1. Spirit Fanfics >
  2. Many reasons to hate you!-CHANBAEK. >
  3. Grr.

História Many reasons to hate you!-CHANBAEK. - Capítulo 3


Escrita por:


Notas do Autor


meu deus eu fiquei com tanta vergonha, que no outro capítulo eu errei o nome, era pra ser ' baekhyun tentou puxar assunto com a mulher' e eu coloquei chanyeol, perdão gente KKKKKKKKKKKK.
—boa leitura amorecos!💌

Capítulo 3 - Grr.


Fanfic / Fanfiction Many reasons to hate you!-CHANBAEK. - Capítulo 3 - Grr.


Chanyeol também não havia mudado tanto, era o mesmo garoto insistente e legal, as vezes chato mas dá pra aguentar. 

Após ter levado o garoto até a cama, o cobriu com o cobertor e depositou um selar na bochecha do pequeno, sabia que se fizesse isso quando estaria acordado iria levar um tapa daqueles. loey voltou para a sala e ficou ali assistindo até cair no sono, no caso 5:30 da madrugada ainda.

3 day, And second day at the mansion.

10:00AM.

Baekhyun então acordou, olhou para os lados e percebeu estar no quarto, calma, ele estava na sala.... CHANYEOL.

— mas que garoto!— se levantou bufando, não havia nada de mais além de ser trago para a cama.

Baekhyun foi para o banheiro que havia ali mesmo no quarto, tomou um belo banho após fazer sua higiene matinal, como sempre. Colocou um roupão que estava pendurado ali no banheiro, saiu e foi pegar uma roupa para vestir.



[X]



— bom dia, crianças!!— baekhyun disse e abria a cortina.

— ah...ah não titio baek.

— hoje tem aula, amorecos, vamos.

Baekhyun ajudou ambos pequenos a tomarem um banho, escovar os dentinhos e colocar o uniforme.

— bom dia lisa!

— bom dia baek, bom dia crianças!

— bom dia titia lisa!as crianças se acostumaram a chamar lisa de titia.

Chanyeol estava dormindo nó sofá, byun que não sentiu nem um pingo de vontade de ir lá, mas deveria ir, era babá mas não de gente grande já.

— ACORDA ORELHUDO.— deu um grito logo um tapa em chanyeol.

— oque... BAEKHYUN!— chanyeol ficou zangado por ter acordado ele, o grandão não trabalhava naquele dia, na verdade estava de folga por um mês.

— você fica passando a madrugada acordado, e depois fica dormindo tarde, anda, levanta.— ditou já saindo, mas foi segurado pelo braço.

— acha que manda em mim, byun?sua voz estava grossa e soava tão...ah!

— não, aish me solta seu Dumbo.

— não se me der um beijinho.— fez bico nós lábios a espera do beijo.

— para com isso, depois de anos e agora quer isso?— baekhyun deu um tapa não tão forte no rosto de chanyeol, o maior soltou seu braço e levou as mãos até o local que doía.

— desgraçado!

—📎—

— tchau meus amores.— baekhyun depositava beijinhos no rosto dos pequenos ali.

— tchau titio baek!

Os pequenos adentraram na escolinha, sim byun teria que levar ambos. Depois que os levou, voltou normalmente para a mansão, mas em meio da caminhada deu de encontro com jongin.

— jongin? JONGIN!!

— baek? Oque faz aqui!— baekhyun correu para abraçar o irmão.

— fui levar as crianças para a escolinha, e você? Oque tá fazendo em frente a barraca de alimentos?

— oque se faz aqui baekhyun? Claro que iria comprar comida né, fome eu não passo nem a pau.

— nossa seu grosso, bom, eu vou indo, se cuida e te amo!

Se despediram em beijinhos no rosto e abraço, byun finalmente estava de volta a mansão. Adentrou ali e já não sabia oque fazer, até se lembrar do quarto desarrumado das crianças e o seu.

— lisa pode deixar isso comigo, não tenho nada para fazer então pode deixar!

— tem certeza byun?

— claro!

— certo então, até, e obrigado!

Byun assentiu e foi para o quarto das crianças primeiramente, arrumou a cama das crianças e limpou o chão, em seguida foi para o seu quarto, fez o mesmo processo de 20 minutos atrás. Depois que havia terminado tudo, foi para o jardim, aquele lugar era bom e silencioso para byun.

— que delícia ficar aqu..

— oi byun.— chanyeol sentou ao seu lado no gramado, interrompendo o silêncio e paz do menor 

— eu já disse que não quero papo com você, e que eu preciso te ignorar?

— disse mas eu sei que não consegue, ainda me ama né.

Baekhyun ficou em silêncio, olhando para o céu, árvores e lados.

— achei que fosse ficar feliz por pelo menos me encontrar.

— não.

— então tá, se for frio assim comigo, receberá o mesmo.

Chanyeol se levantou, limpou a traseira que estava suja por conta de ter sentado no gramado, voltou para dentro da mansão, byun nem de quer olhou para trás.



—📎—




 Já faltavam 15 minutos para dar 3h da tarde, horário que os pequenos saia da escolinha, byun nem pensou em se atrasar.

— oi meus pequenos.

— pequenos, Titio baek? Eu sou alta!— reclamou Maya.

— está bem, dona Maya super alta.— os três deram gargalhadas.

Byun voltava para a mansão com os pequenos, antes comprou dois pirulitos para os dois.

— oi Maya e jisung, nunca mais deram atenção para seu irmão mais velho 

— yeol, você também não brinca com a gente, só o titio baek, e a titia lisa em horas vagas!

— vocês não me chama.— cruzou o braço e fez cara de choro, Maya não gostava daquele tipo de reação de chanyeol, ficava preocupada com o irmão.

— não chora, não chora, nós vamos brincar com o titio byun, quer vir?

— pode ser.

As crianças levaram chanyeol para o jardim, byun se encontrava lá novamente.

— titio baek, vamos brincar de esconde-esconde denovo?— as crianças implorava para o menor, chanyeol ficou em silêncio e byun já percebeu sua presença ali.

— está bem, mas não irei começar.

— chanyeol começa!

— e-eu? Grr.

Os pequenos se esconderam, baekhyun estava atrás da mansão, ali não seria encontrado, achava.

— lá vou eu!— chanyeol ditou após ter contado.— vamos ver quem irei achar primeiro.

Baekhyun ficou sentado ali esperando, talvez iria ganhar. chanyeol estava próximo do lugar em que byun se escondeu, o menor ouviu um ' será que tem alguém aqui' e ficou em um nervosismo, não queria ser o primeiro e nem ser achado por chanyeol..

— TE ACHEI!

— AAA.— baekhyun gritou de susto, estava em seus pensamentos até sair deles.

— até que não foi difícil.— baekhyun se levantava, ambos estavam sozinhos ali, chanyeol ainda não achou os pequenos.

— Pois é, agora licença que e--

— não.

— oque? Sai da minha frente chanyeol!

O grandão se aproximou de baekhyun que estava quase se enfiando para o outro lado da parede de tanto que iria para trás, mas a parede o evitou.

— oque você pensa que está fazendo?

— não se cansa de ser tão frio assim?

— com você, não!!

Antes que chanyeol desse um beijo em byun ali mesmo, escutou as crianças dizendo ' ganhamos'

— ok agora sai.— byun empurrou chanyeol que estava distraído com a voz das crianças.

— merda.

Ambos saíram dali, as crianças correram até byun e deu um abraço.

— ganhamos, titio bark!

— sim, ganhamos amores.



Notas Finais


Desculpe qualquer erro, bye!💌


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...