História Marry Me? - Capítulo 19


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jeon Jungkook (Jungkook), Jung Hoseok (J-Hope), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin), Personagens Originais
Tags Amizade, Aventura, Bts, Casamento, Comedia, Drama, Fãs, Jungkook, Orfanato, Romance
Visualizações 31
Palavras 1.934
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 12 ANOS
Gêneros: Aventura, Comédia, Ficção Adolescente, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oii mores boa leitura *---*

Capítulo 19 - Capítulo 18


Fanfic / Fanfiction Marry Me? - Capítulo 19 - Capítulo 18

— Bom não vejo problema... Tudo bem né Ashrin? – vale pergunta me olhando, penso em como a tia Danyun vai reagir assim que descobrir que kookie é meu suposto marido, o encaro e noto que o mesmo me olha em expectativa, respiro fundo e por fim digo:

— Sim acho que não tem problema – quando falo um largo sorriso cresce no rosto do mais novo do BTS.

— Então vamos? – pergunta vale super animada, suspiro poxa a Vale não tem noção do perigo! Olho kookie saindo da casa e encaro os três garotos.

— Bom eu acho que vocês deviam pegar sei lá alguma coisa para se disfarçarem tipo um touca ou algo assim – digo meio constrangida e todos assentem pensativos.

— Verdade não quero o senhor Chuug-Hee reclamando novamente, vou pegar umas toucas e vocês peguem uns óculos aqueles do NamJoon são ótimos! – exclama Jin já se dirigindo para voltar para a casa, mas parece lembra de algo e se vira para nós:

— Me esperem – e sorri em nossa direção e posso jurar que minha amiga teve um mini infarto – Vamos garotos!

Com isso ficamos na porta dos fundos esperando pelas três companhias improváveis, a Vale parece uma louca sorrindo a todo momento para o nada, sério ela não está bem.

— Vale você poderia se acalmar por favor? Eu sei que é difícil mas você pode ter alguma coisa se continuar assim.

— Ah olha só quem fala! A menina que toda vez que ver o JungKook fica vermelha!

— Isso não é verdade!

— Sei, Ashrin só a menção do nome dele você já está ai toda vermelhinha – vale exclama e começa a rir, pego nas minhas bochechas e noto como elas estão quentinhas, poxa elas também não me ajudam! Os meninos chegam todos com toucas e óculos, espero que isso seja o suficiente para enganar as pessoas, tudo o que eu não quero é mais problemas.

— Vamos? – pergunta Jin e nós assentimos.

— Bom eu dirijo! – fala novamente Jin sem nem perguntar dessa vez, como ninguém o contesta ele vai animado em direção a garagem pegar o carro, ficamos no lado de fora o esperando e um clima estranho se instala ninguém parece estar querendo conversar, mas minha melhor amiga parecendo incomodada resolve comentar:

— Lá é bem legal JungKook as crianças são uns amores! Não é V?

— Verdade, JungKook acredito que você irá gostar do local – comenta V olhando para a direção onde seu hyung tira o carro.

— Estou bastante curioso para conhecer o lugar onde a Ashrin morava – kookie diz e me olha, rapidamente desvio o olhar e Vale nos fita e sorri quando vai falar, Tae diz:

— O hyung está acenando para nós vamos! – e com isso nos encaminhamos para onde Jin está, assim que chegamos perto dele o mesmo diz:

— Para não levantar suspeitas eu não buzinei, eu não sou um gênio? – ele pergunta brincalhão como sempre, arrancando um sorriso da Vale e de todos nós.

— É sim hyung, agora vamos! – exclama V o empurrando de leve.

— Eu vou na frente! – exclama vale já se dirigindo para o lado do passageiro. Tae abre a porta e acena para mim e sorrio me aproximando e entro, o mesmo entra e procura pelo JungKook, mas o mesmo entrou pelo outro lado, me deixando entre os dois membros mais novos do BTS.

—  Estão todos prontos?! – pergunta Jin super animado.

 — Sim hyung! – exclama V.

Fico um pouco tensa pelo clima que se instala todos ficam calados e olho discretamente para os garotos e ambos observam  a paisagem vista da janela do carro, mas minha amiga logo quebra o silêncio com uma pergunta bem aleatória:

 — Jin namjin é real? – arregalo os olhos em choque por tamanha a ousadia da minha amiga, Tae começa a ri ao meu lado e logo é acompanha-
do pelo Jungkook.

