História Marionete (Namjin) - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jin, Jungkook, Rap Monster, Suga, V
Tags Bangtanboys, Bts, Gay, Hoseok, Jin, Jungkook, Namjin, Namjoon, Shipp, Taehyung, Taekook, Vkook, Yoongi, Yoonseok
Visualizações 70
Palavras 1.257
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 12 ANOS
Gêneros: Ação, Comédia, Drama (Tragédia), Festa, Ficção, Violência, Yaoi (Gay)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


1º - Aviso logo de cara: Vai ter vkook! Eu sei que muitos dos meus seguidores não gostam de vkook e eu shippo os dois, mas vkook é meu otp, então se você não gosta, não leia ou releva :D

2º - Sorry por ter ficado tanto tempo sem postar uma fanfic, mas é o que a preguiça faz com a gente. Eu no momento só estou ativo no wattpad, mas quando eu achar uma fic boa o suficiente pra trazer pra vocês, eu trarei!

3º - O Taehyung é amigo do Jin, então não se assustem se ele aparecer do nada

4º - Boa leitura!

Capítulo 1 - Capítulo Único


É triste uns viverem com medo, se escondendo toda hora dentro de vestimentas, enquanto outros permanecem livres.

Se dissesse para Jin que ele vive exatamente isso, o menino não iria querer acreditar. Iria dizer que Namjoon é seu amor pra vida eterna, e não se sente preso à ele.

Namjoon não era preso ao maior porque de acordo com ele, tinha uma vida, e não nasceu colado a Jin, então mesmo que eles namorem, ele ainda pode ter relação com outras pessoas e ter uma vida normal, já que sempre teve antes de conhecer o maior.

Argumento nada convincente ao maior.

Embora não permitisse de jeito nenhum que Jin fizesse o mesmo com ele.

Roupas curtas? Nem pensar! Colada demais? Jamais! Namjoon colocava regras em cima de Jin. Cada roupa que ele deve usar ou jogar fora. Cada ação do garoto ou até mesmo a direção em que ele olha.

Yoongi estava mais uma vez dando um puxão de orelha em Jin, dizendo que nada disso está sendo saudável a ele.

- Quer saber? Você tem inveja do meu namoro com Namjoon, porque ele sabe me tratar direito, você não! - O garoto se levantou da mesa daquele restaurante com os olhares de outras pessoas sobre ele - E quer saber? Talvez você não seja o melhor amigo que sempre pensei. Sempre teve interesse, e talvez seu interesse seja o Namjoon - Completou e virou o rosto, indo em direção da saída do lugar, passando sobre todos com o nariz empinado.

Yoongi correu até seu amigo e quando o maior abriu a porta, Yoongi o chamou.

O garoto logo parou e ficou batendo o pé.

Já fora do restaurante, Yoongi encarou Jin mais intensamente.

- Primeiro que eu não quero o Namjoon, você sabe quem eu namoro...

- Sim, o Hoseok, e daí? Isso não significa nada!

- Eu tô namorando o Hoseok porque eu amo ele, talvez signifique! - Respirou fundo indignado com a teimosia de seu hyung - Por acaso...

O telefone de Jin começou a tocar, e o garoto começou a vasculhar seu bolso da calça, logo pegando o telefone em mãos e vendo quem ligava para si.

- Alô amor - Jin falou encarando Yoongi com seus olhos cerrados e com raiva, transmitindo medo ao garoto. Namjoon não respondeu, e Jin afastou o telefone de sua orelha pelo som alto que estava do outro lado da linha.

- Amor, eu te... Ah!... Amo tá - Namjoon falou sendo interrompido por um gemido. O que foi o suficiente para Yoongi ouvir e fechar a cara.

- Eu também te amo, mas por quê você... - O maior não terminou de falar a frase pois Yoongi tirou o telefone de sua mão e desligou o telefone - Por que você fez isso? Ele é meu namorado, preciso dar atenção à ele - Puxou novamente seu celular da mão do menor.

- Você é muito burro - Yoongi falou indignado e cruzando os braços, com o olhar furioso do maior sobre ele - Não adianta me olhar assim. Você é burro mesmo, otário, trouxa, ingênuo, acho que a pessoa mais sem noção que já conheci, não sei por quê te amo ainda - Yoongi falou e segurou o pulso de seu hyung, puxando ele para o estacionamento, enquanto Jin digitava no telefone o número de Namjoon - Você não vai ligar pra ele de novo - Yoongi pegou novamente o celular da mão de Jin.

