1. Spirit Fanfics >
  2. Mario e Bowsette - Uma reviravolta e tanto >
  3. Corrida Contra o Tempo

História Mario e Bowsette - Uma reviravolta e tanto - Capítulo 2


Escrita por:


Capítulo 2 - Corrida Contra o Tempo


A urgência da situação e o desespero eram mais que suficientes para fazer o trio simplesmente pensar em sair daquele lugar o mais rápido possível, assim que passaram da fronteira do Reino Koopa é que tentaram colocar as ideias no lugar.

Mario: Não entendo, como Bowser escapou da Lua?

????: Sua luta com Bowser era parte do plano dele de desviar a atenção de todo mundo do Reino Koopa.

Luigi: Faz sentido, com a atenção no Bowser, quem poderia imaginar que algo poderia estar acontecendo no Reino Koopa?

Mario: Mas quem trouxe ele de volta?

????: Foi o Kamek Magikoopa

Mario: Mas como?

????: Kamek Magikoopa é diferente dos outros, ele consegue voar. Deve ter usado seus poderes para trazer Bowser voando de volta ao castelo.

Mario: Entendo, mas agora que reparei melhor quem é você?

Bowsette: Sou Bowsette. A Princesa Renegada da Família Koopa.

Luigi: Agora eu vejo porque.

Bowsette: E você? Se ignorar os braços, qualquer um pode dizer que você é um Goomba esticado com chapéu e bigode e nem por isso eu estou te julgando.

Mario não sabia se apartava a briga, se segurava a risada ou deixava os dois brigando para ver o que mais saíria daquele conflito.

Mario: Parem de brigar vocês dois, precisamos pensar em alguma coisa para evitar esse desastre.

Enquanto isso no Castelo da Princesa Peach...

Peach: Um casamento sensacional vai acontecer e dessa vez Bowser não vai estragar isso.

Toad: Princesa tem certeza que foi uma boa ideia em deixar o Mario apenas como amigo?

Peach: Como assim Toad?

Toad: Deixe-me mudar a pergunta, todos os reinos conhecem a história de vocês dois e... O que eu quero dizer, é que você não deve fazer coisas que talvez não tenha tempo de consertar.

Toad podia ser meio desengonçado e atrapalhado as vezes, mas aquelas palavras nunca tinham sido mais verdadeiras e Peach não podia negar que aquilo poderia fazer algum sentido.

Toad: Agora vou indo, tenho algumas coisas para fazer.

Peach: Certo.

Peach estava determinada a se casar, mas ainda sim decidiu ignorar o que Toad havia dito. Peach não conseguia ver razão alguma para se arrepender do que tinha decidido, mas um sentimento desconhecido em seu coração estava fazendo ela se sentir desconfortável. Mas foi interrompida por batidas na porta.

Chanceler: Com licença princesa.

Peach: Sim chanceler, pode entrar.

Chanceler: O príncipe do Reino dos Desertos enviou uma mensagem pelo Canograma, ele está vindo visita-la.

Peach: Certo. Muito obrigada.

Chanceler: É um prazer.

Enquanto isso no Castelo de Bowser...

Goomba: Com licença vossa maldade.

Bowser: Ė melhor que tenha alguma informação valiosa ou vou transforma-lo em carvão.

Goomba: S-sim senhor eu t-tenho.

Bowser: Então o que está esperando para me dizer?!

Goomba: V-vossa repulsividade, eu soube que o príncipe do Reino dos Desertos está indo visitar a Princesa Peach.

Bowser: Finalmente uma notícia decente, quando?

Goomba: B-bem isso eu não sei dizer vossa malvadeza.

Bowser estava prestes a queimar o castelo inteiro com suas chamas, mas Kamek sempre tinha seus truques.

Kamek: Só Um momento mestre horrendo.

Bowser: O que foi agora Kamek? Não vê que eu estou ocupado?!

Kamek: S-sim, no entanto se me permite dizer, a culpa não é do Goomba.

Bowser: Como assim?! Será que pode parar com a enrolação e falar de uma vez?!

Kamek: C-certo, a carta que foi enviada para a princesa realmente dizia isso, o príncipe não deu nenhuma data de chegada, acho que pretende fazer uma visita surpresa para ela.

Bowser: E só agora vocês me avisam?!

Kamek: O que faremos vossa malvadeza?

Bowser: Como puderam ver pelo Kamek e o Goomba Alado aqui, é sempre fácil capturar a princesa já que a defesa do reino é tão fraca quanto um galho fino e bem desatenta.

Kamek: Será que ele não vai direto ao ponto?

Bowser: Como é que é?!

Kamek: Eu falei que é só dar a ordem que eu deixo o exército pronto.

Bowser: Ah sim. Muito bem, primeiro vão ao Reino do Deserto e verifiquem onde o príncipe está e é melhor que não sejam vistos ou então quem nunca mais serão vistos são vocês.

