História Mas Que Droga Eu Me Envolvi...(SCISAAC) - Capítulo 9


Escrita por:

Postado
Categorias Teen Wolf
Personagens Allison Argent, Chris Argent, Corey Bryant, Danny Mahealani, Derek Hale, Ethan, Isaac Lahey, Jackson Whittemore, Jordan Parrish, Liam Dunbar, Lydia Martin, Malia Tate, Mason Hewitt, Melissa McCall, Meredith Walker, Scott McCall, Sheriff Noah Stilinski, Theo Raeken
Tags Corason, Crislia, Dackson, Dannek, Danniles, Ethanny, Ethorey, Etiles, Isyles, Jackira, Jacksiles, Jordia, Jordiam, Kirydia, Liason, Lydan, Masordan, Masott, Scanny, Scisaac, Scorey, Scottiam, Scottira, Scottson, Sterek, Stheo, Stia, Theliam, Theson, Thorey
Visualizações 66
Palavras 1.757
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Esporte, Famí­lia, Fantasia, Festa, Ficção, Ficção Adolescente, Ficção Científica, Hentai, Lemon, LGBT, Luta, Magia, Mistério, Misticismo, Orange, Poesias, Policial, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense, Universo Alternativo, Violência, Yaoi (Gay), Yuri (Lésbica)
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Gravidez Masculina (MPreg), Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Spoilers, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


CHEGUEI PARA AGRADECER PELOS 29 FAVORITOS, GENTE A FIC VAI COMPLETAR UM MÊS DIA 14.
VOU TENTAR FAZER UM CAPITULO ESPECIAL NESSE DIA, COM FORTES EMOÇOES RSRS ADORO VOCES

Capítulo 9 - Be Alright


Fanfic / Fanfiction Mas Que Droga Eu Me Envolvi...(SCISAAC) - Capítulo 9 - Be Alright

POV LIAM.

Você pode acreditar quando eu digo que dormir do lado de um cara super gostoso e gato pra cacete tem seus problemas.

Sim, Theo me fez dormir na mesma cama que ele. Desnecessário? Talvez! Mas eu não era idiota de recusar um convite desses. Sim, ele dormiu semi nu. Apenas de cueca e por que eu pedi, senão ele teria dormido como veio ao mundo mesmo. Depois que nós dois transamos, nós tomamos banho juntos, trocamos de roupa, jantamos e em fim fomos dormir. É claro que conversamos muito antes disso. Ele queria saber mais da minha vida. Theo estava muito interessado em mim. Muito fascinado. Pelo visto eu tinha conseguido deixar ele gamado. Ter aquele par de olhos azuis me olhando de um jeito apaixonado era como a compensação por tudo que a vida me deu de ruim.

Já devia passar da meia noite. Nós dois ainda estávamos deitados lado a lado em sua cama. A TV estava ligada e passava um filme por ela. Acho que se chamava ‘’Ela é demais’’ um filme romântico e engraçado. Eu gostei dele. Apesar de que não dava para se concentrar muito com Theo do meu lado.

Ele continuava me olhando como se estivesse em um estado de encanto. Eu comentava sobre Lahey e Derek, mas ele nem se importava.

Eu vestia apenas uma bermuda que ele tinha me dado para usar. Que a proposito ficava um pouco grande em mim. Theo tinha me impedido de vestir mais roupas. Ele era um safado mesmo. Um safado que eu gostava.

O quarto dele era confortável e as luzes estavam apagadas. Apenas a luz da televisão. Estava um pouco frio e eu me aconchegava debaixo do mesmo edredom que ele. Isaac estava dormindo no quarto de Jackson. A preocupação do que eu iria dizer aos meus pais não saia da minha cabeça. Acho que eu tinha me metido em uma enrascada.

Aquele velho dilema de  decisão tinha ficado de lado por enquanto. Eu queria apenas aproveitar a noite ao lado daquele garoto. Ele me tratava tão bem. Era o sonho de qualquer passivo. Ele era perfeito.

Theo me abraçava de lado. Me envolvia com seu corpo robusto e cheio de calor. Eu sentia seu peito encostando em mim. Me sentia amado dentro do seu abraço. Ele cheirava meu pescoço e eu sentia sua respiração quente. Isso me arrepiava. Era maravilhoso. Ele beijava meu pescoço, me fazendo enlouquecer. Aquilo me desarmava, me deixava frágil, fazia meu corpo implorar por mais.

