História Marks Of The Past - Capítulo 25


Escrita por:

Postado
Categorias Saga Crepúsculo, The Originals, The Vampire Diaries
Personagens Alaric Saltzman, Alec, Alice Cullen, Amun, Angela Weber, Aro Volturi, Bella Swan, Benjamin, Billy Black, Caius Volturi, Carlisle Cullen, Carmen Denali, Caroline Forbes, Charlie Swan, Damon Salvatore, Davina Claire, Demetri Volturi, Edward Cullen, Eleazar Denali, Elena Gilbert, Elijah Mikaelson, Embry Call, Emily Young, Emmett Cullen, Eric Yorkie, Esme Cullen, Felix, Garrett, Irina Denali, Jacob Black, Jane, Jasper Hale, Jeremy Gilbert, Jessica Stanley, Kate Denali, Klaus Mikaelson, Kol Mikaelson, Leah Clearwater, Marcellus "Marcel" Gerard, Marcus Volturi, Matt Donovan, Mikael Mikaelson, Mike Newton, Personagens Originais, Quil Ateara, Rebekah Mikaelson, Renesmee Cullen, Rosalie Hale, Sam Uley, Seth Clearwater, Stefan, Sue Clearwater, Tânya Denali, Tyler Crowley
Tags A Saga Crepusculo, Crepusculo
Visualizações 217
Palavras 827
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Aventura, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Fantasia, Ficção Adolescente, Literatura Feminina, Romance e Novela, Saga
Avisos: Álcool, Linguagem Imprópria, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Finalmente capítulo novo.Mandem sugestões para os próximos capítulos.
Boa Leitura!!!

Capítulo 25 - Tristeza...


Fanfic / Fanfiction Marks Of The Past - Capítulo 25 - Tristeza...

-Me chamo Lucca.-Responde meu melhor amigo.

_______Quebra de tempo_______

Passei uma tarde muito feliz com todos que eu amo,mas pq eu não me sinto feliz?Vou para um quarto qualquer,e me tranco no mesmo,desliso com as costas na porta,até sentar no chão frio;colo minhas mãos sobre a cabeça, tentando esquecer de meus demônios, tentando me livrar deles....Mas os mesmos nunca vão embora,sempre estão ali,para me mostrar que por mais que eu esteja rodeada de pessoas,eu estou sempre  sozinha.

"Não dá para esquecer.

Não dá para melhorar.

Pq está tudo aqui,pra sempre!"

Reflito sobre isso em minha mente,(Vcs devem estar se perguntando:Mas o Klaus não pode saber oq ela está pensando?, Então ela faz um escudo em sua mente para poder ter um pouco de privacidade.)Vejo tudo o que passei diante de meus olhos,como um filme.Todas as vezes que cai...Eu simplesmente não aguento mais.Nem Nik consegue me animar mais.Eu o amo e isso nunca irá mudar,mas o verdadeiro inferno reside dentro de cada pessoa.

Mostros são reais,fantasmas também,

Eles vivem dentro de nós,

E às vezes,

Eles vencem.

Vou ao banheiro,pego uma lâmina e a desliso sobre a minha pele.Sentindo me aliviada,repito diversas vezes o mesmo ato.Coloco uma música triste no celular enquanto me corto.(Música da escolha de vcs,coloque nos comentários qual música ela escutaria)Lavo as mãos e guardo a lâmina,em poucos segundos os cortes desaparem e eu já estou novinha em folha.

______Dias depois_____

Meus sorrisos já não são mais verdadeiros,meus olhos imploram por socorro,os que antes eram de um lindo e brilhante dourado, possuem uma tonalidade negra,sem brilho,sem alma, chegando a ser demoníaco.Olho-me no espelho,estou mais magra,como se fosse quebrar a qualquer instante.Os cortes demoram mais pra cicatrizar.Os vestidos,blusas regatas, shorts,etc.Foram substituídos por calças,blusas de manga comprida e moletons.

-Estou acabada-Murmuro observando meu reflexo.Há dias que estou nesse quarto,sozinha... Claro,que por minha escolha,pq se pudessem, já tinham me perguntado o que há.Ou simplicidade não ligam.

