História Maze - Capítulo 9


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Suga
Tags Angst, Bangtan Boys, Bts, Depressão, Hospital, Jeon Jungkook, J-hope, Jin, Jung Hoseok, Jungkook, Kookga, Min Yoongi, Paraplegic!yoongi, Saúde Mental, Suga, Sugakookie, Syubkook, Yoonkook
Visualizações 76
Palavras 333
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Ecchi, Ficção, Ficção Adolescente, Fluffy, Romance e Novela, Shonen-Ai, Shoujo (Romântico), Slash, Universo Alternativo, Violência, Yaoi (Gay)
Avisos: Álcool, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oizi...
Eu não abandonei a fic não H80EUDAPDA9P
Gente, eu tô na reta final do meu tcc, mais um pouquinho e eu tô livre
Mas como eu amo tanto essa minha história, não quis deixar ela sem atualização por muito mais tempo
E desculpe se o capítulo não agradar e vocês acharem uma bosta, tão no direito de vocês
Mas vem mais coisas legais no enredo, prometo <3
Enfim, boa leitura~~

Capítulo 9 - 100 por cento


[Jungkook p.o.v.]

Era completamente novo pra mim.

Eu morei sozinho por muito tempo e desde muito novo, quando deixei Busan para cursar enfermagem na capital. Não sabia se conseguiria funcionar com outra pessoa morando comigo. Mas sinceramente... tinha certeza de que ficaria mais apavorado se Yoongi fosse posto a um destino incerto, largado ao léu.

Assim que empurrei sua cadeira de rodas para dentro do meu apartamento, senti minhas mãos tremerem um pouco e meu coração parecia ricochetear dentro da caixa torácica. Será... será que ele achou meu apartamento pequeno? Será que achou simples demais? Será que não seria incômodo ficar movimentando a cadeira pelos cômodos com o tanto de coisas que eu tinha espalhadas? As dúvidas eram muitas dentro da minha mente. Só queria que Yoongi se sentisse acolhido.

“Sua casa é uma graça, Kook...!”

Suspiro. Ele quebrou o silêncio com a melhor coisa que eu poderia ouvir naqueles milisegundos de pânico. Agora tudo estava ficando mais calmo.

“Vou deixar suas coisas no meu quarto. Ainda hoje levo a cama de hóspedes para lá, ela é desmontável.”, falei sem olhá-lo, girando a chave na maçaneta para trancar a porta.

“Não acha que eu vou tirar a sua privacidade...? Eu posso ficar aqui na sala, a casa é sua...”

“Enquanto ainda precisar de ajuda para ir ao banheiro e tomar banho, é melhor que não fique longe de mim. Posso ser seu anfitrião mas não deixei de ser um enfermeiro. E não quero você metido em peripécias tentando fazer as coisas sozinho enquanto ainda não estiver 100%! Certo?”

“Certo, ‘eomma’...”

Vê-lo fazer aspas e rir da minha fala com aquele sorriso de gengivas cor-de-rosa me fez perceber. Ele já estava bem. A mobilidade era só detalhe para alguém que passou pelo mesmo que ele. E vi que... talvez ele fosse me dar trabalho. Mas era um risco que eu estava disposto a correr por um serzinho por quem nutri tanta afeição por um longo tempo.

Às vezes pensava estar perdidamente apaixonado por Yoongi.


Notas Finais


Até logo, não desiste de mim ;u;


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...