Theo era maior que eu. Seu corpo me envolvia totalmente. Eu havia cansado de tentar assistir o filme. Resolvi dar atenção para ele. Aconcheguei meu corpo em seu peito. Ficando peito com peito. Ele me apertava contra o seu peito. Entrelaçava suas pernas nas minhas pernas. E continuava me acariciando.

Eu nunca fui de tirar conclusões precipitadas. Mas aquilo não era coisa de Hetero. Já tinha ouvido falar que Theo havia namorado muitas garotas gostosas da escola. E talvez ele fosse Bi. Mas de uma coisa eu tinha certeza. A forma como ele me tratava. Aquele seu prazer em me acariciar. Não era simplesmente por sexo. Havia um sentimento ali.

Foi apenas uma noite em que eu ele fizemos sexo, mas ele já tinha se apaixonado. Talvez eu fosse o primeiro e por isso foi tao rápido. Não sabia o que isso podia significar. Mas como eu disse antes, queria apenas aproveitar a noite ao lado dele. De forma nenhuma era ruim aquela atenção de Theo. Eu me sentia bem.

Ele dizia mais algumas coisas. Como minha pele era suave e eu era bonito. E eu respondia que ele era um cara muito gostoso e bom de sexo. Isso era o suficiente para faze-lo sorrir.

Suas caricias continuaram. Quanto mais ele me tocava, quanto mais ele me beijava, quanto mais ele me abraçava, mais meu desejo aumentava. Mais eu ia sentindo vontade de me entregar para ele novamente. E eu não fui o único. Sentia seu membro crescer dentro da sua cueca novamente. Ele também estava com vontade.

E foi inevitável. Ele se colocou por cima de mim. Se despiu da sua cueca, deixando a mostra para mim seu pau ereto e pulsando. Aquilo me dava agua na boca. Era lindo de se ver. Ele tirou minha bermuda com suas próprias mãos e levantou minhas pernas. Deixando a mostra para ele a entrada do meu anus. Seus olhos brilhavam ao ver aquilo. Ele fez as preliminares e depois consumou de uma vez. Enfiou seu pênis pelo meu reto e começou a me foder.

Foi mais sexo naquela noite. Só nós dois. Sentir Theo dentro de mim era bom demais. Eu amava isso.

 

POV SCOTT.

Eu contei o que tinha acontecido comigo naquela noite para Derek e Styles. Doutor Alan também precisava saber, mas já era tarde para convocar ele. Nós combinamos de marcar uma reunião com todos nós para conversarmos sobre isso. Derek ficou muito preocupado comigo. No final das contas eu era sua matilha também. Styles pior ainda. Como meu melhor amigo era normal seu desespero.

Eu estava apavorado. Doutor Alan tinha razão, aquele bruxo tinha me lançado uma maldição. Eu estava condenado. Nós precisávamos fazer alguma coisa logo ou senão eu teria que esperar o pior. Não conseguiria dormir direto essa noite sabendo que tem um demônio me perseguindo.

‘’O que eu não entendi foi o por que do demônio ter desaparecido por causa de uma bola’’ diz Styles.

‘’Eu também nunca ouvi falar disso’’ Diz Derek ‘’Não faz nenhum sentido’’

‘’Nós vamos investigar isso direito amanhã’’ eu digo.

‘’Mas enquanto a Camilla?’’ pergunta Styles ‘’Ela viu tudo o que aconteceu’’

‘’Deixa que amanhã eu cuido dela também’’ eu respondo.

‘’Bem, se é só isso’’ diz Styles ‘’Eu preciso ir agora’’

‘’Eu vou com você’’ digo.

‘’Vamos então’’ ele diz.

‘’Até amanhã Derek’’ eu falo já saindo em direção a porta. Styles fazendo o mesmo.

‘’Até’’ ele diz dando as costas. Possivelmente indo para seu quarto.

Styles não se despediu. O que achei estranho. Meu pressentimento era de que aquele assunto ainda não tinha acabado. Não havia como os sentimentos de Derek sumirem assim de uma hora para outra. Com certeza ele gostava de Styles ainda. Mas agora eu achava difícil que rolasse alguma coisa entre os dois. Acho que Styles não quer Derek. Que pena, eu apoiaria um lance entre eles dois.

Eu disse a mim mesmo que não importunaria mais nenhum dos dois com esse assunto.

Nós dois saímos pela porta de Derek. Styles tinha vindo de carro, o que era bom. Pois eu já tinha corrido demais por uma noite. Nós entramos no seu Jeep, ele liga o carro e começa a dirigir. Como esperado não era rápido. Mas eu não estava com muita pressa.