Goomba: Mas e depois vossa repulsividade?

Bowser: Assim que o príncipe chegar ao Reino dos Cogumelos, pegaremos os dois, o resto eu vejo assim que os pegarem. Vão agora!

Enquanto isso um pouco distante dali...

Mario com muito custo conseguiu evitar uma briga que poderia incendiar o local onde eles estavam.

Luigi: Muito bem, o que faremos? 

Mario: Luigi conto com você para falar com Daisy e avisar para quantos reinos puder de que Bowser está de volta

Luigi: Por que o mais difícil fica pra mim?

Mario: Você é quem consegue entrar e sair do reino sem os guardas estranharem.

Luigi: Deixa comigo.

Luigi sai em disparada, deixando Mario e Bowsette.

Mario: Muito bem princesa Bowsette, o que pode me dizer sobre Kamek Magikoopa?

Bowsette: B-bom eu sei que ele consegue voar e usar seus poderes para aumentar o tamanho e dar poderes ao exército de Bowser, além de ser o mais poderoso dos Magikoopas.

Mario: E ele faz isso como?

Bowsette: Ele usa a vassoura e uma varinha como os Magikoopas.

Mario: Alguém vem vindo, vamos nos esconder.

Mario puxa Bowsette pela mão e se esconde perto de uma pedra, ele e Bowsette observam a tropa de Bowser passando, era uma tropa pequena e sem nenhuma pressa, movimento um tanto quanto estranho vindo de Bowser.

Mario: Algo está errado não parecem estar indo para o ataque.

Bowsette: Vamos segui-los de longe.

Mario: Leu a minha mente.

Mario e Bowsette decidiram esperar a tropa ficar distante para segui-los sem serem vistos.

Mario: Então... Já que estamos aqui, vamos conversar um pouco. 

Bowsette: Claro.

Mario: Sei que isso pode ser estranho, mas por que não está ajudando Bowser?

Bowsette: Há muito tempo atrás quando Bowser invadiu a Terra dos Dinossauros ele me mandou em uma missão.

Mario: Mas que missão é essa?

Bowsette: Procurar o Mundo Estelar.

Mario: O Mundo Estelar? Mas o que tinha ali?

Bowsette: Bowser ouviu um boato de que esse mundo tinha várias entradas e saídas e acreditava que poderia invadir reinos e terras com ele e me pediu que fosse procura-lo.

Mario: Mamma Mia! E o que havia lá?

Bowsette: O lugar era lindo, com muita estrelas que brilhavam no céu. Mas ao mesmo tempo era confuso como um labirinto que quase sempre poderia te fazer andar em círculos. Acabei me perdendo e fiquei  esperando que ele viesse me buscar. Mas ele nunca veio.

Mario: Que horrível! E depois?

Bowsette: Eu ouvi uma voz dizendo que havia uma forma de sair, mas que talvez eu não gostaria do que encontraria, mesmo assim aceitei e essa voz me falou o caminho. E foi quando eu vi a verdade.

Mario: Mas que verdade é essa?

Bowsette: Aquilo era apenas um plano para ele abrir espaço para o Bowser Jr como herdeiro do trono do Reino Koopa, eu mesmo ouvi ele falando o que tinha feito. Desde então decidi tentar sabotar os seus planos escondida e deixando dicas caso alguém pensasse em enfrenta-lo.

Mario: Então todas as dicas e anotações eram suas?

Bowsette: Quase todas.

Mario: Mas então por quê não apareceu para agadecermos?

Bowsette: Aparecer? Eu? Um membro da família Koopa? Eu seria capturada quando aparecesse.

Mario: Isso não vai acontecer comigo aqui.

Bowsette: O que?

Mario: Todo mundo que está disposto a ajudar precisa brilhar, já ficou escondida tempo demais.

Aquelas palavras atingiram em cheio o coração da Bowsette, depois de ser esquecida, Mario tinha sido a primeira pessoa a se importar com ela.

Enquanto isso em Sarasaland...

Luigi: ...Então Daisy, é isso que está acontecendo.

Daisy: Bowser se superou dessa vez, não sei o que posso fazer exatamente.

Luigi: Mande mensagens pelo Canograma para todos os reinos para que fiquem em alerta em caso do ataque de Bowser.

Daisy imediatamente tratou de fazer as cartas e enviar para todos os reinos que pudesse, apesar da leve rivalidade com a Bowsette, Luigi não disse nada sobre a mesma para evitar mais problemas. No entanto, ele sabia que se Bowsette fizesse algo contra o Mario, ele teria que resolver sozinho.

Daisy: E agora o que vai fazer Luigi?

Luigi: Vou defender o Reino dos Cogumelos em caso de ataque, hora de brilhar...


Notas Finais


É isso, espero que tenham gostado. Confesso que foi difícil criar uma origem diferente para a Bowsette. Mas está aí. Espero que se cuidem e até a próxima. 1UP!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...