cara.— Mal sabem eles que isso só torna tudo mais rápido.

—Um dia você ainda mata a dona Jo do coração.—Respondi rindo vendo que já estávamos perto da cachoeira, mas algo mil vezes mais interessante chamou minha atenção. Uma placa de pare com dois buracos de tiro.

Estava bem na curva entre uma mata fechada e a descida ingrime e perigosa que dava na cachoeira. Parando pra pensar agora me parece um lugar muito perigoso.

—Você tá vendo aquilo?— Parei a bicicleta e Haseul fez o mesmo sem entender direito, mas finge.— Eu preciso daquela placa.

—Vai fazer o que com uma placa de pare?

—Enfiar no cu, Haseul.

—Grossa.

—Vai, me ajuda a tirar ela dali!— Joguei a bicicleta no meio da rua mesmo e corri até a placa, nossa sorte era que ali onde estávamos era completamente deserto, era uma área de construções de futuros condomínios daqueles chiques, e como era domingo e ninguém estava trabalhando, estava deserto. Novamente, vendo agora, parece muito perigoso.

Subimos no poste da placa, chutamos, empurramos, puxamos, fizemos de tudo e nem mexia.

—Assim não vai dar certo.— Bebi um pouco d'água e entreguei a garrafa para Haseul.— Precisamos pensar.

Depois de muitos minutos, eu sentia o sol queimando meus neurônios mas não me impediu de ter uma idéia.

—Fica desse lado que eu fico desse, no três nós duas empurramos.— Fiquei de frete para a placa e ela atrás, duas nanica na ponta do pé pra alcançar, mas o importante é que meu raciocínio não era todo errado. A placa caiu!

Caiu no meu pé.

Doeu mas a emoção de ter conseguido me fez esquecer a dor.

—Tira uma foto minha com a placa!— Segurei a placa enquanto Haseul pegava meu celular na mochila.— Vou postar no Instagram.


Notas Finais


Atualmente a placa se encontra na porta do meu quarto :)


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...