— Mas que pergunta é essa?! Acho que sua amiga Ashrin não tem o juízo certo, nam o quê? – Jin a questionar.

— Namjin hyung, é a junção do seu nome com o do NamJoon hyung –  explica V.

— Ah sei... Então a resposta é não – Jin responde encarando minha amiga intrigado. E com isso o silêncio volta novamente, Vale parece feliz acho que por causa da resposta do Jin, essa minha amiga...

— Hyung poderia ligar o rádio? –  Jungkook pede se pronunciando pela primeira vez. Jin atende ao seu pedido e uma música conhecida  começa a invadir o ambiente, e algo engraçado acontece Jin e Vale cantam a plenos pulmões arrancando altas risadas de nós. O sinal fecha e é a deixa para Jin  começar a dançar com uns passos poucos conhecidos, Tae não se aguenta e solta uma alta gargalhada. Vale observa admirada seu bias em um momento de descontração. E assim logo chegamos ao orfanato, com algumas instruções da Vale, Jin estacionou o carro em frente ao meu antigo lar.
Assim que descemos o meu nervosismo sobe, acho melhor não contar que Jungkook é meu suposto marido para livrar da tia fazer um escândalo. Quando saímos do carro noto que Jin e Jungkook me olham em expectativa, respiro fundo e me encaminho para o orfanato e todos me seguem, não precisamos nem entrar na casa para encontrar tia Danyun e algumas crianças, a mesma encontra-se no pequeno jardim e ao que parece está contando uma história para os pequenos, assim que nota minha presença um sorriso surgi em seu rosto e logo ela se levanta e vem ao meu encontro, mas para e observa os meus acompanhantes.

— Ashrin querida! – ela me abraça fortemente me deixando sem ar.

— Oi tia – é  tudo que consigo dizer, caramba a tia ainda vai matar alguém com esses abraços.

— Vejo que trouxe alguns amigos... Esse eu já  conheço – ela fala apontando para V que se curva dizendo um oi tímido. Respiro fundo e quando vou apresentar os meninos Vale me corta:

— Oi tia! Esse aqui é o Jin o integrante mais velho do BTS e dono da voz mais angelical – assim que Vale termina de falar o Jin a encara sorrindo pelo leve elogio e minha amiga sofre neste momento do mesmo problema que eu, fica ruborizada. Quando vou apresentar o kookie, Vale resolve falar novamente:

— E esse tia é o famoso Jungkook marido da Ashrin – assim que ela termina de falar arregalo os olhos aterrorizada e a cutuco em um sinal de repreensão, a mesma solta um aí ofendida. Encaro a tia que está observando Jungkook que coça sua cabeça em um sinal claro de desconforto.

— Pois é tia, mas só para lembrar que quem fez o tal contrato fui eu – digo a primeira coisa que vem na minha cabeça, mas minha tia me ignora completamente e se aproxima do Jungkook.

— Olá senhora sou o Jungkook prazer em conhecê-la – kookie se curva e encara a tia apreensivo, ela o observa mais um pouco e por fim diz:

— Hum olá garoto sou Danyun, espero que neste tempo que Ashrin passar com você a respeite e a trate bem! Se não eu farei algo pouco agradável  –  a tia diz o encarando seriamente, e kookie apenas assente.

— Tá tia o JungKook já entendeu, a senhora não vai continuar a história? As crianças estão esperando – digo tentando desviar a atenção da tia do JungKook e parece funcionar, pois a mesma diz:

— Ah é mesmo! Se me dão licença vou terminar meu trabalho, Ashrin mostre aos seus amigos a casa enfim fique à vontade querida para fazer o que quiser – com isso ela sai em disparada para o encontro dos pequenos, escuto quatro suspiros e encaro o pessoal. Acabo sorrindo pela expressão de medo que cada um têm.

— Uau Ashrin a dona Danyun dá medo, pensei que ela sei lá ia bater no JungKook – cometa Jin, e rio do seu comentário exagerado.

— Ela é um pouco brava mesmo, mas queria me desculpar JungKook ela não entende que a errada nisso tudo sou eu, afinal foi eu que te coloquei nesta situação.

