1. Spirit Fanfics >
  2. Maybe it's fate. -Thiam.- >
  3. Esse é o ....

História Maybe it's fate. -Thiam.- - Capítulo 32


Escrita por:


Notas do Autor


💜💜



-🌻

Capítulo 32 - Esse é o ....


Fanfic / Fanfiction Maybe it's fate. -Thiam.- - Capítulo 32 - Esse é o ....

Liam:

Hoje era a festa da fogueira que o Nolan tanto falava, bem, eu espero que esse garoto que ele conheceu pela internet pelo menos apareça, pois Nolan ficou falando dele tanto, mais tanto, que se esse cara não aparecer eu dou um jeito de o trazer, até o Nolan. 

-Vai mesmo querer ir?-Theo pergunta me olhando da porta do quarto. 

-Eu prometi pro Nolan.-disse vestindo uma camisa. 

-Tudo bem, mas se você se sentir mal nos voltamos pra casa.-ele diz. 

-Na verdade mesmo, eu só vou ficar um pouco na festa.-digo me olhando no espelho. 

-Ótimo, porque eu estou mais afim de ficar em casa assistindo algo.-ele diz se aproximando.-e você, está lindo.-Theo sorri me abraçando por trás. 

-Você diz isso todo dia..-digo.

-Porque é verdade.-ele sorri beijando minha bochecha. 

-Ta bem, agora precisamos ir Thee, senão vamos nos atrasar.-digo pegando meu celular e vendo que já tinha umas cinco mensagens do Nolan. 

Teríamos que passar na casa dele, dar carona pra ele até a festa, depois ele iria embora com alguém...que eu acho que é o tal cara da internet. 

-Vamos la.-Theo murmurou pegando em minha mão. 

Passamos pelo corredor e quando chegamos na porta Theo a abriu pra mim passar, o agradeci com um sorriso, depois fomos pro elevador; Não demorou muito pra nos chegarmos no estacionamento, e nessa hora Theo me carregou até o carro. 

-Aqui.-ele sorriu me colocando no banco de passageiro. 

-Já disse que amo você?-digo sorrindo. 

-Já disse, mas pode repetir novamente.-ele sorri fechando a porta do meu lado, logo dando a volta no carro e entrando pelo lado do motorista. 

-Amo você, tipo..muito.-digo colocando o cinto. 

-Hum, eu também te amo.-Theo diz e me dá um celinho. 

Logo após liga o carro e começa a dirigir até a casa do Nolan, o que não demorou muito, até porque o loiro mora nem vinte minutos do nosso apartamento. Quando estacionamos o carro em frente a casa do Nolan, ele já estava do lado de fora, esperando. 

-Olá.-ele sorri entrando no carro. 

-Oi Nolan.-Theo e eu falamos ao mesmo tempo. 

-Animados pra festa?-ele pergunta sorrindo. 

-É, claro.-digo.

-Mal posso esperar.-Theo diz começando a dirigir. 

-E você pelo jeito está bem animado, não é Nolan?-o olhei. 

-Um pouco.-o loiro diz. 

-Ah, claro, um pouco.-resmunguei sorrindo. 

Levamos meia hora pra chegar no local da festa, e antes mesmo de descer do carro eu já comecei a reclamar mentalmente. 

-Vamos lá.-Nolan sorriu saindo do carro. 

-Que animação.-Theo sorri. 

-Nem me diga.-resmungo saindo do carro. 

Logo após de eu descer do carro vou em direção ao Theo que entrelaça nossas mãos. Caminhamos entre as pessoas, estavamos procurando um lugar pra ficar, mas estava difícil pois tinha muita gente. Depois de um tempo procurando finalmente achamos uma mesa, aquelas de piquenique, sabe? 

-Ah, esse cheiro.-reclamo fazendo uma careta. 

-Te enjoa esse cheiro?-Theo pergunta me ajudando a me sentar encima da mesa. 

-É, um pouco.-digo olhando em volta. 

-E se você ficar perto de mim? sentir apenas o meu cheiro?-Theo dá a ideia sorrindo. 

-Boa ideia.-sorri o puxando pra mais perto o fazendo ficar entre minhas pernas, assim pude ficar sentindo apenas o cheiro dele. 

-Liam e Theo! pensei que vocês odiavam festas.-Corey diz abraçado ao Mason. 

-E odiamos, só estamos aqui mesmo por causa do Nolan.-digo.

-Hum, em falar nele, cadê ele?-Mason pergunta um pouco animado. 

Tenho certeza que ele bebeu...

-Não sei, perdemos ele.-Theo diz dando de ombros. 

-Estou aqui.-Nolan diz se aproximando com um cara. 

Estou vendo o que eu estou vendo mesmo? 

-Quem é esse?-Corey pergunta. 

-Esse é o David, o garoto que eu disse que conheci pela internet.-O loiro diz sorrindo. 

-Oi amigos do Nolan.-David diz sorrindo. 

Logo percebo o olhar de Theo sobre mim. 

-Nolan, podemos conversar?-perguntei segurando o braço dele. 

-Ta.-ele sorri. 

