1. Spirit Fanfics >
  2. Me apaixonei pelo meu Orientador - Continuação >
  3. Noite no hospital

História Me apaixonei pelo meu Orientador - Continuação - Capítulo 5


Escrita por:


Notas do Autor


eai amores, achou mesmo que eu ia me esquecer de vocês? Jamais, bom não saiam de casa sabem como está a situação né, leiam as notas finais

quando é a fala de um personagem que não é a
s/n vocês preferem que eu coloque o nome ou eu posso usar "-" e vocês indentificam?

Capítulo 5 - Noite no hospital


Fanfic / Fanfiction Me apaixonei pelo meu Orientador - Continuação - Capítulo 5 - Noite no hospital

 eu ainda estava em transe, queria saber o por que daquilo tudo, eu deixei as coisas pra trás e fui  até Leen que chorava, mas ela chorava muito, era como se me eu levasse uma facada no coração ver ela chorando enquanto Hye a abraçava dizendo "num chola" 

-Leen vem até aqui, princesa

eu dizia enquanto tremia até que o homem da ambulância disse

xxx- só mais 10 minutos senhora.

eu concordei e voltei a olhar pra Leen que já estava na minha frente

Leen- e-ele matou o p-papai - dizia a pequena entre soluços

-calma, ele não morreu, agora fica calma por favor e vem você e Hye 

peguei a mão dela e do Hye e entrei na ambulância vendo jungkook deitado na maca usando aparelhos de respiração

•••

•JAEHYUN ON•

minha mente estava em meio a turbilhões eu estava me sentindo um lixo, eu perdi minha mulher e ainda por cima o meu filho, eu deixei escapar os dois amores da minha vida, numa facilidade tão ridícula, eu martelava minha mente enquanto lia a mensagem de jungkook para S/n...era inocente

°°°

Cheguei em casa, Taeyong não estava só a Clara então eu fui até ela e abracei forte, mas não tanto pra não machucar a barriga dela

- Clara, ela nunca mais vai me querer novamente, ela não vai perdoar...eu quero morrer, eu perdi tudo de importante na minha vida eu chorava muito aquilo me machucava demais

Clara-Jay.. Jay calma, o que aconteceu?

- jungkook estava na praia tmb, e ele foi falar com a s--s/n, eu achei que ele estava me traindo...eu bati no jungkook, eu o d-deixei desacordado, e agora a/n não quer mais saber de mim, e disse que eu nunca mais vou o h-hye Clara, por favor me ajuda

Eu estava pálido, parecia que não, mas as palavras de s/n vieram como um tiro certeiro e mim.

Clara- você ficou DOIDO? jaehyun meu Deus aonde ela está?..

-ela f-foi pro hospital

Clara-vou ligar pra ela...

-o telefone dela está comigo...ela tacou em mim, pra ver a mensagem

clara sentou no sofá preocupada e eu estava ao lado dela com uma expressão horrível

Clara- isso é pra você PARAR de surtar com qualquer coisa sabia disso?ela desabafa comigo, sobre a sua falta de confiança nela, isso é R I D I C U L O, Taeyong nunca me chamou de vadia, e nunca quis me controlar nas minhas amizades, seu mal Jaehyun e agir como um babaca em diversas situações, eu amo você mas você só faz merda

jaehyun- eu sei, eu preciso de um tempo

subi pro quarto e sentei no chão com um porta retrato de nós dois junto de hye no aniversário dele de 1 ano, doía, doía tanto

•••

S/N ON×

eu me encontrava aliviada, jungkook teria alta depois de 3 dias, e havia deslocado o nariz ele estava num estado horrível em questão de machucados

Doutor- S/n, jungkook acordou, venha até a sala por favor, só não o abrace muito forte, ele ainda sente dores

eu abri um sorriso tão grande, acordo Leen e Hye e vou na sua do jungkook, e assim que entro lá ele diz

jk- Leen...

ele chorava e Leen foi até ele e o mesmo a pegou no colo

Leen- papai, não deixa a sua abelhinha

jk-eu não vou te deixar, fica calma

-jungkook você não pode fazer esforço

jungkook- s/n...e você e Jaehyun..?me desculpa

 o mesmo abaixa o olhar e eu vou até ele 

jungkook- eu não queria fazer mal ao seu relacionamento... 

o mesmo coloca Leen no chão que logo foi abraçar o Hye

-eu t-terminei, é algo bem difícil pra eu falar ainda, mas por favor não se preocupe com isso, e-eu vou deixar Leen e Hye na minha casa

jk- mas-

-confia em mim....

Ele assentiu, eu ia ligar pra Clara porém meu celular havia ficado com aquele maldito, que decidi confiar.

jk- n-não demore por favor

Eu o abracei e sai da sala com as crianças, paguei um táxi e quando parei na frente daquela casa, lágrimas desciam do meu rosto, então eu entrei e vi Clara andando pra um lado e pro outro

Clara- amiga, não some assim pelo amor de Deus...

-só fica com as crianças, eu não demoro, m-mas antes, aonde o Jaehyun está..? preciso do meu c-elular

Clara- por favor não faça nada de errado, venham crianças 

Clara estava com uma cara triste, ela amava o meu relacionamento com o Jaehyun... éramos melhores amigos

Eu subi as escadas com as pernas trêmulas... e assim que entrei no quarto Jaehyun estava na cama sentado com o porta retrato, se xingando

jaehyun- s--s/n você v-voltou..amor desculpa por favor, eu me desculpo com o jungkook, faz isso por mim por favor 

Jaehyun chorava de soluçar, eu estava sem reação e deixei o odio responder por mim

-Amanhã eu pego minhas roupas pra levar pra casa, toda sexta feira, você pode pegar o Hye, mas o leve até em casa na segunda. 

Eu tirei o anel, aquele que eu tanto almejava e coloquei na mesa e quando eu ia sair Jaehyun me puxou pra um beijo longo, meio salgado por conta das lágrimas

e eu CORRESPONDI

era um beijo que mostrava amor, eu segurava em sua nuca e  ele segurava em minha cintura, o beijo era muito verdadeiro, carregado de pedidos de desculpas e perdões

porém eu me afastei

Jaehyun- não me deixa...amor por favor

- Olha, não vai ser fácil desse jeito, você me deixou decepcionada, não podemos conversar agora, vamos fazer aquele esquema que acabei de dizer, vamos dar um tempo

•••

JAEHYUN ON•

"tempo" aquilo pra mim virou anos eu sabia que íamos demorar pra voltar, aquilo era torturante, doía eu estava levando mil facadas por dentro...

•••

S/N ON

Jaehyun- quanto tempo s/n?.. leva a aliança

- não sei...eu não quero nada que lembre você agora, eu preciso ir

Peguei meu celular e apenas dei um "até logo" pra ele que chorava demais, eu saí dali logo pra não ceder, doer? doía muito, era como se tivessem torturando meu coração, mas era o melhor a se fazer, eu o amo, mas não posso perdoar tudo que ele fizer comigo...

••••


Eu estava destruída, aquilo estava me corroendo, mas eu apenas sai da casa depois de me despedir de Cara e fui pro hospital.


Continua?






Notas Finais


hoje mais tarde deve sair mais um, espero que tenham gostado, comentem aí se quiserem mais, amo vocês ❤️


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...