Sim, um pouco exausto. Aquela possessão tinha acabado comigo. Mas estava muito preocupado para sentir sono. Eu olhava para Styles e ele mantinha seu olhar fixo na estrada. Dirigindo muito concentrado. Não disse uma única palavra. Estava pensativo. Estava com uma expressão amarga. Eu também não estava bem. Mas ele parecia mais.

‘’O que estava fazendo a essa hora na casa de Derek?’’ eu pergunto.

‘’Eu tinha ido atrás de você’’ ele responde sem olhar para mim ‘’Eu te procurei primeiro na sua casa, mas sua mãe disse que você tinha ido para casa de Derek então eu fui para lá’’

‘’O que você queria comigo?’’

‘’Conversar’’ ele diz ‘’Eu não estava bem’’

‘’Aconteceu alguma coisa?’’

‘’Sim’’ ele diz com tristeza. Já tinha percebido que aquela lembrança não era boa ‘’Eu e Lidya brigamos’’

E então entendi tudo.

‘’O que houve dessa vez?’’

‘’Ela está estranha Scott’’ ele responde ‘’Não é mais a mesma Lidya que eu sempre gostei’’

‘’O que ela está fazendo agora?’’

‘’Ela não me trata mais como antes. Se estressa fácil. Anda impaciente. Sempre descontando seus problemas em cima de mim. Sempre me criticando. Eu estou começando a achar que ela não...’’

‘’Não diga isso’’ eu o interrompo. Já sabia o que ele iria dizer. A verdade era que eu gostava de Lidya. Ela era uma boa amiga. E fiquei muito feliz quando ela começou a namorar Styles. Eu não queria nunca que eles se separassem.

‘’Styles, isso faz parte do relacionamento’’ eu digo ‘’A gente passa por crises e momentos difíceis. Dolorosos. Mas isso não quer dizer que o amor tenha que acabar’’

‘’Eu sei disso Scott. Eu tenho sido paciente. Compreensivo... Amoroso. Você sabe como eu gosto dela. Sabe como eu quero ela. Mas tudo tem um limite’’

‘’A situação deve estar séria’’ eu digo ‘’Você já perguntou dela o que esta acontecendo?’’

‘’Sim Scott e a resposta sempre é a mesma. É por isso que agora eu estou começando a achar que...’’

‘’Não desista ainda meu amigo’’ eu digo ‘’Olha, vamos fazer alguma coisa. Vamos pensar em algo para vocês dois se amarem de novo. Vamos bolar um plano, sair para se divertir, noite romântica, seila, alguma coisa desse tipo’’

Styles sorri um sorriso singelo em meio ao seu olhar de profunda tristeza.

‘’Você é um ótimo amigo sabia?’’ ele olha pela primeira vez para mim com seu par de esferas negras. Lá dentro eu conseguia ver seus sentimentos por mim. Como ele realmente gostava de mim. Como estava feliz por eu estar o apoiando. Ele devia pensar que no meio de tanta coisa louca, pelo menos ele tinha um amigo de verdade. E sim, eu faria de tudo por ele. Não iria deixar meu melhor amigo se afundar em tristeza.

‘’Sou seu melhor amigo’’ eu respondo ‘’Cuidar da sua felicidade também é obrigação minha’’ eu respondo com bom humor.

‘’Felicidade?’’ ele pergunta a si mesmo de forma vazia ‘’Acho que faz muito tempo que eu não sei o que é isso’’

‘’STYLES!!’’ Eu grito ‘’PARA COM ISSO!!’’ eu odiava ver ele naquele estado. Logo ele! Que era o mais animado da matilha.

E ele se toca um pouco das coisas. Continuava dirigindo o carro pela estrada escura e deserta de Beacon hills.

‘’É só uma crise no relacionamento’’ eu respondo ‘’Sei que não é fácil. Mas vamos vencer mais essa’’

Ele sorri novamente.

‘’Vou dormir na sua casa hoje esta bem?’’ ele pergunta.

‘’Claro’’ eu respondo. Então ele dirige pelo caminho que levava até minha casa. Eu estava cansado e precisava dormir. Já tinha perdido um dia de aula e não estava afim de perder mais um. Eu precisava ver o rosto de  Isaac novamente. Ficar frente a frente com ele. Depois dessa noite, algo naquele menino tinha realmente me chamado atenção.


Notas Finais


AGUARDO SEUS COMENTARIOS RS ATÉ O PROXIMO QUE VEM AINDA HOJE TALVEZ


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...