Andei com ele um pouco, até achar que era o suficiente pra David não escutar. 

-O que é?-Nolan pergunta. 

-Eu conheço o David.-digo chateado. 

Coitado do Nolan, tantos caras pra ele conhecer e conhece justo um babaca. 

-Como assim conhece ele?-o loiro me olha confuso. 

-Sabe quando eu e o Theo tivemos que ficar fora da cidade?-perguntei o vendo confirmar.-bem, eu e o Theo ficamos em uma casa de campo..-dizia.

-Ta, isso eu sei, o Scott comentou.-ele diz. 

-Então, o David era filho do casal que ajudou eu e o Theo.-digo suspirando.-ele bateu em mim com um abajur e tentou se aproveitar de mim quando eu estava apagado, ainda bem que o Theo chegou naquela hora.-digo o vendo ficar vermelho. 

Não sabia se era porque ele ia começar a chorar ou o que. 

-Nolan?-o olhei preocupado. 

Ele apenas me encara nos olhos e depois vai em direção ao David, eu fiquei apenas observando. Quando o loiro se aproximou de David o chutou nos países baixos. 

-Nolan!-o chamei me aproximando. 

-Deixa os dois.-Theo diz me abraçando. 

-O Nolan não aguenta nem um soco.-digo encarando Theo. 

Ele suspirou e separou o Nolan do David, pelo menos o Nolan não havia se machucado. 

-Acabou a festa, quero ir pra casa!-Nolan diz passando por mim. 

-Caramba..-Mason resmunga de boca aberta. 

-É melhor levarmos o Nolan pra casa.-digo pra Theo. 

-Vamos lá então.-Theo diz. 

Depois de nos despedimos do Mason e do Corey e ter uma pequena conversa com o David, fomos até o carro. 

-Nolan, você está bem?-perguntei o abraçando em frente ao carro. 

Ele apenas começou a chorar, caramba..

-..E-eu preciso ir pra casa.-ele diz me soltando. 

-Vai ficar tudo bem.-digo o guiando até o carro. 

O caminho pra casa do Nolan foi silêncio total, e quando eu o olhava, via ele encolhido nos bancos de trás. 

-Obrigado pela carona.-ele diz saindo do carro. 

-Espera Nolan.-digo também saindo do carro. 

-O que foi?-o loiro me olha com os olhos vermelhos de tanto chorar. 

-Eu apenas queria te dizer que eu estou do seu lado e que se precisar de qualquer coisa eu estou aqui, eu gosto muito de você cara, caramba, nem acredito que disse isso.-digo o vendo sorrir.-eu te odiava tanto mais agora.-digo sorrindo.-ah, enfim, eu estou aqui cara.-digo o vendo sorrir um pouco. 

-Obrigado Liam.-ele sussurrou me abraçando. 

-Ah, claro, abraço.-sorri.

-Ok, eu vou deixar vocês irem.-ele sorriu me largando. 

-Você vai ficar bem?-perguntei.

-Sim, eu vou ficar com um cara que conheci na escola, ele é do time de lacrosse.-Nolan diz. 

-Você não perde tempo, esse é o meu garoto.-digo sorrindo. 

-Ok,ok, boa noite.-Nolan disse passando a mão no cabelo. 

-Ta bem, boa noite.-digo sorrindo logo o vendo entrar em casa. 

Suspirei e entrei no carro novamente, coloquei o cinto e percebi o olhar de Theo sobre mim.

 -O que foi?-perguntei sorrindo.

-Você, você é simplesmente perfeito.-Theo diz sorrindo e ligando o carro. 

-Não pra tanto.-digo sorrindo.-hum, você viu o chute que o David levou?-perguntei começando a rir. 

-É, eu vi.-Theo diz rindo. 

[...]

Theo:

3:46 da madrugada:

Estava dormindo calmamente mas um barulho me fez acordar assustado, me sentei rápido na cama e olhei ao meu redor, o quarto estava escuro, mas dava pra ver por baixo da porta que a luz da cozinha estava ligada. 

Olhei pra meu lado e percebi que Liam não estava ali, na cama comigo, então me levantei e acendi a lanterna do celular mesmo, caminhei até a porta do quarto e a abri devagarinho, sem fazer barulho, depois caminhei pelo corredor. Quando cheguei na sala apaguei a lanterna do celular, andei até a cozinha, e acabei vendo Liam sentado na mesa comendo algo. 

Sinceramente, acordar as três horas da manhã pra comer? 

-Liam.-digo me aproximando. 

-Credo Theo.-ele suspira.-me deu um susto.-ele diz disfarçando. 

-O que está fazendo, em?-perguntei.

-Comendo.-ele diz o óbvio. 

-As três horas da manhã?-o encarei cruzando os braços. 

-É, eu estava com vontade de comer morangos.-Liam diz dando de ombros. 

-Nem pra me chamar.-digo me sentando ao lado dele. 

-Você estava dormindo tão bem que eu não quis te acordar.-ele diz sorrindo. 

-É, mesmo?-o olhei sorrindo. 


Continua... 



Notas Finais


💜💜



-🌻


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...