- Me devolve isso antes que eu...

- Não! - Yoongi chegou ao seu carro e entrou nele.

- Eu não vou entrar nesse carro até você me devolver esse celular Yoongi! - Jin cruzou os braços e ficou parado em frente ao carro com sua cara emburrada.

- Ah é? Okay! - Yoongi fechou o vidro e arrancou o carro, mas logo freou quando ouviu o grito de Jin.

- Você é louco? - O maior ficou com uma cara de espanto escancarada em seu rosto.

- Você sabe a resposta, agora entre nesse carro antes que eu acelere esse veículo e você vá atravessar a parede desse restaurante - Yoongi falou irritado e esperou o maior entrar no carro, e assim ele fez.

[...]

Quando Jin se aproximou da casa de Namjoon e viu vários carros em frente, as luzes piscando e várias pessoas na entrada de sua casa, ficou com vontade de meter seu rosto no lixo, embora ele estivesse se sentindo o próprio lixo.

- Para aqui! - Apontou onde Yoongi deveria estacionar.

- Eu paro onde eu quiser, mas vou parar porquê sou independente e faço o que eu quero - Ergueu o nariz.

- Para de gracinha Yoongi - Disse abrindo a porta sem jeito e descendo do carro sem agradecer ao amigo, que ficou com a boca aberta, surpreso pela indelicadeza do garoto.

Yoongi olhou pra frente e viu um garoto parecido com o Hoseok... Parecido até demais... Espera, era o Hoseok agarrando dois homens?

[...]

- O que você me diz sobre isso Namjoon? - Jin falou se aproximando daquela cama, onde o rapaz estava cercado de garotas, e com a mão acariciando suas coxas.

- Jin? Querido? O que faz aqui? - Namjoon se levantou cambaleando.

- Amor, olha o seu estado! - Jin não resistiu aos encantos de Namjoon e estendeu seus braços para o cercar com eles, mas uma cadeira atingiu o rosto dele, fazendo-o cair desmaiado no chão - O que?

- Você não vai abraçar esse cara nojento! - Taehyung apareceu atrás do maior - Vem comigo - Pegou em seu pulso o puxando para fora daquele quarto.

[...]

Na entrada, Yoongi batia em Hoseok, mas Taehyung e Jin apareceram apartando a briga, mostrando o rosto de Yoongi ferido.

- E da próxima vez, eu vou cortar seu pau e jogar pras gaivotas do parque comer seu filho da puta! - Yoongi disse estressado e voltou para seu carro. Taehyung e Jin entraram no carro com Taehyung atrás, mas antes de entrar, viu Jungkook, seu crush e o deu um selinho, fazendo o garoto ficar totalmente sem rumo.

- Me liga depois - Taehyung disse sorrindo e fechou a porta. Olhou pelo vidro Jungkook sorrindo e fazendo um "okay" com a mão.

- Você é louca! - Jin ria alto da atitude de Taehyung.

- Sou mesmo, inclusive, com aquele olhar, acho que engravidei - Falou ironicamente e todos no carro riram - Vamos pra onde Yoongi hyung? - Taehyung se posicionou entre o banco dos dois.

- Vamos para a balada, pegar muitos garotos, tirar muitas fotos, e quer saber? Curtir a vida de outra maneira. A partir de amanhã não precisamos mais de homens nas nossas vidas - Olhou pra Jin e os dois acenaram confiantes - Quer dizer, nós dois. Amanhã vamos ter que aturar Taehyung pirando pelo crush ter notado ele.

- Vão mesmo - O garoto soltou um sorriso quadrado e Jin ligou o som.

�� Agora, a vingança é uma vadia má

E meu bem, eu sou a mais má de todas

Você mexeu com uma selvagem. Você não terá esse gostinho, não terá esse gostinho (aah)
E seria legal da minha parte pegar leve com você, mas não

Baby, desculpe (não sinto muito)

Baby, desculpe (não sinto muito)
Ser tão má me faz sentir tão bem
Te humilhando como eu sabia que iria
Baby, desculpe (não sinto muito)
Baby, desculpe (não sinto muito)
Estou me sentindo inspirada porque o jogo virou
É, estou em chamas e sei que isso queima ��


Notas Finais


E é isso

Não foi a melhor que já escrevi, mas eu sinceramente gostei. Isso foi um oneshot então vai ter continuação, até por esse motivo das coisas terem acontecido um pouco rápido demais :D


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...