1. Spirit Fanfics >
  2. Marinheiro em One Piece >
  3. Roronoa Zoro

História Marinheiro em One Piece - Capítulo 3


Escrita por:


Notas do Autor


...

Capítulo 3 - Roronoa Zoro


Fanfic / Fanfiction Marinheiro em One Piece - Capítulo 3 - Roronoa Zoro

East Blue, base da marinha.

O trio estava na entrada de um grande portão de ferro, se fosse por Coby, eles iriam direto para a base e se inscrever nela, mas Hayato não deixou, ele sentiu que algo estava errado, ao ver tantos civis com medo dos marinheiros que andavam de um lado para o outro.

"O capitão dessa base é um tal de Morgan, ele não aparenta ser uma pessoa tão boa, provavelmente um corrupto" Pensou Hayato analisando em sua volta.

Coby também sentia algo estranho, mas ele ainda era inocente de mais para perceber que existiam pessoas más em todos os lado, até mesmo dentro da marinha.

- Oh, encontrei o Zoro - Disse Luffy pendurando na parede, Coby e Hayato fizeram o mesmo para poder ver do outro lado.

No meio do pátio, preso em uma cruz por cordas, estava um homem de bandana negra, um tecido verde na barriga, além de uma aura poderosa e assassina, suas roupas estavam rasgadas e com feridas abertas, ele parecia que foi torturado por um bom tempo.

- Então ele é o Roronoa Zoro - Disse Luffy sem reação - Aquelas cordas não parecem tão fortes assim.

"Zoro, um praticante do estilo três espadas Santoryu, diferente de mim, que uso apenas uma espada, no estilo Ittoryu, para ter a coordenação para usar 3, ele deve ter treinado que nem um demônio" Pensou o menino calmamente se imaginando em uma luta com ele.

Luffy iria ir na direção dele para solta-lo, mas Hayato colocou sua katana em sua frente impedindo de se mover.

- Ele está preso por um motivo, você não tem o direito de solta-lo, chapéu de palha - Afirmou Hayato com o rosto sério.

Antes de Coby e Luffy falarem algo, Zoro chamou a atenção de todos, fazendo eles se virarem.

- Você poderia vir até aqui me desamarrar? Estou preso a nove dias nessa merda - Disse Zoro com um sorriso no rosto.

"Mesmo com essas feridas, ele pode falar normalmente? Esse cara não é alguém comum, definitivamente" Pensou Hayato encarando ele.

- Vou recompensar vocês, posso caçar algum pirata e dar sua recompensa - Explicou Zoro calmamente - Não estou mentindo, sempre cumpro minhas palavras.

- Shh... - Uma criança surgiu entre os três, eram uma jovem garota, que não devia ter mais de 10 anos.

Ela pulou a muralha e entrou sorrateiramente na base da marinha, em sua mão estava alguns bolinhos de arroz, assim que ela chegou perto, marinheiros surgiram no local.

Um jovem de cabelos parecendo uma cebola, estava entre eles, ele parecia ser alguém importante, o menino caminhou até a criança com um sorriso no rosto.

- Alimentando um prisioneiro, criança idiota - Disse o garoto socando os bolinhos de arroz e pisando neles no chão - Papai Morgan saberá disso.

- Como ele é cruel - Afirmou Coby de boca aberta, ele não podia acreditar que algum marinheiro faria isso.

- Isso é maldade - Disse a menina chorando de joelhos no chão e olhando seus bolinhos - Eu fiz com tanto carinho eles.

- Ajudar um prisioneiro lhe da pena de morte, mas eu sou bondoso - Afirmou o homem sorrindo - Joguem ela para fora.

Os marinheiros pareciam chocados ao ouvirem isso, todos ficaram parados, até porque era apenas uma criança inocente.

- Ou vocês querem que eu conte para o meu pai...? - Perguntou o garoto sorrindo friamente.

Um marinheiro pegou na camisa da garota e a jogou para trás do muro, Luffy usou sua mão elástica e salvou de se machucar.

- Aquele idiota! - Gritou Coby chegando até a menina - Você esta bem?

- Sim eu estou... - Respondeu ela com o rosto triste, mas se calou ao ver os marinheiros andando novamente em suas direções.

