História Mar de Contos - Capítulo 17


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Visualizações 1
Palavras 528
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Fantasia, Festa, Ficção, Ficção Adolescente, Ficção Científica, Fluffy, Hentai, LGBT, Literatura Feminina, Mistério, Orange, Poesias, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Suspense, Terror e Horror, Violência, Yaoi (Gay), Yuri (Lésbica)
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 17 - Você existe


Eu acordo e você não está aqui. Me sinto perdida e desorientada... E ao contrário de estar vazia, eu estava cheia. Cheia de vontade de você. Vontade do teu beijo de bom dia, de me aconchegar em teu corpo enquanto nos espreguiçamos e aproveitamos aqueles 5 minutinhos a mais.

Os meus 5 minutos a mais eu quero passar com a sua boca na minha, no seu entreabrir de lábios, mesclando nossas respirações, convidando sua língua a me provar. Então abro meus olhos e vejo que o sol é teu sorriso e aquele brilho do teu olhar é a visão do paraíso. Sabe, amor, eu gosto quando você me abraça enquanto me beija, me envolve, me protege, me faz mais sua do que minha.

Você volta a me olhar e a sorrir, perdida, enquanto eu toco seu rosto com carinho. Como eu amo seu sorriso menina! Você sempre ameaça falar na mesma hora em que eu vou te dizer alguma coisa. É, nossa conexão sempre me assustou... Mas, de um jeito bom, sabe? Acabamos rindo, nos esquecendo de qualquer outro assunto. E que assunto eu poderia tocar, se eu só consigo dizer que eu amo você?

Eu poderia me declarar a você de mil maneiras diferentes e te deixar sem palavras mil e uma. 

Então você muda de assunto. Você me deixa louca quando faz isso! Você sabe disso, mas se vê sem saída. A minha saída é te abraçar novamente e morder com paixão cada pedacinho teu, colar teu corpo junto ao meu e não te deixar sair de perto de mim.

Adoro seu tom de voz quando me chama de amor. Há algo em você que não seja encantador?

Você enfim se levanta e eu resmungo, você sabe o quanto eu sou resmungona, e quando você tá longe de mim, me faz resmungar ainda mais. Me puxas, me envolves e tomas meus lábios com saudades. É incrível como minhas mãos buscam pela sua pele sempre com urgência e eu confesso que quando você guia minhas mãos por você, sinto minhas veias como correntes elétricas por todo o meu corpo, faiscantes ao tocar no seu.

O beijo se torna mais intenso, e ainda assim, daquele nosso jeito paciente. Você gosta tanto quanto eu quando nossas línguas se entrelaçam? Você consegue sentir tudo aquilo que eu quero te dizer quando minha boca se movimenta com a sua?

Te acaricio o estômago e você suspira, ainda com seus lábios colados aos meus. Estremeço.

Ai ai...

Então você se afasta e me deixa envergonhada. Culpada. Devemos tomar café, você diz. Prestes a resmungar, você deposita mais um beijo em minha boca e eu não faço mais do que me derreter novamente. Te abraço por trás sentindo aquele inebriante cheiro da sua pele que me faz fechar os olhos para senti-lo ainda mais.. Delicioso!

Abro os olhos e posso sentir teu cheiro em mim, o molde do meu corpo configurado as medidas do seu... O que estou fazendo aqui? O que faz você tão longe de mim? É tão distinto desse mundo sentir algo como eu sinto por você... Você existe?

Porque eu só passei a existir desde que eu tenho você.

 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...