História Married and marked - Capítulo 3


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Abo, Amor, Bangtan Boys, Bts, Casamento Arranjado, Época, Jikook, Jimin, Jimin!ômega, Jungkook, Jungkook!alfa, Kookmin, Lemon, Romance, Sexo, Yaoi, Yoonseok
Visualizações 5.506
Palavras 1.760
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Lemon, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Universo Alternativo, Yaoi (Gay)
Avisos: Bissexualidade, Gravidez Masculina (MPreg), Homossexualidade, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Hey, nem demorei pra chegar com esse, né?!

Nesse cap, vamos ter uma cena que talvez vocês achem que aconteceu muito rápido, porém antigamente, as coisas aconteciam assim mesmo, não tinha toda essa coisa de namorar e esperar um tempo... Enfim, vocês vão entender quando lerem.

Enjoy <3

Capítulo 3 - Capítulo 2 - Opinião e pedido


Fanfic / Fanfiction Married and marked - Capítulo 3 - Capítulo 2 - Opinião e pedido

Como esperado por Jimin, aquele estava sendo um verão que passava lentamente. Depois de quase dois meses de convivência, já estava acostumado com a presença de Jung Hoseok e Jeon Jungkook na cidade, nos bailes e, em algumas ocasiões, em sua casa. Sua mãe estava investindo com todas as suas armas no casamento de Yoongi com o alfa Jung. O que, de fato, era algo que estava rendendo frutos, pois os dois estavam cada vez mais próximos.

Há muito Eunbi havia desistido de juntar Jimin com Jungkook, pois era fato notório que ambos não se davam um com o outro. Na realidade, Jungkook não se dava com ninguém, a não ser com o primo. Jimin não tinha ideia do porquê ele ainda estava por aquelas redondezas, sendo que obviamente não gostava das pessoas que ali residiam, mas pensava ser para fazer companhia a Hoseok, que parecia adorar o lugar. A realidade é que o ômega loiro havia passado a detestar o alfa Jeon, pois a cada dia aquele homem lhe parecia mais desagradável.

O alfa estava sempre com uma expressão fechada em seu rosto, como se nada ao seu redor o satisfizesse. Tratava todos com arrogância e soberba, como se fosse alguém de muita superioridade em relação às outras pessoas. Jimin não sabia como Hoseok, alguém que admirava muito, podia ser tão próximo de alguém como Jungkook, sendo os dois totalmente opostos. Mas não era somente o comportamento de Jeon para com outras pessoas que fazia Jimin detestá-lo.

Aconteceu uma semana após os casamento de Jin e todos estavam em um dos muitos bailes que aconteciam por aquela região. Jimin estava de braços dados com Chung-hee enquanto passeavam pelo salão. Taehyung estava dançando com algum alfa e Yoongi estava na companhia de Hoseok. Os dois ômegas estavam rindo do vestido de uma das senhoras presentes no baile, este que tinha muitos babados e era extremamente chamativo. Jimin, apesar de não usá-los, achava que um vestido devia ser como o que Chung-hee usava, discreto e de cores bonitas e delicadas. Ele mesmo preferia cores neutras e pastéis, optando assim por sua camisa branca e um colete azul escuro por cima.

Para não precisarem atravessar o salão, onde muitas pessoas dançavam, resolveram dar a volta pela varanda que rodeava a casa onde acontecia o baile. Quando passariam pela porta que levava-os de volta ao interior da casa, puderam ouvir a voz de Jungkook conversando com Namjoon. Pararam um pouco antes de dobrar a curva que fariam para dar de cara com os alfas e se entreolharam pensando em voltar ou seguir adiante.

— Vamos voltar, Chung! Não gosto muito desse alfa, não quero ter que conversar com ele. — Jimin sussurrou no ouvido da amiga, esta que concordou e iriam dar meia-volta quando ouviram Jeon falar.

— Park Jimin? Ah, não vejo o que tanto dizem sobre a beleza daquele ômega. — Jimin não resistiu em parar e escutar mais. — Quer dizer, os cabelos são até de um tom agradável, mas de resto é totalmente comum e tem olhos muito pequenos, nada de atrativo que chamaria a minha atenção. Na minha opinião seu ômega e o par de Hoseok são os únicos realmente belos nesse baile.

