História Me And You - Capítulo 7


Escrita por:

Postado
Categorias Naruto
Personagens Chouchou Akimichi, Chouji Akimichi, Fugaku Uchiha, Gaara do Deserto (Sabaku no Gaara), Hana Inuzuka, Hanabi Hyuuga, Himawari Uzumaki, Hinata Hyuuga, Ino Yamanaka, Inojin Yamanaka, Itachi Uchiha, Izumi Uchiha, Kankuro, Karin, Karui, Kiba Inuzuka, Matsuri, Naruto Uzumaki, Neji Hyuuga, Personagens Originais, Sai, Sakura Haruno, Sarada Uchiha, Sari, Sasori, Sasuke Uchiha, Shikadai Nara, Shikamaru Nara, Shin Uchiha, Shinki, Shino Aburame, Shisui Uchiha, Suigetsu Hozuki, Tamaki, Temari, Yukata
Tags Borusara, Sasusaku
Visualizações 218
Palavras 1.359
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 12 ANOS
Gêneros: Comédia, Drama (Tragédia), Famí­lia, Musical (Songfic), Policial, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Oi gente, desculpem a demora. Aconteceu uma coisa comigo que eu vou escrever uma fic sobre isso talvez, mas enfim fiquem com esse capítulo, boa leitura.

Capítulo 7 - Mamãe Está com Ciúmes


Fanfic / Fanfiction Me And You - Capítulo 7 - Mamãe Está com Ciúmes

Pov's Sakura

Algumas semanas depois...

Sasuke e Sarada, são lindos juntos. Eles se entendem de um jeito que parece que a vida toda estiveram juntos, pra mim isso é bom para os dois, se conhecerem.

Pov's Sarada

Meu pai me levou pra andar no parque, sempre vamos juntos lá.

-Filha, você quer passar o dia na minha casa?-meu pai indagou curioso

Sorri animada.

-Sim-respondi sorrindo

-Tudo bem, você fala com a Sakura e se ela deixar, você vai-pediu me abraçando

Pov's Sakura

-Obrigada, volte sempre-sorri entregando as sacolas para o cliente

-Sakura-Tamaki chamou do meu lado-Você já se apaixonou por alguém?-questionou

-Por que isso agora?-indaguei rindo confusa

-Já?-insistiu 

-Há muito tempo-dei de ombros-Mas por quê?-questionei intrigada

-Acho que você tá apaixonada-relatou me fazendo arregalar os olhos surpresa

-E no que você se baseia pra isso?-indaguei duvidosa

-Tá apaixonada pelo Sasuke-respondeu 

-O que?-questionei incrédula-Não-neguei 

-Tá sim-rebateu sorrindo

-Não-garanti firme

-Pode negar pra si mesma, mas não pra mim-riu divertida-Tá apaixonada pelo Sasuke-sussurrou 

-Não tô apaixonada pelo Sasuke-afirmei num sussurro também-E diria isso na cara dele-relatei me virando, arregalei os olhos tomando um susto-Sasuke!-disse surpresa-Não sabia que você tava aí-sorri nervosa-Quanto tempo você tá ai?-questionei aflita

-Eu acabei de chegar-riu da minha afobação

Sorri nervosa.

-Vim pedir pra você deixar a Sarada passar o dia comigo amanhã?

-Ah sim claro-dei de ombros sorrindo

-Obrigado-agradeceu me dando um beijo na bochecha me deixando pasma

Vi ele ir embora. Meu coração não parava de bater descontroladamente.

Pov's Tamaki

Ri baixinho me aproximando de Sakura que estava paralisada.

-''Eu não tô apaixonada pelo Sasuke''-imitei ela antes de gargalhar-Você mente que nem sente.

Pov's Sakura

No dia seguinte...

Pov's Sarada

-Chegamos-meu pai avisou abrindo a porta

Abri a boca impressionada.

-Uau-soltei olhando em volta

Era enorme, e com janelas de vidro para toda Nova York. A sala de estar com sofá grande e cinza, a televisão, alguns livros em cima da mesa de centro, era como ver um daqueles apartamentos de filmes. Era lindo.