— Não precisa se desculpar Ashrin, sério – ele me olha com seu lindo sorriso de coelho.

— Gente cadê o V? – pergunta vale, e só agora noto que o mesmo não está mais com a gente, mas logo avisto ele sentando com a Yumi no colo, sorrio o mesmo pareceu gosta muito dela da última vez.

— Ele está no jardim, vamos – digo e todos me acompanham, mas assim que nos sentamos as crianças batem palma.

— Parece que chegamos atrasados não é Yumi? – V pergunta para a mais nova que apenas confirma e o abraça.

— Deveríamos fazer alguma coisa com as crianças, talvez desenhar? O que acha Ashrin? – questiona Vale.

— Pode ser, vou pegar algumas coisas no sótão, depois daquele incidente que fizemos da última vez com as tintas a tia deixou tudo lá, com medo das crianças fazerem baderna – olho sugestivamente para a Vale que apenas ri constrangida.

— E o que foi fizeram? – pergunta Jin curioso, resolvo me levantar e ir pegar logo o que iremos precisar, antes que entre na casa alguém me acompanha:

— Espera posso ir com você? Quero ajudá-la vai que tem algo pesado – JungKook diz coçando a cabeça e sorrindo timidamente, que fofo!

— Ah pode sim, vamos – assim que chegamos no sótão acendo a luz e nossa como está sujo! Me sinto envergonhada por levar meu ídolo para um lugar desse, rapidamente pego os cadernos e lápis, mas a tia resolveu colocar os pincéis em caixas na parte de cima, e bom sou baixinha, tento alcança-los sem sucesso. Mas mãos surgem e pegam a caixa a qual queria, me viro e JungKook me encara desta vez sério, acho que estamos próximos demais! Escuto as batidas do seu coração, que não está nada calmo, essa proximidade acaba me assustando um pouco.

— É.... obrigada, vamos levar mais cadernos de desenho... Estão naquelas caixas no outro lado – digo me afastando dele e apontando para o outro lado, sinto as malditas das minhas bochechas esquentarem e viro para o outro lado com vergonha.

— Ok... – escuto ele dizer, pego os benditos pincéis – Ashrin, não estou achando... Na verdade encontrei umas fotos – ele diz e fico curiosa, fotos? Nunca tinha visto nenhuma fotografia no orfanato, nem mesmo da tia Danyun! Eu infelizmente não possuía foto de quando era pequena. Me aproximo para ver essas tais fotos.

— Que estranho nunca tinha visto essas fotografias, aonde estavam?

— Achei nessas caixas, estavam nas últimas, mas são antigas subiu até uma poeira quando abri – ele responde e torce por causa da poeira, volto a observar a foto e nela há um casal jovem com uma criança no colo, a mulher tem um olhar cansado e me parece estranhamente familiar.

— Você conhece essas pessoas? – Jungkook pergunta.

— Não, mas não me parecem estranhas... – JungKook pega outra fotografia mas nessa apenas a criança que está nela, ela parece ter uns 3 anos.

— Menina tomate? JungKook? – V entra neste momento e nos encara com um ar questionador, e se aproxima – O que vocês estão fazendo?

— O JungKook encontrou umas fotografias.

— Ashrin! Tem algo escrito no verso! – kookie exclama, eu e tae nos aproximamos para ler e algo surpreendente está escrito:

Minha querida Ashrin! Parabéns pelo seu aniversário!

Fico em choque! Como assim?! Essa sou eu? Aqueles são meus pais? Por que a tia não me mostrou essas fotos antes? Isso não é possível.

— JungKook tem mais fotos? – Tae questiona, kookie vira a outra foto do casal e nela está escrito:

Família kim terceira geração

    —Mas afinal o que tudo isso significa? – questiono já com a voz embagada, os meninos me encaram com um olhar solidário e Tae dar leves batidas no meu ombro. Bom não sei da onde surgiram essas fotos, ou o porquê da tia Danyun não me contar da existência delas, mas irei questioná-la agora mesmo!


Notas Finais


Oii pessoal tudo bom? A fanfic está esquentando e tudo que posso dizer que que está só começando! Sorry o atraso novamente kkkkk, mas acredito que antes desse mês finalizar outro cap sai! 😅😊


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...