— Jungkook, você é muito exigente, é o que acho. — Ouviram a voz de Namjoon.

Chung-hee logo puxou o amigo pelo braço, não dando tempo de ouvir mais alguma coisa que saísse da boca dos dois alfas. Jimin sorriu sem graça para a ômega, tentando não parecer realmente incomodado com o que foi dito.

— Não ligue para o que foi dito, Jimin. Aquele alfa não sabe o que fala. — Chung-hee disse ao amigo quando já estavam de volta ao salão. — Eu bem sei em como muitos alfas dizem o quanto sua beleza chama a atenção.

— Não pense que me importo, Chung. Digo, é até um alívio para mim que aquele alfa não veja beleza nenhuma em mim, assim posso ficar tranquilo quanto ao fato de ser cortejado por alguém tão desagradável. — Jimin disse de uma vez só o que realmente pensava, obtendo um acenar de cabeça da amiga.

Verdadeiramente não se importava em Jungkook ter dito aquelas coisas dele, a opinião do alfa não importava para si, só não pôde negar comparar o que foi dito com o que sua mãe vivia dizendo sobre sua aparência e isso lhe causou um certo incômodo, mas que logo foi esquecido. Quando já estavam em casa, contou o acontecido para Yoongi, este que fez uma expressão realmente brava, pois não gostava que falassem coisas assim de seu querido irmão. Mas logo Jimin acalmou o irmão fazendo piadas sobre, pois era realmente assim que via o acontecido.

Depois dessa ocasião, Jimin não se acanhava em demonstrar o quanto era indiferente à presença de Jungkook, até porque o próprio fazia o mesmo para consigo. Quase não trocavam palavras, na maioria eram somente olhares, que aconteciam quando um falava algo que o outro claramente discordava, e demonstravam sua insatisfação por meio de expressões desgostosas.

Eunbi estava realmente consternada quanto à falha em seus planos de casar Jimin com o jovem Jeon, mas via consolo na relação de Yoongi e Hoseok, estes que estavam se dando esplendidamente bem e tudo lhe dizia que logo a mão do ômega de cabelos negros seria pedida.

Um dia, enquanto Jimin estava na biblioteca lendo um livro novo que seu pai havia o presenteado, Yoongi entrou correndo no local se sentando ao lado do irmão. Jimin ao ver a expressão que o ômega mais velho fazia, largou imediatamente o livro na mesinha ao lado e voltou a atenção para seu irmão. Este, tinha o maior sorriso que o ômega loiro já havia visto em toda sua vida.

— O que aconteceu? — Jimin sorriu, acompanhando o irmão, pois sabia que o que quer que tivesse ocorrido o fez muito feliz.

— Ah, Minnie! O Hoseok, o Hoseok! Você não vai acreditar! — Disse tudo muito rápido, ainda muito eufórico.

— Respira, isso! — O Park mais novo aconselhou, o que foi acatado pelo mais velho. — Agora, me conte calmamente o que houve.

— Nós estávamos caminhando pelos campos, você sabe, não é? — Jimin afirmou e Yoongi continuou. — Estávamos falando sobre os Jeon, que virão aqui ainda essa semana e Hoseok estava me contando como são os tios...

Flashback:

— Eu os amo muito, afinal, me criaram como seu próprio filho. Não poderia ter uma família melhor. — Hoseok falou, sem tirar os olhos do ômega que caminhava ao seu lado. — Quero muito que você os conheça.

— Quer? — Yoongi, mesmo tímido, não resistiu em questionar.

— Sim, acho que vão adorar você, assim como eu já adoro. — Jung disse e o ômega ficou completamente corado, abaixando a cabeça e continuando a caminhar silenciosamente.

Viu então uma mão entrar eu seu campo de visão, esta que logo viu ser para lhe ajudar a pular um tronco que estava em seu caminho. Sorriu contido com aquilo, sentindo a maciez dos dedos de Hoseok nos seus e sua respiração ficou agitada de repente. Ficou surpreso quando mesmo depois de passado o tronco, Jung não soltou sua mão e isso o fez levantar o rosto e encontrar o olhar gentil que lhe era direcionado.

