História Mas que droga de pedra?! - Capítulo 13


Escrita por:

Visualizações 21
Palavras 481
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Comédia, Fantasia, Ficção, Ficção Científica, Lemon, LGBT, Magia, Mistério, Misticismo, Romance e Novela, Universo Alternativo, Yaoi (Gay)
Avisos: Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 13 - Treze


-Imagina! Vai ser um prazer te mostrar a escola.

Donghyuck apenas observava todo aquele paparico de Mark para cima de Jeno. Se o garoto soubesse dos podres do mais novo jamais olharia na cara dele de novo, e disso ele tinha certeza.

Estava visivelmente incomodado, mas desde que chegou na escola Mark não tinha olhado direito na sua cara e imaginou que Jeno já tivesse feito a cabeça de seu namorado. Deve ter falado mal de sua pessoa horrores ou pior! E se tivesse inventado uma história sem pé nem cabeça para se fazer de coitadinho? Mark é muito inocente 'pra desconfiar de um rosto tão angelical quanto o de Jeno; ia muito pelas aparências de fato.

O ruivo precisava conversar à sós com o Lee, o problema era: Como faria isso sem a víbora do seu lado?


***


Para Jeno estava tudo às mil maravilhas.

Já tinha feito completamente a cabeça do bobão do Mark que nem mesmo aparentava ser mais velho que si e logo logo o faria brigar com Donghyuck, mas é claro, não sem brincar com ele antes.

Estava seguindo o moreno pela escola enquanto ele a apresentava 'pra si, e sinceramente não estava dando a mínima, não iria ficar muito tempo ali de qualquer maneira. Apenas sorria com os olhos e concordava com a cabeça quando o outro o olhava.

Já tinha tudo 'pra dar certo, então, fez o que faz de melhor: mentir.

-Mark, me responde uma coisa, você acha que Donghyuck me trai? - Parou, olhando para o chão e fazendo cara de choro. - Ficamos tanto tempo longe… Ele parece não se importar comigo.

-Eu também acho, ele nem veio falar com você quando chegou, termine logo. 

Para a surpresa de Jeno, Mark também era uma víborazinha quando precisava, e daquelas bem venenosas.

-Você acha que devo? 

-Com toda a certeza! Ele não te merece. - Disse Mark. - Qual o seu nome mesmo?

Agora quem brincava com o outro era o Lee mais velho. Jeno estava cada vez mais bravo, mas teria que manter a calma. Não poderia botar tudo a perder por causa de um ego machucado.

-Jeno. - Disse sorrindo. - Então, vou terminar ainda hoje!

-Isso. Melhor coisa que você faz.

Sinceramente, Mark não sabia de onde aquela ideia maluca tinha vindo. Estava soltando indiretas - bem diretas - para alguém que tinha acabado de conhecer! Sentia uma aura negativa em torno do garoto recém conhecido, apesar da aparência impecável, parecia ter muito mais o que mostrar.

Ou talvez ele realmente estivesse gostando de Donghyuck… Parecia ter um sentimento de posse, estava crendo na possibilidade de estar com ciúmes. Muitos ciúmes…

Mas a partir de agora seria assim. Não deixaria mais ninguém tirar Lee Donghyuck de sua vida como foi feito anos atrás. Agora pertenciam um ao outro, romanticamente ou não. O protegeria como o Código de Hamurabi propunha:

Olho por olho, dente por dente








Notas Finais


gente me perdoa pela demora, sério
eu to sem criatividade pra essa historia mas eu realmente nao quero deixa-la em hiatus, e por isso estou tentando o meu melhor
espero que vcs nao me abandonem como eu quase abandonei 🤪🤩👍
obrigada pelo carinho e mais uma vez me desculpem
até o próximo capítulo! (e eu espero q logo)


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...