-O que achou?-ouvi ele perguntar

-E-eu não tenho nem palavras-confessei fazendo ele rir

-Sasuke?-ouvi alguém dizer

Uma mulher alta com vestido de flores, de cabelos vermelhos e óculos apareceu.

-Ah oi-cumprimentou sorrindo

-Oi-cumprimentei sorrindo

-Sarada, essa é a Karin, minha namorada-apresentou me surpreendendo

-Então Sarada...quer fazer bolinhos? Minhas filhas estão na cozinha-explicou simpática

Assenti sorrindo nervosa. Karin me guiou até a cozinha, me choquei em seguida.

-Sarada?!-exclamaram animadas

-Katrina, Maya!-sorri as abraçando

-Se conhecem?-Karin indagou confusa

-Sim, somos amigas de escola-expliquei

-Ah que bom...Sarada quem é sua mãe?-Karin indagou curiosa

-Sakura Haruno-revelei

-Ah, a Sakura-sorriu surpresa

-Conhece minha mãe?-questionei confusa

-Sim, somos amigas de infância mas não nos falamos muito-confessou dando de ombros

-O mundo é bem pequeno mesmo-brinquei rindo

-Bom vocês já se conhecem, podem ficar ai conversando-Karin sorriu saindo da cozinha

Pov's Sakura

Organizava as gaiolas nas prateleiras da loja. 

-Sakura-Tamaki me chamou-Eu tenho uma notícia um pouco ruim.

-Fala-pedi dando de ombros

-Lembra que você disse que o Sasuke tinha namorada?-questionou

-Sim?-franzi a testa desconfiada

-Bom...essa é a namorada dele-revelou me mostrando o celular

Arregalei os olhos incrédula.

-O QUÊ?!

Pov's Sasuke

Karin se aproximou ficando do meu lado.

-Eu conheço a mãe da Sarada-revelou me surpreendendo

-Sério?-indaguei surpreso

-Sim, eu conheço a Sakura desde criança-confessou-Eu me sinto mal agora, eu não tratava a Sakura bem, e agora eu me sinto tão culpada-declarou tristonha

-Ei, não importa quem você foi, mas quem escolheu ser-sorri-E a Sakura é uma pessoa compreensiva vai entender-garanti

Pov's Sakura

-Eu não entendo Tamaki!-esbravejei andando de um lado para o outro

-Você precisa ficar calma-pediu aflita

-Eu não quero ficar calma!-esbravejei irritada-A namorada do Sasuke, é a Karin! Foi meu capeta durante a infância!

-Você tem certeza de que não precisa de um calmante?-Kiba questionou

-Tenho!-exclamei

-Eu entendi-Tamaki sorriu erguendo a mão-Você está com ciúmes-deu de ombros

-Sim, afinal a Sarada está lá, enquanto aquela vaca tenta dar uma de boazinha-expliquei irada

-Não é da Sarada que você está com ciúmes, é do Sasuke-riu divertida

-Que?!-exclamei incrédula-Tá louca?!

-Você que tá-rebateu sorrindo-De amor pelo Sasuke.

-Ah para-pedi indignada fazendo os dois rirem

Pov's Sarada

-Então quanto tempo meu pai e a mãe de vocês estão juntos?-questionei para as gêmeas

-Há um ano...-Katrina respondeu

-Depois que ela se divorciou do nosso pai-Maya completou

-Ele parece feliz-comentei vendo meu pai e Karin na sala

-Nossa mãe também-as gêmeas sorriram

Ouvimos o forno apitar, os bolinhos estavam prontos.

-Vamos tirar do forno-Katrina avisou

Assenti. Eu nunca pensei que a mãe das gêmeas era a namorada do meu pai. Katrina e Maya são minhas amigas na escola há anos, as duas são umas capetinhas, vivem fazendo pegadinhas, eu já cai em muitas delas. Mas assim mesmo elas são ótimas amigas. Katrina e Maya são gêmeas bem diferentes, Katrina tem cabelos vermelhos e olhos violetas, e Maya cabelos brancos e olhos vermelhos. Katrina é mais quieta, Maya que tem ideia de pegadinhas, e a irmã dela a ajuda.

-Os bolinhos estão prontos-Karin sorriu entrando na cozinha com o meu pai

-Sim-Maya afirmou animada colocando eles na mesa

Peguei um com cuidado para não machucar minha mão, dei um mordida.