— Yoongi, eu queria muito lhe falar uma coisa importante. Posso? — O alfa começou e o ômega notou que ele estava apreensivo. Yoongi concordou rapidamente com a cabeça, logo parando de caminhar e ficando assim de frente ao outro. — Eu sei que não faz muito tempo que nos conhecemos, mas posso dizer que sinto algo realmente grande em relação a você. Sei que pode achar precipitado, ou até mesmo me achar um louco, mas eu posso afirmar com toda a certeza que o amo, verdadeiramente.

Yoongi tinha os olhos levemente arregalados e apertou instintivamente a mão que ainda segurava a sua.

— Eu gostaria que você considerasse meus sentimentos e se, de algum modo, você puder retribuí-los, eu seria o mais feliz dos homens se você aceitasse ser meu ômega. — Hoseok terminou de falar e respirou fundo, aguardando alguma reação do ômega.

O ômega ainda estava espantado pelo assunto abordado e algo dentro dele o impedia de falar ao menos uma palavra. Fechou os olhos com força, pensando ser um sonho, e ao abri-los novamente teve a confirmação de que era a mais pura realidade, Jung Hoseok estava se declarando para si e o pedindo para ser seu ômega. O sorriso que despontou em seus lábios nunca foi tão sincero e grande, deixando assim o outro até mesmo surpreso por aquele gesto que nunca tinha visto em Yoongi.

— Eu correspondo seus sentimentos, Hoseok. E-eu gostaria muito que você fosse meu alfa. — Foi o que conseguiu dizer, sem coragem de olhar nos olhos do outro, mas ainda com o sorriso firme em seu rosto.

Hoseok, que não cabia em si de tanta felicidade pela resposta e sorriso do ômega, segurou também a outra mão de Yoongi e beijou ambas demoradamente, recebendo assim a atenção do outro para si. Encostaram suas testas e fecharam os olhos, sentindo a leve brisa que passava por ali, como se estivesse abençoando aquele momento único na vida dos dois.

~*~

— Oh, meu Deus! Você está praticamente noivo, Yoonnie! — Jimin exclamou ao terminar de ouvir o relato do irmão.

— Sim! Hoseok disse que vai falar com os tios, quando chegarem, e pedir a aprovação para pedir minha mão oficialmente ao appa. — O ômega moreno disse.

Jimin colocou as mãos na boca por um momento e logo depois abraçou o irmão com todas as suas forças, sorrindo tanto ou mais que Yoongi.

— Estou tão feliz por você! Oh, hyung, você vai se casar! Tenho certeza que os tios de Hoseok irão adorar você. — Jimin falou ainda apertando fortemente o irmão em seus braços.

— Eu espero que sim. — Yoongi suspirou. — Somente contei para você porque nunca conseguiria esconder nada do meu Jiminnie, mas não diga para ninguém, está bem?

O ômega loiro concordou, se afastando e olhando diretamente para o irmão, acariciando seu rosto e suspirando ao ver a expressão feliz deste.

— Você o ama? — Jimin perguntou.

— Eu amo. Mais até do que imaginei amar. — Yoongi respondeu, deixando suas bochechas visivelmente coradas.

Jimin se sentiu completamente feliz com aquela confirmação e só fez abraçar o irmão novamente. Apesar de não saber como aqueles dois podiam ter se apaixonado em tão pouco tempo, acreditava que seriam muito felizes, pois poderia ver nos olhos deles que estavam verdadeiramente amando.

— Você vai casar! — Jimin gritou e logo recebeu uma bronca do irmão, pois alguém poderia ouvir.

Continuaram por ali, sussurrando e Jimin pedindo mais detalhes de todo o momento que o irmão tinha tido com o alfa. 


Notas Finais


Yoonseok é o casal fofo da história, pra compensar Jikook que... bem, vai ser uma jornada difícil! HDUASHDUSA

MAS GENTE!!!!!! Jungkook não acha Park Jimin bonito???É isso mesmo produção? DÁ UM ÓCULOS PRA ESSE HOMEM! (Como se n fosse eu que escrevi isso né)

Só esclarecendo q a foto da capa é Jimin e Chung-hee!

Esse cap eu dedico para @paozinhac! Gi, eu pensei em você muito enquanto escrevia esse cap, pra você ficar beeem felizinha! Olha seus Yoonseok <3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...