1. Spirit Fanfics >
  2. Me Apaixonei Pelo Impossivel -Han Jisung >
  3. Three: Isso não vai ficar assim!

História Me Apaixonei Pelo Impossivel -Han Jisung - Capítulo 3


Escrita por:


Notas do Autor


espero que gostem, bjs!

Capítulo 3 - Three: Isso não vai ficar assim!


Pv Han Jisung:

- Impossível! Não vou beijar o diabo!- olhei indignado para a garota.

S/n: Ta bom, eu me equivoquei- fez um bico emburrado e se encostou na pia - Eu sou um dos "filhos" de Lúcifer, e não ele próprio. - desviou o olhar.

- Você mentiu pra mim?- cruzei os braços.

S/n: Eu omiti. É diferente... Eai? Um beijinho?- olhou pra mim com um sorriso fofa.

- Cai fora S/n, tnho que ir pra aula. -

S/n: Ah... deixa eu ficar com você! Faz muito tempo que eu não piso em uma sala de aula- abraçou a minha cintura e me olhou com um sorriso sapeca.

-Some- falei sério.

S/n: Aish... seu chato- e assim a garota sumiu com uma cara emburrada.

Okay, ela não era uma garota chata. Estava sendo legal comigo... por mais que eu ache que estaja alucinando, vou dar uma estudada no assunto, vai que encontro algo de util.

Quebra de tempo:

Estava saindo da escola, havia acabado de me despedir de Changbin, que novamente foi embora com o Felix. Eles até me chamaram parar ir junto, mas eu não queria segurar vela, mais do que eu já segurava na escola...

Durante minha caminha pra casa, eu observava o céu. Hoje ele estava bonito, ensolarado, fazia fazia calor, mas não muito. Acho que o resto dia vai ser traquilo hoje!

- Aish! - resmunguei depois que um carro passou por cima de uma poça de água, me molhando inteiro. 

~Acho que falei cedo demais~

Passei a mão sob as minhas roupas molhadas e continuei caminhando.

Jn: Hey, seu inul. Onde pensa que vai?- Pude ver John dentro do carro.

- Ah, vê se eu to na esquina!- revirei os olhos.

Jn: Você é desprezível, sabia?- o garoto desceu do carro junto com seus amigos - Como um garoto como você acha qu vai conseguir alguma coisa?- John cuspia palavras em mim - Você não sabe como eu te odeio!- me empurrou, assim fazendo que eu colidisse com o chão.

- Mas que merda! Por que está fazendo isso? - gritei com o mesmo - Eu não te fiz nada!-

Jn: Eu te odeio porqu você fica se fazendo de coitadinho! fica se vitimizando! - chutou minha barriga após dizer isso - se contar para alguém sobre isso, eu te mato! - jogou uma pasta em mim enquanto eu me contorcia no chão - Pega. Esses são os meus trabalhos que tenho que entregar. Faça todos até amanhã. -  os garotos voltaram para dentro do carro e sumiram de vista.

~John, se eu pudesse te extinguia da terra!~

 Fui para casa mancando, dando glória Deus que meus pais tinham saído para trabalhar, então não tinha ninguém em casa.

- MAS QUE MERDA!- Gritei furioso, mas depois comecei a chorar.

S/n: Oi... - a garota me encarava sem jeito no canto da sala.

~Ela acha que pode aparecer quando bem entende?-

- O que você quer? - enxuguei as lágrimas.

S/n: Eu... - a menor encarava as mãos.

- Você viu, né? - ela apenas respondeu com um "uhum" enquanto assentia com a cabeça.

S/n: Eu sinto muito... -  ela parecia triste por mim.

- Não sinta. Eu mereço essa droga - Nessa hora voltei a chorar, a garota veio até mim e segurou minhas mãos.

S/n: Não diga isso! Ninguém merece ser tratado dessa forma. Posso não te conhecer muito bem, mas sei que você é uma pessoa boa. Eu me sinto leve quando estou perto de você... - ela me encarava -Você não merece nada disso que está acontecendo-

- Sei não, S/n...- fui surpreendido com um abraço da garota.

S/n: Relaxe, isso não vai ficar assim. John vai se arrepender de fazer isso com você!- vi a garota sorrir de um jeito assustador.

Ela realmente me apoiou. Coisa que apenas um amigo de verdade faria. Changbin sempre falva que eu poderia contar com ele pra tudo, mas nunca está por perto quando preciso, ele não se importava comigo de verdade.

S/n: Agora vai tomar banho, vai, ta fedendo - falou rindo enquanto me soltava.

Fui subindo as escadas para ir pro meu quarto, mas olhei pra trás, vendo a garota sumir com aquele sorriso assustador novamente.

~O que essa garota vai fazer??~ 

PV S/n:

Jisung era tão engênuo que chegava a ser trouxa.

Mas por um lado ele estava certo, uma simples advertencia não mudaria John.

Estava pensando em mil formas de acabar de vez com John. Como que ele poderia fazer aquilo com um garoto tão fofo como Han?

Bom, eu poderia prende-la nas mamorras do inferno, deixa-la cega... podia até entregar sua alma para Lúcifer. Acho melhor não acelerar as coisas, mas com certeza ela passaria um bom tempo no inferno... Vou descobrir onde ela mora, e dou o meu jeitinho...

Quebra de tempo:

Essa escola tem um sistema de segurança horrível! Enfim, agora que sei onde a puta mora, agora é só colocar o meu plano em ação!



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...