1. Spirit Fanfics >
  2. Mário Jr. Reels, o cowboy renegado >
  3. "O começo de tudo"

História Mário Jr. Reels, o cowboy renegado - Capítulo 1


Escrita por:


Notas do Autor


Primeira história que eu escrevo, espero que seja da compreensão de vocês, não planejo utilizar linguagem muito formal, será utilizado palavras simples, já deixo adiantado também que, não sei quantos capítulos ira ter, pois as ideias vão surgindo na minha mente.

Capítulo 1 - "O começo de tudo"


Fanfic / Fanfiction Mário Jr. Reels, o cowboy renegado - Capítulo 1 - "O começo de tudo"


Tudo começou no Antigo Texas, em uma pequena cidade chamada Sweerd, não era de um porte grande, com seus 350 habitantes, os cidadãos de fato mantinham uma rotina tranquila e simples, mas como toda cidade, existem aqueles que quebram as regras... Clássificados em 3 tipos: 1- Bandidos ( dos mais comuns), 2- Foras da Lei ( procurados pelo estado), 3- Os renegados ( Procurados pelo continente inteiro).
E para combater esses individuos, existem os Xerifes, e o que cuidava da ordem em Sweerd, era o famoso Mário Reeds, com seus 42 anos nas costas, porém com um vigor de um jovem de 25. Casado com Sarah Wade Reeds, viviam felizes as suas vidas, até que certo dia, Sarah entregou a grande noticia para Mário, que mudaria tudo suas rotinas do dia a dia, eles iriam ter um filho, a emoção foi tanta que o Xerife acabou desmaindo em pleno serviço, e apenas acordou com os gritos de sua esposa:
- Pelo amor de Deus acorde Mário. Disse Sarah
- O que aconteceu? Exclamou o Xerife - Espera, me lembrei... EU VOU SER PAI?
- Sim, depois de tanto tempo. Respondeu Sarah
Ambos continuaram conversando por um longo tempo sobre o que fariam e como estavam felizes em finalmente poder ter um filho, o que ambos nao contavam, era de que suas vidas seriam diferentes deste ponto em diante. O tempo foi passando, faziam cerca de 6 meses desde a a surpresa de Sarah, Mário seguia firme e forte em seu trabalho de manter a cidade segura, e ao mesmo tempo, pensando em que futuro seu filho gostaria de seguir:
- Xerife talvez? Pensou Mário - Ou quem sabe um cantor country famoso. O que ele não sabia era de que estava pensando alto, e seu amigo, Cris, acabou escutando:
- Vc vai ser pai chefe? 
- Cris! Eu falei alto?
- Infelizmente sim meu caro, tem problema eu saber disso?
- De forma alguma, planejava contar para você logo Cris, já fazem 6 meses desde que fiquei sabendo...
- Tenho certeza de que ele ira ser muito feliz chefe!
- Eu espero, mas o que te traz aqui cris? Dificilmente o Xerife e o Vice-Xerife se juntam.
- Temos um pequeno problema, descobrimos um plano para assaltar o banco da cidade vizinha, Woolds.
- E precisam da nossa ajuda suponho?
- Exato! O roubo acontecera em 3 dias... Se sairmos hoje a noite, poderemos chegar la amanha de noite e nos preparmos.
- Ok, irei avisar a Sarah de que estarei de saída, me encontre as 19h na frente do Salão.
Mário parecia pensativo, como se estivesse imaginando alguma forma de dizer isso para Sarah sem que ela surtasse... O tempo passou e já era 17h, quando Mário chega em casa, pronto para contar para sua esposa o que lhe aguardava, com toda sua coragem e determinação, subiu as escadas, abriu a porta do quarto e contou tudo para Sarah:
- E seria isso que eu teria de fazer. Disse Mário
- Querido, isso é muito perigoso, mas eu entendo, afinal é o seu trabalho, ele tende a ter este tipo de risco. Respondeu Sarah
- Então, estou de saída, se acontecer um emprevisto, lhe informo por carta, até mais querida!
Com um beijo, ambos se despedem um do outro, e Mário passa a cavalgar por longas horas junto de Cris, que ao longo do caminho, contava piadas sem graça para descontrair do tédio, contavam histórias de vida um para o outro, refletiam sobre suas escolhas até o momento, de seus arrependimentos, entre outros. E depois de cavalgar por cerca de 14h, Finalmente chegaram em Woolds, e foram direto para a delegacia, onde se encontrava o Xerife local, Tommy, e seu ajudante, Jack. Após explicarem todo o plano descoberto, Mário e Cris foram descansar no hotel:
- Acordaremos cedo para nos preparmos perfeitamente Cris, portanto descanse!
- Entendido Mário, esta escrevendo um carta para Sarah?
- Sim, apenas avisando de que chegamos bem e está tudo ocorrendo como o planejado, sem nenhum emprevisto.
- Esperamos que continue assim, deixamos muita coisa para trás.
- De fato meu amigo, por hora, vamos descansar!
 


Notas Finais


Esse foi o primeiro capítulo, aceito opinioes do que se deve ser melhorado, críticas também são bem vindas... Aproveitem a história.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...