Todos os civis que estavam por perto, se ajoelharam para eles passarem, isso estava errado em tantas maneiras, na visão de Hayato, esses marinheiros não eram melhores do que piratas, apenas o trio ficou em pé.

- Ei, vocês três! - Gritou o jovem com cabelos de cebola - Devem ser novos na ilha. Eu sou o filho do Capitão Morgan, meu nome é Helmeppo e exijo que se ajoelham.

Hayato caminhou passando pelos marinheiros e chegou até a menina caída na chão, ela ficou com um pouco de medo, graças ao olhar frio do menino, mas não desviou seu olhar.

- Ei estou falando com você! - Gritou Helmeppo ficando nervoso.

- Por favor, me diga o do porque Zoro foi preso - Pediu Hayato calmamente ignorando o cabeça de cabelo.

A menina explicou que o cão de Helmeppo tentou ataca-la, Zoro salvou a sua vida, e acabou sendo punido por machucar o cão, ele só sairá depois de um mês, sendo que já passou uma semana e meia.

- Vocês estão falando daquele rato? - Perguntou Helmeppo rindo - Eu menti, ele será executado amanhã de manhã.

- Luffy - Disse Hayato olhando para o menino com os punhos acirrados, parecendo que iria fazer algo idiota a qualquer momento.

- Não tente me parar, Hayato - Respondeu ele trincando os dentes - Tenho que fazer algo.

- Não é isso, eu apenas iria dizer para você soltar o Zoro, porque estou indo dar um oi para esse tal de capitão Morgan - Explicou Hayato calmamente.

Luffy e Hayato se olharam profundamente, pela primeira vez, eles concordaram com algo, agora eles não eram um marinheiro e um pirata, e sim duas pessoas iguais querendo socar alguém.

- Vocês estão surdos? Eu disse para se... - Helmeppo não terminou a frase, não foi Luffy e nem Hayato quem lhe deu um soco, mas Coby.

- Você é uma vergonha, que mancha o meu sonho de ser um marinheiro - Afirmou o menino com os punhos fechados.

Helmeppo estava desmaiado no chão com sangue escondendo em sua cabeça, os outros dois marinheiros pegaram suas espadas, mas Hayato já tinha dado um chute em um e Luffy um soco no outro.

- Nos encontramos mais tarde - Afirmou Hayato correndo em direção a base.

Luffy e Coby fizeram o mesmo e foram na outra direção, os civis agora, olhavam admirados para esse trio de heróis, Helmeppo merecia isso, faz tempo.

-------------------------------------------------------------------------------

Em cima da base da marinha, estava um homem musculoso, usando um grande braço em formato de machado, seu nome é Morgan, conhecido como, braço de machado, o capitão dessa base da marinha.

- Capitão, alguém está tentando libertar Zoro - Disse um marinheiro apontando para o pátio das execuções.

- O que estão esperando, vão! - Gritou o homem rapidamente.

Dezenas de marinheiros sairam correndo do local temendo de serem mortos pelo capitão, no local ficou apenas Morgan e meia duzia de marinheiros, que limpavam o chão.

- Com esse braço, eu conquistei minha patente como capitão, a coisa mais importante nesse mundo é status - Disse Morgan olhando para a sua estátua, ela demorou um ano para ser construída, agora finalmente foi colocada em cima da base - E eu sou o quem tem a maior patente nesse lugar, então todos devem me servir, estou certo?

- Não...

Antes que os marinheiros pudessem responder, a cabeça da estátua foi partida ao meio, todos se viraram de boca aberta para a pessoa que fez isso.

Em cima de todos, estava um jovem de cabelos brancos, segurando uma katana em seu ombro e olhando friamente para todos que estavam a baixo dele.

- Voce tem muita audácia para fazer isso - Afirmou Morgan com um sorriso no rosto - Qual o seu nome, seu desgraçado?

- Hayato Smoker, cumprimenta o capitão da marinha - Respondeu o menino sorrindo colocando a mão na testa como uma forma de respeito - Gostaria de me inscrever para a marinha.

- Então você é o bastardo do Smoker - Disse Morgan com o rosto sério - Devo admitir que você tem coragem, mas não pense em me subestimar, comparado a minha força incrível, você não passa de um lixo.

