História Me Apaixonei pelo meu chefe. (Imagine Jin) - Capítulo 25


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jeon Jungkook (Jungkook), Kim Seokjin (Jin)
Tags Bts, Jin, Romance
Visualizações 875
Palavras 1.334
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Comédia, Famí­lia, Festa, Ficção Adolescente, Mistério, Romance e Novela, Saga, Violência
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Olá meus amores! bom, depois de muito tempo sem postar, finalmente voltei graças ao carinho de vocês 💘
vocês não sabem em como cada comentário ali me encheu de alegria e de vontade de continuar com tudo! Espero que gostem! tudo devo a vocês! BOA LEITURA BOLINHOOOOSSSS ❤❤❤❤❤❤❤❤

Capítulo 25 - Não é possível!


Fanfic / Fanfiction Me Apaixonei pelo meu chefe. (Imagine Jin) - Capítulo 25 - Não é possível!

- CAPÍTULO 25


(...)


(S/N): --- sorrio contente por tê-lo realizado. ---- Amor? Sabe, eu estava pensando em algo. ---- digo mansamente com a cabeça em seu peito.

Seokjin: Adoraria ouvir do que se trata. ---- Disse acariciando meu rosto com sua não direita.

(S/N): Essa é a nossa primeira casa e para nossa sorte, uma grande casa. Estava pensando em comemorar nossa conquista fazendo uma festa ao ar livre aqui na fazenda. ---- olho para o mesmo com entusiasmo. ---- Você pode chamar seus pais para virem também.

Seokjin: Você acha uma boa ideia? Nao sei não, Amor! ---- Disse indeciso 

(S/N): Ah Jin, por favor! eu imploro. ---- digo manhosa 

Seokjin: Adoraria te ver implorar. ---- abriu um sorriso

(S/N): Tava demorando! ---- reviro os olhos. ---- Deixa de ser chato! vai ser divertido, eu garanto.

O mesmo ficou me encarando enquanto eu tentava convencê-lo, até que ele reage.

(S/N): Por favor! --- faço bico novamente 

Seokjin: O que você não me pede com esse biquinho maravilhoso que eu não faço? santo labios de (S/N) que me ferram com meu coração. ---- Ele segura meu maxilar e me beija.

Conversamos por exatamente 30 minutos, quando finalmente Caio no sono, já que não parei quieta o dia inteiro.

NO DIA SEGUINTE

Acordo espontâneamente, olho pela janela do quarto e vejo que o sol estava prestes a nascer. 

Eram praticamente 6 da manhã. Seokjin ainda dormia profundamente ao meu lado, então desço da cama com cautela para não acorda-lo e desço até a cozinha para preparar o café da manhã.

Preparo o café na cafeteira, ponho os pães na torradeira e estava a preparar o omelete, quando sinto Seokjin abraçar-me por trás selando um beijo em meu rosto.

(S/N): De pé tão cedo? ---- o questionei

Seokjin: Preciso ir a um leilão de gados. Seu pai me disse que irão leiloa-los por um bom preço. ---- Vestindo o avental. ---- apossou ajudar?

(S/N): Claro que po..---

- ding dong - A campainha toca.

Seokjin: Eu atendo. --- vai em direção a porta.

Enquanto Seokjin abria a porta, pus o omelete sobre a mesa até que vejo Li Wei acompanhada de Jungkook vindo até mim.

Li Wei: Bom dia! ---- com um sorriso no rosto me cumprimenta 

(S/N): Bom dia! ---- Abro um sorriso ao vê-los

Jungkook: Eu não queria vir aqui tão cedo, mas vi que as janelas já estavam abertas e viemos tomar café com vocês. ---- Sentou -se a mesa.

Seokjin: Fiquem a vontade! ---- sentou-se em seguida junto aos mesmos.

Fui até o armário e peguei talheres, pratos e me juntei aos mesmos em seguida.

[...]

Depois de 40 minutos jogando conversa fora e comendo, Li Wei me ajudou a limpar tudo enquanto Jungkook e Jin se arrumava para ir ao leilão.

Seokjin: Já estamos indo! qualquer coisa é só me ligar. ---- selando um beijo em meus lábios com o casaco em mãos.

(S/N): Esta bem! ---- sorrio.

O mesmo caminhou até a porta e estava prestes a abri-la, quando volta até mim

Seokjin: Eu esqueci de te dizer. Mamãe passará dois finais de semana conosco e chegará agora pela manhã. Não ligue se ela não parar de falar ou qualquer coisa do tipo. Mamãe é legal.---- Disse abotoando o casaco

(S/N): Que Boa notícia! tudo bem, agora se apresse! ---- Empurro o mesmo.

Li Wei logo volta até a casa dos meus pais e eu subo até o quarto para vestir minha jardineira para plantar as sementes.

Enquanto vestia a jardineira, notei que a mesma apertava meus quadris e busto insuportavelmente.

(S/N): Será mesmo que engordei? nossa! ---- desabotoando a jardineira.

