1. Spirit Fanfics >
  2. Marinero - Short fic, Justin Bieber >
  3. Eu choro porque tenho cicatrizes

História Marinero - Short fic, Justin Bieber - Capítulo 4


Escrita por: Daemon_Lili

Notas do Autor


Desculpem-me pela demora na atualização, a faculdade está acabando comigo. Mas sem mais demoras aqui está um novo capítulo para vocês.

Capítulo 4 - Eu choro porque tenho cicatrizes


Fanfic / Fanfiction Marinero - Short fic, Justin Bieber - Capítulo 4 - Eu choro porque tenho cicatrizes

Justin Bieber P.O.V


Faz três dias que vim com Ash para a casa de verão, é complicado nossa adaptação, ela precisa de meus cuidados mas também quer sua independência. Hoje ela acordou tarde mas não deixei de preparar algo para ela comer, ajudei a ir até o banheiro e descer as escadas, agora estamos sentados na varanda observando as ondas. No mesmo lugar em que estava remoendo nossa separação, com o coração partido pois nunca mais a teria ao meu lado, cá estava ela, ao meu lado, tomando seu café enquanto sorria observando as ondas e me contando histórias de um livro que leu, adorava ouvir sua voz e o jeito que agia quando contava algo que estava interessada. 




Ashley Jean P.O.V 


Estava odiando todo esse processo com o pé e o pulso machucado, estava dependendo de Justin para várias coisas, mas é claro que eu não pedia. Nos sentamos na varanda para tomar café, era relaxante e confortável, não sentia mais que precisava estar sempre na defensiva com ele, e sabia que não havia nada exatamente romântico, ele apenas estava me ajudando com alguns cuidados.


Mais a tarde planejamos almoçar em um restaurante rústico ali perto de onde estávamos, eu adorava a comida e as pessoas dessa região, e acredito que Justin estava tentando me mimar, confesso que talvez estivesse deprimida esses dias, e Justin notou e claro. Sei que ele se sente culpado, mas eu não o culpo, queria tirar esse peso dele de alguma forma, quero que ele esteja do meu lado e cuidando de mim não por culpa mas sim por outro sentimento.


Justin Bieber P.O.V 


–Por que está com essa cara? – Perguntou ao se aproximar mais conforme descia as escadas, vestia um vestido rosa longo e leve, Ash segurava minha mão estendida de forma delicada dando um sorriso, não precisava de minha ajuda para descer mas gostava que ela soubesse que eu me importava.


Ela é tão linda que me sinto o homem mais estúpido do mundo por trocá-la, mas ao mesmo tempo o mais sortudo, porque apesar de meus erros ela ainda me permite ficar ao seu lado.

Segurei sua mão de forma firme e logo passei o braço por suas costas servindo de apoio para seu caminhar, ela virou seu olhar a mim enquanto sorria, seus olhos marejados me fizeram ficar confuso, eu tinha a machucado? Eu fiz mais algo para a magoar? Droga eu estava tentando tanto, dando meu melhor!


– Jus – Ela disse com a voz baixa quase em um sussurro e me olhando – Não cuide de mim porque está se sentindo culpado, na verdade não quero que você se sinta culpado! Mas se acha que isso é uma obrigação sua por favor não faça, está me deixando confusa! – Ouvia seu desabafo me pegando desprevenido, era isso então.


– Ashley Bieb..Jean! Eu estou ao seu lado…– Ponderava o que iria dizer, mas já que ela estava desabafando e sendo franca faria isso também, era o mínimo – Eu estou ao seu lado pois você é a mulher da minha vida, não interessa se como esposa ou se como amiga, independente disso eu cuido de você pois a quero bem. Não estou dizendo que lhe amo pois quero receber que me ama também, só quero que…quero que pare com sua mania de achar que me incomoda, por deus garota, o maior prazer que tenho é de estar com você. – Dizia por fim, seu rosto ia se banhando em lágrimas conforme eu falava, sentia seus braços me rodearem e seu rosto ser encaixado em meu peito em um abraço, a ouvia fungando e não sabia dizer se ficava feliz ou preocupado com seu ato.