Morgan correu na direção de Hayato e atacou com seu braço de machado, o menino pulou desviando do golpe, atrás dele, o chão foi completamente destruído, no meio do ar, Hayato usando as duas pernas, chutou a cara de Morgan, fazendo ele cair no chão.

- Pessoas como você, sem status algum, não tem o direito de se opor a mim! - Gritou Morgan novamente correndo em sua direção.

Hayato ficou parado, até que Morgan descesse seu braço machado nele, o menino se jogou para o lado, mas não antes de sofrer um arranhão na perna pelo golpe, ele com grande agilidade ficou atrás do capitão.

O machado de Morgan ficou preso no chão, mesmo com muita força, o homem não conseguiria remover a tempo de Hayato fazer um movimento, ele com certeza sofreria um golpe agora.

- Técnica secreta do Ittoryu... - Sussurrou Hayato com a katana em posição.

- Espera! - Gritou um marinheiro parado na porta, Hayato se virou e viu Helmeppo com a criança que iria alimentar o Zoro, ele estava com uma arma apontada em sua cabeça - Se machucar meu pai, voce está morto.

- Por favor tio, eu não quero morrer - Disse a menina em prantos.

Todos os marinheiros estavam olhando com raiva na direção do menino, ver um marinheiro usando uma criança como refém, os deixou furiosos.

Hayato não disse nada, ele apenas guardou a Katana na bainha sem nenhuma expressão de medo, enquanto via Morgan tirando o machado do chão.

- Por isso não se deve ser herói garoto, porque heróis tem sempre um ponto fraco - Disse Morgan sorrindo enquanto caminhava na direção do menino.

Hayato continuou parado, mesmo com o grande machado a centímetros de seu corpo, se era assim que sua vida iria acabar, então ele só teria que aceitar amargamente.

- Eu sou o incrível capitão da marinha! - Gritou o homem lançando um ataque em direção a garganta do menino.

- Gomu Gomu no Pistol!

- Santoryu!

Helmeppo saiu voando com o soco do Luffy, já o Capitão Morgan foi parado por três espadas do Zoro, todos estavam assustados ao verem isso.

- Vermes idiotas, eu mandei 20 marinheiros te matarem, como eles foram derrotados? - Perguntou Morgan furioso enquanto se afastava do Zoro.

- Vamos Hayato, acabe com esse idiota! - Gritou Coby chegando no local com o corpo todo cansado.

- Técnica secreta Ittoryu... - Sussurou Hayato colocando a espada embainhada na posição vertical -  Hayai Doragon "Dragão veloz".

Em segundos Hayato atacou de forma rápida e colocou sua espada de volta na bainha, um grande jato de sangue, estourou no peito do capitão, fazendo ele cair desmaiado no chão.

Todos ficaram de boca aberta com a velocidade que ele tirou a espada e a colocou novamente, foi tão rápido que nem conseguiam ver direito.

- O capitão perdeu...

Disseram todos os marinheiros, Hayato ainda estava esperando uma briga com os restantes, quando todos começaram a comemorar sua derrota, super empolgados e com sorrisos nos rostos.

- Se fossemos contra ele, eramos mortos, desculpe por tudo o que fizemos - Disse um homem abaixando a cabeça.

Coby abriu um sorriso ao ouvir isso, já Zoro caiu desmaiado no chão, pela a fraqueza de 9 dias sem comer nada, além de ser torturado.

--------------------------------------------------------------------------------

2 horas depois.

A dupla estava no porto da ilha, olhando para Zoro e Luffy subindo em um pequeno barco, essa seria a última vez que Hayato iria deixar um pirata fugir, em sinal de respeito ao chapéu de palha.

- Já ouvi falar de você, Dragão branco dos mares - Disse Zoro com o rosto sério, esse codinome; Dragão branco dos mares, era um jovem espadachim, que caçava piratas no East Blue, diferente dos caçadores que entregavam eles por dinheiro, o lobo branco nunca pegou uma Barrie se quer, alguns dizem que ele fazia por prazer de lutar, outros pelo seu coração bom, mas ninguém sabia o real motivo - É você não é?

