1. Spirit Fanfics >
  2. MarkMin - (One Day At A Time) >
  3. Cap. 90

História MarkMin - (One Day At A Time) - Capítulo 90


Escrita por: JuliaLOVESYuta

Capítulo 90 - Cap. 90


Fanfic / Fanfiction MarkMin - (One Day At A Time) - Capítulo 90 - Cap. 90

Mark na base do ódio seguiu os passos de Heeseung em uma direção até onde queria.

_ Aonde você vai, garoto? - Questionou Heeseung confuso ao ver o canadense desviar os seus passos.

_ Não quero o número dez, eu gosto do sete. - E assim, de forma um tanto malcriada Mark saiu andando para a cabana na qual portava o seu número favorito.

_ Você nem sabe se já escolheram essa cabana. Vamos nessa. - Pediu Heeseung, mas em tom de ordenança parando os passos alheios e atraindo a sua atenção para si.

_ Não! - Num tom curto e grosseiro, Mark se voltou para a sua frente, voltando a andar em direção a cabana desejada.

_ Ôh, porra. - Reclamou Heeseung revirando em seguida os seus olhos. _ Ah, tanto faz. - Disse logo passando a seguir a passos apressados os passos do canadense.

_ Se é tanto faz, porque não ficar na cabana de número sete? - Questionou Mark abrindo a porta daquele pequeno quarto.

_ Ai, Foda-se. - Na real, Heeseung já estava cansado daquele pequeno bate-boca. _ Pode ser a merda do sete, tanto faz.

_ Merda é você. - Indagou o canadense se mantendo parado na entrada daquela cabana. _ Não sabia que eu te chamo de bostão, não?! - Questionou apenas para o provocar, e por fim entrando dentro daquele quarto.

_ Cretino. - Xingou Heeseung somente para si ouvir, entrando logo após a entrada do canadense naquela cabana.

_ Ai, que merda.. - Mark ao olhar em volta notou apenas um pequeno probleminha que aos seus olhos e aos olhos de Heeseung se tornava um problemão e dos grandes. _ Tá legal. - Bateu uma palma atraindo a atenção. _ Eu durmo na cama e você faz sua cama no chão.

_ Teu cú. - Heeseung com o cenho fechado se opôs. _ Eu vou dormir na cama. Dorme você no chão.

_ Ué.. - O canadense se mostrava confuso tendo suas sobrancelhas frangidas. _ Achei que vermes como você gostassem de ficar no chão, rastejando.

_ Dá pra ver que o acidente que te fez bater a cabeça te deixou bem doido, né?! - Heeseung tinha em seu rosto um sorrisinho barato, proposital. _ Trouxa!

Não dando a mínima para os próximas xingamentos e ameaças vindos do canadense, Heeseung então deu de ombros e saiu puxando sua pequena malinha de coisas que precisaria para passar os dias fora, para próximo da única cama de solteiro que havia ali e que provavelmente dividiria com o canadense já que o mesmo se mostrava não querer abrir mão daquela cama também.

_ Eu vou dormir na cama, e já vou logo avisando que eu não me importo de começar uma briga por isso. - Se mostrando decidido e despreocupado, Heeseung já se sentia mais aliviado de estar retirando seus tênis apertados de seu pé. _ Você só pode tá loló das idéias se pensa que eu vou dormir nesse chão gelado ainda mais onde nós estamos.

_ Filho da puta! - O canadense o olhava como se fosse estrangula-lo a qualquer momento. _ Eu vou te pirraçar, você vai ver..

_ Só vem, demente. - Provocou pois sabia que o canadense não podia encostar em si.

Um: Havia prometido a Jaemin se comportar com relação a si, e dois: julgava estar debaixo da proteção dos professores também. Mesmo assim, isso não foi capaz de parar o canadense que ao retirar um de seus sapatos arremeçou com toda a raiva que sentia na direção de Heeseung na qual mais rápido, se desviou a tempo..

_ Vou contar isso pra professora.. - Apontava na direção de Mark a sua frente na intenção de julga-lo. _ Eu vou adorar ver você perdendo pontos por essa agressão.

_ Você fala que eu sou o louco daqui, mas pelo visto você faz esse papel muito bem.. - O canadense sorriu num ar debochado. _ Se contar pra professora NÓS dois perdemos pontos juntos, ACÉFALO. Estamos sendo obrigados a ficar em dupla e se brigamos, os dois se fodem juntos.

Heeseung irritadíssimo e ainda muito inconformado com a escolha dos professores, decidiu colocar pra fora toda a sua raiva pegando um travesseiro sobre aquela cama e colocando sobre seu rosto. Agora gritava ali com muita muita força e ódio que estava sentindo por estar sendo obrigado a passar o fim de semana tendo Mark como seu companheiro de quarto. Com toda a certeza paz, o que estava esperando, não iria ter, não com o canadense ali.

_ Parece uma pata fanha. - Debochou ao vê-lo gritar sobre o travesseiro por conta da raiva em que sentia.

_ CALA A BOCA. - Gritou Heeseung atirando aquele travesseiro em suas mãos na direção do canadense.

_ Taca na mãe, desgraçado. - Não deixando passar, Mark atirou o travesseiro contra Heeseung novamente apenas para não ficar por baixo naquele pequeno desentendimento.


Notas Finais


Amanhã vou tentar atualizar mais cedo pra não ter atualizações somente tarde da noite


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...