– Eu…quero ficar com você, não quero o divórcio só quero meu Justin! – Dizia baixo e com a voz embargada de choro, a apertava com delicadeza e todo o cuidado do mundo junto ao meu corpo, não tinha timidez ou algo do tipo que me impedisse de cheirar seus cabelos cacheados e chorar, de desespero pois sei que não a mereço, de felicidade graças a segunda chance que estava me dando e outros sentimentos indescritíveis que só Ashley causava em mim.


– Então vamos ficar juntos, vamos recomeçar eu juro Ash…eu juro que a faço a mulher mais feliz do mundo, eu prometo com todas as minhas forças. – Beijava o topo de sua cabeça com carinho, tocava seu queixo erguendo seu rosto para me ver, mas dessa vez encontrava seu rosto com raiva, seus olhos emanando fúria me deixaram confuso e assustado.


– Me prometeu isso uma vez, não foi? E olha só, você não cumpriu! Não seja hipócrita Justin, eu sei que você não sentiu a mínima falta de mim enquanto estava com outras – Ashley se afastou de mim largando meu corpo, minha expressão de confuso virou tristeza e suas palavras me cortaram como facas. Por que achei que ela me desejaria de volta quando sei que só está comigo pois precisa de alguém para a ajudar nesse momento, sei que na primeira oportunidade iria embora dessa casa e para o mais longe possível. Justin você precisa acordar e parar de interpretar cada milimétrico ato de Ashley como um sinal …você realmente precisa acordar Justin!


Narradora P.O.V 


Ashley balançava o corpo de Justin com certo desespero e chamava por seu nome, a garota ficou assustada quando passou pelo quarto do homem loiro e ouviu resmungos, a cacheada abriu a porta e notou seu ex marido dormindo sem camisa e suado, com uma expressão de sofrimento no rosto como se estivesse tendo um pesadelo. 


Justin acordou espantado com o simulacro¹ da realidade que foi seu sonho, se deparou com a protagonista de seus últimos momentos o olhando com preocupação. Ashley tocava o rosto de seu ex marido com as duas mãos olhando em seus olhos tentando passar confiança e apoio, desejava que ele soubesse que ela também cuidaria dele.


– Jus, o que foi? Teve um pesadelo, querido? – Ela disse com a voz suave e gentil dando um sorriso curto, Justin sentiu seu coração bater forte pelo sonho e pela presença da garota ali.


– Ash, foi um pesadelo, nada demais não se preocupe – Justin retirou as mãos dela de seu rosto, o sonho foi um tiro em si mesmo, o lembrando de certas coisas, Ashley é gentil e doce e ele não deveria se iludir achando que ela a ama, a garota era bondosa mas confiar nele era burrice, o mesmo tinha consciência disso. Se a ama tanto deixe-a, você não trouxe nada além de angústia e sofrimento e sabe que não é o melhor para ela, era o que se passava na mente confusa de Bieber.


– Eu vou fazer um chá e algo para você comer, fique aqui – Ashley se levantou da cama e antes que Justin tivesse alguma reação a garota já tinha saído do quarto em direção a cozinha. Ashley daria tudo para saber o que fazer para tirar esse tormento de Justin, ela o perdoou mas ele parecia estar de punindo, Ash sabia que Justin precisava se perdoar também. Ela começou a preparar o chá de Justin e um sanduíche para complementar, em meio ao processo pegou seu celular ligando para alguém, sabia que precisava de ajuda e sabia exatamente para quem ligar.


– Amanhã pode ser sim…– Ela falava ao telefone enquanto mexia a panela – Não ele não sabe… – Olhava para trás se certificando que o maior estivesse em seu quarto – Tenho certeza sim, obrigada, até! – Deixava seu celular no bolso e dava um suspiro, seu pensamento lógico se misturava com seus sentimentos e aquilo a atrapalhava, ignorou a dor no pulso enquanto preparava o lanche de seu amado e tornou a ignorar a dor em seu pé quando levou a bandeja até o andar de cima. Se sentia um pouco culpada com sua atitude, a ligação, mas sabia que se não desse isso a Justin, tudo estaria perdido



Simulacro: Substantivo masculino - imitação, representação, falso aspecto, aparência enganosa





Notas Finais


Esse foi o capítulo de hoje, muito obrigado mesmo pelos comentários isso me motiva continuar a escrever mais e cada vez melhor.

Espero que tenham gostado, vou tentar postar o próximo capítulo o mais rápido possível!

Com carinho, Lilith


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...