- Possivelmente - Respondeu o menino.

- Iremos nos encontrar novamente, meu sonho é ser o maior espadachim do mundo, e para isso terei que te vencer - Afirmou Roronoa Zoro levantando sua espada.

Para ser mais exato, os dois queriam lutar agora, mas Hayato estava com a perna ferida pelo capitão Morgan, e Zoro estava ainda com o corpo fraco depois de passar 9 dias preso e sem comida.

- Talvez a nossa luta não esteja tão longe, caçador de piratas - Respondeu Hayato sem reação alguma.

Coby se despediu de Luffy e ambos ficaram assistindo eles sumiram no horizonte, Hayato se virou e começou a andar em direção a base da marinha.

- Vamos Coby, temos que nos inscrever para a marinha, se não será muito tarde - Explicou o menino calmamente.

- Ah, sim claro, espere por mim Hayato-sama - Disse Coby correndo atrás dele desajeitado.

-------------------------------------------------------------------------------------

1 dia depois.

East Blue, Loguetown.

Mesmo as ilhas sendo distantes uma das outras, e a comunicação escassa, as informações correm rapidamente, e logo chegaram para o capitão da marinha, Sumoka Smoker.

- Capitão Smoker - Disse um marinheiro rapidamente abaixando a cabeca - Temos noticias da base da marinha N° 04, o capitão Morgan foi preso por violar a ética e a integridade do local.

- Hm... - Respondeu o homem pegando um grande charuto e colocando na boca, ele tinha cabelos brancos, um corpo musculoso e uma jaqueta de capitão nas costas.

- Eu sabia, aquele velho era um idiota mesmo - Disse uma jovem de cabelos azul escuro e olhos castanhos, ela usava óculos vermelhos um casaco da marinha - Ele e seu filho.

- E tem outra coisa - Disse o marinheiro rapidamente - Ele foi derrotado por apenas duas pessoas, um jovem de cabelos rosas e um garoto que acredito ser o Dragão Branco dos mares, pelo menos sua força e aparência batem com a descrição, agora eles se inscreveram para entrar dentro da marinha.

Os olhos do Smoker finalmente demonstraram interesse nesse assunto, ele rapidamente mordeu seu charuto o destruindo em dois.

- Aquele garoto que o Smoker estava atrás? - Perguntou a menina curiosa, ela conhecia sobre esse menino, muito forte, caçador de piratas que não quer recompensas, solitário e nunca encontrável.

- Tashigi - Falou Smoker pela primeira vez olhando para a menina ao seu lado - Você irá sozinha para essa base, eu quero que encontre esse garoto, e torne a sua vida o mais difícil de todos na marinha, além de me reportar semanalmente.

- Sim capitão - Disse Tashigi confusa por ter recebido essa missão - Mas porque você está tão interessado no Dragão Branco dos Mares.

- Porque aquele idiota é o meu filho - Respondeu Smoker indo pegar um outro charuto.

"Como eu não descobri antes, isso faz todo o sentido" Pensou a menina abrindo a boca sem acreditar no que ouviu, já o marinheiro reportando, também.

- Não se preocupe capitão, irei infernizar a vida do seu filho idiota! - Afirmou Tashigi colocando a mão na testa em sinal de respeito.

- Ah, e quando ele se tornar um marinheiro aprendiz, de isso a ele - Disse Smoker colocando um pequeno baú em cima da mesa.

Tashigi abriu ele e viu o que era, uma Akuma no Mi da cor branca, uma das frutas do diabo que da poder ao usurário, ela olhou assustada para o capitão.

- Você disse marinheiro aprendiz? - Perguntou a menina chocada - Mas isso vai demorar um ano inteiro, vai atrasar o meu treinamento.

Para um Marinheiro recruta virar um marinheiro aprendiz, tera que ter um ano de serviço e treinamento dentro da base da marinha, ser baba por um ano, era algo que Tashigi não estava afim.

- Isso é uma ordem Tashigi - Ordenou Smoker nervoso.

A menina rapidamente concordou e saiu correndo com medo do capitão, "Um ano para ser promovido? Se aquele garoto durar uma semana, é muita" Pensou o homem sorrindo.



Notas Finais


...


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...