-Éééé...-Karin fez uma careta-Meninas vocês...não acham que nada está diferente?

-Não-Katrina negou sorrindo

-Tá...salgado-avisei deixando o bolinho de volta na mesa

-As gêmeas trolaram vocês-meu pai explicou sorrindo de canto

-E você sabia esse tempo todo?-Karin indagou séria cruzando os braços

-Metade dele-meu pai sorriu me fazendo rir

-Não estou surpresa-confessei fazendo eles me encararem-Já cai em tantas pegadinhas delas, que já estou acostumada-dei de ombros sorrindo

-Fala a verdade, você adora-Maya brincou marota

Gargalhei assentindo.

-É mas eu não-Karin retrucou para as gêmeas

-Hora de...-Katrina começou

-DAR NO PÉ!-Maya completou começando a correr com a irmã

Karin bufou pisando duro atrás das duas. Vi meu pai pegar um dos bolinhos, e dar uma mordida.

-Pra mim está bom-confessou me fazendo gargalhar mais uma vez

(...)

I Believe-Christina Perri

Estava dando uma volta pela casa do meu pai. Avistei Karin na varanda observando a cidade, me aproximei ficando do seu lado. Karin notou minha presença sorrindo pra mim, sorri de volta. Desviei meu olhar para a paisagem, os apartamentos, casas, lojas tudo iluminado.

-Sabe...-Karin se pronunciou me fazendo aguçar minha audição para ouvi-la-Quando eu era pequena, minha avó dizia que olhar para cidade a noite...é como olhar as estrelas na terra.

Sorri minimamente, senti a brisa fria da noite passar por nós duas.

-A verdade Sarada, é que eu fui uma péssima pessoa com a sua mãe-confessou tristonha, a encarei confusa-Eu era tão cruel com ela, mas aí eu fiz terapia e vi que tudo que dizia dela, refletia eu mesma e não ela, e eu me arrependi tanto do que eu fiz.

-Tá tudo bem-sorri fazendo ela me encarar-É passado, todos temos escolhas de mudar, e se você mudou e se arrepende, tudo que tem a fazer é pedir perdão e se perdoar-expliquei

Karin sorriu surpresa me encarando.

-Você é bem sábia para uma garota de 12 anos-brincou rindo

-Eu sou assim-ri dando de ombros

-Obrigada Sarada-agradeceu gentil

Sorri a abraçando.

Pov's Karin

Arregalei os olhos surpresa quando Sarada abraçou a minha cintura. Sorri minimamente a abraçando de volta.

Pov's Sasuke

Sorri de canto encarando aquela cena. Sabia que as duas se gostariam.

Pov's Sarada

Meu pai dirigia me levando de volta para casa.

-Fico feliz que você e Karin sejam amigas-ouvi ele comentar

Sorri involuntariamente assentindo.

Pov's Sakura

Abri a porta para Sarada entrar.

-Oi mãe-cumprimentou sorrindo 

-Oi filha-cumprimentei lhe dando passagem

Observei ela subir as escadas para o seu quarto, suspirei pesado me virando para Sasuke cruzando os braços.

-Obrigado por deixar ela ir-agradeceu sorrindo minimamente

-Hum-murmurei curta

-Tá tudo bem?-questionou arqueando uma sombracelha

-Excelente-dei de ombros indiferente

-Certeza?-insistiu desconfiado

-Eu tô ótima, beijo tchau até a próxima!-exclamei rapidamente fechando a porta

Pov's Sasuke

Fechei os olhos surpreso quando Sakura bateu a porta na minha cara.

Pov's Sakura

Encostei minhas costas na porta, me remexi incomodada sentindo meu peito subir e descer numa velocidade incrível. Estou começando a ficar incomodada com essas sensações, mal posso ver ele...sem meu coração ficar doido

-Mãe-acordei dos meus pensamentos encarando Sarada no início da escada me observando-Você tá bem?

-Uhum-sorri assentindo-Ótima.


Notas Finais


Aquilo que a Karin disse para a Sarada sobre a cidade iluminada a noite, é real minha avó me contava isso, e eu adoro observar a cidade de noite.
Espero que tenham gostado. Até o próximo capítulo.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...