1. Spirit Fanfics >
  2. Me and Meng Yao >
  3. Capítulo 2

História Me and Meng Yao - Capítulo 2


Escrita por: aki_machad

Capítulo 2 - Capítulo 2


 

Novamente estava quebrado. As lágrimas que caiam de seus olhos fechados rolavam por todo seu rosto, as mãos e lábios tremiam, soluços agoniantes preenchiam o cômodo bagunçado. A dor em seu peito o consumia por inteiro e as mãos doíam de tanto apertar aquele pedaço de tecido amarelo manchado de sangue; a única coisa que restou dele além de suas lembranças doloridas.

Enquanto todos do lado de fora de seus aposentos riam e conversavam, falando barbaridades de Meng Yao, ele se via como o único que sofria pela perda.

Se recusava a chama-lo de Jin GuangYao. O nome o lembrava do homem que fez com que ele sofresse a vida toda. Quem ele conheceu foi Meng Yao, quem lhe salvou foi Meng Yao e quem amou foi Meng Yao.

Lan XiChen sempre via e ouvia o que pensavam sobre ele. O intitulado “filho de uma prostituta” os ignorava e apenas seguia seu caminho, sorrindo e repetindo a si mesmo que estava tudo bem. Não ligava para nada que diziam ou pensavam sobre Meng Yao, apenas queria ele. Queria abraçar ele, queria conversar com ele, queria rir com ele, queria sorrir com ele.

A maioria das pessoas não entendia o que sentia, não entendiam o motivo de querer ficar perto de alguém como um filho bastardo. Mas nem ele mesmo conseguia explicar. Às vezes não se pode explicar o que se viu em uma pessoa. Tudo era a maneira que ele conseguia o fazer se sentir e ninguém mais conseguia.

- Er-Ge, que bom que veio. — o sorriso aberto nos lábios finos transmitia carinho

XiChen havia ido à Torre da Carpa para a Conferência de Discussão aquele dia e mesmo antes de se tornar líder de seita, Yao sempre estava ali para recebe-lo. A serenidade dos olhos dourados eram seu porto seguro. Aqueles olhos mudaram todo o mundo que conhecia para a eternidade.

Sempre tentou fazer os outros verem o quanto ele era incrível. Sempre tentou fazer com que esquecessem esse preconceito vindo de sua origem. Mas é desnecessário ficar tentando provar algo a alguém. As pessoas tomam como verdade aquilo que lhes convém e mesmo que Yao fizesse de tudo para agradar, nunca seria suficiente para mudar aquilo.

No fim só lhe restava dar-lhe tudo o que podia e que ninguém mais se interessava em dar; tempo, carinho e amor. Ficava feliz em dar e receber o mesmo dele e nunca lhe era incomodo ficar ao seu lado independentemente das circunstâncias.

Meng Yao estava marcado em seu coração desde o dia em que chegou com sua simplicidade, seu sorriso carinhoso e sua total incapacidade de esconder de si o que sentia, mesmo que tentasse a todo custo. Ele mudou a sua vida de um jeito incrível.

A lua brilhante estampada no céu negro, o vento leve e o som da flauta mostravam aos cultivadores do Recanto das Nuvens a melancólica de um líder que antes sempre sorria.

Não importava quantas vezes dissessem que foi enganado, ele apenas e simplesmente iria continuar amando-o até o fim de seus dias.

Dor, amargura, rejeição; chegou um momento em que não foi mais possível aguentar. E ele entendia e não o culpava. Acreditava que a culpa era total da sociedade em que viviam, das maldades que diziam, das coisas horríveis que faziam.

O mundo é um lugar sombrio demais para abrigar um anjo.

 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...