Sinto certa umidade em meu rosto,mal perceberá que estava chorando.Como ainda tenho lágrimas pra chorar?Achei que elas tinham acabado,de tanto que chorei nos últimos 15 dias,sim isso mesmo que vc leu,15 dias.15 dias nesse quarto, afundando na solidão.Ligo o chuveiro entrando logo em seguida,a água quente caindo sobre o corpo frágil que  agora possuo,estou simplismente deplorável.Uma leve ardência me faz despertar de meus pensamentos.Vejo o sangue indo em direção ao ralo.Não sinto mais a dor dos cortes, já estou habituada com a dor, já senti coisas piores.As cicatrizes de guerra estão presentes em quase toda a minha pele.

Saio relutante do banho,seco-me e depois me visto com um short e uma regata.Ninguém irá me ver mesmo.Deito na cama sendo dominada pelo dono.

P.O.V Klaus.

Há dias que não vejo meu anjo,estou muito preocupado, não consigo saber oq a mesma está pensando isso me tortura.

Caminho até a sala onde encontro todos aflitos.Olho meus irmãos que consolam,Beka, Hannah e Lucca.Os que foram mais afetados pela repentina mudança de Lia.Já cansado de ver todos assim,subo até o quarto onde ela está há 15 dias, arrombo a porta; e vejo minha boneca,com diversos cortes,mais magra,muito mais frágil,como se fosse quebrar a qualquer instante.Pego a mesma adormecida meus braços,indo para a sala.

-Oq houve Klaus?-Hannah pergunta,ainda não vendo Lia em meus braços.

-Vamos ao Carlisle,Lia precisa de ajuda.

Fomos pra fora, ignorando os carros que temos,vai ser mais rápido se fomos correndo.Ao chegar na porta da casa de Carlisle ,a mesma já estava aberta.Imagino que Alice tenha previsto nossa visita.Levei-a até o Carlisle que me indicou onde colocará.Passado horas Hannah ficava cada vez mais desesperada nos braços de Lucca,com certeza foram os mais afetados.

-Denovo não Lucca, denovo não.-Sussurava com o desdepero nítido em sua voz.

-Como assim? Denovo não?-Faço a pergunta que estava estampada na cara de todos. 

-Há uns anos-Comecou a explicar-Lia ainda era muito humana e entrou em depressão.Passava dias sozinha, até esses dias virarem semanas e semanas virarem meses .Os Vulturi ficaram muito preocupados, principalmente Aro,Lia é a princesinha dele.Um dia Alec,muito preocupado com a amiga,arrombou a porta de seu quarto,vendo a mesma desmaiada,cheia de cortes.Levaram-na para um médico,e em algumas horas ela já estava um pouco melhor.

-E porque isso aconteceu?-Rosalie, pergunta.

-Ela disse que tem haver com o que ela passou quando criança,a rejeição dos pais biológicos, alguns parentes se fingindo que não viam oq acontecia,o bullying que sofria na escola...Ela disse que vc,seu marido e Jasper eram o único porto seguro que ela tinha na época.-Lucca responde,ainda com Hannah que estremece com as lembranças.

-É TUDO CULPA DE VCS!!!-Hannah diz dominada pela raiva,se referindo aos Cullen,menos Rosalie, Emmett e Jasper.-SABE OQ ELA ME DISSE UMA VEZ?SABEM?"SERIA MUITO MELHOR SE EU NÃO TIVESSE NASCIDO,ME TRATAVAM COMO SE EU FOSSE A OVELHA NEGRA DA FAMÍLIA,A ÚNICA COISA QUE EU QUERIA ERA O AMOR E AFETO DELES!"

Aquela frase mecheu comigo, como puderam fazer isso com a pessoa mais carismática que eu conheço,fico divagando,quando meus pensamentos foram interrompidos.

-Era melhor que ela nunca tivesse nascido.-Diz Renesmee,antes mesmo que eu possa fazer algo,a mesma já tinha atravessado uma janela,se enchendo de cortes...


Desculpa o capítulo curto,deixe no comentário o que vc está achando e ideias para futuros capítulos!! Desculpa qualquer erro de ortografia.

Continua?


Notas Finais


Bjs até logo...


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...