História Mas o Sangue em Minhas Mãos - (YoonMin) - Capítulo 2


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin)
Tags Bts, Horror, Jimin, Mistério, Mortes, Sangue, Yoongi
Visualizações 30
Palavras 473
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Terror e Horror
Avisos: Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


só queria avisar que essa fanfic vai ser curtinha 💙 xoxo.

Capítulo 2 - "Você é fofo, mesmo irritado"


— Grrr mas que raiva, eu odeio essa matéria e odeio não conseguir entender nada. — Jimin disse, como sempre irritado, amassando o papel que tentava resolver contas.

— Você é fofo, mesmo irritado. — Yoongi diz sorrindo bobo, observando o menor. — Quer ajuda?

— Não, você é estranho e idiota e eu não quero mais saber dessas contas ridículas. — disse se levantando por fim, indo na cantina comprar um suco, não havia se alimentado o recreio todo, apenas tentando resolver aquelas contas difíceis.

Yoongi suspirou bobo, era completamente apaixonado pelo jeitinho do menor, mesmo sendo chato ou as vezes muito estressado, a sensação de estar sempre ao lado de Jimin era a melhor e muito reconfortante.

Assim que o menor voltou para a mesa Yoongi se aproximou mais de si, abraçou-o por trás e logo começou a afagar seus cabelos macios.

— Quer um pouco? — ofereceu o suco, aparentemente mais calmo.

— Não precisa, já comi o lanchinho, mas você sim precisa, não comeu nada até agora, quero meu bebê precioso bem. — deixou um selar demorado na bochecha do menor que fez cara feia.

— Não sei como consegue ser tão calmo e meloso. — Yoongi riu baixinho.

— Não sei como consegue ser tão fofo e precioso, quero te guardar em um potinho. — colocou a cabeça no ombro de Park que suspirou.

— As vezes eu queria ter sua calma, pelo menos não precisaria ter tanto rancor e ranço das pessoas e de certos professores, talvez assim fosse mais fácil me controlar.

— Você não precisa mudar nem um pouquinho, se estiver estressado eu posso te acalmar.

— Não Yoongi, você não entende. Grrr! — grunhiu irritado tentando sair dos braços do maior que impediu e logo deixou outros beijos em suas bochechas.

— Não importa, eu te amo desse jeitinho e não quero que mude.

— Você é estranho.

— Você é um bebê.

— Só você que pensa dessa forma, só você. — revirou os olhos.

— Pois tudo bem, as pessoas não sabem apreciar seu lado fascinante e doce, mas eu sei.

— Talvez porque para elas eu seja um doce meio amargo. — ri sem ânimo.

— Mas pra mim não. — o sinal então toca e Yoongi se solta do menor. — Vamos para a sala?

— Minha vontade é de apenas sair correndo dessa merda de escola. — Jimin diz juntando tudo rapidamente.

— Não diga isso, pequeno. — deixou um último beijo em sua testa. — Agora temos uma aula legal com uma professora legal, você poderá se acalmar um pouco. —sorriu doce.

— Não acredito que eu possa me acalmar hoje até o resto do dia. — bufou. — Vamos logo antes que eu desista e saia realmente correndo.

Yoongi riu baixo e segurou delicadamente na mão do menor que apertou um pouco a mesma, logo andando um tanto acelerado, enquanto Yoongi apenas conseguia aprecia-lo de forma boba e apaixonada.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...