Vesti uma calça folgada que tinha juntamente com uma regata. Me abaixei lentamente para pegar meus sapatos quando senti tudo ao meu redor girar.

(S/N): Mas o que foi isso? ---- seguro-me na cama. ---- Que coisa mais maluca. ---- saído a cabeça.

Pego os sapatos que estavam debaixo da cama e saio em direção a horta.

chegando na mesma, comecei a cavar e por sementes várias é várias vezes, até que ouço a buzina vindo da porteira, olho para a mesma e vejo a mãe de Jin vindo em direção a mim. Logo soltei a pá, lavei as mãos e fui até a mesma.

(M/J): Querida quanto tempo! ---- abraçou-me

(S/N): Sim senhora! Vamos entrar? me desculpe por recebê-la assim, totalmente suja. ----- sorri

A mesma me acompanhou até minha casa e a levei até o quarto de hóspedes.

(S/N): Esta com fome? se quiser eu posso fazer algo. ---- próxima a porta do quarto.

(M/J): Oh sim! mas eu faço questão de cozinhar! posso? o pai de Jin nunca me deixou cozinhar, sempre havia funcionários para isso. Estou com muita saudades das receitas que minha mãe me ensinou. ---- Disse entusiasmada 

(S/N): Claro! pode sim! tem temperos frescos na geladeira. Vou terminar meu afazer. Fique a vontade, por favor. ---- me curvo e saio.

Enquanto a mesma fazia a comida, voltei para a horta e passei a plantar as sementes que sobraram.

[...]

Depois de terminar tudo, volto para casa e já sinto o maravilhoso aroma da comida da senhora Kim.

Falo com a mesma e subo as escadas para tomar banho e tirar toda aquela roupa suja. Visto um vestido simples e desço as escadas indo até a cozinha onde me deparo com a mesa repleta de comida.

 (M/J): Venha! está tudo no ponto! ---- pondo as louças na mesa.

(S/N): Nossa! tenho certeza que está tudo uma delícia senhora Kim. ---- sento-me a mesa e passo a me servir.

A mesma logo sentou-se junto a mim e passamos a comer juntas e conversar. Término a comida e vou lavar os pratos, quando de repente veio uma ânsia de vômito muito forte ao ponto de me fazer correr para o banheiro fazendo com que a senhora Kim viesse totalmente atônita atrás de mim.

(M/J): O que foi minha filha? será que minha comida fez mal a você? ---- questionou-me preocupada.

(S/N): Não, não é isso! não estou me sentindo bem esta manhã. Tenho sentido tonturas. ---- Lavo as mãos 

Logo a mesma me encara como se estivesse desconfiando de algo.

(M/J): (S/N), você tem se sentido mal assim desde quando? ---- me questiona

(S/N): Desde semana passada. Mas na é com frequência. ---- enchugo o rosto na toalha 

(M/J): Ah, entendi! Eu vou até a farmácia comprar algo pra você. ---- eu assenti e a mesma saiu.

Minutos após a senhora Kim sair, mais uma vez ouço a porta da frente se abrir e logo ouço a voz de Jin.

Seokjin: Seu príncipe chegou, princesa. ---- ele grita lá de baixo.

(S/N): Estou mais para plebéia. ---- descendo as escadas.

Seokjin: Está mais pra amor da minha vida. ---- envolve suas mãos em meu quadril e me beija. ---- onde está a mamãe? ela já chegou? ---- me questiona

(S/N): Sim! ela foi até a farmácia comprar algo para meu mal estar. ---- indo até a cozinha. ---- venha almoçar! sua mãe é uma excelente cozinheira. ---- Disse já na cozinha

Seokjin: Como assim mal estar? você está doente? devemos ir ao hospital? nao minta pra mim (S/N)! ---- encrando-me da sala com as mãos na cintura.

(S/N): Foi só um enjoo! quanto drama! não precisa disso. ---- pego uma maçã que estava na mesa e mordo. ---- agora venha e coma! não quero ver você magrinho.

O mesmo caminhou até a mesa e assentou-se na mesma e se serviu. Após terminar, Jin lavou as louças e subiu para tomar banho.

Fui para sala e me joguei no sofá curtindo a minha preguiça, quando a senhora Kim entra.

Vou até a mesma e espero receber os comprimidos e a mesma me entrega um teste de farmácia.

(S/N): O-o que é isso? Pra que é isso? ---- questionei a mesma que segurava a caixa

(M/J): Vá até o banheiro é siga o rótulo de como se usa. quando acabar, me chame. ---- a mesma me entrega a caixa.

(S/N): Ta bem! ---- recebo

Vou até o banheiro do andar de baixo e fiz tudo conforme o rótulo e fiquei no aguardo de algum resultado. Até que a senhora Kim pede permissão para entrar e eu deixo.

entrego o teste para a mesma e ela me olha com um sorriso no rosto e diz.

(M/J): Eu tinha razão! Você será mamãe! ---- Disse alegre.





Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...